Os introvertidos são aqueles que mudam o mundo

Por , em 2.02.2012

Em uma sociedade onde as pessoas articuladas e bem falantes são mais valorizadas, poucos reconhecem a importância dos introvertidos. Mas o poder deste grupo para promover mudanças é muito maior do que se imagina. É o que defende a escritora americana Susan Cain, autora de uma badalada obra sobre o assunto.

“Quiet: the power of the introverts” (na tradução literal, “Quieto: o poder dos introvertidos”) é um livro que fala de relações interpessoais. A autora critica algumas convenções sociais básicas, como o trabalho coletivo. Muitas escolas ou empresas estimulam o conceito de “trabalho em equipe”, que supostamente estimula a criatividade e a busca por soluções. Isso é um erro, de acordo com Susan, já que a maior parte das grandes realizações humanas foi alcançada por pessoas que agiram sozinhas.

A escritora explica que uma série de experimentos psicológicos, desde os anos 50, tem comprovado que o trabalho coletivo “mascara” aquilo que cada indivíduo realmente pensa, já que todos se preocupam em ter a opinião recebida pelo grupo. Logo, a criatividade de cada um é atrofiada, e não estimulada.

A introversão, segundo ela, é frequentemente confundida com falta de iniciativa e criatividade, mas isso é um conceito falso. Susan não defende que os trabalhos em equipe sejam abolidos. É preciso ter em mente, contudo, que nem sempre aquele que fala mais em um grupo deve ser o líder. Pessoas introvertidas podem liderar muito bem em determinadas situações.

O cenário que envolve o introvertido é determinante para dizer quem ele é. Susan conta, por exemplo, que uma pessoa introvertida chega até a salivar mais do que um extrovertido ao beber algo que estimule sensações mais fortes, como um suco de limão, porque reage à intensidade de maneira diferente.

E estas reações ao meio externo, segundo a escritora, são a chave para entender os tímidos. Isso porque os lugares que frequentamos – instituições de ensino, de trabalho e centros religiosos, por exemplo – são designados a exaltar aqueles que se destacam, que são vistos. Aqueles que gostam de passar mais tempo consigo mesmos tendem a ser relegados a um segundo plano.

Segundo a pesquisa da escritora, entre um terço e metade das pessoas podem ser consideradas introvertidas. É natural que elas tentem negar essa condição – se forçando, por exemplo, a ir a festas em que não gostariam de estar, por preferir ficar em casa fazendo algo sozinhas -, pois desde sempre foram educadas para agir de forma extrovertida.

O que Susan recomenda, dessa maneira, é que a sociedade evite valorizar os extrovertidos em todas as situações, pois nem sempre eles são os mais adequados para realizar alguma coisa. É preciso ter sensibilidade para reconhecer que tipo de contribuição ao grupo cada introvertido pode dar. É claro que o primeiro passo para isso, segundo ela, é se livrar do preconceito contra este tipo de pessoa. [Live Science]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (15 votos, média: 5,00 de 5)

111 comentários

  • Jeferson Alves Maia:

    Sou ambivertido, tenho os dois lados da moeda. Mesmo assim ser visto como tímido é complicado.

  • effy:

    Cara Isso(ser introvertido e tímido) é meio complicado porque nos leva á desenvolver vários problemas

    • Gabriel Eugenio:

      Ser introvertido é diferente de ser tímido, que por sua vez é diferente de ser anti-social, sou introvertido, tenho amigos e não sou tímido!

    • Gabriel Eugenio:

      Isso não é verdade! Timidez é o medo de ser julgado, introversão é como alguém reage ao estímulo social, são diferentes e podem aparecer só.

  • roberto moreira rocha:

    eu fico enojado quando vejo a artificialidade das relações entre as pessoas. Elas falam , falam, falam e nao dizem nada.

  • Renilton Queiroz:

    A única reclamação que eu tenho por ser tímido e introvertido é não ter namorada, no resto eu gosto de ser assim.

  • Rafael Pereira:

    ✞ Eu sou quieto qual o problema? Sou bem quieto… Não gosto de conversar… Não sou legal e não sou nada simpático… Gosto de ficar sozinho quieto em meu canto… Não gosto de festa… Não gosto de balada… Não gosto de shopping… Prefiro ficar sozinho… No meu colégio não converso com ninguém… Qual o problema? Sou quieto mas estou sempre prestando atenção à tudo e à todos que estão à minha volta ✞

    • Marcelo Ribeiro:

      Há diferença entre o que se refere ser introvertido e ter comportamento antisocial.

    • Keity Brito:

      tambem ja fui assim sempre quita na minha,e sempre atenta tudo em minha volta,mas estou estudando Direito tenho que me modificar,e falarrr.,

    • Reginia Maria Silva Nunes:

      Concordo, o que passa a volta a gente sempre se liga, outros não somos mais observadores nos detalhes.

  • Estela’i Dolla:

    Realmente , Sou quieta e sempre fui , Mais recebo muitas criticas e preconceito de muitas pessoas por eu ser assim . já tentei mudar ser mais extrovertida , mais não deu muito certo . Pensei comigo mesma , As pessoas devem entender que esse é meu jeito de ser e sempre foi , Elas devem aceitar . O mundo são das pessoas extrovertidas , Por exemplo até hoje não vi algum famoso (a) que fosse tímido (a) em um TV em um show etc… Por isso conseguem muito sucesso e manipular milhares de pessoas por serem carismáticos e extrovertidos . concordo com o comentário da moça acima .E as pessoas que não são extrovertidas são pisadas pela humanidade .

