Uma aranha fazendo estrelinhas no deserto

Por , em 1.06.2014

O taxonomista Peter Jäger, do Instituto de Pesquisa Senckenberg e Museu de História Natural de Frankfurt, na Alemanha, descobriu uma nova aranha ginasta no deserto do Saara, em Erg Chebbi, no sudeste de Marrocos.

spinnegross

Seu nome oficial é Cebrennus rechenbergi, em homenagem a Ingo Rechenberg, especialista biônico da Universidade Técnica de Berlim, que foi quem a viu pela primeira vez, cinco anos atrás. Porém, “ginasta” é mais do que um apelido: a aranha literalmente dá saltos como os atletas, correndo por um tempo, apoiando-se em suas patas dianteiras, e caindo nas traseiras – como as “estrelinhas” que as crianças gostam de fazer. Embora geralmente só faça esse movimento para frente, ela é capaz de dar uma estrelinha para trás.

Esse salto dobra a velocidade de aranha, de 10 para 20 metros por segundo. No entanto, a manobra custa muita energia para o animal, de forma que é um último recurso, usado apenas para escapar de predadores. Se executasse esse salto de cinco a dez vezes em um dia, a aranha morreria. [NYTimes]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

Deixe seu comentário!