Pesquisa identifica as maiores desculpas dos homens para não ir ao médico

Por , em 12.06.2016

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida no país é de 75,2 anos, de acordo com dados de 2014. Para as mulheres, essa expectativa é de 78,8 anos, enquanto os homens vivem em média apenas até os 71,6 anos.

O que as mulheres fazem para viver 7,2 anos a mais do que os homens?

A situação não é só essa no Brasil, aliás. Os médicos Dr. Jamin Brahmbhatt e Dr. Sijo Parekattil apontam que, nos EUA, das 10 principais causas de morte, os homens são mais propensos que as mulheres a morrer de 9 delas.

“Uma das maiores razões para essas estatísticas é que as mulheres são muito mais proativas sobre a sua saúde do que os homens”, disse Brahmbhatt ao portal Science 2.0.

Homens não vão no médico

Ao invés de fazer visitas regulares aos seus médicos, os homens são muito mais propensos a dar desculpas para não ir, conforme descobriu uma pesquisa encomendada pelo Orlando Health.

E quais são as principais delas? Os resultados mostraram que a desculpa número um é que eles estão muito ocupados. Em seguida, os homens disseram que não vão no médico porque têm medo de descobrir que algo pode estar errado com eles. Sabe o famoso ditado, “só tem doença quem vai ao médico?”.

Exceto que não é assim que funciona. Você pode ficar doente indo ao médico ou não, mas caso visite o doutor regularmente, tem muito mais chances de sobreviver a qualquer condição de saúde.

Os homens ainda disseram que se sentem desconfortáveis com certos exames corporais, tais como exames de próstata, o que completa as três principais desculpas que eles dão para não irem ao médico.

Indesculpável

Esses pretextos são ruins demais para os homens não cuidarem de sua saúde. Estar ocupado, segundo Brahmbhatt, é “indesculpável”.

“Os homens podem passar 34 horas assistindo esporte por semana, ou encontrar tempo para fazer uma viagem com seus amigos, mas eles não podem poupar 90 minutos por ano para fazer um check-up? Isso é indesculpável”, afirmou Brahmbhatt, que é ativista de saúde dos homens e codiretor da Clínica PUR. “Como homens, temos de fazer da nossa saúde uma prioridade”.

As outras desculpas estão mais ligadas a fatores culturais. Por isso, campanhas pela saúde do homem são importantes, a fim de que eles percebam que o medo de ficar doente ou o estigma imbecil de fazer um exame de próstata não justificam pular a visita anual ao médico. [Science20, G1]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,00 de 5)

3 comentários

  • Jobson Andrade Filho:

    Meu problema com médico é o tempo gasto em fila. Só isto. Sou a favor de um chekup de 3 em 3 ou 5 em 5 anos quando não estiver sentindo nada

  • Sergio Grusca:

    Se a mulher vive mais, por que aposenta mais cedo!?

    • Cesar Grossmann:

      Por que em vez do homem ajudar a mulher para que ela não tenha jornada dupla, ele prefere aposentar ela antes.

Deixe seu comentário!