    • João Pedro Perez:

      o jogador lionel messi do barcelona e um cara extremamente quieto e timido e um melhor jogador do mundo

    • Renilton Queiroz:

      Existe muitos artistas que são tímidos em público, mas segundo eles quando encarnam um personagem se soltam. rsrs

    • Pedro Fuentes:

      Mick Jagger, Faustão…Apenas dois exemplos de pessoas famosas muito tímidas.
      São personagens qd estão no palco.

  • Shirley Rossi:

    Entrando na discussão sobre a diferença entre tímidos e introvertidos, acredito que essa se situa apenas naquilo que a pessoa sente com relação à sua situação de não extrovertida. Sendo assim, para mim o tímido é um introvertido com culpa, ele não se aceita introvertido.

  • Edson Mogdans:

    Vendo muitos comentários, gostaria de dizer(na minha opinião)que tímido não é a mesma coisa que introvertido. Eu sempre fui introvertido e hoje estou menos tímido.
    Quando se é introvertido você não fala tanto porque não quer, não acha necessidade, vive muito melhor sozinho, pensando nas suas próprias coisas, no meu canto. Eu gosto de ficar sozinho e não gosto de ficar falando com todo mundo porque prefiro assim.
    Agora timidez é claramente vergonha de se expor, medo de pensaram algo ruim de você, medo de críticas, entre tantas outras coisas. Eu tinha muita timidez, e sentia isso que falei acima do medo, e depois de algum tempo em que estive em situações que precisei deixar minha timidez de lado, ela foi diminuindo…

  • Amanda Ribeiro:

    Como diz o ditado: “Cão que ladra não morde.” Se nós observarmos, vamos constatar facilmente que as pessoas que alastram muito costumam ficar nas palavras e quem fica tranquilo acaba agindo por eles.

    • grazii:

      Há casos e casos, tem os realmente tímidos e os introvertidos acredito eu que se resguardam não por ter dificuldade de socializar mas por falta de interesse no conteúdo do qual a maioria da sociedade está disposta a dar..nosso ( introvertidos ) senso comum vai além ..particularmente adoro o fato de não me conhecerem tão bem mas sei que estou muito satisfeita com quem eu sou então blz

  • edno luiz pizzolatti:

    Do introvertido não sei,mas ser timido é simplesmente doloroso.

  • Tiago Antonio:

    Atenção extrovertido: se você conhece um introvertido que nunca fala com você ou descontinua a conversa ficando calado, isso significa que você não está acrescentando nada pertinente a ele.

  • pedro:

    fomos feitos com um prazo muito limitado ,ou andamos a socializar,a saltar de bar em bar,ou ficamos a ler um livro ,pesquisar na net etc. claro que aquele que perde muito tempo a socializar ,nao pode ser o motor de grandes mudanças ,pois nao tem as ferramentas,nao aprendeu,quem ja nao esteve no meio de um grupo de pessoas que falam muito e nao dizem nada ? do genero ou novela ,futebol e pouco mais .

  • Ana:

    Os quietos agem mais e falam menos…

  • Zero:

    Na minha sala de aula eu levanto a mão e falo bastante, mas falo coisas úteis, e muitos me julgam metido.

    Os introvertidos mudam o mundo sim, com certeza! Mas não quer dizer que os extrovertidos também não!

  • Vivian:

    Não sou tímida, mas sou muito introvertida. Gostei que a autora falou sobre um assunto desses, mas essas coisas são muito relativas.
    Tem gente que falou que quem é introvertido perde o melhor da vida. É verdade, dependendo do que a pessoa considere “o melhor da vida” né.
    Não sei se é melhor trabalhar em conjunto, mas eu acho melhor trabalhar sozinha. Prefiro ficar comigo mesma, dá mais resultado.

    • Aloisi:

      Me apaixonei!… zoa, belas palavras. 😀

    • agenor:

      concordo trabalhar só e ser quieto e muito mas vantajoso nos dias de hoje,porque sendo introvertido acabamos tirar mas proveito,eu não era tão introvertido, mas depois de uma grande depressão eu passei de extrovertido para introvertido não porque eu Quiz mudar mas as percas que tive e a dor que sentir mudou o meu ser radicalmente.sai da depressão e estou sucesso não por se isolar mas de não ficar esperando tanto o que muito extrovertido espera pela sua autoconfiança

    • Elias da Silva:

      “Depende do que a pessoa considere “o melhor da vida” né.” Olá tudo bem!? Isso que vc disse é exatamente o que acontece; Nós criamos nosso próprio “mundo dos sonhos” e lutamos para alcançar; Agimos de acordo com o plano inicial às vezes fazemos uma ou outra alteração. É uma loucura a gente considera o nosso mundo o correto por ser aquilo que nós queremos e desejamos viver; O mundo real não é tão importante, o importante é conseguirmos realizar nossos desejos; Então pra tudo tem uma estratégia e uma regra a cumprir; ex: Eu estou afim de uma garota invés de nós chegar nela e trocar uma ideia pensamos em tudo que pode acontecer tipo: Nossa que garota linda pra mim ficar com ela tenho que terminar a faculdade arrumar um bom emprego, comprar uma casa, pra dar o melhor a ela! Levamos quase tudo a serio até as “brincadeiras” o problema é que as coisas podem sair do controle se o mundo real não estiver de acordo com o imaginário; até a perda da razão e o suicídio. Eu sempre tento deixar claro em meu mundo imaginário que eu vou conseguir chegar nesse objetivo de ter tudo que eu desejo; mas também não podemos sonhar muito alto com coisas “impossíveis” Ex: Ter um castelo cheio de garotas lindas e apaixonadas por mim! isso é impossível e vai me consumir por dentro de tanto bolar ideias tentando realizar isso. Em fim acho que deu pra vcs entender um pouco…

  • A.I.R.:

    Sou introvertido mas sou feliz!!!

