Sensibilidade ao álcool aumenta com a idade

Por , em 17.08.2010

Se você começar a se sentir tonto logo após consumir uma quantidade de álcool ao qual estava acostumado, pode ser porque a idade está chegando. Segundo um novo estudo, um corpo envelhecido é mais sensível ao álcool do que um mais novo.

A razão é que os idosos metabolizam o álcool mais lentamente, além de ter menos água em seus organismos. Até mesmo um adulto que consome apenas alguns copos de vinho tem uma maior percentagem de álcool em seu sangue do que um jovem bebendo a mesma quantia.

O álcool também pode piorar problemas de saúde relacionados com a idade. Idosos normalmente tomam mais medicamentos, por isso também podem ter mais problemas causados pela interação droga e álcool, como confusão, instabilidade ao caminhar, náuseas, e outros.

Por exemplo, consumir álcool ao mesmo tempo em que ingere medicamentos para a hipertensão, diabetes, gota ou insuficiência cardíaca pode piorar tais condições. Outros remédios combinados com álcool também representam riscos: aspirina ou remédios para artrite podem aumentar o risco de sangramento no estômago e paracetamol pode aumentar o risco de danos no fígado.

O álcool também pode levar a problemas de equilíbrio. Idosos que bebem têm maior risco de sofrer fraturas.

O aumento dos riscos não significa que as pessoas mais velhas têm de parar de beber totalmente, mas precisam ser mais conscientes do que beber e com que frequência. Segundo pesquisadores, pessoas com mais de 65 anos não devem consumir mais de sete doses de bebidas alcóolicas por semana, e não devem tomar mais de três drinques por dia.[NewYorkTimes]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Samuel Alencar:

    O álcool sem sombra de dúvidas ainda vai vitimar a muitos.A adicção ativa concernente a essa droga lícita,vem assolando o ser humano por séculos.

Deixe seu comentário!