Paradoxos que atormentam a humanidade

Por , em 11.06.2010

Está a fim de filosofar um pouco hoje? Se estiver, ótimo.

12 paradoxos que vão dar o que pensar

Só uma coisa: se estiver com hora marcada para alguma coisa, não discuta um desses problemas com ninguém.

A conversa certamente vai se prolongar e você vai se atrasar.

11. Onipotência

“Deus é capaz de fazer uma pedra tão pesada que nem ele possa levantar”? Nessa questão reside um paradoxo de discussão interminável. É muito simples: se ele pode tudo, tem que ser capaz de também fazer essa pedra. Mas se isso for verdade, ele não é capaz de tudo, porque não pode levantar a pedra que ele mesmo criou.

10. Grãos de areia

Um grão de areia não poder ser considerado um monte de areia, certo? Bem, considere a seguinte situação: um milhão de grãos de areia faz um monte, correto? Agora, esse monte de areia menos um grão continua sendo um monte, não é? Se tirarmos mais um, ainda assim é um monte, certo? Então, repetindo essa operação por várias e várias vezes, chegaremos ao ponto em que haverá apenas um grão de areia, e esse grão de areia será também um monte. A questão é: quantos grãos de areia fazem um monte?

9. Números interessantes

Imagine um conjunto qualquer de números naturais. Pense neles como “interessantes” (que tenham alguma característica relevante, como ser o primeiro número primo, ser o maior do conjunto, o menor, qualquer característica) e “desinteressantes”.
A premissa é a seguinte: é impossível haver números desinteressantes. Pelo seguinte motivo: suponha que você separa, em um conjunto, os números interessantes dos desinteressantes. Entre os desinteressantes, certamente haverá o menor de todos, o menor dos desinteressantes. Assim, ele tem uma característica relevante, e passa para o grupo dos interessantes. Então, o que era o segundo menor dos desinteressantes passa a ser o menor, portanto, é também relevante, e passa aos interessantes. Assim vai até que não haja mais nada no conjunto dos desinteressantes.

8. O paradoxo da flecha

Para um objeto se mover, sua posição no espaço deve mudar, certo? Pois bem, esse paradoxo do filósofo grego Zeno de Eleia (495 a.C – 430 a.C) diz que os objetos não se movem. Considere um instante como uma fotografia, cada espaço de tempo é uma fotografia na qual o objeto está parado. O exemplo usado por Zeno é o de uma flecha voando pelo ar. Se pudéssemos pegar o máximo de fotografias possíveis durante o movimento, em todas elas o objeto está parado, ou seja, ele jamais se moveu.

7. Aquiles e a Tartaruga

Mais um paradoxo relacionado aos gregos, e mais uma vez sobre movimento. Aqui a situação é essa: imagine que o guerreiro Aquiles vai apostar corrida contra uma tartaruga. Aquiles dá à tartaruga uma vantagem de 30 metros. O paradoxo diz que Aquiles jamais conseguirá ultrapassar a tartaruga, pela seguinte razão: Quando Aquiles percorrer esses 30 metros, a tartaruga terá percorrido, digamos, 3 metros. Assim, quando Aquiles chegar aos 30 metros, que foi o ponto inicial da tartaruga, ele terá ainda que percorrer a distância que o separa da tartaruga para alcançá-la. Quando ele percorrer esses 3 metros adicionais, no entanto, ela já terá percorrido mais um metro, por exemplo. Se seguirmos essa lógica, Aquiles nunca poderá ultrapassar a tartaruga. Porque, sempre que ele chegar ao ponto em que a tartaruga estava quando ele atingiu o ponto anterior dela, ela já terá andado um pouquinho mais.

6. O paradoxo da indecisão

O paradoxo original é de autoria, segundo consta, de Aristóteles, mas foi “oficializado” pelo filósofo Jean Buridan no século XIV. Eis a história: um burro, quase morrendo de sede e fome, encontra, ao mesmo tempo, uma tigela de água e um monte de feno. Indeciso, ele fica ponderando sobre qual a decisão a tomar: se mata primeiro sua sede para então matar a fome, ou vice versa. Ele morrerá de ambas as coisas antes que consiga tomar uma decisão final.

5. O enforcamento surpresa

Um homem condenado à forca é sentenciado da seguinte forma: ele será executado em um dos dias de semana seguinte (um dia de semana), ao meio-dia, mas será uma surpresa. O juiz afirma que ele não saberá qual o dia do enforcamento até o instante em que, ao meio-dia, o carrasco baterá à porta de sua cela. Ao ouvir isso, o condenado começa a refletir, e chega a uma maravilhosa conclusão: ele não poderá ser executado! Pelo seguinte motivo: ele começa concluindo que o enforcamento não pode ser numa sexta. Se ele não acontecer até quinta, significa que só poderia ser na sexta, ou seja, não será uma surpresa para ele. Assim, o enforcamento só pode acontecer entre segunda e quinta. Daí, ele usa o mesmo raciocino: se chegar quarta-feira à noite e ele não for executado, não poderá mais. Porque sexta é impossível, e quinta, sabendo disso, não será também uma surpresa. Com quinta-feira descartada, só lhe restam segunda, terça e quarta, e o mesmo raciocínio é aplicado, até que o enforcamento não possa acontecer. Confiante, ele vai para a cela convencido de que não poderá ser enforcado. Quarta-feira, ao meio-dia, o carrasco bate à porta. Como ele estava crente que não seria executado, foi uma surpresa: o juiz não mentiu.

4. O barbeiro

Imagine uma pequena cidade aonde há apenas um salão de barbearia. Nem todos os homens da cidade vão ao barbeiro, assim, a população masculina da cidade pode ser dividida em dois grupos: os que se barbeiam sozinhos e os que vão ao barbeiro. Logo, assumimos que o barbeiro faz a barba de todos os homens que não barbeiam a si mesmos, certo? Mas aí caímos no seguinte paradoxo: o barbeiro faz ou não faz a sua própria barba? Se não fizer, ele (como “consumidor”) deve fazer a própria barba, ou seja, ele faz a sua barba! Mas se ele faz a própria barba, sua pessoa (como consumidor) entra no grupo dos que não fazem a própria barba (por isso vão ao barbeiro). Assim, se ele faz a própria barba, ele não faz a própria barba! Pense, pense…

3. A imortalidade de Zeus

Epimênides (cerca de 600 a.C) assegurava que Zeus era imortal. E afirmava isso com o seguinte poema:

Formaram uma tumba para ti, ó santo e elevado
Os cretenses, sempre mentirosos, bestas ruins, ventres preguiçosos!
Mas tu não és morto, tu vives e permaneces para sempre,
Pois em ti vivemos, nos movemos e temos nosso ser.

Ele chamava todos os cretenses de mentirosos. Mas ele próprio também era cretense. Assim, surge o paradoxo: se todos os cretenses são mentirosos, ele também é. Mas ele disse que todos são mentirosos. Se ele também é, isso é uma mentira, então todos são verdadeiros. Mas se todos são verdadeiros, ele também é (porque é um cretense). Mas ele disse que todos são mentirosos… e assim continua até você desistir de achar a solução.

2. O pagamento de Protágoras

O Filósofo Protágoras (492 a.C) estava instruindo um discípulo, Euatlo, a arte da retórica e argumentação, para falar aos tribunais. Para comprovar a eficácia dos ensinos de Protágoras, eles fizeram o seguinte acordo: se Euatlo vencesse seu primeiro caso no tribunal, ele pagaria o preço do ensino a seu mestre; caso contrário, não pagaria. Aí, Protágoras fez o seguinte: processou Euatlo pedindo a quantia estipulada. Protágoras afirmou que ele seria pago de qualquer jeito. É claro, se Euatlo fosse derrotado no tribunal, teria que pagar a indenização, mas se vencesse, pagaria o preço de acordo com o trato feito. Aí, Euatlo replicou, dizendo o contrário: que não poderia pagar de jeito nenhum. Ora, se vencesse o julgamento, este dizia claramente: Euatlo não deve pagar Protágoras. Por outro lado, se Protágoras vencesse o caso, Euatlo não deveria pagá-lo, porque o acordo diz que Euatlo só precisa pagar seu mestre se vencer no tribunal.

1. O conflito

O que acontece quando uma força irresistível encontra um objeto irremovível? Não há solução, certo? Pelo menos uma dessas duas coisas não pode existir. Como um exercício de lógica, esse raciocínio poderia ser considerado. Do ponto de vista físico, no entanto, é inconcebível. Por um lado, até mesmo uma força minúscula causa alguma aceleração em um objeto. Por outro lado, uma força irresistível iria requerer energia infinita, e isso não existe no universo.

BÔNUS: A finitude do Universo

Esse é para ficar pensando até enjoar. Fala sobre até onde chega a nossa visão do universo. Compare o espaço sideral (e considere ele como aquilo que nós vemos ao olhar para o céu à noite) com um campo de girassóis, por exemplo. Se o final desse campo de girassóis está além da sua visão, o que você vê? Bem, no começo você consegue ver cada girassol individualmente, mas à medida que a visão vai se afastando você passa a ver somente uma massa amarela, não é? Agora pense no universo: também não existem inúmeras estrelas além da Terra, todas elas emitindo uma luz branca? Se for assim, porque também não vemos uma massa completamente branca no céu?
Por isso, foi criada a teoria de que, de qualquer ponto do planeta, a nossa visão vai até a superfície de cada estrela. Assim, o que nós enxergamos ao olhar para o céu é um conjunto de incontáveis visões, cada uma delas indo até a superfície de determinada estrela (se todas elas se prolongassem pelo infinito, não deveríamos ver uma massa branca?). Mas a questão que permanece é: como isso pode ser verdade? Como é possível enxergar cada estrela somente até onde ela começa, e não além disso? [Listverse]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (15 votos, média: 3,33 de 5)

196 comentários

  • Jesse J. de Oliveira:

    Sei lá, entende?
    Pode ser que sim, pode ser que não…
    Então, faz que vai, mas não vai…
    Fui…

  • Murilo Carrenho:

    soluçao pro bonus: existem estrelas de varias cores, e todas as cores juntas em MOVIMENTO fica branco mas como estao paradas fica preto

    • Cesar Grossmann:

      Não é assim que funciona, Murilo. Estrelas brilham e o movimento relativo delas conosco, além da expansão do Universo, desvia o espectro luminoso para o azul ou para o vermelho. Não tem estrela “preta”, no máximo elas viajam tão rápido que você precisa de um telescópio de infravermelho para ver a luz dela.

  • Felipe Coelho:

    A afirmação abaixo é verdadeira.
    A afirmação acima é falsa.

  • Rafael Cruz:

    A solução para o paradoxo da finitude do universo é simples. Em um campo de girassol todos estão a uma distância minima um do outro e ao visualizarmos o campo por completo assim ao distanciarmos do campo, os girassois por estarem um perto do outro pareceram uma so estrutura (ex: Células, átomos que vistos de perto podemos perceber seus limites mais quando vistos de longe várias estruturas parecem uma só.). O mesmo se aplica as estrelas a distância em que uma está da outra e muito grande, e não tem…

    • jhonhalf:

      isso nao faz sentido, ja que as estrelas nao estao somente uma ao lado da outro mas tbm na frente e atras

  • Gibran Leandro:

    Não sei se no caso da flecha chega a ser um paradoxo, porque um objeto estar ou não em movimento depende do seu referencial , ou seja, a flecha pode estar em movimento e ao mesmo tempo parada em relação a dois referencias diferentes.

    Quanto a foto, a flecha pode realmente parecer não estar em movimento, mas o fato é que não há uma flecha na foto, o que existe é apenas uma representação gráfica bidimensional de uma flecha.

    • Herick Henrique:

      a foto eh só um exemplo para melhor entendimento, em vez disso pense que você pode congelar uma área tridimensional, copia-la e separa-lá do universo, o máximo dessas cópias mostrariam a flecha parada, e isso torna-se um paradoxo.

    • Gibran Leandro:

      Henrick, se fosse o caso de separá-la da forma que você falou, em cada universo existiria uma flecha diferente.
      Caso imaginássemos a mesma flecha congelada, para saber se houve movimento deveríamos fazer a pergunta: Em relação a que?
      Como a resposta pode variar dependendo do referencial, acho que não existe paradoxo.
      Ou eu não entendi ou esse exemplo metafísico não ajudou muito.

    • Herick Henrique:

      a ideia em questão eh a mesma do paradoxo dos grãos de areia, um monte de areia são pelo menos 3 grãos que definam a altura a largura e o comprimento do monte, ou até 2 grãos se conseguir equilibra-los, já no caso da flecha não é um paradoxo pois mesmo a distancia ínfima que seja, ele se moverá, mesmo a gente não reparando os milésimos de milímetros que foram movidos, e o referencial é inútil neste caso, pois ele quer dizer que a gente não percebe o pequeno movimento apesar dela ainda se mover.

  • Renan Eich:

    10. Grãos de areia – Um monte é o que as pessoas acreditam que seja um monte. A partir de um ponto se torna um punhado de areia, por exemplo. Isso é bem parecido com um paradoxo em que se leva uma célula do cérebro por vez e se constrói o cérebro novamente em outra mesa (é claro, se isso fosse possível para a ciência), e a pergunta é : em que ponto a consciência vai ser transferida do primeiro cérebro ao segundo?
    Ambos tem a mesma premissa, que eu diria ser bem superficial e boba…

  • Davison Mascarenhas:

    Epimênides afirmava que todos os cretenses eram mentirosos, e ele se incluía nisso.
    mas se fosse verdade, ele não seria um mentiroso!
    porém não todos eram mentirosos, somente alguns, mas como ele era um mentiroso, ele mentiu sobre todos serem mentirosos, sendo que na verdade, alguns eram honestos e outros mentirosos como ele.

    paradoxo de 2614 anos resolvido
    dia histórico para a humanidade
    me tragam champanhe

  • fabioeclaudiacordovil:

    E o paradoxo da espera na parada de Ônibus. O rapaz esperando Ônibus que está demorando se questiona; “Quanto mais o Ônibus demora mais perto ele está pra chegar, quanto mais eu espero menos vou ter que esperar”. Será?

    • Jair Dos Santos Rodrigues:

      Penso nesse paradoxo imaginando assim , que o tempo de espera é uma barra de loading, e o preenchimento dela significa a chegada do onibus.

  • Victor Paes Plinio:

    A do burro com fome e sede tem uma solução:

    Ele pode misturar o feno com a agua e comer a misura, assim mataria a fome e a sede ao mesmo tempo.