  • Thiago Moreira:

    Na verdade as pessoas mais interessantes e inteligentes que eu conheci em sua grande maioria são introvertidos, sabem falar na hora certa, sabem ouvir os outros e são extremamentes educadas. E usam de bom humor na medida certa.

    • daniel:

      Concordo plenamente com vc.

  • Klb:

    Tem gente que é quieta e se fod# no colégio. Paradoxos da vida…

  • Paulo:

    PRATICAMENTE TODA A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DA HUMANIDADE FOI FRUTO DO TRABALHO DOS INTROVERTIDOS. PESSOAS COMO BILL GATES E STEVE JOBS MUDARAM O MUNDO, É VERDADE, MAS NÃO POR SUAS CRIAÇÕES. FORAM EXÍMIOS EMPREENDEDORES, MUITO À FRENTE DE SEU TEMPO, MAS SUAS MAIORES CONTRIBUIÇÕES FORAM IMAGINADAS, IDEALIZADAS E IMPLEMENTADAS POR SEUS CIENTISTAS E ENGENHEIROS. ESTAS PESSOAS COSTUMAM SER INTROVERTIDAS E, POR ISSO, IGNORADAS PELA SOCIEDADE, MAS SÃO ELAS QUEM VERDADEIRAMENTE REALIZAM TODAS AS MARAVILHAS DO MUNDO.

    EM 2011, STEVE JOBS FALESCEU E FOI EXAUSTIVAMENTE HOMENAGEADO PELO MUNDO TODO. NESTE MESMO ANO, TAMBÉM FALESCERAM DENNIS RITCHIE E JOHN MCCARTHY. MAS QUEM SÃO ELES??? POIS É… NINGUÉM SABE, PORQUE NÃO ERAM PESSOAS EXTROVERTIDAS. PORÉM, SEM O TRABALHO DELES, VOCÊ NÃO ESTARIA LENDO ISSO AGORA. ALIÁS, VOCÊ NEM TERIA UM COMPUTADOR E SE O TIVESSE, ESTARIA TECNOLOGICAMENTE ATRASADO EM DÉCADAS.

    SOBRE DENNIS RITCHIE E JOHN MCCARTHY:
    http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/10/morre-dennis-ritchie-pai-do-unix-e-da-linguagem-de-programacao-c.html
    http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/10/morre-john-mccarthy-pioneiro-da-inteligencia-artificial.html

    • websuffer:

      Quanta babação!
      arghhh que nojo, é baba!
      hehehe

    • Ezio Jose:

      Pior que baba com letras maiúsculas, o que significa que está gritando.

  • e.e:

    Não acho que é assim, creio que sabe a hora de falar, e de ficar quieto, é quem se dá melhor neste mundo ;D

    • Reynner:

      Ela é psicóloga e estudou pra falar isso. E você, é o que?

  • xayanny:

    Eu sou introvertida as pessoas me criticam pelo meu modo de ser, até prefiro assim, por que tem muita gente que fala de mais o que não deve, já eu falo o necessário e sou bastante objetiva, sou bem intelectual vivo pensando em meios uteis para ajudar as pessoas. Nós de maneira nehuma devemos ser iguinorados pela sociedade , somos bem observadores copreendemos com muita facilidade, e muita das vezes não somos reconhecidos pelo nosso esforço, por que não gostamos muito de chamar atenção, somos reservados, prestativos, compreensivos, calmos e uma beleza radiante por dentro , muitas vezes somos imcompreedido pelas pessoas pelo nosso modo de ser, mas fique tranquilos por que nos introvertidos somos melhores do que pensam, e piores do que você imagina.

    • Anne Alves:

      tirou as palavras da minha boca

  • Allan:

    acredito que o título deveria ser: os quietos TAMBÉM mudam o mundo, nada haver com o post que editaram… Isso se trata de que nem sempre os extrovertidos saem bem nas funções, os introvertidos também tem seu lugar.

    • romulo:

      Allan: numa sociedade como a nossa, os introvertidos sempre foram segregados; os quietos MUDAM MAIS o mundo que os extrovertidos. Quem fala muito pensa muito; quem fala pouco OBSERVA muito.

    • Bruna:

      quando que um extrovertido fez algo significante?
      sinceramente desconheço
      eles são muito comuns em big brothers, geises arrudas e atividades inúteis mas em coisas úteis é quase exclusividade de introvertidos

    • Ezio Jose:

      Excelente comentário, Bruna.

    • Bruno L. Rocha:

      A maioria do extrovertidos artistas eram introvertidos. Acharam seu lugar, e agora mostram seu poder. Quando um introvertido acha seu “habitat”, ele o doma como um leão.
      Mas não vão começar com esse guerrinha de estrov. vs introv. Isso é retardo mental.

