Pasmem: essa carne foi feita literalmente do ar

Por , em 14.11.2019

Não se falta inventar mais nada nesse mundo agora que existe uma carne feita de (literalmente) ar.

Se você é daqueles que gosta de fazer piadinhas com vegetarianos e veganos dizendo que plantas também são seres vivos e têm sentimentos, tal possibilidade de humor questionável foi tirada de você com essa invenção desnorteante.

A empresa Air Protein anunciou uma substância feita de ar que pode ser usada para criar nada menos do que hambúrgueres, frango, peru e basicamente qualquer carne que você queira.

Também pode ser adicionada a massas, cereais e bebidas para torná-los mais ricos em proteína.

Como, meu Deus do céu?

A ideia da companhia veio da descoberta de que organismos unicelulares podiam converter dióxido de carbono em nutrientes. Por que seres humanos não podiam fazer isso também?

Então a Air Protein fez. Essencialmente, a empresa mistura elementos encontrados no ar, como dióxido de carbono, oxigênio e nitrogênio, com água e nutrientes minerais para criar uma base em pó.

Em seguida, essa base passa por fermentação probiótica em um processo que utiliza energia renovável para se tornar um produto comestível com um perfil de aminoácidos semelhante ao da carne verdadeira.

O Air Protein também é recheado de vitaminas, incluindo a B12, encontrada principalmente em produtos de origem animal, um nutriente difícil de se obter com uma dieta vegetariana ou vegana.

Próximos passos

Parece incrível, e provavelmente é, mas ainda é muito cedo para dizer como essa carne feita de ar se compara com a coisa real ou outros produtos alternativos (como o “Impossible Burguer”) no que diz respeito a seus efeitos na saúde a longo prazo.

No que diz respeito ao meio ambiente, por sua vez, o Air Protein sem dúvida sai na frente.

Apesar disso, você vai ter que esperar um poquinho antes de poder provar essa engenhosidade. A companhia ainda está trabalhando na melhor forma de comercializar o produto.

A Air Protein é uma empresa “irmã” da Kiverdi, indústria que utiliza dióxido de carbono para fabricar produtos ecologicamente amigáveis, como plástico e solo sustentáveis. [Cnet]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (36 votos, média: 4,53 de 5)

Deixe seu comentário!