Uma chama que usa apenas água como combustível

Por , em 30.10.2013

Cientistas inventaram um novo método de baixo custo para criar uma chama de soldagem segura, utilizando a água como único combustível. Batizado de “Safeflame” (“chama segura”, em tradução livre), o aparelho divide a água em oxigênio e hidrogênio, recombinando os dois elementos fora da boca do maçarico para criar o fogo. O único subproduto deste processo é a água.

No passado, este método era muito caro para ser adotado em larga escala. O sucesso do Safeflame se deve justamente ao fato de que seus criadores conseguiram torná-lo muito mais barato e também consideravelmente mais seguro do que os maçaricos tradicionais de propano e acetileno.

De acordo com Andrew Ellis, um dos pesquisadores do Safeflame, a equipe de químicos que trabalhou para desenvolver novas formulações conseguiu um aumento no desempenho do eletrolisador. “Também temos feito uma intensa pesquisa sobre catalisadores, tentando reduzir a quantidade de platina e procurando por materiais muito mais baratos que possam ser usados nas células. Esta busca levou à grande redução no custo dos sistemas de eletrólise”, conta.

Ellis também comenta que o novo sistema foi desenvolvido para usar apenas uma rede elétrica padrão e água. “A molécula d’água é quebrada e origina os gases hidrogênio e oxigênio, que alimentam um maçarico, onde uma chama é produzida. A chama pode ser utilizada para qualquer aplicação industrial que necessite do uso de um maçarico. Ou seja, você basicamente só precisa usar água para fazer uma chama”.

Além disso, o próprio maçarico permanece frio ao toque em todos os momentos, porque, de acordo com Ellis, a chama, enquanto está sendo produzida, queima apenas na parte externa do objeto. “Quando você desliga o fogo ao final da operação, ele se mantém frio. Portanto, depois de acabar de usá-lo, você pode colocá-lo em qualquer lugar que você quiser”. [Kinja]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)

18 comentários

  • José Carlos Passos:

    Eu acompanho várias pessoas no YouTube, e olha só, muitos tem esse massarico, feito artesanal, devem ter copiado dos cientistas estrangeiros

  • MTulio:

    Lembro-me que há muito tempo atrás o Fantástico da Globo noticiava que um brasileiro havia desenvolvido um carro a água, de lá pra cá nunca mais se ouviu falar mais sobre o assunto. Fui pesquisar na internet e encontrei informações, confirmando que o que eu me lembrava não tinha sido um sonho. Confiram:
    http://pt.shvoong.com/exact-sciences/physics/1645921-carro-movido-%C3%A0-%C3%A1gua-1972/
    http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/o-carro-movido-a-agua-de-1972.html

  • angelo3D:

    Não sei qual a novidade nisso, pois trabalhei em uma empresa aqui em São Carlos – SP que fabricava um maçarico similar a este utilizando o mesmo princípio, a eletrólise. Eu mesmo já utilizei este mini maçarico lá diversas vezes, de tempos em tempos verificávamos o nível da água e completávamos o reservatório. O maçarico lembrava uma caneta, devido ao seu tamanho reduzido.
    Um detalhe: isso foi aproximadamente há uns quinze anos.

    • Cesar Grossmann:

      Talvez seja o caso de comparar as patentes e entrar com um processo para derrubar a patente do maçarico da reportagem com base na existência de um dispositivo semelhante. Mas este é um problema para o inventor do maçarico original.

  • Miguel Guerreiro:

    O homem é fantástico! 😀

  • Regis Olivetti:

    Este equipamento já está a venda na Alemanha e no mês de setembro uma equipe de empresários brasileiros do ramo, foi a uma feira de soldagem na Alemanha e espero que o equipamento (pequeno) esteja logo no Brasil, mas, imagino o custo, visto ser um pais de governo extorsivo e agiota. No YouTube já tem filme dessa técnica. É fantástica. Até criança solda.

  • Tibulace:

    Ótima novidade, concretizou uma ideia minha de 40 anos atrás.Só não gostei, da IMPRECISÃO existente na matéria:Para o leitor menos versado em física, passa a impressão, de que essa célula eletrolítica + maçarico, gera CALOR a partir da água, como se fosse uma espécie de MOTO CONTÍNUO, esse calor viria da ÁGUA,que não custa quase NADA.Na verdade, o calor vem, TODO ELE, da ENERGIA ELÉTRICA que é consumida na célula eletrolítica, para QUEBRAR a molécula de água.Não há NENHUM GANHO energético, o CALOR PRODUZIDO, é no máximo IGUAL à ENERGIA ELÉTRICA consumida no processo.É como se o maçarico, fosse alimentado por ENERGIA ELÉTRICA, que isso fique bem claro.

  • Addans Layon:

    por mais eficiente que seja a eletrólise, ela terá um consumo altíssimo de energia elétrica, 2 gramas de hidrogênio gastam
    286 mil Joule para ser desprendido, reflitam …

  • SALES CANTANHEDE:

    IIIHHHH !!!!!! Não sei não. agua como combustivel para carros,vão acabar leiloando a amazonia e dizer que o brasil saiu ganhando.

  • Victor Salvi:

    Se ele faz a combustão do hidrogênio, a chama não deveria ser transparente?

  • Marco Checon:

    E agora temos que esperar uns 10 anos pra um desses chegar aqui.

  • Carlos Henrique Beckhauser:

    Cientistas….Quem, onde, quando?
    Qual a referência disso?

    • Cesar Grossmann:

      Andrew Ellis é o nome de um dos pesquisadores, segundo o artigo, e o nome do produto é SafeFlame. Usando estas informações, você consegue pesquisar na internet e encontrar a página do projeto.

  • Wallace Resplande:

    Desculpe minha ignorância, mas se estão pegando água e dividindo suas moléculas e as queimando… Não há risco de um dia acabarem com toda a água?

    • Lucas L.:

      Na natureza nada se cria nada se perde, tudo se transforma!
      Segundo a pesquisa no processo de queima esses dois elementos são “recombinados”, tendo como subproduto da queima, AGUA!

      Não sei até onde isso é verdade, mas se for, é explendido, e não vejo o porque não usar como combustível para carros!

    • Vidomar Silva Filho:

      Quando se queima hidrogênio em oxigênio, obtém-se água. Ou seja, não há o menor risco de um processo desse tipo, mesmo em larguíssima escala, acabar com a água. Fique tranquilo. Um abraço!

    • Cesar Grossmann:

      Wallace, a molécula de água é composta de hidrogênio e oxigênio. Quando você queima o hidrogênio, você está combinando ele com oxigênio novamente, fazendo… água.

      Mas mesmo que o produto da queima do hidrogênio fosse outro, ainda assim a quantidade de água que seria usada por todos os maçaricos do mundo em todo o tempo de nossa civilização ainda assim não seria mais que uma gota em relação à água que tem no planeta. Faça as contas…

    • Rafaela:

      Queira ou não temos que usar os recursos que o mundo nos oferece, e creio que um maçarico não acabaria com a nossa água.

Deixe seu comentário!