  • LUIZ C.:

    Para mim as pessoas introvertidas(como eu),não deixam de socializar-se porque preferem ficar sozinhas,ninguém gosta de ficar toda hora sozinho,mas sim porque é melhor ficar sozinho do que rodeado de falsos,que ora dizem que te darão apoio sempre,mas na verdade nem olham nos seus olhos quando você passa por eles.

    • jeh:

      Nossa! Exatamente como eu penso! As pessoas te julgam porque vc não sai para festas ou prefere ficar em casa lendo um livro . Realmente, é bem melhor ficar sozinho consigo mesmo algum tempo do que andar com bando de falsos interesseiros que na primeira dificuldade que você tem te abandonam.

  • Fernando:

    Este é um exemplo de artigo que deve ser visto com olhos críticos, não o levem tão ao pé da letra. Para uma pessoa regular é muito mais coerente tentar socializar, isso torna tudo muito mais fácil. Quem não socializa perde a melhor parte da vida, digo isto por experiência própria.

    • Chicxulub:

      Fernando, esse é um conceito muito relativo, depende do que você considera importante, do que te faz feliz e se sentir bem. No meu caso, se eu seguisse seu conselho, aí sim eu perderia a melhor parte da minha vida, pois eu estaria fingindo ser o que não sou, no meio de pessoas com quem não tenho a mínima afinidade (e que na verdade me irritam), e me sentindo completamente desconfortável. Nos meus comentários nesse artigo, não falei nenhuma vez que ser introvertido ou anti-social é melhor do que ser extrovertido, ou que os introvertidos são melhores, apenas falei que ser dessa maneira é o melhor para mim.

    • Bruna:

      besteira o que vc ta dizendo, eu sou introvertida e posso te dizer que não lamento “não aproveitar a vida” como voce fala, prefiro ficar só que lidar com gente falsa, mentirosa, superficial e ignorante, que os extrovertidos me perdoem, mas a maioria é maria vai com as outras, influenciável, moralmente fracos e fúteis é só observer que qualquer um verá que é verdade

  • Diogo dos Santos Vieira:

    Minhas maiores notas sempre foram no período que mais me fechava pro mundo.
    As pessoas que procuram ter o momento de escuta seus próprios pensamentos, elas tendem a raciocinar melhor pra escolherem as atitudes que irão leva pro decorrer de sua vida.

  • patricia:

    concordo em partes pois hj em dia pessoas extrovertidas tem mto mais chance mais espaço no mundo !
    já pessoas introvertidas são mais fechadas
    mais tímidas mais acredito que veem o mundo melhor c mais detalhes .. sou introvertida e gosto de ser assim
    as vezes me atrapalha , as vezes ajuda
    mais cada um expõem oq tem vontade!

  • Walrus:

    Pois é…. terminei a graduação, entrei na pós-graduação e nada de emprego nesse mundo extrovertido…. Pelo jeito terei que ficar só na pesquisa, aqui, quieto na minha…..

    • Ezio Jose:

      Cada um é cada um. Conheço pessoas que mal saem da faculdade após um sufocante curso, pensam em dar uma folga ao corpo para procurar emprego e o emprego a procura de imediato.
      Se existe sorte ou não, acredito nela.

  • caio:

    eu ñ concordo com a autora, duas cabeças pesam mais do q uma, mt dos cientistas q revolucionaram a história tinham amigos, eles estudaram juntos, mt teorias foram um conjunto de ideias q esteva sendo estudado a um certo termpo.

    • Igor:

      Duas cabeças não pensam melhor que uma, simplesmente pq duas cabeças não pensam, cada pensamento eh formado por apenas uma pessoa sozinha, e depois as ideias são apresentadas a um grupo, que vai julga-las, e no receio do q os outros vão pensar sobre suas ideias, ocorre um atrofiamento do pensamento de cada individuo, eh isso que a autora afirma(e eu concordo).

    • caio:

      vcs e varias pessoas acham isso, pq são introvertidas, e querem achar isso. apesar de eu ñ acreditar, ser introvertido ou ñ é so uma personalidade.

    • Chicxulub:

      Cada caso é um caso, ambos (introvertido e extrovertido) tém pontos fortes e fracos, ninguém pode dizer que estudar ou fazer pesquisas sozinho ou em grupo é o melhor método, pois isso vai variar de pessoa para pessoa, mas uma coisa é bem óbvia: um cientista introvertido vai buscar respostas e resultados através de suas pesquisas muito mais por amor à ciência do que por competição, glória ou fama.

    • Bruna:

      Mentira, Eistein, Jung, Freud, Hawkingns, Pauling, a maior parte das descobertas e estudos foi feita por cientistas isolados, e a cabeça de um pessoa inteligente e centrada é melhor do que duas dispersas e de pouco conhecimento útil

  • Milena Karla:

    Esse post foi feito pra mim! Eu sempre fui muito quieta e os professores nunca me escolhem pra ser líder,mas sempre falam bem de mim e me colocam como exemplo em sala de aula. Muito bom esse post,assim todos saberão o valor dos introvertidos! Até porque quem fala pouco pensa mais,e presta mais atenção às coisas do que os que falam todo o tempo.

