Puxar o saco do chefe faz bem para a saúde

Por , em 13.06.2011

Encontramos uma maneira de justificar o “puxa saquismo”: segundo uma nova pesquisa, puxar o saco do patrão pode fazer mais do que manter seu emprego; também pode mantê-lo saudável.

O estudo sugere que os profissionais politicamente esclarecidos que deliberadamente babam no chefe como forma de melhorar sua posição no trabalho podem evitar o estresse psicológico que os outros (não tão astutos) passam.

Especificamente, a pesquisa mostra que os trabalhadores que usam tais habilidades no escritório muitas vezes neutralizam sentimentos de ostracismo que os outros profissionais tendem a ter que lidar.

Forma adulta de bullying, os funcionários que sofrem ostracismo descrevem a sensação de estarem sendo ignorados e excluídos pelos colegas. Essas pessoas frequentemente experimentam maior tensão, esgotamento emocional e depressão.

O ostracismo no local de trabalho não é um problema novo. Uma pesquisa de 2005 descobriu que, ao longo de um período de cinco anos, 66% dos trabalhadores achavam que eram sistematicamente ignorados pelos colegas, enquanto 29% relataram que
outras pessoas intencionalmente saíam da área quando eles entravam.

Segundo os pesquisadores, esse comportamento pode levar a inúmeros efeitos negativos, tais como aflição psicológica, taxa de rotatividade e saúde física ruim. As pessoas precisam satisfazer suas necessidades psicológicas através da interação social e, quando suas necessidades não podem ser cumpridas, esses efeitos negativos ocorrem.

Pesquisas também mostram que o estresse mata. Ele pode aumentar o risco de uma série de males, de hipertensão a resfriados, até câncer.

Mas puxar o saco não é simplesmente puxar o saco. Kwong Kwan Ho, um dos principais autores do estudo, disse que a chave reside na forma como o empregado lê a linguagem corporal e as expressões de seus colegas de trabalho.

Aqueles que não são politicamente muito experientes podem tornar as coisas piores se quiserem ser o “queridinho do chefe”.

Os cientistas acreditam que seja fundamental que as empresas criem uma cultura que desencoraje o ostracismo no trabalho, oferecendo treinamentos para gerentes e funcionários que aumentem a autoestima, estimulem técnicas eficazes de resolução de problemas e promovam o desenvolvimento de habilidades políticas.

“Nas sessões de treinamento, as organizações podem até dar conselhos aos seus funcionários sobre como os efeitos do ostracismo são prejudiciais, mas sugerem que os colaboradores resolvam todos os problemas através da discussão”, disse Kwan.[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 3,00 de 5)

24 comentários

  • jodeja:

    Seja eficiente e não precisará puxar saco de ninguém.

  • Chessmaster_17:

    No escritório em que trabalho, tem até concorrência pra preparar e levar cafézinho pra chefia…

    Fazem questão de rastejar, mostrar submissão, comportam-se como escravos, jamais contrariam seu superior (por mais errado que este esteja), são verdadeiros parasitas, tal como seus semelhantes que vivem no interior dos nossos corpos:

    VERMES!

  • José Calasans:

    Tô fora,Deus me livre de alguém puxar meu saco,não quero virar eunuco.

  • Rose Marx:

    Gente, o texto parece até o ‘curriculum vitae’ de uma pessoinha(LITERALMENTE)ela mede no máximo 1,40cm e recebeu o apelido carinhoso dos colegas de trabalho de PIKACHUTI(saca?). Mas quando o negócio é ‘babar o chefe’ a Pikachuti ‘puxa tanto o saco dele que não tardará acabar rasgando’, aí sim a ‘saúde’ do nosso chefe vai estar bastante prejudicada…

  • Saulo Madeira:

    É verdade que há certos chefes abertos ao puxasaquismo, que acham os puxa-sacos mais comunicativos e coisa e tal. O remédio então seria os não puxa-sacos trabalharem organizadamente pra expor o puxa-testículos ao ridículo. Não resta dúvida: Chefe que adota um puxa-saco é doente também. Agora se no seu local de trabalho a maioria é dessa espécime, então mais saudável seria sair. Se isso não for possível tente se destacar como um puxa-saco competente, até que o chefe dê o lugar para outro (menos carente de adulações).

  • miqueias charles:

    Falou barrigudo,e sem contar com um monte de inimigos silenciosos que são os ex companheiros de trabalho que na certa prejudicou durante um certo período.

  • Coronel:

    Hoje em dia não acredito nem em 1% do que leio,essas “pesquisas” são totalmente arranjadas…

    • J.Teodoro:

      Então pare de perder seu tempo e vai buscar algo que acredite, vá ler a bíblia.

