Telescópio espacial da Rússia será o mais eficaz já lançado

Por , em 21.07.2011

Ouviu falar em corrida espacial em pleno 2011? Um novo telescópio espacial russo, que irá trabalhar em conjunto com telescópios de rádio que estão em terra, coroa um esforço que começou durante a Guerra Fria. Será o maior telescópio que o mundo já viu, com uma capacidade de antena extremamente eficaz, que abrange 30 vezes o diâmetro da Terra.

O telescópio, chamado de RadioAstron, tem uma antena de 10 metros, um décimo do tamanho do maior telescópio da Terra. Mas quando combinado com observatórios terrestres, ele será gigante em capacidade – com uma resolução até 10.000 vezes melhor do que o Telescópio Espacial Hubble da NASA.

A interferometria, método de medição baseado na interferência, é amplamente utilizada para criar enormes redes de telescópios na Terra, conectando observatórios individuais em uma rede maior, obtendo uma resolução muito mais efetiva. O RadioAstron não é nem mesmo o primeiro telescópio espacial que utiliza a interferometria – cerca de 15 anos atrás, a agência espacial japonesa lançou o satélite HALCA (Highly Advanced Laboratory for Communications and Astronomy) com a tecnologia. Porém, ele só foi projetado para trabalhar alguns anos e interrompeu seu funcionamento em 2005.

Esse telescópio é projetado para se abrir em órbita, com 27 pétalas de fibra de carbono que se desdobram para formar um prato de 10 metros de largura.

Ele terá uma órbita elíptica, permitindo que a atração gravitacional da lua mude seu caminho. Esta rota orbital variável, em conjunto com os mais poderosos computadores que estarão em terra, permitirá que os cientistas russos produzam imagens de alta resolução de galáxias distantes.

O RadioAstron poderá retratar os objetos celestes separados por um ângulo de 7 microssegundos de arco. Por causa dessa alta resolução, os cientistas acreditam que ele será capaz de espreitar eventos em um buraco negro no centro das galáxias, de estudar ondas de rádio emitidas por nuvens de moléculas de água no espaço, entre outras missões.

A Agência Federal Espacial Russa terá que recolher todos os dados do telescópio. Porém, até agora, apenas uma tecnologia foi construída para receber sinais de satélites, e muitos outras serão necessárias para que os dados do telescópio de 144 megabits por segundo não sejam perdidos.[POPSCI]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 5,00 de 5)

16 comentários

  • ENAX:

    Projetos espaciais deveriam ser feitos como projetos da humanidade, ou seja, todos os países deveriam se unir nesses projetos, assim cada qual forneceria o de melhor para que os projetos fossem mais avançados, e com maior chance de darem certo. Muito dinheiro é jogado fora e tem muito ainda para ser feito… A ONU deveria abrir uma Agencia Internacional Espacial com a colaboração de todos os países para projetos espaciais de interesse da humanidade.

  • leandro balbino:

    quando vao lançar isso dai em 2050?

  • A. Gabriel:

    Por estes e outros que eu prefiro os Russos até no Battlefield 3. Rsrs

  • Henrique:

    MAIS UMA VEZ OS RUSSOS ESTÃO MOSTRANDO A SUPERIORIDADE TECNOLÓGICA EM RELAÇÃO AOS AMERICANOS… FOI LANÇADO RECENTEMENTE O RADIOASTRON, QUE SERÁ 10.000 VEZES MAIS PODEROSO QUE O SEU EQUIVALENTE AMERICANO, O HUBBLE, PARA FAZER DEFINITIVAMENTE COM QUE O HUBBLE VIRE PEÇA DE MUSEU… ELE SERÁ CAPAZ DE ENXERGAR ESTRELAS E PLANETAS EXTRASOLARES COM UMA NITIDEZ INCRÍVEL E SEM PRECENDENTES NO MUNDO… UMA TREMENDA PEDRA NO SAPATO DOS ESTADOS UNIDOS!!! QUEM SABE, ELE SERÁ CAPAZ DE DESCOBRIR PLANETAS EXTRASOLARES DO TAMANHO DA TERRA E MUITO SEMELHANTES A ELA!!! A NASA ESTÁ PERDENDO TERRENO!!! VIVA A MÃE RÚSSIA!!! VIVA OS ESLAVOS!!!!!!!

    • Carlos:

      Simplesmente patético, esse comentário.

  • victor:

    eu concordo com o comentario do Drew

  • Fala Sério:

    Maravilhoso! Imaginem quantas novas descobertas iram por vir.

  • NERDÃO:

    Mais um passo na descoberta dos segredos do universo! ^^

  • drew:

    prefiro que o Brasil deixe de participar da olimpíada para investir esse dinheiro em atavidades científicas e correr atraz do prejuízo e imbarcar nessa corrida ao lado de algum país(china ou Rússia por exemplo)somos o único país dos “Briks´´que ainda nao enviou um robo a lua,somos governados por gente sem visão e que nao vem alem do seu tempo.

    nao to falando que olímpiada é algo ruim,más estou falando que temos prioridades como na área cientifica aonde se investir esse dinheiro seria mais rentável no futuro.

    desculpe ter fugido um pouco do tema da matéria,más é que eu como brasileiro gostaría de ver a minha amada terra entre os países chamados de potências espaciais,que meche com as tecnologias mais avançadas.

    podem me negativar se quiserem essa é so a minha humilde opinião,to nem ai….

    • Kelvin:

      Drew, só alguém muito medíocre e estúpido te negativaria pelo que você disse. Se mais governantes tivessem essa mesma visão e vontade político-científica que você citou, o Brasil deixaria de ser “um país de tolos”.

      Olímpiadas? Emoção de vitória e alegria nas ruas? Já temos isso o dia inteiro no país afora; não, nós precisamos da monotonia e exasperação da pesquisa científica básica e do orgulho e tensão da ciência de ponta.

      Continue discordando!

    • Carlos:

      Enquanto continuarmos a ter políticos da “evergadura mental” de um Tiririca e da “dedicação ao país” de um José Sarney, Milton Temer e quadrilhas conhecidas, o futebol continuará a ser o ópio do povo.

    • Chicxulub:

      Exatamente, por isso não gosto do que a maioria dos brasileiros gostam: futebol, carnaval e cerveja, ô trio medíocre!! Se fossem apreciados dentro do normal, sem exacerbação ou exageros, até passava, mas não suporto a supervalorização que os brasileiros dão a esse trio patético, sem esquecer é claro das novelas, BBB, Luizas no Canadá e outros lixos semelhantes. O que é valorizado pela maioria de um país reflete o intelecto da maioria do seu povo, e consequentemente todos ficam nivelados por baixo.

  • xd:

    houston we have hope xD

  • Glauco:

    Olha aí os Russos mostrando como se faz =D !

    Enquanto isso, o caríssimo telescópio James Webb, que substituiria o Hubble, está sendo cancelado depois de anos e anos de atraso e aumento astronômico dos custos!!

    • Andy – O irônico:

      Não vejo muita vantagem cancelar o James Webb, já investiram tantos bilhões que tem de concluir nem que seja por honra, do que desperdiçar todo esse tempo e dinheiro.

    • Glauco:

      Bixo, a NASA só serve prá desperdiçar dinheiro.

      Claro que eles fizeram coisas incríveis no passado e hj em dia possuem muitos projetos bacanas, mas parece que as últimas administrações pisaram na bola com o budget anual de $17bi.

Deixe seu comentário!