Salame, salsicha, bacon, nuggets e outras carnes processadas podem te matar prematuramente

Por , em 10.03.2013

Se você é um consumidor voraz de salame, bacon, nuggets e outros tipos de carne processada, cuidado: um estudo realizado com mais de 440 mil pessoas mostrou que o consumo excessivo desses alimentos pode aumentar suas chances de morrer de câncer ou de doenças cardíacas.

Durante uma média de 12,7 anos, a Epic (Investigação Europeia Prospectiva de Câncer e Nutrição) acompanhou homens e mulheres de 35 a 69 anos por meio de questionários sobre os alimentos que haviam consumido nos 12 meses anteriores. Ao longo do estudo, um em cada 17 participantes morreu e, mesmo levando-se em conta outros fatores de risco (como sedentarismo ou consumo de álcool ou tabaco), aqueles que comiam mais de 160g de carne processada diariamente tiveram 44% mais chances de morrer do que aqueles que comiam em média 20g.

[box]Carne processada é aquela que, para permanecer conservada por mais tempo, passa por procedimentos como defumação, cura e adição de sal ou de conservantes químicos. Exemplos: bacon, salame, salsicha e nuggets.[/box]

De acordo com os pesquisadores, o excesso desse tipo de carne aumentou em 72% as chances de morrer de doenças cardíacas (como ocorreu com cerca de 5,5 mil participantes) e em 11% de morrer de câncer (em torno de 10 mil participantes).

“De modo geral, estimamos que 3% das mortes prematuras que ocorrem todos os anos poderiam ser evitadas se as pessoas comessem menos de 20g de carne processada por dia”, destaca a pesquisadora Sabine Rohrmann, da Universidade de Zurique (Suécia).

Nesse caso, por que não há um índice de mortalidade especialmente elevado em países onde o consumo de presunto de parma e salames (ambos “processados”) é alto, como a Itália? Embora não seja um hábito saudável, ele é contrabalanceado por outros, como o consumo de frutas, vegetais, vinho e óleo de peixe – o que não é uma desculpa para abusar na hora de comer bacon.[BBC News, RTÉ News, BMC Medicine]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

6 comentários

  • Leticia Bispo Silva:

    Pra ser feliz,tem que se pagar um preço muito alto.

  • Michel Kanemaru:

    Bom sobre os Italianos e Espanhóis, que consomem carne “processada”, no caso do presunto parma, pernil de porco e salames o processo é relativamente diferente de outros produtos cárneos processados que causam mal a saúde, um dos pontos interessantes é que eles são FERMENTADOS, já a maioria dos produtos processados ou são cozidos(salsichas, apresuntados, linguiça calabresa e etcs), e outros que são defumados como bacon e costela de porco, no caso desses produtos cozidos normalmente são produtos feitos com matéria prima de qualidade “menor” o que requer a adição de vários aditivos químicos nesses produtos.
    Em contra partida nos produtos como presunto parma, pernil e salames, são feitos com ingredientes de alta qualidade, além disso a adição de conservantes e outros aditivos é bem menor, tal como o principal fator de conservação desses produtos é a superação da flora microbiana deteriorante pela flora adicionada, além de que essas reduzem o pH dos produtos ajudando a diminuir o riscos de contaminação(Isto também ocorre no processo de produção de queijos curados).
    .
    .
    Sobre os produtos processados, bom é de conhecimento que um dos principais aditivos, o nitrato de potássio e sódio, caso sejam feito um mal processamento geram nitrosaminas que são altamente carcinogênicas. Quase todos os produtos cárneos processados no Brasil são adicionados de Nitratos! Essa nitrosamina ocorre normalmente devido ao tratamento com calor nesses produtos, no caso do salame e outros produtos defumados há uma grande preocupação sobre a produção dessa nitrosaminas, por esse motivos já existem empresas que utilizam fumaça liquida.
    Produtos como salsichas, nuggets e similares, são adicionados de diversos aditivos, pois parte da carne utilizada nesses produtos é mecanicamente separada, sendo que para obter um produto com qualidades sensoriais agradáveis é necessário a correção em muitos casos de diversos paramentos.
    .
    .
    .
    O estudo foi falho em não separar quais produtos afetaram a saúde, a relação de causa de mortes a diversos produtos processados cárneos já é conhecido! Além disso colocar todos os produtos no mesmo saco é um erro pois cada produto processado pode ser feito e adicionado de diferentes formas.
    Para terminar, uma fato interessante, é que dentro os povos europeus a população mediterrânea é a que possui maior expectativa de vida, outra população com alta expectativa de vida são os japoneses, o que ambos tem em comum são: Grande consumo de produtos fermentados e peixes!

  • Colonia Sebastiao Sebastiao:

    Só faltou indicar quais os produtos quimicos que prejudicam a Saúde … ( Pesquisa incompleta )

  • Vinicius Dantas:

    Zurique é na Suíça…

  • Giovani Ferreira:

    Infelizmente os alimentos que muitos consideram os mais saborosos são os que mais prejudicam a nossa saúde,o jeito é controlar os impulsos e comer esses tipos de alimentos com muita moderação.

    • luciano vieira da rocha silva:

      Giovanni infelizmente tem tudo p piorar. No centro de recompensa no cérebro Só se sente feliz c gordura, sal ou açúcar. Já. Viu um happy hour regado a suco e salada? Por Outro lado,nossos corpos n acompanharam a evolução tecnológica, dai o sedentarismo. coqutel fatal.

Deixe seu comentário!