    • Keven bressan:

      a 7 só funciona se aquiles e a tartaruga estiverem na mesmo velocidade, se estiverem até uma distancia de 2 metros será relevante.

      e na 1, existe algum objeto irremovível? se até uma pequena força causa aceleração em um corpo, então um objeto irremovível não deveria existir, pois se ´´usássemos“ uma pequena força em um objeto ele deve sofrer alguma aceleração.
      foi isso que pensei no inicio, mas para mover algo devesse haver força suficiente para derrotar o atrito entre o objeto e o solo, já que o objeto é irremovivel deve haver uma força que consiga superar o atrito entre o solo e o objeto irremovivel,nesse caso a força irresistivel, mas se o objeto é irremovivel, o atrito não pode ser superado, mas se a força é irresistivel, ela é que não pode ser superada.
      mas pensando bem o objeto irremovivel só pode ser irremovivel se ele tiver em um ponto de apoio infinito já que se ele estivesse no vacuo ele seria movido facilmente pela força irresistível.
      um ex: (hipotético, obvio)
      se o ponto de apoio de um objeto irremovível,(um muro), fosse a terra, (só por ser a terra seu ponto de apoio, ele já deixaria de ser irremovível, pois ela está no vácuo), e a força irresistível viesse em forma de um soco (-_-), ele se chocaria com o muro, mas o ponto de apoio do muro seria a terra que não está em um ponto fixo, ela se moveria por causa do impacto, carregando o muro para longe.
      gosto de sorvete.

    • Luiz Lima:

      mas ele mistura aágua no feno ou o feno na água?????
      novo paradoxo!

  • Natanael Machado:

    ” se você escolher aleatoriamente uma resposta para esta pergunta quais são as chanses de acertar:
    a)25%
    b)60%
    c)50%
    d)25%”
    se a resposta certa é 60%, tem 25%, logo a resposta é 25% o que não é verdade,
    se a resposta certa for 50% também tem 25% de chanses da resposta certa, logo é 25% o que não é verdade pois a resposta é 50%
    se a resposta for 25%, você tem 2 respostas 25% em 4, portanto tem 50%, porem não pode ser 50% pois ja era 25%

    desafio!!!
    você esta trancado numa sala e existem 2 portas para você sair, é as unicas, e cada uma das portas, numa você sai e a outra te leva pro 6º dos infernosm, e a 2 guardas um é infinitamente sincero e o outro mente demais, você não sabe qual fala a verdade e qual mente, fasendo se e somente se uma unica pergunta para qualquer um dos gardas para sair por qual das portas o que perguntaria?????????

    • Gabriel Godinho:

      vc chega a um dos dois guardas e pergunta: que porta vc acha que o outro guarda indicaria? se for o mentiroso vai te indicar a porta errada e se for o verdadeiro vai dizer que o mentiroso te indicaria a porta errada, então é só ir na porta contraria a que o guarda que voce perguntou falar.

  • Natanael Machado:

    11,deus não pode faser uma pedra que nem ele possa alevantar pois ele tem o poder de levantar tudo o que existe, o que acontece para virar um paradoxo, foi que a “pedra que nem ele alevanta” só com a força dele e com isso surge que se nem ele alevanta é porque tambem o poder dele não alevanta.

    10,nem sempre quando se tira um grão de areia continua um monte, um monte pode conter 2 grãos de areia mas como diz que vai tirando e tirando grãos de areia quando chega no 2 o proximo as pessoas continuam acreditando que é um monte mas não é, pois ja passou de 2.

    9, ta certo que o menor número é retirado, mas o segundo não é mais o interessante pois ele é o segundo e não o primeiro, o que acontece é que o menor número ja saio do grupo fasendo com que o proximo seja o primeiro mas não é.

    8,a fotografia não serve para registrar movimento mas serve para mostrar como ficou o lugar naquele instante

    7,isso pode parecer estranho mas é verdade, a distancia entre aquiles e a tartaruga é 30 certo? cada vez que aquiles chega aonde a tartaruga estava passa digamos 1min e a distancia entre eles diminui fasendo com que aquiles chegar ao ponto da tartaruga em menos tempo, o tempo sempre vai diminuindo do aquiles chegar a tartaruga se o tempo é curto ele se aproxima da tartaruga menos distancia:
    00;30;33;34,0
    30;33;34;34,5
    ou seja, o aquiles sempre ta ce aproximando , mas o “inventor” desse paradoxo fez com que ele se aproximace mas nunca o suficiente se:
    0.02
    0.01
    para ele se aproximar de 0.001 para não alcancar a tartaruga e não 0.001×100=0.1

    6,não é possivel, pois um burro não sabe o que é decisão kkkkkkkkkkkkkkkkkk, capais, se ele tiver mooooooooooorrrrreeendddo de sede e fome nem vai pensar duas vezes, uni-duni-te-escolhi-você.

    5,laaaaa no inicio “SE não acontecer até quinta, significa que só pode ser na sexta” tomem cuidado com o “SE” pois pode ser na quinta e ele não saber, agora ou os outros usam o raciocinio para não executar na sexta, ou se acontecer na secta não sei, tem o sabado!!!

    4, “Se não fizer, ele (como “consumidor”) deve fazer a… (“própria”) barba, ou seja, ele faz a sua barba!” (…barba dele, mas com outra pessoa, propria barba mas ele não faz.)
    o resto não entendi!!

    3, pelo menos um paradoxo, este é ingual a este:
    “esta afirmação é uma mentira”
    se for verdade a afirmação “esta a… …” é verdadeira, esta afirmação diz que ela é falsa e como é verdade então éla é falsa o que não é verdade

    se for falsa a afirmação “bla, bla,bla” é falsa então esta afirmação é falsa e falso então o correto seria “… verdadeiro” o que não é verdade

    2,???
    1, digamos que a força irresistivel fosse exatamente INGUAL ao objeto irremovivel

    Bônus level. os girrasois estão completamente juntos, fasendo com que não aja espaços em branco, porem as estrelas estão separadas por isso não vemos a “massa branca”,

    Anonimo disse:
    mas ezistem infinidades de estrelas no sél

    porem são muito pequenas e a infinidade de outras não eh visible al oio umano
    bom!! esta ai o meu modo de pensar.

  • Murilo Mazzolo:

    Paradoxo na religião:

    Deus nos criou, e, nos deu o poder do Livre Arbítrio. Sendo assim, nós podemos fazer o que quisermos, pois livre somos.
    Porém, com a existência de Céu, Purgatório e Inferno, onde que por nossas ações Deus nos Pune ou nos consagre a vida eterna no paraíso, então Se ele nos deu a total liberdade, como pode nos punir? Somos livres ou controlados por ele?

    Acho que não foi bem um paradoxo… mas é desentendedor!! por isso não tenho religião!!! hehehe

    • Gesse Pinheiro:

      Parece que vc esqueceu o significado da palavra controlados

    • Edgar Antunes de Avelar:

      Na bíblia não existe livre arbítrio, fazer algo em troca de uma coisa boa ou uma punição tem outro nome, chantagem.

  • Murilo Mazzolo:

    No Bônus, nós não vemos um “manto” branco no céu por que para isso a Luz emitida pelas estrelas precisam ser fortes o bastante para chegar ao nossos olhos, Alem da distância diferenciada e a luz mais forte de umas impedindo a captação da luz de outras…
    Eu acho que isso responde!!!

  • herbert:

    Paradoxo do Paradoxo: se o paradoxo é certo e errado, então ele também é um paradoxico e esse paradoxico tambem está errado e certo, portatto, será um paradoxo e assim vai…

    • Lucas Duim:

      wut?

  • Zeca:

    Paradoxo mesmo só o da onipotência. O resto é firula.

  • neto:

    o bonus é simples a gente nao a massa branca por que
    agente ve um certo numero de estrela todas separadas uma
    das outras agente so ve essa massa em galaxias que tem
    estrelas proximas

  • hélio rubano:

    Após uma votação na câmara de vereadores de um certo municipio:

    * FICA DECIDIDO QUE SERÁ CONSTRUIDA UMA NOVA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA NA CIDADE.

    * FICA DECIDIDO QUE A NOVA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA SERÁ CONSTRUIDA COM O MATERIAL DA ANTIGA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA.

    * FICA DECIDIDO QUE A ANTIGA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA SÓ SERÁ DESATIVADA QUANDO A NOVA ESTAÇÃO RODAVIÁRIA FOR INAUGURADA.

  • Sena:

    o ultimo paradoxo da finitude do universo é facil, a gente não enxerga o resto das estrelas porque oque enxergamos no céu é o brilho/luz da estrela, e algumas ficam tão longe que sua luz/brilho não chega até a gente. Me corrijam se eu estiver errado.

    • sergio:

      lembrem-se que no caminha da luz existem obstáculos, como infinitos corpos celestes (planetas, luas, detritos, nebulosas, etc.)há vezes que a luz é parada por esses corpos, tanto que existem estrelas que só podemos ver de tempos em tempos..

    • Jonathan Tejeda Quartuccio:

      Sérgio, não são obstáculos que fazem isso. Existe algo chamado de Redshift que é quando o comprimento de onda da luz cresce até atingir certa frequência. Objetos mais próximos possuem um comprimento de onda chamado blueshift. Existe um limite no Universo o qual podemos ver a luz de outros corpos. Esse limite é chamado de Campo de Hubble. A luz de galáxias além desse campo não conseguem chegar até nós, pois o Universo está aumentando numa velocidade que é maior do que a da luz (sim, isso é possível. As galáxias mais distantes que vemos emitiram sua luz a muito tempo atrás, ou seja, estamos vendo como elas eram e não como elas são. Resumindo: não vemos um Universo branco pois o Universo teve um início e ele se expande. Sobre estrelas que você disse ver de tempos em tempos, elas são chamadas de pulsares, e é outro assunto.

  • michel:

    Depois de muitos anos pensando sobre o porque deus permite o mal, cheguei a uma resposta logica;
    Como tudo neste universo é regido pelas leis da fisica, uma lei muito simples (resumidamente) é a que faz uma lampada acender, um motor funcionar… infelizmente precisamos de dois polos opostos pra fazer QUALQUER coisa se movimentar. mas imagino que deus nao esta feliz com isso.
    Pra quem já for pai como eu, vai saber que nem sempre a gente pode fazer o que os filhos querem.

    Abraços a todos da comunidade, sds d passar hrs me entupindo d informação por aki ;D

    • Deus:

      Deus não criou o mal.
      O mal foi-se criando à medida que o mundo evoluiu

    • Hélio rubano:

      Segundo o moderno dicionário da língua portuguesa Michaelis,
      e.vo.lu.ção
      sf (lat evolutione) 1 Ato ou efeito de evoluir. 2 Progresso paulatino e contínuo a partir de um estado inferior ou simples para um superior, mais complexo ou melhor. E tem mais 10 significados, todos enfatizando que evolução é a passagem de algo de uma determinada condição à outra melhor.Desse modo, não posso concordar com esse raciocínio.

    • Del Vecchio:

      Se o mal foi se criando a medida que o mundo foi se evoluindo, então, a evolução do mundo é superior ao próiprio Deus que não teve forças para impedir esse desvirtuamento da sua criação que teria que ser perfeita,não é mesmo? Onde está a força do criador que foi derrotado pela sua criação? Ainda, sendo o mal fruto da evolução, vai chegar o tempo em que a evolução extinguirá Deus por completo, caso ele não detenha essa evolução.

    • Renildo:

      De acordo com a Bíblia, Deus criou o mal sim.
      Isaías 45:7

  • Procopio:

    Esse paradoxo da onipotência não é tão bom assim, na verdade a maioria dos paradoxos é limitada aos fatos, e os fatos particulares, isto é, os enunciados particulares não servem para generalizar com amplitude universal (Popper). Os paradoxos separam a realidade em apenas dois horizontes: possível e impossível. Mas, isso de forma alguma justifica a inexistência de outras possibilidades. Aí, adentramo-nos num território no qual a própria linguagem e lógica humana criam os paradoxos. De acordo com Quine há uma grandiosa diferença entre palavras e objetos. As palavras que utilizamos para descrever os paradoxos são imprecisas, pois toda a linguagem humana é provisória e superficial diante da verdade que não temos acesso. Vamos analisar o paradoxo da onipotência. De cara afirma-se que Deus pode tudo, e posteriormente limitam o seu tudo com questões circunstanciais, se ele pode tudo, ele pode construir algo do qual seja incapaz de erguer? Sim, claro, isso é perfeitamente aceito, contudo pode também solucionar esse problema, pode, por exemplo, aumentar sua força e erguê-la e, novamente construir outra pedra da qual não é capaz de levantar no momento.

    • FilipeMiguel:

      Tenho que discordar com essa opinião pois este é um dos argumentos utilizados por muitos ateus quando se defendem da não existencia de um Deus. E como tal é um dos temas abordados na disciplina de Filosofia. Ao contrário do que interpretou quando se fala de uma pedra que ele nao consiga levantar refere-se ao momento em que a cria. Melhor, mesmo que ele resolvesse o problema como você sugere, nos momentos entre a criação da pedra e do aumento da sua força ele não seria omnipotente, logo nao seria Deus.
      Obrigado.

    • Procopio:

      Olá Felipe, seu argumento é interessante. Contudo, já estudou falácias? Porquanto, já começará com uma, já que desfere seu argumento ao ateu, como se este não fosse capaz de profereir uma boa asserção. Mas, vamos lá, de acordo com sua proposição deixaria-se de ser onipontente no momento da criação e aumento de força. O significado de onipotência é “poder absoluto e infinito”,ele não deixou de ser onipotente, muito pelo contrário, o absolutismo e a infinitude de seu poder é o que lhe permite resolver os problemas, pois daí partem infinitas possibilidades. Mas, eu levanto a questão para os problemas lingüísticos, quando se fala em poder tudo, ou em possibilidades se fala de coisas que extrapolam o significado das palavras. Quando se pode tudo, existe infinitas possibilidades, e numa dessas há possibilidades de que Deus seja Onipontente e há possibilidades de que não seja. A lógica do homem é falha, só isso que lhe digo.

    • Ruth Sofia:

      A lógica não se aplica a Deus (Veja São Tomás de Aquino)

    • Livonor:

      Se Deus sendo onipotente “pode fazer tudo” então ele pode fazer até mesmo coisas ilógicas, logo mesmo a criação de uma pedra que ele não pudesse carregar fosse algo ilógico ele poderia fazer isso, o paradoxo é falso em si mesmo, pois deixa implícito que Deus está acima da lógica para depois tentar jogar pra cima dele uma contradição lógica

    • Vinicius:

      Concordo, Deus esta acima da lógica.
      Desta maneira a única resposta que eu consigo ver é que “Deus consegue levantar uma pedra que nem ele mesmo consegue levantar sem levantá-la”…

      Ele é onipotente,logo ele pode fazer tudo, logo ele pode fazer o que foi dito

    • Mathew Schneider:

      Vocês já ouviram o que significa uma figura de linguagem chamada hipérbole????

