Rodovias solares podem solucionar os problemas energéticos do mundo

Por , em 27.05.2014

Imagine ruas e estacionamentos que produzem energia. Melhor ainda: produzem tanta energia que pagam por si mesmas. Quer mais? Energia limpa, sem nenhum dano para a natureza?

Parece utopia, mas com um pouco de apoio, essa pode ser a realidade daqui alguns anos. Os americanos Scott e Julie Brusaw são os inventores das Rodovias Solares, um sistema de pavimentação modular de painéis solares que podem suportar o mais pesado dos caminhões – a superfície de vidro foi testada para a tração, testes de carga e testes de resistência ao impacto em laboratórios de engenharia civil, e superou todas as exigências.

As rodovias solares

Estes painéis podem ser instalados em estradas, estacionamentos, calçadas, acostamentos, ciclovias, parques infantis – literalmente qualquer superfície sob o sol. Elas pagam por si mesmas, principalmente através da geração de eletricidade, o que pode alimentar residências e empresas ligadas através de calçadas e estacionamentos. Um sistema nacional poderia produzir energia renovável mais limpa do que um país utiliza como um todo. De acordo com os cálculos dos desenvolvedores, se todas as estradas e ruas dos Estados Unidos fossem substituídas por esta tecnologia, as Rodovias Solares produziriam três vezes a quantidade de energia elétrica que os Estados Unidos utilizam em um ano, ou 13,385 bilhões de quilowatts-hora.

Representação gráfica

Representação gráfica

E a produção de energia não é o único benefício. O projeto inclui elementos de aquecimento para retirar neve e gelo das ruas, luzes LED para fazer linhas de estrada e sinalização e corredores de cabos acoplados para armazenar e tratar águas pluviais e proporcionar uma “casa” para a energia e cabos de dados.

LEDs

LEDs

“Veículos de energia elétrica serão capazes de carregar com a energia do sol (em vez de combustíveis fósseis) através de estacionamentos e calçadas. Depois que um sistema viário esteja instalado, a tecnologia de indução mútua permitirá o seu carregamento enquanto os carros estão em movimento”, afirmam os inventores.

Representação gráfica

Representação gráfica

Além disso, segundo eles, a implantação destas rodovias tornaria viável a utilização de carros elétricos na prática. “As Rodovias Solares fornecerão a estrutura necessária para a utilização de veículos elétricos, permitindo que eles sejam ‘carregados’ pelo sol, ao invés dos combustíveis fósseis”, projeta Julie Brusaw.

Ambientalistas calculam que aproximadamente metade dos gases que produzem o efeito estufa são produzidos através da queima de combustíveis fósseis para a geração de eletricidade. Outros 25% são gerados através dos canos de escape dos veículos. Os desenvolvedores do projeto Rodovias Solares acreditam que estas produções de gases poderiam ser cortadas com o desenvolvimento do projeto em larga escala, eliminando 75% dos gases causadores do efeito estufa.

Material amigo dos animais

Material amigo dos animais

“É um sistema modular que irá modernizar nossa envelhecida infraestrutura com um sistema inteligente”, apostam Scott e Julie. O projeto vem sendo finalista e conquistando diversos prêmios desde 2009, entre eles o Prêmio Mundial de Tecnologia em Energia de 2013.

“A implementação do nosso conceito em grande escala poderia criar milhares de empregos ao redor do mundo”, acreditam os desenvolvedores.

O projeto das Rodovias Solares recebeu duas fases de financiamento da administração federal de estradas dos Estados Unidos para pesquisa e desenvolvimento de um sistema de pavimentação. O contrato da fase dois, para a construção de um protótipo de estacionamento, está na fase final, e agora os desenvolvedores precisam levantar fundos para a produção. Qualquer um pode ajudar com doações, compras de produtos ou até fazendo propaganda do projeto nas redes sociais. Você pode contribuir através do site www.solarroadways.com (em inglês). [Indie Go Go]

Fase II do protótipo de estacionamento

Fase II do protótipo de estacionamento

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

8 comentários

  • Diego Carvalho:

    Se isso acontecer o nosso planeta acabara, por que os paineis são muitos caros, e muitas composições que usa para a sua fabricação são pedras e areias muito raras, ou seja o que se tem que furar e cavar para encontrar tais elementos é de assustar,ou seja a procura desses materiais iria destruir nosso planeta, fora que as placas tem prazo de validade muito pequeno, antes de usar uma tecnologia que se juga limpa, tem que preocupar em procurar de onde ela é feita, o que se usa para produzir aquilo.

  • sergio moreira:

    Um dos principais problemas com a energia solar e eólica é a forma de armazenamento.
    As baterias ainda não possuem a eficiência necessária , principalmente se pensarmos a aplicação em grande escala. Imagine a quantidade de baterias necessárias, e o descarte das mesmas periodicamente. Terias mais baterias inutilizadas que pneus, no mundo.

    • Lucianopl:

      A energia solar não deve ser armazenada, deve fazer parte de um sistema onde toda a energia solar deve ser consumida. Portanto deve ser utilizada em conjunto com uma fonte de energia que possa ser regulada. Usina hidrelétricas podem ser gerenciadas para produzir mais energia ou menos, de acordo com o que falta no sistema.

    • Cesar Grossmann:

      Por que não deveria ser armazenada? Claro que não dá para armazenar fótons, mas a energia elétrica pode ser armazenada, e de diversas formas diferentes. Uma delas é criar uma caverna hermeticamente selada, e usar energia elétrica para bombear ar comprimido dentro dela. Quando precisa da energia, a bomba se transforma em turbina geradora.

  • Cecilia Forte:

    Coisas assim que me fazem crer em pessoas melhores e sustentaveis e em uma mudança para nosso planeta!

  • WalterZ:

    Legal, mas na prática o custo dos painéis solares inviabilizam a ideia.
    Por exemplo, um painel solar sobre o telhado poderia alimentar um aparelho de ar condicionado. Parece perfeito, pois quanto mais sol mais energia o aparelho terá a disposição. Então, por que ninguém vende isso?Ora, porque o painel solar é caro e fica mais barato ligar o aparelho numa tomada convencional.
    Ou seja, precisa ser viável tecnicamente e economicamente. E a viabilidade passa por reduzir o custo dos paineis…

    • Cesar Grossmann:

      O que acontece é que o custo do painel vai sendo abatido a partir do uso. Quanto mais você usa, mais cedo o painel vai “se pagar”. Obviamente você vai precisar investir bastante no início, e pode parecer mais barato continuar usando a energia elétrica que vem da rua, mas depois que o painel se paga, a economia que ele provê vai direto para o teu bolso.

  • Dauton Junior:

    INCRIVEL, essa é realmente a energia do futuro !!

Deixe seu comentário!