  • enejonas:

    frase de sabedoria:-uma pessoa inteligente sabe a sua hora de falar,a pessoa mais inteligente não fala nada,pois já sabe no que vai dar!

  • Marcel:

    Já dizia Stephen Hawking que “as pessoas quietas têm as mentes mais barulhentas”. Eu realmente sou muito introvertido e também o acho como sendo uma qualidade e não um defeito. Também é verdade que, por vezes, torna-se um pouco difícil de socializar, pois sou um pouco tímido, mas gosto de ser como sou e é sempre bom estar sozinho em alguns momentos…
    No início as pessoas podem não reparar em nós, mas no final surpreendem-se connosco. :b
    O importante é ser feliz. 🙂

  • Alisson:

    Eu Também Sempre Fui Muito Introvertido e Ao Contrario De Muitos Não Vejo Isso Como Doença, E Sim Como uma Qualidade Porque Ao Invés De Perder o Meu Tempo Com Pessoas Que Não Me Agradam Eu Uso Esse Tempo Fazendo Coisas Que Eu Gosto e Que Eu Sei Que no Futuro Vão Me Beneficiar!

    Sempre Quando Tem Festas Dos Meus Parentes E Eles Chamam A Minha Família Eu não Vou! Eu Sei Que Não Vou Me Sentir Bem Indo Na Festa, e Fico Em Casa Sozinho E Depois Ficam Me Xingando De Bicho Do Mato E Varias Outras Coisas Que Me Fazem Crer o Quando Eles São Insignificantes e o Quanto Não Vale A Pena Perder Meu Tempo Dando Atenção a Elas!

    • Chicxulub:

      Meu nível anti-social não chega a tanto, adoro minha família, tenho bastante afinidade com grande parte de meus familiares, e adoro as festas de lá, nunca teve cerveja, samba, pagode, baixarias e afins, na verdade minha família é meu “porto seguro”, a fonte de todos os valores que aprendí na vida e onde me sinto completamente à vontade, são de longe as pessoas com quem mais gosto de estar… posso até afirmar que tenho duas personalidades: uma quando estou com minha família, onde chego a ser até extrovertido e palhaço; e outra para todo o resto, introvertido e desinteressado de todos que me rodeiam.

    • Alisson:

      Minha Família Não Sabe Respeitar os Outros…

      A Sua Deve Ser Melhor Que A Minha…

    • Chicxulub:

      Realmente Alisson, as pessoas são diferentes e as famílias também, não foi uma crítica à você, apenas comentei meu caso, tenho certeza que se minha família fosse formada por uma maioria de pessoa da qual eu não tivesse afinidade nenhuma e que ainda me tratassem mal, com certeza eu agiria como você.

    • Alisson:

      Entendi!

    • enejonas:

      ‘igualzinho a certo alguem’!

  • Nenodrum:

    Acredito que 70% dos leitores desse site são introvertidos 😉

    • Engraçado tudo isso:

      Sabe, as pessoas confundem ser introvertido com ser antissocial… Vejo seres antissociais que ficam felizes em ver uma “defesa” aos introvertidos. Chegam ao ponto de citar Albert Einstein como um ser introvertido (ou seria antissocial?)… Quer dizer que Einstein foi cientista, professor, pesquisador, Prêmio Nobel, deu palestras, aulas e discursos durante décadas para milhões de pessoas no mundo inteiro e era INtrovetido e ANTIssocial? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Imagine se ele fosse EXtrovertido!!!!!! kkkkkkkkk Sejamos menos ridículos!

    • websuffer:

      Você é verdadeiramente introvertido. O cara com uma linha disse tudo.

  • curioso:

    Os Quietos mudam mesmo. Para melhor e para Pior.

  • Allan:

    Sempre fui extrovertido, e da maneira que a matéria colocou, isso me pareceu um defeito.

    Acho que uma boa comunicação facilita a conhecer mais pessoas e também a mostrar melhor suas qualidades. O medo do social, e de ser recusado no grupo, é que torna as pessoas mais “intra” do que “extra”…

    A criatividade não é oprimida em trabalho em grupo, a não ser que você não consiga fazer com que os outros integrantes pensem da maneira que está pensando, ou seja, não saber transmitir essa idéia. Aí sim seria essa a causa que a autora colocou, do problema em trabalhos em grupos.

    Mas, isso vai de cada um. Como minha mãe sempre dizia: “O mundo não gira em torno de você”.

  • alx:

    Pena que esses quietos como eu, somos poucos no mundo!

  • Paulo:

    Concordo!

    Na faculdade, sempre me saía melhor nos trabalhos individuais do que nos em grupo, até porque nesses, era necessário um orador para explicar o que havia sido feito, e como sou bem tímido, os professores (que avaliavam individualmente, mesmo em grupo) sempre davam nota mais baixa, mesmo que grande parte do trabalho havia sido feita por mim.

  • Chicxulub:

    Gostei muito da matéria, sempre fui anti-social e introvertido, mas o motivo é a esmagadora maioria de pessoas que pensam do mesmo jeito e gostam das mesmas coisas que não se alinham com os meus gostos e pensamentos, aliás não vejo como uma pessoa como eu, que não gosta de futebol, cerveja, pinga, vodka, carnaval, samba, sertanejo, forró, funk, BBB, novela, Luiza no Canadá, etc. pode ser social em nosso país. Sou anti-social seletivo, apenas evito contato com quem não considero interessante, o que infelizmente representa a esmagadora maioria dos que me rodeiam.