      E isso só poderia ser considerado um paradoxo se o próprio Deus tivesse falado!

      Abraços

  • portugas?:

    vish… o texto está horrivel, varios paradoxos sem sentido ou mal formulados.

  • Guilherme:

    na verdade o agora é um paradoxo poi quando escrevi agora ja é passado

    • Livonor:

      Creio que o próprio conceito de “agora” inexiste, pois não se pode riscar um trecho da linha do tempo de dizer “tal coisa aconteceu exatamente nesse instante” pois o tempo pode ser dividido em infinitas partes, assim tecnicamente não poderiamos dizer que uma partido de futebol começou as 13 horas e 41 minutos, pois na verdade ela começou as 13 horas 41 minutos 22 segundos 13 décimos de segundo….. e assim infinitamente. O “agora” que a gente conhece é apenas uma abstração criado por nós para distinguir certos períodos de tempo

    • Murilo Mazzolo:

      Depende em que se divide, o agora pode ser o exato segundo que escrevi isto, ou o minuto que está se passando, a hora, ou o dia de hoje. Agora pode ser esse mês, esse ano, década e até século. Mas é complicado isso em!!!

  • carlos:

    SEM QUERER TIRAR MAIS TEM PARADOXOS MELHOR Q ESSES!

    por exemplo:
    se vc faz um portal para o tempo onde vc consegue ser ver a 1 minuto a traz ligando a maquina q cria o portal…pega um revolver e atira no seu eu do passado…oq acontece,vc morre?

    se vc morrer quer dizer q vc estava vivo no futuro e foi oq fez vc no passado morrer!
    se vc nao morrer quer dizer q vc no futuro atirando no seu passado nunca existir oq quer dizer q vc morreu a um minuto atraz! HAAAAAA isso doi a cabeça! SUAHSUHAS

    • Guilherme:

      pra isso tem a teoria do universo paralelo

  • Danilo:

    A do grão de areia e a da onipotência são ótimas, muito boas mesmo.
    Massa gostei muito.

  • “Fernando Lima” ( Lima”:

    “Filosofia não é poesias nem farses pré-montadas e sim, uma reflexão dos atos vívidos para o hoje” ( Fernando Lima )

    • Daniel:

      “… não é poesias nem farses…” ?

  • MILA:

    NÃO ENTENDI NADA, NÃO SIRVO PRA SER FILOSOFA.AFF

  • MILA:

    QUE?

  • Joao Paulo:

    Criancinha, é aquele ditado: poder ele pode… mas será que deve? no resumo ele quer e vai, mas se o fizer no tempo errado, ele cria outra situação, e si fizer no tempo devido, é o que chamamos de o tempo devido de Deus, ai sim ele consegue exterminar o mal para todo o sempre, se ele agir fora desse tempo ele será obrigado a acabar com o livre arbirtrio, porque ele não esperou o processo correto e o pior ele (Deus) fica mal visto, porque a destruição do diabo em si elimina vamos colocar assim 80% do mal sobre a terra, mas fica a pergunta será que os anjos que presenciaram esta atitude não colocaria sobre dúvidas de que o homem pode ter exito ser bem sucedido sem intervenção divina? fato declarado por ele o diabo, esse argumento ganhou força la naquele tempo, mas precisa ser provado, este processo elimina futuras rebeliões nas hóstes celestiais indefinidamente, porque ao ser dado chance de provar os próximos que usar os mesmos artifícios contra Deus ele ai sim pode faze-lo virar cinzas imediatamente, porque fato provado e comprovado, não haverá razões para questionmentos e testes, muito facil achar que Deus pode fazer isso ou aquilo se quiser porque ele é Deus, mas esta sob questão digamos judicial, a ação pede tempo tempo pra Deus não é problema pois não envelhece e morre como nós e quanto a nós se morrermos temos garantido a resurreição, então querendo ou não somos eternos, desde que estejamos nos planos de Deus e não nos do diabo para vida eterna ou destruição, simples de entender não? solucionar um problema pra Deus significa nunca mais dar a chance de seu dominio e sua palavra não ser colocado a prova sob alguma tentativa de justificar, o diabo é hábil, sabe em qual ponto tocar sem se prejudicar, mas é tolo Porque desafiou O todo poderoso e pagará caro por isso pois foi omicida, ele usa todo argument de convencimento e consegue enganar as pessoas de um forma forte e perversa.

    • Andre Luiz:

      Você simplismente flw tudo…

  • criancinha:

    Um raio cai no meio de uma floresta vazia, sem nenhum humano por perto, e destroi uma árvore.

    Houve barulho?

    • Livonor:

      Creio que seja possivel que não tenha tido barulho, a natureza é indutiva, isto é, nada tem 100% de chance de acontecer nela, pode ser que algum fator, matéria tenha estado em tal lugar e impedido que se criasse o som. Mas dado nosso conhecimento do mundo sabemos que isso é bem improvável, e como no mundo físico as informações nunca se perdem é possivel saber através de meios empíricos se houve som, embora a tecnologia atual não permita que tenhamos acesso a essas informações

  • criancinha:

    PARADOXO DE EPICURO:

    Para Deus e o Mal continuarem existindo ao mesmo tempo é necessário que Deus não tenha uma das três caracteristicas.

    Se for onipotente e onisciente, então tem conhecimento de todo o Mal e poder para acabar com ele, ainda assim não o faz. Então Ele não é Bom.

    Se for omnipotente e benevolente, então tem poder para extingir o Mal e quer fazê-lo, pois é Bom. Mas não o faz, pois não sabe o quanto Mal existe , e onde o Mal está. Então Ele não é omnisciente.

    Se for omnisciente e Bom, então sabe de todo o Mal que existe e quer mudá-lo. Mas isso elimina a possibilidade de ser omnipotente, pois se o fosse erradicava o Mal. E se Ele não pode erradicar o Mal, então porquê chama-lo de Deus?

    • samuel oliveira:

      o paradoxo do epicuro:
      Se Deus nos fez com o poder de decisão estará tirando o poder que nos deu ao fazer o seu e ao invés disso nos deu o poder de decidir entre o bem e o mal, o bem e o mal são ações que resultam em consequencias boas ou ruins (julgamos) sendo um Deus bom então é um Deus bom somente porque faz coisas boas.

    • ichimaru gin:

      bom é assim, se Deus permitiu que o mal existice, significa que ele ja nao é tao bom, pois com sua “onipotencia” ele poderia acabar com o mal sem tirar o nosso “poder de decisão” certo?( ta ai outro paradoxo)

    • Korumaru:

      Não foi Deu quem libertou o mal.

    • Jorge:

      DEUS não é bom nem mal…DEUS é Justo…justiça é;
      Segundo Aristóteles, o termo justiça denota, ao mesmo tempo, legalidade e igualdade. Assim, justo é tanto aquele que cumpre a lei (justiça em sentido estrito) quanto aquele que realiza a igualdade (justiça em sentido universal).

    • Andre Luiz:

      não pois assim ele iri tirar o poder de decisão daqueles que escolheram o caminho do mal, sendo assim tendo que exterminar muitas pessoas e se tornando o novo mal… e tbm o “Ser” seja humano ou não, não se torna mal so pq deixo o mal vivo

    • Livonor:

      @criancinha esse paradoxo é fácil de refutar, pois ele se baseia numa unica premissa básica que você mesmo expos:

      “Se for onipotente e onisciente, então tem conhecimento de todo o Mal e poder para acabar com ele, ainda assim não o faz. Então Ele não é Bom.”

      A falha do paradoxo é que mesmo Deus tendo permitido a existência do mal não se segue necessariamente a conclusão de que ele não é bom, pois pode-se muito bem permitir o mal para se chegar a um bem maior, como um homem que mata um ditador que oprime um povo, ele fez um ato mal porém foi para um bem maior, logo ele continua bom

    • Mochileiro:

      É possivel definir o que é “Bom” sem antes saber o que é “Mal”? Não, pois anular a existencia de um deles automaticamente anula a existencia do outro: sendo assim Deus (se é que existe) poderia muito bem permitir a existencia do mal, mesmo tendo consciencia e poder para destrui-lo.

      O “Mal” existiria, portanto, para ensinar aos homens o que é o “Bem”, assim como é preciso haver o “dia” para saber que existe a “noite”.

    • Livonor:

      Não creio que a inexistência do bem implique na inexistência do mal, se pudesse ser criada uma sociedade idílica onde não existe mal, isso não implica que tudo nela vai automaticamente deixar de ser bom, mesmo que por não conhecer o mal as pessoas não percebessem que vivem numa cidade boa a cidade continuaria boa, pois a existência do bem e do mal não depende da opinião humana. As coisas não são boas ou ruins por si mesmas, o bem que conhecemos seria um conceito moral (não matar por intenções meramente destrutivas, por exemplo) e tudo que fugisse a esse conceito seria o mal

  • Joao Paulo:

    _Joanna, td o que disse é bom é intencidade de viver, mas onde vão os jovens que buscam toda intenciade da vida, são todos responsaveis? se importam com outros? ou só consigo mesmos, tudo na vida eu posso, mas.. será que devo? faça sempre esta pergunta toda vez que for tomar uma decisão, porque sua vida pode estar decidida ai, ai vc diz assim: a vida? Quanto tempo dura a vida? pra uns pouco dura pra muitos ela é eterna, em um mundo e numa condição muito melhor do que a que estamos acostumados a viver, e lá poderemos fazer tudo o que fazemos aqui só que com responsabilidade e sem riscos para nós e para outros e detalhe, com vida infindável.

    • Edgar Antunes de Avelar:

      Livonor, como alguém que tem o poder para acabar com o mau e não acaba, não é necessariamente mau?

  • Joanna:

    paradoxos. livre pra voar, pra fazer escolhas, pra sentir emoções distintas. mas, e a essencia? onde está? na liberdade, ou na cumplicidade adquirida através de um relacionamento? o que importa? como lidar com a pele? a necessidade do toque. o toque sem a intimidade, sem a cumplicidade, é tão válido assim? sua necessidade compensa o vazio sentido depois? vazio.. é isso. é bom ser importante para alguém. é bom saber ser importante para alguém. uma noite. várias noites. cheias de gente. e sem ninguém. a música. ahhh, a música. como a música é boa. como é bom dançar. mas onde? onde dançar sem ser alvo de julgamentos e críticas? haja autoconfiança para se submeter a dezenas de olhares em busca de algo em uma noite de dança. como é bom dançar. paradoxos. como encontrar o equilibrio? o equilibrio é a essencia. fazer coisas que fazem bem. concentrar os esforços somente em coisas que fazem bem. meta. foco. dificil.

  • Davidson Lima:

    “O enforcamento surpresa” está mais para piada do que paradoxo.

  • OMG!:

    Estou ficando com muita dor de cabeça…

  • Jullian:

    q tal a dos carinhas das cidades
    aparece um viajante e avista 2 pessoas

    os dois disse q falam a verdade porem nao se sabem se sao confiaveis
    um fala q o outro menti e fala pra vc ir pelo caminho da esquerda
    porem o o utro replica e fala pra voce ir pelo cxaminho da direita
    se os dois falarem mentira ou a verdade voce nao se movera de lugar
    porem se um falar a verdade e um falar a mentira voce prosiguira
    porem ….[

    qm falara a verdade e a mentira
    meditem sobre isso

  • ivan:

    O paradoxo do pinóquio não é assim:
    Pinókio diz: meu nariz vai crescer AGORA

    É assim:
    PINOKIO DIZ: MEU NARIZ VAI CRESCER. (sem o ‘agora’)

    Se fosse o primeiro se chegaria a uma conclusão:
    1 Ele diria: meu nariz vai crescer AGORA
    2 Não cresce
    3 Passa um tempo, o nariz dele cresce pois o nariz dele não cresceu naquele momento
    4 Acaba o paradoxo

    Se fosse o segundo, o tempo estaria indefinido o que levaria ao paradoxo
    1 Ele diria: meu nariz vai crescer.

    2¹ O nariz dele cresce
    3¹ Ele não mentiu. Por que o nariz dele cresceu, então?

    2² O nariz dele não cresce
    3² Ele mentiu. Então por que o nariz dele cresceu?

  • Halls:

    O do enforcamento é fácil o cara perdeu seus miséros dias de vida pensando numa decisão que achou que ia ae safár mais.(daí que vem a comédia)ce fosse no brasil e ele tivesse falado isso pro juiz.o próprio teria solto o bandido.Mais como o era.ninguém teria conseguido tirar a razão de um rei.Agora o do filósofo e a flecha.Ce ele estivesse na frente da flecha ele veria que a flecha estaria em movimento pena que ele n poderia contar isso para os outros.o do achiles é só calcular a quantos que a tartaruga e achiles0fazia por metros e calcular a distância da chegada.o do grão é fácil com 4 grão já é um montinho.ce tirar 1 grão será 3 grão de areia.

  • thauã:

    Oque é o nada ? me expliquem oque é o nada e eu direi que vcs sao fodoes ! imagine o nada :S
    Eu sou Agnostico , na minha religiao acredita-se em um ser superior por “FÈ” , mas não podemos falr se ele existiu ou existe , e nem provar se ele nao existiu e nem existe :X ! para quem quiser saber mais sobre os ” Agnosticos ” procure no Wikipedia , vlw e me respondam !

  • GUstavo:

    lol, o céu nao fica completamente branco pela mesma razão pela qual uma lanterna de bolso nao ilumina a lua, isso nao é um paradoxo

  • Henrique:

    existe 2 mais curtos e mais dificeis

    Pinoquio diz, meu nariz irá crescer agora,

    e outro

    se uma mulher é surda e muda, qual lingua ela pensa?

    • Livonor:

      “se uma mulher é surda e muda, qual lingua ela pensa?”

      Creio que ela não necessitaria de pensar com uma língua com sons como nós, poderia pensar usando as sensações do tato ou as imagens de sua visão por exemplo

  • Bruno:

    Dois paradoxos tambem interessantes que não foram publicados aqui são assim:
    Imagine que o Pinóquio diria ´´Meu nariz vai crescer agora!“ mas realmente se crescesse ele diria a verdade, porem seu nariz só cresce se for mentira, se for mentira o seu nariz cresce o que automaticamente é verdade
    E o outro é que todos que escreveram neste site são mentirosos, então eu sou mentiroso então a afirmação anterior é verdadeira, e assim vai…

    Ah gostei muito dos paradoxos valeu gente!!!

