Vídeo bizarro – robôs geminoid e seus “originais”

Por , em 11.04.2011

O que é mais bizarro do que os robôs geminoid? Vê-los com as pessoas que inspiraram seu “design”.

Os robôs se encontraram no mês passado – mas pareciam não ter muito a dizer para seus “colegas”. Confira:

[PopSci]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

13 comentários

  • Neurivan Jhonatan:

    Quero ter um robô que seja minha réplica.
    Assim eu iria para o trabalho apenas no dia de pagamento.

  • cientista:

    pensa um dia se chega em casa tem um robo fasendo sexo com sua mulher ai vc vai ver nao e sua mulher tbm e uma robo puts

  • Eu:

    E não estou falando só de robôs né…

  • Eu:

    Um dia quase tudo será possível. E esse quase tudo já atingido deixará de ter graça… porque deixou de ser novo. Esses cientistas que parecem mais criancinhas que arranjam novas formas de brincar e que estão valorizando demais esses brinquedinhos vão confundir as próximas gerações. Essas gerações se tornarão confusas, aliás a juventude atual já está confusa.
    Está metida em uma história que nem sabem como começou…

  • fernanda:

    eu queria um robô igual a mim seria fantástico.

  • André Brandão:

    Os Robôs estão todos aflitos com os humanos… kkkkkk… Vejam a robô mulher cabisbaixa por estar ao lado de uma mulher igual a ela. O Robô Japonês olhando para os lados, querendo encontrar alguma saída. E o Robô de bigode também cabisbaixo. kkkkkkkk… Nós fazemos mal para eles.

  • selenio78:

    mais por que dois roboninos e uma robonina? sera que teremos o primeiro porno cibernetico?

  • ronaldo:

    A tecnologia realemnte é incrível.

  • Pedro Vaz_De_Angola:

    Imagine você chegando do serviço e encontro um Robot parecido consigo em sua cama e ao lado de sua mulher!

  • Genivaldo:

    E foi dado vida a imagem da besta e todos que não lhe adoravam erão mortos.

  • kati:

    Que medo !!! Só meio do mato mesmo essas coisas me assustam um pouco.

  • eduardo:

    Surrogates: the begins…

  • Wilian:

    Diálogo cibernético…

Deixe seu comentário!