    • websuffer:

      Hey, não confunda timidez com inteligência. Não perder tempo com coisas frívolas é sinal de inteligência mesmo.

    • Chicxulub:

      Websuffer, estou procurando até agora em meu comentário a parte em que falei que pessoas tímidas são inteligentes… apenas falei que EU não gosto do que a maioria das pessoas gostam, e o fato de ser impossível eu ser social com essas pessoas me rodeando. Nem cheguei a citar meus gostos ou preferências… é apenas sobre o fato de ser muito desagradável ficar entre pessoas que não tenham nada a ver com você, e o oposto também é válido: Imagine um ambiente de trabalho ou uma sala de aula onde todos gostem de física nuclear e quântica, astronomia, paleontologia, robótica e I.A., música clássica, flash back e rock 60/70/80, que todos sejam caseiros e reservados e detestem futebol, BBB, novela, cerveja, balada, samba, pagode, funk carioca, etc. e apenas UM deles seja o típico cidadão comum, que acha chatíssimo o que todos os outros gostam e adore o que eles detestam… ia se sentir completamente desolcado, não ia ter assunto com ninguém não acha? Veja que não é sobre ser mais ou menos inteligente, introvertido ou extrovertido, melhor ou pior; é simplesmente um aquestão de afinidade. Realmente sou introvertido, mas pode ter certeza de que eu seria muito, mas muito menos introvertido entre pessoas com que eu tivesse afinidade.

    • Pablo:

      Me identifiquei totalmente

  • Victória:

    Eu já postei um comentário Abaixo e agradeço a quem apoiou,eu queria dizer uma coisa para esclarecer:
    Hitler era psicótico,psicopata e persuasivo,mas não era nem um pouco introvertido porque nós não somos como os outros pensam.
    Tenho exemplo de pessoas que sempre foram introvertidos e ótimas pessoas e todos nós conhecemos:
    Albert Einstein
    Marie Curie
    Lisa Simpson(estou falando a do desenho mesmo)
    Psicólogos Famosos
    Artistas.
    Entendam pessoal introvertido não é doença ou transtorno,é uma ESCOLHA DE VIDA PRÓPRIA!!!

    • Há controvérsias!:

      Calma! Ser introvertido nem sempre é uma mera escolha. Conheço inúmeras pessoas que queriam ser mais extrovertidas e simplesmente não conseguem. Algumas até já se prejudicaram em entrevistas de emprego ou em trabalhos escolares (convém lembrar que nem todo introvertido é um gênio intelectual e nem todo extrovertido é intelectivamente fraco). Cada caso é um caso. Pare de achar que todos os milhões de introvertidos do planeta Terra não iguais a vc. Fale apenas por vc e saiba: um pouco de timidez não é problema, mas quando a timidez é exagerada, existe SIM transtorno (vá discutir isso com a OMS – Organização Mundial de Saúde). Fale por vc – e só por vc. Não queria que a SUA realidade e a SUA opinião sejam o resumo de toda a verdade da humanidade inteira. Aquele abraço!

    • Bruna:

      não conheço nenhum extrovertido inteligente infelizmente e nem na OMS há consenso se existe mesmo o disturbio da timidez ou se a fobia social é provocada pela rejeição da sociedade sobre comportamentos diferentes que são considerados anômalos, como a homossexualidade que já foi considerada um disturbio de gênero mas hoje o diagnóstico está em desuso, então para de se guiar por convenções estabelecidas e passe a formar opinião própria ao invés de depender da autoridade aparente de uma pessoa ou orgão para formar a sua opinião, ai quem sabe eu passe a achar os extrovertidos mais independentes e intelectivamente mais ativos

    • Chicxulub:

      Pois é Bruna, concordo plenamente com você, basta lembrar dos retardados da escola/faculdade, a chamada “turma do fundão”, um bando de cabeças ocas que só falam asneiras e só pensam em coisas fúteis, e todos são extrovertidos, adoram aparecer e se fazer de rebelde. O pior é que a maioria da sala de aula ainda dá risada e acha engraçadinha a estupidez e burrice deles…

  • Vielmond:

    Como professor,e para reforçar a teoria, sempre formei grupos de trabalho com um coordenador que, entre outras atividades, devia dar uma pontuação à participação dos participantes. Quando era uma coordenadora, o sistema funcionava Quando era um coordenador, não funcionava sempre a contento (efeito da maffia masculina ?).

  • Ícaro Jack:

    A autora está absolutamnete correta…

  • Fernando:

    Concordo plenamente com a autora, timidez não é doença como alguns achão e confundem com sociopatas, ser introvertido é a caracteristica de pessoas que não sentem a obrigação de participar as suas ideias e so relacionam com pessoas que acha que vale a pena.

    • Welton Luiz:

      Correto!!!

      eu mim identifico muito com a Autora desse pequeno artigo, e você falou o que eu iria falar caro leitor.

  • Eduardo:

    Então eu não vou mudar a porcaria do mundo?

    • glauber:

      kkkkkkkk
      os extrovertidos podem tb cara =D

  • Diogo:

    Jesus Cristo era dinâmico e revolucionou o mundo. Tanto que o tempo se mede antes e depois dele. O ser humano mais importante da história.