  • luan:

    nada grita tao alto quanto o som do silencio

  • alvaro:

    tudo bem sabidoes,
    pensem numa pedra, agora peça para um cientista explicar de onde ela veio. agora peça para um padre/pastor.
    o padre/pastor dira que foi Deus quem fez, como diz na biblia.(e Deus, quem fez? tudo nao deve ter um começo?).o pastor/padre respondera que Deus é onipotente, oniciente,onipresente…, mas nao te respondera.
    o cientista dira que ela é consequencia do magma expelido das entranhas da terra que resfriou.(e o magma?).é pedra derretida que se formou nos primordios da terra.(e a terra?). faz parte do big bang, que explodiu.(explodiu?).é existiam atomos neutros que se neutralizavam dia apos dia, ate que um dia um deles desempatou o placar e se deu o big bang.(e os atomos neutros?).ééééé….
    como vimos isso nunca vai acabar, os cientistas podem ficar pesquisando a arvore genealogica da pedra pela resto do “tempo util” da terra, mas nunca chegaram no começo, o mesmo para o padre/pastor. eu nao sei voces mas eu prefiro acreditar que um Cara onipotente, oniciente, onipresente sabe a resposta, porque se ele nao souber, ninguem sabe.e eu vou aonde ele mandar eu ir, porque so ele sabe o melhor final.

    • Livonor:

      Besteira, você não pode afirmar com certeza que o pastor responderá “foi Deus que fez” existem diversas escolas na teologia que tratam da criação (designe inteligente, tomísmo…).

      1-Na explicação de seu padre hipotético não entramos em uma “arvore genealógica eterna” (em filosofia isso é chamado de regressão infinita) pois Deus é atemporal, e como tal não necessita de causa, aliás ele nem pode ter tido uma causa, pois para algo causar outra coisa precisa existir tempo.

      2-Na explicação do cientista dá no mesmo, a regressão infinita da pedra termina no inicio do tempo, pois como já disse, não dá pra criar nada sem tempo.

      Logo ambas as explicações não tendem a ir pro infinito

    • Pedro Uzumaki:

      a pedra se originou do nada como o bigbang pesquise a criaçao do universo de Stephen Hawking

  • michel:

    Fiquei chateado com a quantidade de coisa SEM lógica postada nessa matéria, exceto a 11,8,1 e BONUS.

    11: ele pode E não pode mover tal pedra ao mesmo tempo, da mesma forma que ele existe E não existe ao mesmo tempo. já que tudo é uma superposição quantica.

    8: a flexa está em movimento! quando o individuo para para olhar cada instante, ou ele parou o tempo(impossivel) ou está apenas vendo uma foto do rastro da flexa.

    1: a vida não é algo irresistível? antes da vida o absoluto nada não ERA algo irremovível?? alguem tem a resposta pra isso quando criou o universo ;]

    BONUS: os fotons se dissipam, gases de diversos tipos seguram a luz entre varios outros motivos bem conhecidos pra isso.

    • Livonor:

      “1: ele pode E não pode mover tal pedra ao mesmo tempo, da mesma forma que ele existe E não existe ao mesmo tempo. já que tudo é uma superposição quantica.”

      Ele “pode mover” e “não pode mover” a pedra ao mesmo tempo, nem pode existir e não existir ao mesmo tempo? isso é ilógico. A sobreposição quantica só é válida para coisas físicas e não entidades metafísicas como Deus

      “a vida não é algo irresistível? antes da vida o absoluto nada não ERA algo irremovível?? alguem tem a resposta pra isso quando criou o universo ;]”

      A vida não é uma força irresistível, ela é apenas uma abstração para o estado em que seres ou coisas físicas permanecem existindo, o nada absoluto não era irremovivel, pois se assim fosse ele não seria nada, pois necessitaria de existir, possuir massa.. etc para ser irremovivel

  • AcidBytes:

    Arlon, que tal além de estudar a história da humanidade, estudar um pouco de português também???
    Ser ateu não é desculpa para cometeres tamanhas atrocidades contra a última flor do lácio (o idioma português).

  • Marcos:

    “Só sei que nada sei” … Sócrates.
    Abraços

    • Natanael Machado:

      ou, eu não sei de nada

  • Arlon:

    e… lá vamos nós…mais umas vez falarmos de deuses!!

    Nós Ateus defendendo iredutivelmente a inexistencia do sobrenatural salvo na própria mente humana que insiste em se fechar nun mundo quase “perfeito” observado por algo assim INCONPREENSÍVEL para nossa mente humana …

    Mas Pouco adianta aqui!!

    POis ainda os religiosos ou crentes em quais quer deuses sempre…sempre negarão estarmos sozinhos neste universo eles necessitam que haja DEUS! Esse é um comum e normal medo humano desde nossa socialização.

    POr isso peço apenas que estudem..mas estudem MUITO a História da humanidade e quem sabe abrirão os olhos…ñ acreditem no q estou dizendo, muito menos nos pastores, padres interessados neste grande “negócio”. Vejam o dizem pessoas que estudaram e estudam a humanidade desde seus primórdios.

    Mas tenho penas, apenas isto dos que lerem este comentario e dirão:
    EU SEI COMO É DEUS….EU ACREDITO E PRONTO…A HUMANIDADE NUNCA SABERÁ SE ELE EXISTE OU Ñ!…ESTÁ FORA DA NOSSA COMPREENÇÃO…..assim é fácil, respostas vagas, apelativas…mas de bom grado a aqueles que precisam ser confortados.

    Abrçs.

    • Livonor:

      “Nós Ateus defendendo iredutivelmente a inexistencia do sobrenatural […] observado por algo assim INCONPREENSÍVEL para nossa mente humana”

      Não fale usando “nós” você não representa todos os ateus. O ateísmo não prega a inexistência de fatores sobrenaturais (embora a grande maioria dos ateus o faça) e sim a inexistência de seres sobrenaturais (deuses), tanto é que existem vertentes ateístas no budismo, que não creem em Deuses mas creem em coisas sobrenaturais (reencarnação)

      “Mas Pouco adianta aqui!! POis ainda os religiosos ou crentes em quais quer deuses sempre…sempre negarão[…]”

      Sim, e Daí? Dizer “eles sempre negarão”, “eles tem que acreditar” não passa de falácia da leitura mental (tentar dizer os motivos dos outros como se lê-se a mente deles) e falácia genética (tentar desqualificar uma crença pela sua origem)

      “Vejam o dizem pessoas que estudaram e estudam a humanidade desde seus primórdios.”

      O que elas dizem não muda os fatos, isso que você está tentando fazer é pura falácia de autoridade

      Ou seja, nossa amigo pega um discurso “a la Carl Segan” prontinho do forno, e começas a dizer “religião é conforto pros fracos” “eles precisam acreditar” e refutar ela que é bom nada. Baseando seu ateísmo puramente no disparate de ofensas e ad hominens em direção a religião e aos seus adeptos, chega a ser uma vergonha para os ateus sérios

    • lucas:

      não é medo é apenas uma teoria assim como o evolucionismo
      e quero lembra que é preciso ter muita fé para cre no criacionismo mas é preciso ter muito mas para cre no evolucionismo

  • divinhao:

    Se nós pudéssemos compreender o processo de criação, nao seríamos criaturas, porem deuses. Voce deve pensar no seguinte: imagine o ser do qual nao se pode pensar nada maior. Imaginou?
    Esse, e somente ele é o ser incriado, o motor imóvel como diria Aristóteles. Dessa forma nao se permite tais absurdos de recorrer infinitamente a um ser maior que outro ser, só um deve necessariamente existir: o ser do qual nao se pode pensar nada maior.

    • Livonor:

      raciocínio interessante, mas acho ele falho. Pois mesmo que exista um ser que nós não pudessemos pensar nada além dele, não significa que esse ser é absoluto e não existe nada além dele, só significa que nós humanos por termos uma capacidade de conpreenção limitada não podemos ver o que está acima dele. Se um peixe, que com seu pequeno cerebro não consegue imaginar nada além de seu aquário, não significa necessariamente que não exista nada além do seu aquário, não é mesmo?

  • ABBADON:

    A VERDADE E´QUE OS PARADOXOS SE DESFAZEM NO MUNDO REAL <- ESTE E´PARA PENSAR DE VERDADE.

  • João Paulo Roque:

    _ Até que enfim um comentário mais sadio e perspicáz, parabéns Wanderson,muito bom de entender a forma como expôs o seu raciocinio, muito lógico, Deus sabe desde o início o fim a que se dá tudo, mas não age, pois a simples razão pra tal coisa se define naquilo que ninguém pode ou deve pagar pelos erros dos outros, sendo assim tudo aquilo que o homem semear é o que ele colhe, assim os desastres naturais tem a ver com a ganancia do homem, ai vc me diz assim o inocente paga por isso porque quem polui são os ricos, mas ele constroi sua casa perto do pricipício, polui os rios e desmata de forma radical, de forma que estamos todos no mesmo barco, portanto colhemos juntos aquilo que juntos semeamos, o sofrimento é uma forma que deus nos mostra como estamos agindo e as consequencias desta ação nas nossas vidas, mas existe a promessa de reversão desta situação como mostra o evangelho, assim ele espera que com o tempo entendemos o seus sentimentos para conosco, e o que temos que fazer para se achegar a ele e alcançar as suas promesas por meio de seu filho, que é de estabelecer um paraiso aqui na terra onde ele será rei por toda eternidade, livro da biblia sagrada Revelação ( Apoclípse) 21 versículo 4 on de promete vida eterna.

  • Douglas Snook:

    Um dos paradoxos que eu mais gosto é o paradoxo do avô. Achei bem interessante. E o segundo é o de onipotência.

    Bem interessante este artigo. Very good!

    • Leomir Oliveira:

      Só sei que nada sei? Como alguém pode saber que não se sabe nada?

  • Marcus:

    Ursinho Pimpão: Você escreve muito mal pra quem acha que sabe tanto: Unipotência ao invés de Onipotência. Cede ao invés de Sede. Dois erros gritantes. Mas concordo, o paradoxo de Aquiles com a tartaruga é ridiculamente imbecil.

  • Wanderson:

    @Cesar:”A onipotência é uma invenção humana, por isto é cheia de paradoxos. Por exemplo, se Deus sabe tudo, ele sabe o futuro, e se ele sabe o futuro, ele sabe o que vai fazer. Mas se ele sabe o que vai fazer, então ele não pode fazer o que quer, ele tem que fazer o que ele sabe que vai fazer, então ele não é onipotente. Resumindo, a onisciência anula a onipotência, e vice-versa.”

    Cesar,vc já ouviu falar da palavra Icognóscivel?É o adjetivo que alguns pensadores atribuem a Deus,graças a sua complexidade,quer dizer,a Inteligência Suprema é incapaz de ser compreendida em sua totalidade no atual estado de maturidade evolutiva do ser humano.Não adianta fazer birra com a Filosofia.
    Porém,isso não quer dizer que não seja possível entender seus atributos.Por exemplo,pegando sua teoria,vamos tomar como ponto de partida a inteligência humana como ponto de comparação a divina;

    Vc está construindo algo que já tem planejado desde muito tempo e já o tem visualizado em sua mente.Não seria isso,a grosso modo,uma visão de futuro?
    Porém,se vc não quiser mais criar o que estava planejando e que está na sua mente,vc deixou de antever o futuro ou vc pode fazê-lo(prever) novamente?Vc perdeu o controle de suas capacidades de criar algo e de si mesmo por causa disso?
    Se sim,então vc não deveria existir,de acordo com suas próprias idéias.
    Porém,vc existe e tem total controle de suas ações,não é?Difícil desacreditar de si mesmo,não?

    Logo,a sua teoria exótica perdeu o sentido.

    “Por exemplo, ninguém parece entender o problema do mal. Não estou falando de pessoas más, mas estou falando de eventos que são maus, como, por exemplo, um furacão que desabriga um monte de pessoas, mata um tanto afogado, arrasa colheitas, e traz o sofrimento ao mundo. Não tem como um mundo criado por um deus bondoso ter furacões. Um mundo que tem furacões ou é um mundo ao acaso, ou é um mundo criado por um deus mau, sádico, ou no mínimo um deus que não se importa com o sofrimento humano, que não está nem aí com quem perde a casa, os parentes amados, ou mesmo a vida.

    As catástrofes naturais são necessárias para a manutenção do planeta como um todo.Imagine que o planeta fosse como um relógio extremamente preciso.Se pessoas morrem e morerão por isso é por que há detalhes de nossos destinos que ainda não conhecemos e mesmo assim há explicações para isso,porém,vc terá que acreditar na alma humana e na sua imortalidade para poder ter um ponto de vista mais alto do que o atual e perceber que essa vida é apenas uma passagem momentânea e admitir que a ciência não explica tudo.

    Boa sorte.

  • alexandra:

    Isso mesmo…
    o objetivo foi atingido…nem todos pensam da mesma forma,o entendimento não é o mesmo para todos..era esse o objetivo do artigo criar discuções, colocar pontos de vista diferentes, mesmo que os mais estranhos possiveis..desde que acompanho essa revista esse é um dos artigos que gerou mais polêmicas,,,muito bom isso…

  • breakProblem:

    Certa vez um filósofo disse que certos problemas se limitam ao discurso , ou seja, a maneira como as pessoas se expressam, portanto, tentem expressar os problemas de maneira diferente, e todos eles serão resolvidos. Mas daí perderão a graça não é? Então esses paradoxos só existem porque eles são úteis. Sua utilidade: rir dos paradoxos.

  • Cesar:

    A onipotência é uma invenção humana, por isto é cheia de paradoxos. Por exemplo, se Deus sabe tudo, ele sabe o futuro, e se ele sabe o futuro, ele sabe o que vai fazer. Mas se ele sabe o que vai fazer, então ele não pode fazer o que quer, ele tem que fazer o que ele sabe que vai fazer, então ele não é onipotente. Resumindo, a onisciência anula a onipotência, e vice-versa.

    Agora, é engraçado os que acreditam em Deus tentando definir Deus e depois dizendo que a mente humana não pode compreender Deus. Ora, se a mente humana não pode compreender o infinito, por que aqueles que dizem acreditar em Deus tentam definí-lo? Será que eles se acham mais que humanos?

    Na verdade, é a novilíngua dos religiosos. Quando eles dizem “os humanos não podem compreender Deus”, o que eles querem dizer é “idiota, você não pode compreender, eu posso, por que sou muito melhor que você”. E o pior é que só falam besteira. Por exemplo, ninguém parece entender o problema do mal. Não estou falando de pessoas más, mas estou falando de eventos que são maus, como, por exemplo, um furacão que desabriga um monte de pessoas, mata um tanto afogado, arrasa colheitas, e traz o sofrimento ao mundo. Não tem como um mundo criado por um deus bondoso ter furacões. Um mundo que tem furacões ou é um mundo ao acaso, ou é um mundo criado por um deus mau, sádico, ou no mínimo um deus que não se importa com o sofrimento humano, que não está nem aí com quem perde a casa, os parentes amados, ou mesmo a vida.

