Pessoas humildes são mais úteis, ajudam mais

Por , em 4.01.2012

Segundo uma nova pesquisa, alguns tipos de personalidade são mais generosos do que outros. Por exemplo, pessoas humildes são mais dispostas a oferecer uma mão amiga do que os arrogantes.

Os pesquisadores explicam que pessoas humildes são mais “pé no chão” do que as pessoas arrogantes, mas isso não significa que elas pensam mal de si mesmas. “Na verdade, ao invés de serem inseguras ou reservadas, pessoas humildes parecem ser caracterizadas por uma visão precisa de si, compreendendo seus pontos fortes e fracos”, disse o pesquisador LaBouff Jordan.

O estudo acrescenta a pesquisas anteriores sobre o lado positivo da humildade. Por exemplo, uma pesquisa descobriu que pessoas humildes se tornam líderes mais eficazes e mais adorados.

No primeiro dos três estudos, 117 participantes indicaram seu nível de humildade e disponibilidade. Eles também completaram um questionário sobre os cinco grandes traços de personalidade, que são cinco atributos básicos que descrevem o espectro da personalidade humana: a abertura (vontade de explorar coisas novas), a consciência (tendência para a autodisciplina), a extroversão (exuberância social), a afabilidade (compaixão e cuidado para com os outros) e neuroticismo (tendência a experimentar emoções negativas).

“O único outro traço de personalidade que tem mostrado qualquer efeito no comportamento de ajuda é a afabilidade, mas descobrimos que a humildade ajuda mais e além”, disse LaBouff.

Pessoas humildes tendiam a dizer que eram úteis e disponíveis a ajudar. Os resultados se mantiveram mesmo quando os pesquisadores contaram com outros fatores de personalidade, como afabilidade, que poderiam impactar a utilidade.

Para certificar-se de que os resultados eram precisos e que os voluntários não exageraram ou esconderam sua humildade, a equipe fez outros testes utilizando uma medida implícita de humildade.

Por exemplo, 90 alunos ouviram uma gravação de um estudante fisicamente machucado que nem sempre conseguia ir as aulas. Em seguida, os participantes ficaram sabendo de que a gravação poderia ser transmitida na estação de rádio campus.

Cada participante indicou quantas horas durante as próximas três semanas estaria disposto a reunir-se com o estudante para ajudá-lo. Aqueles que pontuaram mais alto na humildade ofereceram mais tempo para ajudar do que os alunos menos humildes.

Em seguida, 103 participantes completaram relatórios “implícitos” de humildade. Por exemplo, os estudantes tinham de associar o mais rapidamente possível certos traços a si mesmos, com características humildes (humilde, modesto, tolerante, pé no chão, respeitoso, mente aberta) e palavras associadas com arrogância (arrogante, desonesto, egoísta, vaidoso) envolvidas na lista.

Novamente, os pesquisadores descobriram que mais humildade estava ligada a mais comportamentos de ajuda. “Há várias razões pelas quais a humildade pode levar a um comportamento mais útil”, disse LaBouff. “Um aspecto da humildade é autofoco relativamente baixo. Pessoas humildes podem ter mais tempo, recursos e atenção voltados a quem necessita”, explica.

Os pesquisadores também estão interessados em descobrir como cultivar a humildade. “Se conseguirmos aumentar a humildade, seja a curto ou longo prazo, poderemos ser capazes de aumentar os comportamentos pró-sociais”, disse LaBouff.

Além disso, os cientistas querem saber, no futuro, se a humildade é benéfica em outros contextos, tais como avanços médicos e científicos ou desenvolvimento de liderança.[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

15 comentários

  • gloria:

    A humildade é um conjunto de qualidades, ñ tem como uma pessoa racista ser humilde ou um avarento ou um fútil, boas qualidades se resume em humildade, são os frutos do espírito, quem tem os frutos d espírito ñ tem os frutos da carne, os dois nunca podem serem achados na mesma pessoa.

  • John jones:

    isso e verdade mesmo!!!!!!!!!!