    • dacio:

      lembra-se que o mundo não é totalmente medido por antes e depois DE JESUS, ABRE BEM SUA MENTE! SÓ É USADO O CALENDÁRIO SEGUINDO ” JESUS” NO OCIDENTE, NO ORIENTE É OUTRO CALENDÁRIO. A MESMA COISA PARA QUEM REVOLUCIONOU O MUNDO, NO MUNDO ÁRABE VOU “MAOMÉ”, JÁ ALGUMAS PARTES NO ORIENTE FOI “BUDA”.

      O MUNDO NÃO SE RESUMI SÓ NO OCIDENTE!

      NÃO DEIXA O FANATISMO TOMA CONTA DO SEU EGO ABRE BEM OS OLHOS PARA A LUZ ENTRA EM SUA MENTE!!

  • Maia6m:

    Concordo com a autora. Acho as pessoas introvertidas muito mais preparadas para diversas situações.

    Trabalhos coletivos são sempre ruins. Na faculdade servem para promover os burros ou preguiçosos nas costas dos que fazem.

    No trabalho ajudam a ocultar a incompetência dos extrovertidos. É um raciocínio simples: Quem se envolve menos socialmente tem mais tenmpo para evolução pessoal.

    Eu sempre fui introvertido/antissocial e vivo lutando para ser mais sociável, pois assim minhas habilidades seriam mais vistas.

    É uma pena, mas a sociedade funciona assim. Ser comunicativo é vantagem na nossa sociedade, mas é porque todos pensam assim.

    basta ver a história e constatar que a maioria dos grande sgênios eram pessoas que se isolavam.

    Sou à favor de parar com essa história de trabalho em equipe.
    Os melhores trabalhos são elaborados por uma pessoa.
    Na produção, ok, manda os populares força braçal.

    • Awen:

      Concordo com vc! Na faculdade eu sempre fazia a maior parte, senão todo o trabalho e o restante do grupo só levava nota nas minhas costas! Sou anti-social desde criança, mas não me importo com isso. Prefiro ler um bom livro a ir em um lugar lotado de gente que não me interessa nem um pouco. Mas não acho que seja um comportamento normal. Bem, se a grande maioria tem certas preferencias e vc é diferente, é obvio que o estranho é vc e não os outros. Toda minha família me acha estranha e até acho graça nisso! Os introvertidos podem ter grandes mentes e até mudar o mundo, mas o mundo ainda será dos extrovertidos e serão eles que se beneficiarão no final. Fazer o que né!

    • Dai:

      Concordo quando alguns dizem que os trabalhos coletivos são ruins e que só servem para aqueles que são incapazes de fazerem seus trabalhos sozinhos, conseguirem se destacar um pouco mais.

      Quando fiz a minha facul, sempre preferia realizar os trabalhos sozinha, pois sempre me sobressaia quando assim era feito. Mas durante quase quatro anos, meus colegas começaram a me punir, me chamaram de egoísta, antissocial e outros adjetivos similares… Sofri muito… No dia da colação de grau fui premiada com uma medalha e um certificado que me conferia o título de melhor acadêmica durante todo o período do curso… Ao me levantar diante de todos para receber do diretor da faculdade este prêmio senti o desprezo no olhar da grande maioria de meus colegas…

      Não me importo em ser sozinha… Gosto de ser sozinha, de fazer as coisas do meu jeito, do jeito que acredito ser o certo… Mas o problema é que também importo com o que os outros pensam de mim… Tento o máximo ser uma pessoal sociável, mas logo vejo que estou tentando ser uma coisa que não sou e então desisto…
      Já tive brigas horríveis por conta disso, com minha irmã, colegas…

      Quando discuto com alguém, sempre ouço: “Prefiro ser assim, do que uma antissocial”…

      Na facul, sempre quis ajudar a quem me pedia, nunca neguei nada a ninguém, no entanto no fim do curso, quando fazia algum trabalho em grupo, mas que na verdade só eu fazia, colocava apenas o meu nome… Isso fez com que as pessoas me odiassem…

      Hoje não me importo, nunca mais os verei…

  • negative:

    Só introspectivos comentaram a notícia, ao menos por enquanto.
    Tenho épocas mais introspectivas e épocas menos, mas na média ando muito mais introspectivo que extrovertido.
    Por experiencia própria, minhas fases mais introspectivas são muito mais produtivas.

  • Angel:

    Quando eu tava na época do colégio me sentia mal por ser quieta e tentava ser extrovertida mas não deu muito certo.
    Agora nem ligo mais, é meu jeito mesmo fazer o que.
    Mas eu acho que os quietos mudarem o mundo não é uma regra. Para mudar o mundo não importa se a pessoa é introvertida ou não, importa o modo como ela vê as coisas, seu pensamento e seus atos.
    Se fosse assim cantores e artistas não iriam fazer diferença mas eles têm muito sucesso e conseguem manipular milhares de pessoas justamente por serem extrovertidos e carismáticos.

    • Manuela:

      É,embora achando que há actividades em que se dá o melhor individualmente( ex: escrever) acabo por concordar 100% com a sua opinião.independentemente de ser ou não timido(a) interessa é a forma de estar na vida.

    • Estela’i Dolla:

      concordo plenamente com tudo que você disse!