  • João Paulo Roque:

    _Nimguém tem nada por absoluto, como o que crê sem o livro ou a “Biblia sagrada como luz para os seus pés” ele não é ninguém sem ela, porque tudo o que ele precisa para alcansar a sua salvação o conhecimento, sem ela é como cego vagando ou mais que isso. O único caminho reservado a quem busca compreender as grandesas do universo, é somente loucura pura e explicita, o Criador tem o universo inteiro nas palmas de suas mãos conhece-o mais que nós o nosso próprio corpo…Um abraço a todos!

  • João Paulo Roque:

    _ Resposta ao weslei, escuro absoluto frio absoluto, resumindo espaço vazio infinito, apenas um ser uma luz intensa indescritível impossivel que um mero mortal podesse olhar pra esta luz e continuar vivo, eis ai o criador soberano universal, estava ele ali feliz porque era completo em si e não lhe faltava nada, o amor simples e puro o induziu a criar… A mente humana não foi projetada para entender o infinito.

  • João Paulo Roque:

    _ Ele não pede que entendamos o seu poder apenas que nós observamos e obedecemos os mandamentos de suas leis, e isso se quisermos podemos fazer.

  • João Paulo Roque:

    _Deus não nos obriga a crer em sua existencia, e nem ele pode faze-lo, pois por isso nos fez com livre arbitrio para que podessemos fazer as escolhas que quisermos sem sofrer imediata punição, mas ele estipulou um dia para jugar a todas as nações e só irá poupar os que ele reconhecer como justo porque ele disse: com fé mesmo que morra viverá novamente pois seu poder é infinito ele promete vida eterna aqueles que nele depositar fé, o deboxe e descrença não afetará em nada os objetivos dele pois tudo o que ele precisa é de apenas um grupo de pessoas para que ele realize os seus objetivos, um grupo que esteja disposto a dar ate mesmo a sua vida em prol da obediência e seguir fiel as suas doutrinas, pois a nossa vida aqui se resume em apenas um curto periodo, há muito mais no futuro próximo.

  • Mysrery Player:

    A Onipotência é uma coisa fo ra de um humano imperfeito possa entender…

  • Junior:

    Vou responder @Wanderson, pela ultima vez.
    Afinal uma pessoa que se quer consegue ententer um texto como voce, fica realmente dificil dialogar.

    “Se eu quiser criar alguma coisa e,depois não quiser criá-la mais,eu sou incapaz de fazê-la por causa da minha decisão, apezar de ter certeza de minhas capacidades?” – Aqui você afirma que(exemplo); a principio quer fazer um carro, no outro dia não quer mais. Mesmo sabendo que pode faze-lo –

    (eu então respondi)

    Voce pode ter certeza das suas capacidades, mas se voce é impedido de executar uma ação pela sua propria capacidade, caimos no paradoxo 11 do site. Onde sua capacidade impede voce mesmo de fazer uma ação(“Cria uma pedra que não pode carregar”)
    – Voce sabe que pode fazer o carro, mas desiste da ideia, porem voce sabia que ia desistir, sua capacidade de saber o futuro impediu voce de não fazer o carro.(uma capacidade esta inferindo na outra e como se pode desistir, se voce sabe tudo não tem como se arrepender)-

    “Nossa…Resposta impresionante…”

    Obrigado pelo elogio =D

    “Então vc afirma que tanto eu,como vc(e os outros também)que somos um bando de incompetentes e imbecis apezar de nossa inteligência,só por que decidimos não criar algo que temos certeza que podemos,é isso?Somos um paradoxo em nós mesmos,porém existimos,pensamos e criamos,que legal.”

    Vamos mudar uma coisa, voce é o unico imbecil aqui. Que se quer tem capacidade de ler meu comentario por um todo. A discussão esta nas supostas habilidades infinitas do seu amigo imaginario, em nenhum momento eu citei os seres humanos(ou que eles tem super poderes).

    “Isso é a idéia mais estapafúrdia que já li.

    Se nós existimos,já que somos um paradoxo,não vejo por que Deus não existir.”

    Isso daqui é uma falacia das melhores é conhecida como “falacia do espantalho”, onde ele descaracteriza minhas afirmações substituindo pelas dele, para depois dizer. “Olha o que voce disse…” e tentar refurta-las. Lamentavel essa inclusão digital

    “Se um artista para de fazer uma escultura por sua vontade não quer dizer que ele não seja capaz de criá-la,isso é muito simples de se entender,me impressiono com sua resposta.O mesmo se dá com a Inteligência Suprema do universo,Inteligência essa que transcende qualquer pensamento religioso ou científico humano.Ou seja,os atributos do Demiúrgo(dê o nome que vc quizer) é um assunto filosófico,não religioso.”

    Novamente ele incovaca a tal transcedencia, o importante aqui é notar que ele não resolve o paradoxo pelo contrario apenas da mais uma capacidade a esse tal ser. E essa capacidade merece uma analise separada.

    Nosso amigo disse que “deus ou deuses existe(m)”, dai se pergunta para ele; olha temos esses paradxos segundo sua definição desse ser, ai ele diz “Não existem esse paradoxos, por que tal ser(es) esta(m) acima das nossas capacidades facultativas de entender os fatos”(transcedencia). Mas espera ai se o ser imaginario transcede nossa compreensão de mundo como ele(Wanderson) afirma com tanta categoria que tal ser(es) exista, mas segundo o proprio é imcompreensivel.

    “Se Deus fosse influênciado por suas criações o universo não teria estabilidade alguma,ou esse ser que vc imagina,não seria o Demiúrgo,pura questão de causa/efeito.Quem veio primeiro?A matéria inerte,destituída de inteligência ou a Inteligência em si?Pra título de comparação,Deus no universo(ou nos universos) seria como se fosse vc estivesse dentro de um tanque de água,vc está mergulhado na água,porém,vc não é ela.”

    Isso daqui é baboseira por isso vou responder tudo de uma vez, ele diz que o universo é dotado de inteligencia quando o proprio afirma sistematicamente não conhecer essa inteligencia(já que ela transcende).

    “Todas as suas respostas se resumem nessa questão.Procure pelos conceitos Imanência e Transcendência e reveja suas idéias.”

    Bem pessoal percebam voces que eu argumento todo o comentario do nosso amigo, ele não, seleciona apenas um trecho do meu e procura inserir argumentos proprios. O que eu vou fazer agora é o seguinte vou reescrever o paradoxo que propus e usarei como resposta as ideias do Wanderson.

    Paradoxo: “Imagine um ser dotado de onisciencia(a capacidade de saber tudo infinitamente) e onipotencia(a propriedade de ser capaz de fazer tudo), como é possivel?
    Se tal ser conhece tudo(no sentido infinito), logo sabe o que vai fazer amanhã, ele sabe, por exemplo, que vai criar um universo. Porem ele não faz o universo, logo ele não era onisciente, ele não sabia que ia desistir no ultimo minuto. Mas se ele realmente sabe tudo como pode mudar seu futuro se ele sabe o que vai fazer?”

    Resposta do Wanderson: “Tal ser esta alem da nossa compreensão, ele transcede nossa capacidade de compreende-lo.”

    Agora repare o que eu disse no primeiro comentario o de numero 42: “Religioso vão argumentar que não entendemos o infinito e blá, blá, blá… Como ja vi em alguns comentarios. Eles usam uma falacia, um argumento especial para se salvar da duvida.”

    E olha que nem sou vidente em ;]

    Abraço a todos.

  • Edgar Augusto:

    Gostei Muito. Parabéns excelente trabalho.

  • Wanderson:

    @Junior:

    A única resposta que interessa é essa:

    “Se eu quiser criar alguma coisa e,depois não quiser criá-la mais,eu sou incapaz de fazê-la por causa da minha decisão, apezar de ter certeza de minhas capacidades?”

    Voce pode ter certeza das suas capacidades, mas se voce é impedido de executar uma ação pela sua propria capacidade, caimos no paradoxo 11 do site. Onde sua capacidade impede voce mesmo de fazer uma ação(“Cria uma pedra que não pode carregar”)

    Nossa…Resposta impresionante…
    Então vc afirma que tanto eu,como vc(e os outros também)que somos um bando de incompetentes e imbecis apezar de nossa inteligência,só por que decidimos não criar algo que temos certeza que podemos,é isso?Somos um paradoxo em nós mesmos,porém existimos,pensamos e criamos,que legal.

    Isso é a idéia mais estapafúrdia que já li.

    Se nós existimos,já que somos um paradoxo,não vejo por que Deus não existir.

    Se um artista para de fazer uma escultura por sua vontade não quer dizer que ele não seja capaz de criá-la,isso é muito simples de se entender,me impressiono com sua resposta.O mesmo se dá com a Inteligência Suprema do universo,Inteligência essa que transcende qualquer pensamento religioso ou científico humano.Ou seja,os atributos do Demiúrgo(dê o nome que vc quizer) é um assunto filosófico,não religioso.

    Se Deus fosse influênciado por suas criações o universo não teria estabilidade alguma,ou esse ser que vc imagina,não seria o Demiúrgo,pura questão de causa/efeito.Quem veio primeiro?A matéria inerte,destituída de inteligência ou a Inteligência em si?Pra título de comparação,Deus no universo(ou nos universos) seria como se fosse vc estivesse dentro de um tanque de água,vc está mergulhado na água,porém,vc não é ela.

    Todas as suas respostas se resumem nessa questão.Procure pelos conceitos Imanência e Transcendência e reveja suas idéias.

    Sem mais.

  • pedrocaa:

    Tá… E eu conheço sites onde mensagens em maiúsculos são deletadas
    ¬¬
    [2]

  • nicanor:

    muito bom, um paradoxo legal tambem e o do pinoquio, se o pinoquio falasse: “meu nariz vai crescer” o que acontece aconteceria. acho esse paradoxo simples e divertido.

  • Roemy:

    Algumas pessoas, ( a maioria), não sabe que escrever todo um texto em letras maiusculas, é a mesma coisa que “gritar” com a outra pessoa que lê o texto. Maiusculas apesar de toda a mudança e ou bagunça que fizeram na ortografia brasileira, ainda sao usadas apenas para iniciar uma frase, nomes proprios e coisitas do genero.
    Infelizmente mesmo é que a grande maioria quer falar bonito, mas mal sabe ler e escrever.

  • URSINHOPIMPAO:

    @ TALOW

    A questão do tempo é uma coisa muito complexa, mesmo a palavra complexo é um conceito nosso(humano) que não define o que o tempo é e nem chega perto, mas não sei outra palavra pra dizer como é complexo pra explica-lo ( entendeu? não minta dizendo que sim rs)

    Bom o que eu queria dizer sobre o tempo é que:
    o tempo não é uma linha, uma linha é que é formada pelo tempo
    o tempo existe para que tudo no universo não aconteca de uma vez só, porque na verdade é o que acontece olhando de uma perspectiva macrocosmica. o tempo não é um ciclo tambem, quem forma o ciclo é o tempo.. agora eu te pergunto o que é o tempo? o tempo é um relogio? é o movimento da terra em volta do sol? Deus criou o tempo ou o ser humanizado?

    me parece que voce tirou uma conclusão bem sensata sobre a noção de tempo:

    “Estou começando a pensar que o tempo seja algo que existe apenas para a mente do ser vivo.”

    e eu te pergunto: onde mais você acha que existe o tempo?

    Te digo sobre algo que eu pensei no PRESENTE que se torna passado a cada tecla q eu digito, mas que se torna presente quando você lê:

    “Lembrando passado ou idealizando futuro, ambos serão passado. pois nenhum deles pode ser mudado; restando apenas o presenter pra ser vivido.”

    Se quiser/achar que esta preparado para discutir outros assuntos interessantes para a mente humana, passa lá em: http://ceu-eeu.ning.com/ se achar que não tem nada a ver, apenas esqueca.

    abraços

  • samuel:

    a ciência espirita pode explicar esses fatos, leia kardek!!

  • Murilo:

    Bom. Esses paradoxos não existem no campo da razão ao admitir dualismos e leis absolutas. São bastante curiosos, mas são só para se divertir, não para se descobrir, visto que são irracionais.

  • André:

    Penso que Deus fica só rindo de tais pensamentos!!!
    Mas… e por que não pensar em soluções para os problemas que assolam a sociedade em geral?
    E assim, contribuir para um mundo melhor. O que acham?

  • Farofa:

    Uma vez eu usei o 11 em um trabalhonde filosofia… Fui com uma pontuação alta porque gerou uma polemica tão grande que a gente perdeu quase 30 minutos discutindo. até chegar a conclusão que não teria como resolver…

    Sobre o 1, quem assistiu cavaleiros do zodiaco sabe a resposta. Imagine uma lança inquebravel e um escudo indestrutivel… o que acontece quando os dois se chocam…
    Simplesmente os dois se quebram…
    Seya de Pégasus responde esse paradoxo na sua luta com Shiryu de Dragão acho que no 5º ou 6º episodio da primeira temporada (Batalha Galactica)

  • André:

    11. A questão fundamental aqui é: Pode um ser onipotente abdicar da sua onipotência? Sim, se ele pode tudo, é óbvio que pode, assim como você tem o poder para tirar sua própria vida, ou seja, todos os seus poderes. Mas seria sábio fazê-lo? A pergunta não é se Deus pode ou não fazer a tal pedra, mas por que ele faria?
    10. Não chega a ser um paradoxo, é uma questão filosófica sobre como a matemática e nossa mente calcula as coisas. Um monte é quanto a gente perde a conta, ou perde o interesse ou a capacidade em contar. Simples. A Natureza não está preocupada em contar, quem conta somos nós, e assim como arbitrariamente atribuímos nomes às coisas, atribuímos números.
    9. Idem comentário 10. Ser interessante é uma atribuição da mente humana. Na Natureza, isso não existe. Então é meramente arbitrário, não é uma questão mais profunda.
    8. Não é um paradoxo, é uma verdade. O movimento depende do referencial. Então tudo está em movimento, ou tudo está parado, só depende do ponto de vista. Paradoxo mesmo é o fato de que a luz sempre se move a 300mil km/s, independente do referencial.
    7. Por que Aquiles se locomoveria dessa forma? O paradoxo só surge por causa de uma decisão bizarra de Aquiles ou uma regra esdrúxula da corrida, não há nada físico que o impeça de alcançar a tartaruga.
    6. Também não é um paradoxo. É uma metáfora sobre como o burro somos nós.
    5. hahahahaha… forçou…
    4. Putz. Traduzindo: “Se um barbeiro faz a própria barba, ele realmente fez a própria barba ou levou a um profissional?”… ruim, hein?
    3. Ele é mentiroso, e nem todos os cretenses são mentirosos. “Todos” não é necessariamente anulado somente por “Nenhum”. Se alguns cretenses forem mentirosos e Epimênides for um deles, não há paradoxo algum nisso.
    2. Boa…
    1. Ruim. Não se faz um bom paradoxo sobre uma conjectura impossível de existir…
    Bônus. De fato, o Universo é o grande paradoxo.