  • DePaula:

    A matéria é superficial e simplista, mas tem seu valor, no mínimo, trazer o tema a discussão.
    Com algumas décadas de experiência (e ainda sem aposentadoria à vista) não me recordo de qualquer trabalhador elevado à categoria de ‘promoção’ que, além da capacidade, não estivesse afinado com as chefias. Chefias incompetentes e ensaboadas também não são eternas, mesmo que parentes, pelo simples fato que não pagam contas.
    Agora,vou dizer uma coisa, pior que um empregado ‘puxador’ é o ETERNO DO CONTRA, que aparece com aquelas idéias que nada tem a ver com os projetos e rotinas e se dizem rejeitados.
    AOS QUE TRABALHAM COM AFINCO, PERSEVERÂNCIA E COMPETÊNCIA não há tempo para ‘puxar’ o saco e podem ter certeza, não há chefias que os rejeitem e, normalmente, esses tem mais tempo para o cafezinho com o chefe.
    USEM O LEMA: TRABALHAR MENOS COM MAIS RESULTADOS é o que todos querem e é bom prá todo mundo.

  • Anderson:

    ODEIO PUXA-SACO… NÃO GOSTO DE CONCORRÊNCIA!!!

    =)

    (pra descontrair, pq o clima ta pesado aki…rs)

    Acho que todos nós já demos de encontro a esses seres desprezíveis e incompetentes… Prefiro ser mandado embora ou não receber aumento a vender meus princípios por $$$ ou favores.

    Jeito estranho de viver!

  • Eliane Maia:

    O puxasaquismo é sinal de insegurança, imcopetencia e querer aparecer diante dos demais,com medo de perder o emprego, quem tem competencia não precisa disto para ficar no emprego. por issi que sou chefe (nunca puxei saco), e detesto puxa saco….já corto…..ser puxa saco é rediculo,
    se o chefe gosta é porque deve ser muito carente ou incompetente tambe, por favor

  • DouglasLK:

    Fabula:
    “Certo dia, enquanto passeava pela floresta, uma raposa avistou um corvo empoleirado em um galho muito alto segurando um pedaço de queijo com o bico. A raposa, muito astuta, começou a bajular e elogiar a ave dizendo que esta tinha uma belissíma voz e por fim incita o corvo a cantar para ela. Quando o passaro,com seu ego inflado, abre o bico para cantar acaba deixando cair o queijo que segurava, sem perder tempo a raposa apanha o petisco e o devora sem demora”
    Moral da estória: Todo puxa-saco vive as custas de quem lhe dá ouvidos.

  • priscila:

    concordo com a pesquisa, todas as empresas q passei os puxa saco realmente tem mais oportunidade de crescimento e permanecem por muito mais tempo na empresa mas mesmo assim prefiro nao ser puxa saco,nao tem nada pior em uma empresa do que os puxa saco.

  • Elizabeth:

    Se é preciso puxar saco de chefe para ser saudável, prefiro pedir a conta. Como já comentaram, puxar saco é coisa de gente sem capacidade.

  • Junior:

    Puxar-saco só se resume em uma coisa “Imcompetência”.

  • zeus:

    Erto,VC não precisa aprender,VC já é puxa-saco,dá pra perceber claramente…

    • Erto:

      Nossa sério que está tão evidente assim?
      Queria saber então por que não paro nos empregos.
      Será que estou puxando errado?
      Gostas de julgar sem conhecer né Zeus?

  • eduardo:

    Tenho um colega de trabalho que vive dizendo: “O saco do chefe é o corrimão para o sucesso”……. kkkkkkkkkkkkkk

    Tá de sacanagem, né?…. onde já se viu q puxa-saquismo faz bem à saúde? acho q é totalmente o contrário… a pessoa só puxa o saco pq é propensa a não “ter vida própria”, ter baixa auto-estima… e essas coisas, definitivamente, não são sinônimos de saúde…..

  • BARRIGUDO:

    Todo puxa-saco no fim das contas levam ‘tres botinas’,duas no pé e uma na bunda…

    • Erto:

      Infelizmente essa terceira botina vem bem depois dos não puxa-sacos.
      Percebo, em todas as empresas que trabalhei, que eles se dão bem sim, podem até levar o pontapé, mas até esse dia chegar outros já rodaram.
      Só queria saber como é de fato ser puxa-saco.
      Preciso aprender isso. rsrs

    • Bruno (TaRuGo):

      “Gosta de Julgar Sem Conhecer… né Zeus!”
      LOL

  • ShadowsAV:

    Ostracismo? Eu acesso alguns sites de Empreendedorismo / Marketing e nunca tinha ouvido falar nisso. Valeu Hype, e Natasha.

  • Silvio:

    E a saúde do chefe como fica???

    • paulo:

      Isso ae!! Primeiro a saude do chefe!!

Deixe seu comentário!