  • Nik:

    Ótima matéria! Me lembrou dos tempos de escola onde os professores adoravam dar trabalhos em grupo. A idéia de juntar alunos que mal se falavam para trabalharem em equipe era simplesmente ridícula para mim, então eu simplesmente ignorava estas tarefas ou pedia para fazer sozinho.
    Sempre evitei conversar com os outros por medo de não entenderem o que digo e ser chamado de “louco”, pois sei que aqui onde moro as pessoas da minha idade pouco se importam com kernel, teoria das cordas, exploit ou TCI…
    Hoje em dia tenho amigos sim, mas, me limito a falar o suficiente para ser sociável.

  • Márcia Maciel:

    Sempre me senti mal por ser introvertida; tímida. Adoraria ler o livro dessa autora. tem tudo a ver comigo. É bom saber que sou normal, assim mesmo.

  • eduardo:

    Hitler era introvertido e realmente mudou (infelizmente) o mundo, em sua época…

    • Alessandra:

      Hitler introvertido? Ele foi um dos maiores comunicadores que a história já teve, chegou onde chegou porque tinha um incrível poder de persuasão.

    • eduardo:

      O poder de persuasão não é restrito somente a pessoas extrovertidas…
      Vi num documentário, não lembro se no Histori ou Discovery, que Hitler era introvertido e deprimido. Sofria até de surtos psicóticos.

      Conheço pessoas que são tímidas, mas que se saem muito bem qnd vão falar em público.

    • dacio:

      AMIGO HITLER INTROVERTIDO E DEPRIMIDO FOI POR CAUSA DE ALGUNS PROBLEMAS FAMÍLIAS ENTRE SEU PAÍS,ELE E SUA MÃE! FOI SÓ ISSO, QUANDO ELE SAIU DE CASA PARA BUSCA SEU SONHO DE SER ARTISTA ELE RELACIONAVA-SE BEM COM MUITAS PESSOAS!

    • dacio:

      HITLER FOI UNS DOIS MAIORES HORADORES QUE JÁ EXISTIU, ELE CONSEGUIU FAZER OS ALEMÃES SEGUIRES SEUS PASSOS( NÃO ESQUEÇA QUE A ALEMANHA ERA O PAÍS MAIS CULTO DAQUELE TEMPO), HITLER FOI UM GÊNIO QUE USOU SEU CONHECIMENTO PARA DESTRUIR OUTRAS PESSOAS!

      OU NINHEM CONCORDA QUE ELE FOI UM GÊNIO ? CHEGOU A LER UM LIVROS POR NOITE, FEZ A ALEMANHA VIRAR UM POTENCIA RAPIDINHO, CRIOU TÁTICA MILITAR COPIADO ATUALMENTE POR “USA” ,ISRAEL , FRANÇA E OUTROS. FEZ UM POVO(BEM INTELIGENTE) SEGUIR A SUA IDEIAS!PARA ISSO ELE FOI UM ÓTIMO INTERPESSOAL!

    • Engraçado tudo isso:

      Quando vc aprender a escrever a palavra ORADOR sem a letra “H”, eu mostrarei a vc a biografia de Hitler e vc vai rever seus conceitos…

  • Thiago Moreira:

    Geralmente pessoas muito extrovertidas querem ser o centro das atenções e populares no meio em que vivem e isso faz com que automaticamente elas sejam mais aceitas que os introvertidos, isso é quase cultural no Brasil aconteceu comigo. Mais eu acho que pessoas introvertidas são mais focadas em seus projetos sem dar muito valor ao que a sociedade pensa a seu respeito e portanto não sofrem interferencia de outros, sendo assim adquirem maiores chances de sucesso naquilo que pretendem fazer. Por isso creio que eles podem ajudar a mudar o meio em que convivem e talvez até o mundo.

  • Rafael:

    Penso que isso seja a consequencia e nao a causa

    • Neitan Gomes:

      Concordo. Prefiro ficar sozinho com meus pensamentos a perder meu tempo com pessoas sem importância, e acabo sendo tachado de introvertido. Apenas falo quando necessário.

    • Daniel W:

      Concordo, também penso da mesma forma. Se é para se aborrecer discutindo seu ponto de vista (com um indivíduo que não vale a pena) é melhor ficar calado. Cada um tem um ponto de vista, e o meu é que há pessoas com quem tenho interesse em conversar, por achar que as idéias dela representam algo útil para mim, há pessoas que o melhor a se fazer é ficar em silêncio pois não há nada de útil ou interessante (a primeira vista) que ela possa me dizer.

    • Alex:

      concordo completamente, eu sou muito calado, não por causa de timidez, mas sim pois não gosto de expor minhas opiniões para as outras pessoas, pois muitas coisas que digo são geralmente tratadas como surreais pela maioria das pessoas…

  • Victória:

    Eu sou introvertida e sempre fui e admitia sempre isso.Apesar do que os outros pensam sou muito feliz assim,e digo que a autora esta certa porque toda vez que eu trabalho em grupo as pessoas me decepcionam falando pelas minhas costas e por isso trabalhei sempre melhor sozinha.Vejamos como exemplo einstein:mesmo que quando pequeno era considerado burro ele sempre tinha uma mania fazendo “castelo de cartas” no recreio ao invez de brincar com outras crianças!
    Agradeço pelas palavras da autora porque nunca tive problemas com pessoas extrovertidos e sou feliz assim,espero que quem lê isso entenda também!

  • Delfina:

    Assino em baixo. Sem mais

Deixe seu comentário!