  • Andrew:

    Velocidade v da tartaruga: v;
    Velocidade V de aquiles: V = 2v.

    Se uma corrida tem uma distância D à ser percorrida:

    a) Tartaruga irá gastar um tempo t = D/v para completar a corrida;

    b) aquiles irá gastar um tempo T = D/2v para completar a corrida.

    Já que T = t/2, então o aquiles ganhará a corrida. A dificuldade no enigma é que a distância relativa d’ = (10 + vt) – Vt é comparada fazendo com t→10/v , e não o correto que seria fazer t→infinito:

    Lim t→10/v d’ = Lim t→10/v (10 + vt – Vt) = Lim t→10/v ( 10 + vt – 2vt) = Lim t→10/v ( 10 – vt) = 0

    Lim t→inf d’ = Lim t→inf (10 + vt – Vt) = Lim t→inf ( -vt) = -inf

    (no primeiro limite o aquiles nunca alcançará a tartaruga)
    (no segundo limite o aquiles ultrapassará a tartaruga e ficará com uma vantagem infinitamente grande sobre ela).

  • Caio Freitas:

    Essa foi a coisa mais confusa que eu já li em toda a minha vida.

  • haliel:

    o paradoxo bônus se chama paradoxo de olbers.

    era um verdadeiro paradoxo e fazia sentido no passado. antes do desenvolvimento da cosmologia moderna.

    a analogia ao campo de girações faz sentido, mas esquecem de por na matéria o fato q acreditavam num universo infinito. eterno, sem principio e assim, estático, sem expansão.

    n vemos o céu “queimando” (e nem estariamos aqui pra ver creio eu) por que o universo se expande e a luz das estrelas mais distantes nunca vai nos alcançar. tb pq as estrelas n são eternas e um dia param de emitir luz.

    tem ainda a poeira cósmica q nos impede de ver mais estrelas, mas tb se encaixa no paradoxo pois no modelo de universo antes vigente, ela iria arder como as estrelas por absorver sua radiação.

  • lidia:

    CARA,!!!!!!
    ESSE NEGOCIO DE PARADOXO DEIXARIA QUALQUER LOIRA PINEL.
    AINDA BEM QUE NÃO SOU LOIRA.RSRSRSR

    E TAMBEM NEM ME INTERRESSO PELOS PARADOXOS E SIM PELOS COMENTARIOS (SÃO BEM MAIS INTERRESSANTES).RSRSR
    FALEU.

  • JUMENTO:

    Complementando e finalizando…

    Para mim, paradoxo é criado pela limitação na concatenação das proprias ideias criadas.

  • JUMENTO:

    Embora varios paradoxos tenham sido criados pelos mesmos criadores e/ou na mesma epoca da criação das PA-IDEIAS… algumas destas criações estavam limitadas aos pensamentos da época. Com certeza muitos paradoxos relacionados ao tempo poderiam ser eliminados se eles tivessem noção das “SUPER-CORDAS”. Quanto a Leis Gravitacionais, etc… foram criadas para explicar determinados fenomenos como a queda, velocidade da queda, etc. Como citado acima (O que move a Bandeira é a Mente), isso prodece. Com a chegada da Fisica Quantica, Leis Criadas e vistas como exatas e verdadeiras estão sendo abaladas e deixarão de existir.

  • Giovan:

    Em todos os paradoxos existe um erro de abordagem do tema em questão. Eis alguns exemplos.

    1-Onipotencia, aqui Deus é colocado na esfera humana como sujeito a Lei da gravidade ,em determinado lugar planeta com pernas e braços,portanto não é Deus,nem criador ou Onipotente.

    2-Paradoxo da flexa: Algo se move em relação a algo,sem relação não existe movimento.Esqueceu-se de considerar no exemplo da foto o fundo que é diferente em cada momento.

    3-Paradoxo da Indecisão: Aqui um animal é colocado com falcudades de decisão e com arbitreo.Como não pensa não tem
    poder de desição.Burro é quem pensa que burro pensa.

  • paulo Stéffano:

    Deus não pode criar uma raça hoje que tenha vivido ontem, são doidices da humamanidades esses paradoxos…
    E a pedra ele não pode criar uma pedra que não possa levantar…
    ele é unipotente e tem dominio total sobre oque cria.
    Esse paradoxo é simplesmente uma redundancia que alimenta os ateus e eu a considero fraca e insoluvel…

  • Junior:

    @Wanderson vejamos o que você disse;

    “antes de mais nada,defina “tempo” pra nós.O tempo é relativo ou absoluto?”

    Isso independe já que nós não somos dotados de onisciência, porem segundo a teoria da relatividade o tempo passa diferente para cada observador(é relativo).

    “O tempo só existe para seres finitos, mergulhados e influenciados pelo próprio tempo como nós?”

    Não disse que iam invocar um argumento especial, reparem onde reside a falácia; é argumentado que nos não podemos entender o tempo por que somos finitos. È como dizer olhe nos não entendemos a natureza do infinito, pois somos finitos.(e eu disse que iam usar o argumento…rs)

    “O tempo influência aquele que é o próprio “infinito” em sabedoria e inteligência e que transcende o “tempo” e o espaço?”

    Pronto você chegou ao ponto em que queria, se ele transcende o tempo esta no passado, no presente e no futuro, tem inteligencia infinita e sabedoria infinita. Logo não pode mudar suas proprias ações se ele transcedeu o tempo ele ja fez no futuro o que sabia que ia fazer no passado =D

    “O termo futuro seria o efeito de uma causa premeditada no presente ou o futuro já está pronto,prédeterminado?”

    Vou responder do mesmo geito que respondi a primeira pergunta. Isso independe. Para nos que estamos presos ao presente, se o futuro esta escrito ou não. Como não o conhecemos(não somos onisciente) sempre acharemos que possuimos o livre arbitrio.

    “Se eu quiser criar alguma coisa e,depois não quiser criá-la mais,eu sou incapaz de fazê-la por causa da minha decisão, apezar de ter certeza de minhas capacidades?”

    Voce pode ter certeza das suas capacidades, mas se voce é impedido de executar uma ação pela sua propria capacidade, caimos no paradoxo 11 do site. Onde sua capacidade impede voce mesmo de fazer uma ação(“Cria uma pedra que não pode carregar”)

    “Será que a Inteligência Suprema do universo,que transcende qualquer idéia científica,religiosa ou filosófica humana,tem esse mesmo problema?”

    Sim provavelmente terá, quando se diz que algo possui atributos infinitos isso sucita infinitos problemas. Para resolver isso é simples basta admitirmos que não existe tal ser, e todos os problema se resolvem.

    “Responda as minhas “falácias”. Se conseguir”

    Estão todas respondidas, qualquer coisa, pode perguntar mais gosto muito de discutir filosofia. =D

    “pelo menos me mostre alguém que saiba colocar o universo em uma casca de noz,como dizia o cientista ou que tente colocar o oceano em uma simples cuia de água,como aconteceu com o garoto da fábula.”

    Eu não tenho que te mostrar. o onus da prova é seu que alega conhecer um ser com tais atributos.

    O que acho mais estranho dos religiosos, em sua maioria eles alegam não entender a natureza do ser, que eles crêem, mas alegam conhecer o que tal ser, quer de nossas vidas.

    Abraço.

  • Paulo Eduardo:

    @Vcc… o paradoxo da tartaruga, se não me engano proposto por um filósofo antigo chamado Zino ou Zeno… sei lá.. Nesse paradoxo ele desconsidera o tempo, sendo assim caso tente pensar numa solução onde não se aplique esse conceito tu não encontrarás a resposta. Como Aquiles é 10x mais rápido que a tartaruga é lógico também dizer que o corredor tem velocidade maior. Sabemos que o conceito de velocidade é o espaço que se percorre durante um intervalo de tempo e portanto inevitavelmente a tartaruga será ultrapassada.
    Dentro do estudo das séries (matemática) aprendemos que a soma de infinitas partes convergem para um valor finito. Como estamos trabalhando com velocidade, admitimos que Aquiles atingirá uma velocidade absoluta e durante esse momento ele ultrapassará a tartaruga (se não me engano. uma série convergente). Pra ver se fica mais claro, imagina uma dízima periódica como 1/3=0,33333…. ou 4/9=0,44444…. Poderíamos reescrever esses valores como 4/9 como 0,4+0,04+0,004+0,0004+… e assim por diante… ao somarmos essa série infinita convergimos para o valor limite 4/9. Agora pensa no que falei sobre a velocidade absoluta de Aquiles em relação a tartaruga, é a mesma coisa.
    Também é de fácil compreensão o paradoxo da flecha se acrescentarmos a variável tempo.

    @Júnior, desconsiderou o terceiro atributo que define Deus (me referindo ao Deus Cristão): Onipotência.
    Também devo concordar com a argumentação do colega Wanderson. O problema maior é que, se considerarmos a existência de um Deus onipotente, onisciênte e onipresente, como nós, seres faltos desses atributos podemos questioná-lo? Dizer que não existe é tão mais fácil quanto dizer que Ele existe.
    Certa vez, numa reunião com professores de ensino de física realizado aqui na faculdade onde freqüento o mesmo curso (Física) surgiu um comentário interessante. Foi quando discutíamos sobre um questionário que havia sido aplicado para alunos do ensino médio e uma das perguntas era o que eles (alunos) pensavam sobre o “fato” de a física poder explicar todas as coisas no universo. Uma garota (se não me engano) respondeu o seguinte:” _Imagine uma mariposa em um quarto escuro e nesse quarto tem um interruptor de luz. A mariposa não sabe que existe esse interruptor porque sua capacidade intelectual é limitada e ela nunca será capaz de ligar a luz. O quarto é o universo dela e a mariposa somos nós, sempre a procura da luz e nunca satisfeitos com a nossa condição. A unica maneira de a mariposa ver todo o universo é alguém entrar no quarto e acender a luz para ela, pois ela mesmo, por causa de sua natureza é incapaz de acender essa luz. Mas quando a luz estiver acesa, a mariposa fatalmente irá se queimar tentando tomar a luz para ela, pois mais uma vez, essa é a sua natureza.”
    Então, mais ou menos as palavras de uma garota de ensino médio o que ela pensa sobre a ciência (não somente a física, como no questionamento).
    Bom, cada um tira pra si algo do que essa garota expressou.

    Sobre o paradoxo “Bônus”, também é muito fraquinho.
    A lógica simples e óbvia, é que não podemos comparar o universo como um campo de flores pelo simples fato de as flores estarem perto uma da outra e as estrelas do universo estarem a milhares e milhões anos luz uma da outra. Fica simples perceber que a intensidade da luz diminuem conforme a distancia, né.

    É por ai que penso. E agora um paradoxo de verdade: O Brasil ganha com essa equipe??? lOl (brincadeira ^^)

  • Stephy:

    Gostei dos paradoxos, alguns bem discutíveis, não achei nem tanto “paradoxais” mas no geral tem uns interessantes, capazes de sustentar uma conversa com vários pontos de vista.

  • biggis:

    não foi o deus judaico-cristao que criou tudo foi horus seus ****

    mas de qualquer forma não sei qual desses paradoxos são piores

    dos irmaos gemeos, gato de schrodinger etc…são melhores

  • Elvira Pontes Fonseca Ravestein:

    O barulho mental (pensamentos) é que produz toda a bagunça existente na vida humana, Se fizermos silêncio estaremos em contato com a maior verdade existente da criação, nós mesmos, nossa essência.

  • Wanderson:

    @Júnior”Ambos atributos não podem existir em um ser, vejamos se ele sabe tudo(onisciência)sabe o que vai fazer antes de fazer. Se ele sabe que vai fazer logo não tem poder de mudar o futuro(não é onipotente). Mas se ele pode mudar o futuro para algo inesperado, logo não sabia tudo (não é onisciente).”

    Ok,Júnior,antes de mais nada,defina “tempo” pra nós.O tempo é relativo ou absoluto?
    O tempo só existe para seres finitos, mergulhados e influenciados pelo próprio tempo como nós?
    O tempo influência aquele que é o próprio “infinito” em sabedoria e inteligência e que transcende o “tempo” e o espaço?
    O termo futuro seria o efeito de uma causa premeditada no presente ou o futuro já está pronto,prédeterminado?
    Se eu quiser criar alguma coisa e,depois não quiser criá-la mais,eu sou incapaz de fazê-la por causa da minha decisão, apezar de ter certeza de minhas capacidades?
    Será que a Inteligência Suprema do universo,que transcende qualquer idéia científica,religiosa ou filosófica humana,tem esse mesmo problema?

    “Religioso vão argumentar que não entendemos o infinito e blá, blá, blá… Como ja vi em alguns comentarios. Eles usam uma falacia, um argumento especial para se salvar da duvida.(sic)”

    Responda as minhas “falácias”.Se não conseguir,pelo menos me mostre alguém que saiba colocar o universo em uma casca de noz,como dizia o cientista ou que tente colocar o oceano em uma simples cuia de água,como aconteceu com o garoto da fábula.

    Abraços!

  • BrunoRC:

    o bônus é fácil, o espaço vazio é maior do que o espaço oculpado pelas estrelas, então esse espaço vazio representa os girassóis!

  • Alan:

    90% dessa matéria é insignificante.
    Se esses são os paradoxos para se pensar, eu acho que o autor deveria ter pensado mais antes de postar isso, senão ter procurados PARADOXOS de verdade, pois a maioria desses PARADOXOS possuem respostas, só procurar um pouco mais que você(s) acha, isso acontece por causa do famoso: CTRL + C, CTRL + V.

  • Talow:

    Outra coisa, se o tempo existe e é uma linha reta, então o que existiu ontem não mais existe hoje ou sempre existirá? Ou ele é mutável e não se separa em presente, passado e futuro, apenas um longo presente!

    Estou começando a pensar que o tempo seja algo que exista apenas para a mente do ser vivo.

  • Talow:

    Tem uma coisa que eu sonhei e nunca entendi, pensa bem: se uma coisa é criada hoje e se ela também existir amanhã e depois de amanhã, levando em consideração a separação de passado, presente e futuro em 3 painéis distintos.

    No passado ela já existiu, mas no futuro.
    No futuro ela já existiu, mas no passado.
    No presente ela existe, mas já se tornou passado.

