Pesquisadores usam DNA para fazer robôs “Transformers”

Por , em 8.01.2015

Pesquisadores da Universidade Estadual de Ohio (EUA) projetaram pedaços de DNA que poderiam ser utilizados para construir robôs em nano-escala.

Esses pedaços imitam peças mecânicas de tamanho normal, como dobradiças e pistões. Os cientistas mostraram que os princípios de concepção de macro-escala também podem ser aplicados ao DNA para produzir componentes dinâmicos e controláveis para robôs em escala molecular.

Caso esta pesquisa se traduza em aplicações reais, nano-robôs poderiam ser criados para uma variedade de funções, como levar medicamento em uma área específica no interior do corpo, combater infecções, reparar células e realizar medições biológicas em nano-escala.

Como os “Transformers” robóticos do cinema, essas “máquinas de DNA” poderiam dobrar e mudar de forma para desempenhar tarefas diferentes.

“Estou muito animado com essa ideia”, disse o principal pesquisador do estudo, Carlos Castro. “Eu acho que nós podemos, finalmente, construir algo como um sistema Transformer, embora talvez não exatamente como nos filmes. Eu penso nele mais como uma máquina nano que pode detectar sinais, como a ligação de uma biomolécula, juntar informações do processo com base nesses sinais e, em seguida, responder de acordo, talvez através da geração de uma força ou mudando de forma”.

robo dna transformer

O segredo

Para desenvolver essa ideia, os pesquisadores aplicaram um processo chamado DNA de origami, onde longas cadeias de DNA são estimuladas a dobrar em formas diferentes. A partir daí, elas são “coladas” com fios mais curtos de DNA. As estruturas resultantes são, em teoria, estáveis e fortes o suficiente para realizar tarefas básicas, como transportar pequenas quantidades de remédio.

A chave para uma maior flexibilidade que tornaria a estrutura um “Transformer” é não “colar” os fios de DNA, mas sim usar “vertentes” nas bordas, projetadas para agir como ganchos e laços, que podem juntar partes do DNA ou descolá-las dependendo dos sinais químicos que recebe.

No futuro, os cientistas esperam expandir os mecanismos de “movimento programável” de DNA de origami e aumentar a produção desses pedaços de DNA. [io9]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!