Perca seu medo de se perder

Por , em 18.10.2011

Em uma era de dispositivos como GPS e mapas online, muitos de nós ainda têm medo de se perder – na verdade, parece que tanta dependência desses aparelhos e afins tornaram alguns de nós ainda mais temerosos de se perder.

Um exemplo é uma família americana que, próxima a um verdadeiro labirinto de milho, em Massachusetts, ficou tão assustada que ligou para o 911 (nosso 190) para resgate.

Em inglês, alguns sites dizem que o “medo de se perder” é chamado de “mazeophobia”, mas esse termo não consta dos dicionários médicos ou pesquisas de literatura científica.

Talvez nem só a palavra não seja real, mas o medo também. Segundo Luana Marques, psicóloga clínica em Boston, EUA, que trata pessoas com medo de dirigir e um medo de lugares desconhecidos e faz pesquisas sobre transtornos de ansiedade, o medo de se perder pode não ser um diagnóstico clínico.

“O que essa pessoa está realmente com medo é de estar em uma situação desconfortável que desencadeia a reação de luta ou fuga do nosso cérebro”, explica Marques, referindo-se à resposta de alarme que pode fazer seu coração disparar, suas mãos suarem, e sua respiração acelerar (ficar perdido pode de fato desencadear tal reação, não?).

Mas o medo não afeta as pessoas apenas fisiologicamente, como também pode afetar seu julgamento. “Uma vez que a resposta de alarme é ativada, você perde alguma habilidade racional de seu cérebro”, explica Marques. “Isso não significa que você não pode tomar decisões racionais, mas que sua habilidade de pensar claramente e logicamente piora”, diz.

Se o medo estiver interferindo significativamente com a sua vida, a terapia cognitivo-comportamental pode lhe ajudar a superá-lo. Caso contrário, Marques diz, a regra de ouro é “abordar e não evitar” a situação, dando pequenos passos para expandir sua zona de conforto.

Para quem tem medo de se perder, isso pode significar algumas pequenas viagens rodoviárias armado com mapas e direções, além do contato de sua pessoa favorita na discagem rápida. Não há nenhuma garantia de que você nunca vai se perder, mas pelo menos, você terá cada vez mais experiências de sucesso em encontrar o seu caminho de volta!

E aí, você tem medo de se perder?[MSN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,50 de 5)

7 comentários

  • Mario:

    acho que sou “mazeophobico”.

  • Só oque faltava:

    É só levar um bússola com você quando for pra algum lugar…

  • Amauri G. Muller:

    A pior coisa que as pessoas fazem é se desesperarem, claro que não é boa a sensação de estar perdido(a), mas encarar os fato, é um dos passos que devem ser feitos, outros truques também contam, olhar a hora em um relógio por exemplo, sabe-se que em determinados lugares, o sol nasce no Leste (têm seu braço direito à essa posição), se põe no oeste (seu braço esquerdo nessa posição), têm se a frente o norte, e as suas costas o sul, parabéns! Acabou de identificar as rotas como se fosse uma búsola!
    O sol também pode funcionar como relógio, sendo que quando está “à pico”, são 12 horas (meio Dia).
    Estender uma parte de um clips, fazendo ficar c/ metade “original” (dobrado como vem de fábrica), e outra parte totalmente reta, pode-se esfregar uma das pontas no algodão (camisa social por exemplo), colocar sob uma folha LEVE e sobre uma porção de água parada (uma poça por exemplo), a folh girará impulsionada pelo clips imantado, e apontará o Norte.
    Seguindo esses passos, basta traçar uma rota e andar EM LINHA RETA, jamais dobrar e fazer grandes curvas, corre-se o risco de se perder ou andar em circulos.

  • Michel:

    Eu não tenho medo de me perder em florestas, pois adoro a natureza e fasso bom uso do que ela tem a nos oferecer, e achei linda esta plantação de milho, jamais ligaria para alguém me resgatar em um lugar assim, ainda mais se eu não estivesse ali perdido sozinho, rsrs.

  • José Calasans.:

    Não tenho nem um pouco de medo de me perder,e não fico dependente dessas tecnologias.Confio nas minhas abilidades aprendidas ao longo do tempo,e digo mais,esses aparatos de alta tecnologia ajudam,mas não são cem por cento seguros.Na minha opinião,o ideal é usar a tecnologia,porém,não descartar as abilidades naturais.

  • André:

    Eu já me perdi no meio da mata. É terrível. Você fica andando em circulo e não sai do lugar. Pior é que a saída estava apenas uns vinte metros na minha frente. Me cortei todo nos espinhos.

    Claro que eu tenho medo, eu nunca mais entro numa mata fechada sozinho.

    • 3dx:

      basta você por um tronco no lugar aonde voce esta e seguir em linha reta, o seu pé favoravel te guiara para um lado e fará vc andar em circulos e entao se vc volar aonde estava vc sabe q deu circulos e tenta outra direção

Deixe seu comentário!