    Então, podemos concluir que o tempo é um ciclo infinito ou que tempo não existe?

    Pois se tempo for um ciclo infinito, então esse ciclo não pode ter um tamanho que o represente, e se não pode ter um tamanho que o represente, ele é inexistente. É torturante pensar nisso!

    Alguém consegue explicar?

  • George:

    No final de tudo a pergunta que não quer calar é a seguinte: Qual o objetivo do artigo acima, onde voces querem chegar, em que ele vai contribuir em nossas vidas, no crescimento como ser humano?

  • Junior:

    Temos outros paradoxos relacionados com deus, por exemplo a onisciência e a onipotência.

    Ambos atributos não podem existir em um ser, vejamos se ele sabe tudo(onisciência)sabe o que vai fazer antes de fazer. Se ele sabe que vai fazer logo não tem poder de mudar o futuro(não é onipotente). Mas se ele pode mudar o futuro para algo inesperado, logo não sabia tudo (não é onisciente).

    Religioso vão argumentar que não entendemos o infinito e blá, blá, blá… Como ja vi em alguns comentarios. Eles usam uma falacia, um argumento especial para se salvar da duvida.

    Ou sejam não resolve o problema só fogem dele.

  • Zé da Feira:

    Penso ; Logo desisto.

  • Cícero Fernando:

    “A ciência é a grande estrela do mundo real, mas Deus é a grande estrela do mundo Universal.” sim educadamente considerando este site uma grande ajuda para aqueles cuja suas mentes andam atormentadas com conclusões, cujas finalidades nunca nos levarão á saber á verdadeira fonte da vida.

  • Cícero Fernando:

    È Wanderson eu também já tive este mesmo conflito comigo mesmo. È a mesma coisa que pararmos pra pensar, se Deus criou todas as coisas, como assim conseguirmos imaginar como Deus conseguiu criar todas as coisas, sem existir outro para o criar Deus? se ele criou todos e todas coisas como ele já existia sem ser criado, por alguma fonte divina ou uma entidade do qual nós não conseguiremos conceber em nossas imaginações, ou sequer ao menos conseguiremos refletir sobre isso. Concerteza uma coisa eu sei, nós nunca saberemos disso, porque ai é que estar á conclusão da real inteligência Suprema, e sabedoria. Uma Boa Noite á todos, que almejam á Filosofia como eu. Fernando

  • Pedro Rodrigues:

    Porreiro…

    Mas se alguém recebe dinheiro para tentar resolver isto, quando efectivamente fizer o trabalho, fica sem emprego…Ou seja, ou recebe o dinheiro para não trabalhar, ou então trabalha e ficar sem emprego…

    -.-‘

  • Livre Pensador:

    Quem criou “DEUS”foram os Judeus para justificar assassinatos e saquear bens depois da guerra injusta ,até hoje. sacanalhas.
    E Vcs acreditam!!!??

  • João Paulo Roque:

    -Outro paradoxo, se de fato Deus, ou o criador não existe, como pode nós existir? se vivemos no espaço infinito em meio turbulenta e emaranhada galáxia e ainda assim estamos vivos em um planeta cheio de vida com terriveis ameaças em todas as direções do universo cientes ate agora que somente aqui existe vida pois a ciência com todos os avanços não pode provar vida estra terrestre. existimos única e somente pelas graças de Deus.

  • Mari-Juana:

    Faltou erva para entender tudo

  • Eu:

    Ridículos, alguns não tem validade ou são de fácil resolução. Outros simplesmente são impossiveis de resolver, logo é perda de tempo pensar sobre o assunto.

  • Vcc:

    NUNCA CHEGAMOS A LADO ALGUM

    Para chegar de um ponto ao outro temos sempre duas meias distancias a percorrer. Supondo que percorremos a primeira meia distancia, logo temos a outra meia distancia. Mas essa ultima tambem é dividida em duas meias distancias.
    Se considerar-mos entao um numero infinito de meias distancias, nunca chegamos ao ponto final.

    Alguem que explique esta, visto que matematicamente os numeros sao infinitos

  • Wanderson:

    O paradoxo que eu achei mais interessante é sem,dúvidas sobre a Onipotência divina.

    Esse paradoxo entra em conflito com a Inteligência Suprema de Deus,que transcende* a nossa infinitamente,além de ser uma comparação muito medíocre;

    Uma pedra!?

    Por que não um buraco negro super massivo ou denso que nem mesmo o prórpio criador pudesse controlá-lo?(Como se soubessemos de que e como os buracos negros são formados)

    Vamos lá,já que estamos considerando a divindade como hipótese,se Deus é a Inteligencia suprema do universo,qual o sentido ou objetivo de criar algo assim?Para provar a Ele mesmo que Ele pode?Isso tem muito a ver com a Física ou com a gravidade,já que estamos falando de algo pesado.
    Será que Deus está sujeito ação da gravidade,um fenômeno criado por ele?
    Esse paradoxo vai de encontro também a outros atributos divinos que são a Imanência e a *Transcendência,ou seja,Deus está acima de tudo que criou e por isso mesmo não pode ser influenciado por nada disso,está acima do tempo e do espaço como conhecemos,”como conhecemos”,caso contrário não seria Onipotente ou seria uma força Panteísta.
    Logo esse paradoxo não faz sentido em si,justamente por não levar em consideração os outros atributos divinos que são partes integrantes e indissolúveis da Divindade.

  • Kiyo:

    Acontece que materialmente falando somos finitos. Somos parte do infinito. Se finito puder ver/sentir o infinito, aí sim que seria o paradoxo. Também como somos “parte” e existem diversas outras “partes” não compreensível para nós, esperamos entrando em mundo “espiritual/imaginário” tentar entender/desvendar o infinito. Entretanto acho que é perda de tempo. Precisamos conformar com a nossa finitude. Mas a cada avanço que conseguimos nessa finitude é que faz sentir que nós existimos e exaltarmos ou deplorarmos. Em suma, talvez somente após a morte consigamos ter/ver a dimensão do “infinito” ou o “infinito” é a morte ?

  • Alexia:

    O único menos desinteressante e com uma resolução pouco mais complexa que os outros é o paradoxo nº 1 por envolver física e tals.

  • bruno:

    MUITO BOM MESMO. ADORO PARADOXOS.

    Essa de Deus, tinha que trocar por “um deus”,
    pq senão os comentários vão ser cheios de reliogismo, mesmo num blog de ciência.

  • Jefferson.JeATS:

    Quem nasceu primeiro? o ovo ou a galinha?

    RESPOSTA: Quem nasceu primeiro foi o pinto.

  • Zilda Santiago Maciel:

    Só respondenhdo ao 1º item,que é uma tremenda bobagem:AS LEIS DE DEUS SÃO IMUTÁVEIS E ELE NÃO AS DERROGA PARA SATIZFAZER NADA;SE O FIZESSE NÃO SERIA PERFEITO…

  • andrew:

    socorro a terra é uma estrela
    to queimando e não sei
    “inumeras estrelas além da terra”

  • Chafundifórnio:

    *Retificando

    “não existiriam avanços tecnológicos”

    Ao que parece, a fúria torna as pessoas burras.

  • NMPD:

    Acho que sempre que se quer discutir alguma coisa, devemos ter pelo menos conhecimento das normas da lingua que está sendo usada para nos fazermos entender com perfeição.
    Querer discutir alguma coisa com tantos erros na escrita para mim é sinônimo de idiotice
    Parabens à equipe pelo artigo

  • Chafundifórnio:

    Ursinho Pimpão: primeiro aprenda a escrever, então quem sabe você pode tentar parecer inteligente na frente dos outros.

    Segundo, você afirma “UNIPOTENCIA EM SI TRANSCENDE A NOSSA COMPREENÇÃO”. Desta forma, VOCÊ está atribuindo um conceito humano à própria onipotência, visto que você é humano e jamais conseguirá criar outro conceito que não característico da sua natureza. Portanto, você passou uma rasteira na própria perna. Você não pode falar o que é a onipotência em si, você e nem algum outro ser humano jamais saberá o que ela é e isto considerando o seu próprio argumento. Falo tudo isso de um ponto de vista estritamente lógico e racional.

    “…mente desocupada é a oficina do diabo.As mentes desocupadas ficam filosofando…”

    Tenho pena do cara que escreveu isso, até um cachorro deve se preocupar mais com a própria existência. Fique sabendo que pensamentos como o SEU levaram a criação da “Santa” Inquisição. Perseguiram, ameaçaram e mataram as pessoas que tentaram aumentar o esclarecimento da humanidade com a finalidade de sair da onda de superstições e mitos. E agora, o que você acha disso? Há maldade na ignorância também. Pensar nunca fez mal a alguém. O problema está na deturpação do conhecimento. Fico feliz de ter lido aqui a seguinte frase: “pense por conta”. Além do mais, não fossem os pensadores, não existiria avanços tecnológicos como o computador que você usa para postar mensagens tão vazias quanto a sua cabeça.

    Obrigado.

  • FlavioSN:

    Sobre o 11,como Deus não conseguiria levantar uma pedra de seu tamanho se Ele pode voar do céu até seu coração em um piscar de olhos.Já vi homens carregarem pesos bem maior que o seu próprio peso, como Deus não poderia também?Pensem nisso e vão dormir que é mais produtivo.

  • Juca:

    muito interessante o enforcamento surpresa… nem tudo é o que parece, e as vezes a gente se engana!

  • Edemilson Lima:

    11) O conceito de onipotência é auto-contraditório. Por exemplo, se Deus pode tudo, então poderia também criar um outro deus mais poderoso que ele, que ele mesmo não fosse capaz de destruir. Onipotência implica em poder infinito. Afinal, uma coisa infinita pode criar outra coisa também infinita ou não? E se é mesmo infinito, então por que não acabar com coisas finitas, como a peste, a fome, a maldade, etc?

    “Se Deus pode acabar com o mal mas não quer, é monstruoso; se quer, mas não pode, é incapaz; se não pode nem quer, é impotente e cruel; se pode e quer, POR QUE NÃO O FAZ?” (Epicuro)

    “Se existisse um Deus todo-poderoso, teria feito exclusivamente o bem.” (Mark Twain)

    10) Para lembrar (pelo menos de leve) a aparência ou conceito de um monte, são necessários ao menos 4 grãos, com 3 embaixo e 1 em cima.

    9) Os números mais interessantes que existem são os da próxima Mega Sena acumulada. Pena que não sei quais são eles…

    8) Esse paradoxo fala que se o espaço for contínuo, ou seja, se pudermos dividir o espaço em pedaços cada vez menores até o infinito, então realmente nada se moveriam, pois seria necessário uma quantidade de tempo infinita para qualquer coisa se mover. Mas o que ocorre é que o espaço não é contínuo. Existe um limite e a menor unidade de espaço que a ciência conhece é o Comprimento de Planck. Consultem a Wikipedia para maiores detalhes.

    7) Basicamente é a mesma coisa do paradoxo anterior. No texto não diz claramente, mas o paradoxo de Aquiles e a Tartaruga diz que ara chegar na metade do caminho Aquiles, percorre 15 metros. E a metade da metade é 7,5 metros, então a metade da metade é 3,75 e assim sucessivamente, então ele nunca chegará ao final, se sempre dividirá a distância até o final pela metade, até o infinito.

    6) Como a sede tem uma urgência muito maior no organismo do que a fome, o animal optará por beber a água primeiro. Portanto, o burro não é assim um animal tão “burro” afinal. 🙂

    5) Essa é a surpresa da surpresa, afinal.

    4) Ele está no grupo dos que fazem a própria barba e, portanto, não vai ao barbeiro.

    3) “Os cretentes, sempre mentirosos” – A falácia aqui é que o texto não afirma que TODOS são mentirosos. Apenas afirma que SEMPRE são mentirosos. Esse “sempre” pode estar se referindo aos que são mentirosos, não a todos. Esse é o velho silogismo de sempre. Aqui um exemplo:

    Ninguém é perfeito. Eu sou um “zé ninguém”, logo eu sou perfeito.
    Mas somente Deus é perfeito, portanto eu sou Deus.
    Deus é amor. O amor é cego. Stevie Wonder é cego. Então Stevie Wonder é Deus…
    Se Stevie Wonder é Deus, então eu sou Stevie Wonder… Meu Deus! Eu sou cego!!!

    2) Muito bom esse! Aqui sim é um típico exemplo de paradoxo.

    1) Idem ao item 11, o que ocorre quando uma força irresistível encontra uma resistência inamovível? É claro que estas coisas não existem na natureza, mas como exercício mental, podemos concluir que coisas infinitas levam a paradoxos de uma forma ou de outra. A probabilidade de coisas infinitas não existirem é maior. Ao meu ver, tanto o nosso universo é finito e cresce para o infinito, como também pode haver um número colossal, mas finito de universos, que cresce também para o infinito. Por mais que cresçam, nunca chegarão ao infinito de fato.

    Bonus) Este é famoso Paradoxo de Olbers. Até onde a ciência sabe, o universo é realmente finito no tempo e no espaço. O paradoxo em questão prova que não há um número infinito de estrelas ou que, se existem infinitas estrelas, não houve uma quantidade infinita de tempo para que a luz delas chegasse até nós. E mesmo que ambas as coisas fossem verdadeiras, as estrelas não vivem eternamente.

    Vou deixar um aqui para vocês:

    O diretor chama sua secretária e diz:
    – Senhorita Vanessa! Tenho um seminário na Argentina por uma semana e quero que você me acompanhe. Por favor, faça os preparativos da viagem…

    A secretária liga para seu marido:
    – Alô, João! Vou viajar para o exterior com o diretor por uma semana. Cuide-se meu querido!

    O marido liga para sua amante:
    – Eleonor, meu amor. A bruxa vai viajar para o exterior por uma semana, vamos passar esta semana juntos, minha princesa…

    No momento seguinte, a amante liga para o menino para quem dá aulas particulares:
    – Joãozinho, estou com muito trabalho esta semana e não vou poder te dar aulas…

    A criança liga para seu avô:
    – Vovô, esta semana não terei aulas, minha professora estará muito ocupada. Vamos passar a semana juntos?

    O avô (que é o diretor desta história) chama imediatamente a secretária:
    – Senhorita Vanessa venha rápido! Suspenda a viagem, vou passar a semana com meu netinho que não vejo há um ano,
    por isso não vamos participar mais do seminário. Cancele a viagem e o hotel.

    A secretária liga para seu marido:
    – Ai amorzinho! O babaca do diretor mudou de idéia e acabou de cancelar a viagem.

    O marido liga para sua amante:
    – Amorzinho, desculpe! Não podemos mais passar a semana juntinhos! A viagem da mocréia da minha mulher foi cancelada.