  • Felipe:

    A humildade é uma das melhores virtudes que um ser humano pode ter. Mas tem que se ter cuidado para não acabar virando conformismo, como acontece ocasionalmente no Brasil.

  • Mario:

    não seja pobre, não confunda humildade com pobreza.

  • Dino Lozinsky:

    Já Suspeitava, Acho que todos Sabiam Disso, “Geralmente” Não são todos, o pessoal Rico não ajuda a classe mais baixa, Exceto as pessoas dessa classe lhe fazem favores ou trabalham para os mesmo, Mas jamais Ajudam alguém ao passar na rua ou fazem algo para ajudar alguma Instituição. Isso já é Praste.

    http://www.docshd.net – Documentários online

  • Ezio Jose:

    A humildade pode ser demonstrada em diversos aspectos. Na maioria das vezes ela é mais presente entre os necessitados, os flagelados. O ser humano é egoísta por natureza e não faz nada senão esperando reciprocidade – (há as excessões).
    Quando alguém faz uma boa ação, sua mente já pré-visualiza-se na mesma situação e encontrando alguém para lhe ajudar da mesma forma. Observando os religiosos que contribuem com seus dízimos nas igrejas, podemos notá-los esperando algo cair do céu para eles. Os líderes desses seguimentos sabem bem disso e para aumentar suas arrecadções criam campanhas do tipo; Prosperidade, Empresário, Casa Própria e etc. E dei-lhes as tais de “Fugueiras Santas” entre outras aberrações. Tudo porque sabe que ninguém quer ser como Jesus, Francisco de Assis e outros os atuais.

  • Paulo Afonso Eberhardt:

    Muito importante e oportuno este trabalho. A ciência que, no geral é materialista, chega a com suas pesquisas no aspecto religioso do ser Humano. As verdades do Cristianismo e de algumas outras religiões já convidam para o aspecto da humildade. Com certeza temos reflexões a fazer sobre a humildade e acredito que os humildes vivem melhores e mais felizes e com mais amigos e mais amados. Aos arrogantes fica o convite da ciência repensar sobre seu próprio bem estar em relação ao próximo. Parabéns a ciência, aos pesquisadores. Precisamos de mais trabalhos nesta área para tornarmos o mundo melhor.

    • Bruno Mecca:

      Realmente. A humildade é uma das principais virtudes do homem de bem. Mas as virtudes, como a humildade, são pouco consideradas pela sociedade. Não percebemos a importância que ela tem em nossos relacionamentos e, por sonseguinte, em nossa felicidade. Se percebermos que a humildade – ao nos permitir servir, ‘ajudar, ser útil’ – garante o auxílio mútuo, indispensável, veremos o quanto a nossa cota de colaboração é importante, pois que não podendo viver só precisamos nos doar.
      Parabéns pelo artigo.

  • GALLO:

    Isso é assunto muito antigo!
    TODOS os grandes lideres espirituais da humanidade já pregavam a HUMILDADE como ponto de partida para a evolução do espirito!

  • Roberval:

    se for assim so tem inutil aqui

  • Senhora arrogante:

    Precisava mesmo de uma pesquisa para constatar isso?

    Pessoas humildes tem senso de igualdade, por isso se sentem bem ao ajudar o proximo.
    Pessoas arrogantes sao, geralmente, individualistas e com senso de superioridade, por isso nao veem grandes motivos em ajudar seus semelhantes.

    Simples assim. ‘-‘

  • Roberto:

    Muitíssimo valioso o estudo sobre os sinais da presença de humildade, o que vejo que é bem interessante também é que a Ciência está sempre pronta para servir-nos, parabéns Ciência !!!

  • ALX:

    ISSO JA SABIA DESDE A MINHA INFANCIA!

  • Valkyria Karpinski:

    Só me diz uma coisa, precisava mesmo de uma pesquisa, para constatar isso?
    Será então que a humanidade já não reconhece essas virtudes ou essa pesquisa era só para passar tempo?!

  • Humildinho:

    Humildade é uma das qualidade mais plausíveis que alguém pode ter.

Deixe seu comentário!