    A amante liga para o menino a quem dá aulas particulares:
    – Joãozinho, mudei os planos: esta semana teremos aulas como de costume.

    A criança liga para o avô:
    – Puta merda vovô! A besta da minha professora me disse que terei aulas. Desculpe mas não poderemos ficar juntos esta semana.

    Seu avô liga para a secretária:
    – Senhorita Vanessa! Meu neto acabou de me ligar e dizer que não vai poder ficar comigo essa semana, porque ele terá aulas. Portanto dê prosseguimento à viagem para o Seminário.

  • gustavo:

    Interessantes os paradoxos 11, 06, 05, 03, 02 e 01.

    10 e 09 – só são paradoxos pela imaturidade do raciocinio e por fugir diretamente da definição de conjunto.

    08 e 07 – não existe paradoxo. O primeiro seria um paradoxo se fosse possível tirar infinitas fotos da flecha. O segundo foge da definição de tempo e espaço.

    04 – induz um pensamento errado na construção do paradoxo, dividindo um grupo em duas classes, o que, com certeza, induziria um problema na intersecção dessas duas classes.

    Bonus – paradoxo infundado. Não considera que a visão só é possível energia eletromagnetica, que possui perda de energia e que possui velocidade bem definida.

    Até mais.

  • David Amorim:

    Aí! Gostei da sua resposta “J”.
    Em relação dos girassóis eu tive o mesmo raciocínio, mas o da visão 4D foi muito bom!

  • Livre Pensador:

    Eu penso assim…… se o Pinóquio é um boneco de madeira ,logo, não pensa ,então , não há veracidade e nem mentiras.
    Eu não sou Pinóquio,existo por penso.Logo!!!!!!!!!!

  • Leandro R:

    se a flecha não se move, então tbm não nos movemos? se ficar somente um grão de areia, como irá se chamar “monte”? e daonde veio essa de números mais interessantes? auehuehuehe

  • Livre Pensador:

    Para as mentes desocupadas.
    Vejamos exemplos:-o se deve ser evitado.
    Rosenvelt fumando um Cubano e bebendo ,Churchil fumando e bebendo, Lenin fumando e bebendo . Os três alcoólatras reunidos e bêbados resolveram invadir a Alemanha e o resultado não foi outro senão 10000000 de mortos á começar por Normandia .
    Sabiam? não ?

  • Paulo Eduardo:

    Sinceramente…. pessoalmente não vi paradoxos tão complexos ai… Vão é estudar física que ai sim vocês verão paradoxos e mais paradoxos.
    Só por curiosidade, aqueles que questionaram o primeiro paradoxo (me refiro ao 11), se concluem que Deus não existem, como podem questionar o paradoxo que questiona a Deus e serial facilmente respondido por quem acredita e sendo assim, deixando de ser um paradoxo?
    Como eu acredito em Deus e como eu acredito em um Deus cristão, para mim a resposta é a seguinte:
    Sim e não 😉
    Sim, porque Deus de fato pode fazer todas as coisas e então ele seria capaz de fazer uma pedra tão grande que ele mesmo não conseguiria levantar. Mas então ele não é Deus?? Permita-me concluir.
    Sendo que eu acredito no Deus cristão, também acredito em sua trindade e como trindade Jesus Cristo também é Deus. Como Jesus assumiu forma humana ele facilmente seria vencido por qualquer pedra que o próprio Deus pai criasse.
    O paradoxo da tartaruga existe em muitos livros de ensino de física quando se começa a estudar dinâmica. Somente é um paradoxo se não se considerar outras informações relevantes.
    Um exemplo:
    a=a (identidade)
    a=b
    a.a=b.a (multiplicação/divisão dos termos por um mesmo valor)
    a^2=ab
    a^2-b^2=ab-b^2 (adicão/subtracão de um mesmo valor aos termos)
    (a+b)(a-b)=b(a-b) (fatoração do primeiro termo: diferença de dois
    quadrados e fatoração do segundo:evidência do fator comum)
    (a+b)=b (cancelamento de fatores em comum)
    a+b=b
    1+1=1
    2=1 !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ou ainda se pensarmos:
    1/4>1/8 [1]
    log(1/4)>log(1/8) [2]

    1/4=(1/2)^2; 1/8=(1/2)^3 [a]

    [a]->[2]

    log(1/2^2)>log(1/2^3) [3]
    2*log(1/2)>3*log(1/2) [4]
    2>3 [5]

    Bom… penso assim.
    Bom final de semana a todos.

  • Bruno Zub:

    Muito intereçante.. Mais faltou um dos mais famosos paradoxos: “O do Pinóquio”.

    Pense, o nariz do Pinóquio cresce quando ele fala uma mentira, certo?
    Então, oque aconteceria se ele falasse a seguinte frase:
    “Meu nariz vai crescer!”

    Entederam?
    Se crecesse ele não estaria mentindo e não poderia crescer, mais se não crescer ele estaria mentindo e deveria crescer.. Enfim, se alguém achar alguma solução pra essa posta aew!

  • Paulista de Ribeirão:

    Foi exatamente a FILOSOFIA Grega e depois o ILUMINISMO que fundou a MAÇONARIA que levou o homem às guerras conhecidas.
    Entãoleva á crer que uma mente desocupada é a “OFICINA” do diabo.As mentes desocupadas ficam filosofando.

  • Chico Nóbrega:

    Quanto ao bônus II.

    O campo de girassóis, além de tê-los mais próximos entre si, como disse o J, é completamente iluminado por uma fonte única (no caso, o Sol). Quando falamos de estrelas, cada uma delas tem luminosidade própria e, para que as enxerguemos, precisamos que a sua luz chegue até nós. Pela distância que as separam de nós, vemos apenas uma porcentagem ínfima de estrelas. Em fotos tiradas com câmeras com abertura de diafragma controlado, onde pode-se captar a luz por mais tempo, e com céu limpo, percebem-se muito mais estrelas do que percebemos a olho nu. Ou seja, não é um paradoxo de verdade, é apenas uma limitação física que nos impede de ver o espaço, à noite, como um “painel branco”.

  • maria de lourdes oliveira:

    um grão de areia não pode ser um monte, porque a einiçao de monte é um conjunto e grãos ou de outros objecos

  • J:

    Quanto ao Bonus
    Perceba que em um campo de girassóis eles estão juntos em um espaço, digamos que ‘aglomerados’ um do lado do outro.. fazendo assim que quando olhamos pra além do que podemos distinguir com os olhos vejamos aquela massa amarela que se estende
    No universo não as estrelas estão separadas a milhões de anos luz uma da outra e não juntas como no campo de girassóis e não vemos ela inteira porque nossa visão não é 4D

  • joao jorge:

    urÇinhopiNpao,tu e burro mesmo,tu nao sabe que nao e UNIPOTENTE e sim ASNIPOTEMTE.
    JOAO BURRO

  • Peter Limer:

    Peter Limer ///Orkut..

  • Alexandre:

    @Peter Limer
    Acredito também que, às vezes, a melhor maneira de evoluir é pensar por conta.

  • Peter Limer:

    Pense ,mas, por Vc mesmo.

  • Carlos Wendel:

    Perdão, quis dizer que não vejo como correto culpar os donos/editores do site por isso, e por isso peço humildemente que filtrem.

  • Peter Limer:

    Opinião número Dois.

    UmGrão de areia é uma unidade qualquer,dois sé um Par,de três em diante até quando pode ser contado são umgrupo e a partir de quando não pode ser contado’RACIONALMENTE “,CONSIDERA-SE UM MONTE. Isso para Vcs ignorantes que não sabem nem pensar sozinhos. EX:_ Albert Eisten ..
    Dando continuidade.
    O Ignorante em cena,quando não sabia chamava de ” Relatividade”.
    Quem era relativo era ” Ele” Judeu?Alemão?Americano?Ladrão!!!

  • Guilherme Spagnolo:

    Eu acho que URSINHOPIMPAO pensa que é o senhor da razão… “tudo besteira”, “tudo bobagem” “Esqueçam isso” ok.. cada um tem uma opinião… porém os seus erros de ortografia meu caro, são impossíveis de esquecer!

  • Ricarddo:

    Paradoxo mesmo, é achar que aquele que nos gerou em essência faria seres burros e depois os colocaria num planetinha, para evoluirem, como comumente é dito, e continuam fazendo tanta besteira e falando tanta imbecilidade, vocês estão chamando “DEUS” de idiota, como se ele tivesse a mente humana, e como a palavra diz: Mente = Mentira. Conseguiram entender?

  • Alexandre:

    Imaginei… Alguém com a sua idéia e seu comportamento só poderia utilizar este tipo de argumento =(

    Mas de qualquer forma (mesmo que você não esteja nem aí com isso) fica a dica. Posts em letras maiúsculas poluem as listas de discussão. Existem outras maneiras de chamar a atenção para seus comentários.

  • Peter Limer:

    UmGrão de areia é uma unidade qualquer,dois sé um Par,de três em diante até quando pode ser contado são umgrupo e a partir de quando não pode ser contado’RACIONALMENTE “,CONSIDERA-SE UM MONTE. Isso para Vcs ignorantes que não sabem nem pensar sozinhos. EX:_ Albert Eisten .. ETC:_.

  • Carlos Wendel:

    Esse site precisa urgentemente de algum tipo de filtro para os comentários, tá virando local de gente que não sabe escrever e passa DESconhecimentos aos outros.

    Sinceramente, não é a primeira vez que vejo isso, isso me revolta, mas vejo como correto culpar os donos do site por isso, só peço que por gentileza, façam algum tipo de moderação/filtragem dos comentários.

  • URSINHOPIMPAO:

    sério?

    e eu com isso?

  • Alexandre:

    Tá… E eu conheço sites onde mensagens em maiúsculos são deletadas ¬¬

  • URSINHOPIMPAO:

    11 . VOCE AINDA VE DEUS COMO UM SER HUMANO, QUE PRECISA LEVANTAR PEDRAS PARA ALGUM FIM. UNIPOTENCIA É UM CONCEITO HUMANO, QUE FOI DEFINIDO/ESTIPULADO POR NÓS E A UNIPOTENCIA EM SI TRANSCENDE A NOSSA COMPREENÇÃO.

    10 . USANDO A MESMA IDEIA DO “11” VOCE PODE VER QUE O “MONTE” É UM CONCEITO CRIADO POR SERER HUMANOS TAMBEM… NOMEAMOS MONTE PELA FORMA QUE TEM APENAS, SE VOCE PEGAR UMA CIVILIZAÇÃO QUE NÃO DA NOME PARA MONTES, AQUILO PASSA A SER APENAS UMA COISA E NÃO UM “MONTE”

    9 . NUMEROS INTERESSANTES? QUE BESTEIRA… EM QUE LUGAR DO UNIVERSO UM NUMERO EXISTE? ESQUECAM ISSO…

    8 . ESSE SIM É BEM INTERESSANTE PORQUE A ALEGORIA FALA POR SI. COMO DISSE UM SABIO MESTRE: NÃO É A BANDEIRA QUE TREMULA E NEM O VENTO QUE A MOVE… MAS SIM A MENTE.

    7 . TENHO PENA DE QUEM INVENTOU ESSE PARADOXO.

    6 . CEDE E FOME, SÃO VONTADES, VONTADE NUNCA É IDENTICA A OUTRA(EM INTENCIDADE) ENTÃO O QUE TIVER MAIS LATENTE SERÁ O PRIMEIRO A SER SANADO.

    5 . SE TIVER QUE MORRER, VAI MORRER E FIM DE PAPO.

    4 . CARAMBA, EU JA VI PARADOXOS BEM MAIS INTERESSANTES QUE ESTES…

    3 . ME DIGA UMA COISA…. SE EU FALAR QUE VOCE É IMORTAL, VOCE SE TORNARA IMORTAL? E SE TE FIZER IMORTAL E OUTRA PESSOA DISSER QUE EU SOU MENTIROSO, VC SE TORNARA MORTAL DENOVO?

    2 . MUITA BESTEIRA.

    1 . UMA FORCA IRREVERSIVEL = VIDA …. OBJETO IRREMOVIVEL É ALGO INCONCEBIVEL A MENTE HUMANA… POIS SE ELE É IRREMOVIVEL ELE NÃO PODE TER SIDO CRIADO POR NADA NEM NINGUEM ISSO QUER DIZER QUE ELE É IMORTAL, INDESTRUTIVEL E INFINITO. MATERIALMENTE DIZENDO É IMPOSSIVEL, PELA ESTRUTURA MOLECULAR DAS COISAS, TUDO É DESTRUTIVEL.

    PS: se voce quer um paradoxo bacana veja o paradoxo dos irmaos gemeos e da nave espacial e a velocidade da luz ambos de A. Einstein.

    obs: mas paradoxos são apenas historinhas pra boi dormir esquecam isso.

  • Alexandre:

    Eu achei o 1, por essência, igual ao 11 ¬¬

  • João Paulo:

    muito legal, gostei.

  • kolo13sso:

    Y! essa coisa de logica e mesmo o mairo exercicio da inteligencia em filosofia. Eu, particularmente acreio que tudo na vida ou no Mundo tem logica e/ou solucao. Mas, temos que nos apoiar na teoria do grande Albert Einstein(tudo e relactivo).

  • Tarcisio:

    O paradoxo 09 não tem um final muito correto, pois se todos os números saíssem do grupo dos desinteressantes eles não seriam mais interessantes pois não estariam em evidência como antes.

  • Tarcisio:

    O sétimo paradoxo não é bem um paradoxo, já que é bem falho e resolvido.

    Pois na realidade Aquiles alcança a tartaruga, nem precisa pensar muito.

    Já o algoritmo usado no texto, daria uma eterna dízima como 0,0000000000000000000000000000000000000001111111000 m de distância e nunca chegaria à distância 0.

    Ou seja, creio que o texto em si seja um paradoxo, não o que ele nos leva a pensar.

  • Kiros Angel:

    Essa aqui é simple mais é bacana:

    E se o Pinóquio disse-se a seguinte frase:

    “Eu vou mentir agora.”

    Muito bom o post, gostei mesmo.

  • Gabriel:

    sobre o 11

    O universo de ser um enorme Sistema “NT”.

    Imagina que a Pedra seja um objeto

    Todo objeto tem um proprietário,

    O proprietário controla como as permissões serão definidas no objeto e para quem serão concedidas.

    O proprietário é a entidade que criou o objeto.

    O proprietário poderá sempre alterar as permissões de um objeto, mesmo quando tiver todo o acesso negado ao objeto.

    conclua o resto.

  • Denommus:

    Faltou o Paradoxo do Barco de Teseu.

  • Eduardo:

    Muito legal, o trabalho de vocês é muito bom! Parabens!

Deixe seu comentário!