11 aves que você não gostaria de encontrar

Publicado em 23.07.2012

Quando se fala em animais perigosos, as pessoas normalmente pensam em leões, tubarões, tigres ou outras criaturas de ar ameaçador. Aves dificilmente entram em listas como essa, mas certamente existem algumas que merecem. Conheça 11 aves que você deve evitar:

10 – Gaivota

Qual a pior coisa que uma gaivota pode fazer? Roubar seu almoço em um restaurante a beira-mar? Usar seu barco como banheiro? Não. Se você chegar perto de um ninho, será atacado sem piedade e com certeza vai achar que um pouco de sujeira no barco é o menor dos seus problemas.

9 – Velociraptor

Sim, sabemos que tal criatura já não caminha mais entre nós, mas isso não tira seu lugar nessa lista. Afinal, você certamente não gostaria de encontrar essa ave (sim, uma ave, não um lagarto gigante, como os criadores de Jurassic Park queriam que você pensasse) que caçava em bandos, era rápida e tinha um conjunto de garras extremamente afiadas. Se não estivesse extinto, o velociraptor estaria no topo da lista.

8 – Falcão

O nome, na verdade, não diz respeito a um único animal, mas a diversas espécies da família Falconidæ. De qualquer forma, praticamente todos são verdadeiras máquinas de caça: rápidos, de visão apurada e garras afiadas. Existem profissionais especializados em treinar falcões para caçar (ou espantar aves de aeroportos, para evitar acidentes).

7 – Ifrita kowaldi

Este simpático pássaro de “chapéu azul”, embora não seja agressivo, tem veneno nas penas (graças à sua dieta de besouros que produzem toxinas). Se algum dia encontrá-lo, controle a vontade de o levar para casa como bicho de estimação.

6 – Colluricincla megarhyncha

Da mesma forma que o anterior, esta criatura guarda toxinas em suas penas e é mais uma prova de que as aparências podem enganar (quem suspeitaria?).

5 – Pitohui

Cansou dos passarinhos tóxicos? Esperamos que não, porque as espécies do gênero Pitohui também entram nessa categoria, o que faz os habitantes de Nova Guiné (onde são normalmente encontradas) pensarem duas vezes antes de assá-las para o almoço.

4 – Águia

Praticamente tudo nesta ave impõe respeito: o tamanho (até 2 metros de envergadura), os olhos (capazes de detectar pequenos animais a dezenas de metros), as garras (precisa de explicações?)… Não é por acaso que as águias aparecem em brasões de exércitos.

3 – Abutre

Só o fato de eles se alimentarem de carne podre (e ficarem de olho em animais que estão à beira da morte) faz dos abutres uma péssima companhia. Eles têm um ácido estomacal tão forte que é capaz de eliminar vírus e bactérias que matariam qualquer outro animal.

2 – Avestruz

“Ei, esse não é aquele bicho que esconde a cabeça num buraco?”, pergunta um leitor. Na verdade, o avestruz apenas encosta a cabeça no chão, para detectar se algum outro animal se aproxima – além de ficar menos exposto. Com pernas extremamente fortes, eles conseguem correr a 65 km/h e dar coices capazes de mandar um predador pelos ares.

1 – Casuar

Esse bicho é uma boa razão para você nunca viajar à Oceania: suas garras pontiagudas, seu bico afiado e seu mau-humor constante fazem dele a ave mais perigosa do mundo. A fúria é tão grande que ele pode atacar vidros e espelhos, achando que seu reflexo é outro animal. Durante a Segunda Guerra Mundial, soldados americanos e australianos que estavam em Nova Guiné foram avisados para ficar longe do bicho.

Extra: Quero-quero

Como estamos no Brasil, é mais provável que nos deparemos com essa criaturinha do que com qualquer outra ave dessa lista. E, embora não gostem de brigar (eles geralmente fogem quando alguém se aproxima), os quero-queros podem causar um belo estrago em qualquer um que se chegue perto de seus ninhos. O fervor com que defendem seus filhotes pode ser comprovado por qualquer um que ameaçou chegar perto deles e saiu correndo cobrindo a cabeça, com medo de suas bicadas.[ListVerse]

Autor: Guilherme de Souza

É jornalista empenhado e ilustrador em treinamento. Curte ciência, cultura japonesa, literatura, seriados, jogos de videogame e outras nerdices. Tem alergia a música sertaneja e acha uma pena que a Disco Music tenha caído no esquecimento.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

20 Comentários

  1. O perigo do quero-quero não é sua bicada, e sim o ferrão que ele tem em cada asa, com o qual tenta atingir o intruso em voos rasantes.

    Thumb up 13
    • Esse quero-quero é um bicho do inferno! Você pode estar nem aí pra eles e no instante seguinte eles atacam com ferozes rasantes! Que raio de ave estressada…

      Thumb up 2
  2. Caros

    O velociraptor pertence à superordem Dinosauria, que é integrada à classe Reptilia. Logo, são répteis. A presença de penas ou protopenas nesses bichos não é nem de longe um indicativo de pertencer à classe Aves, mas sim que alguns desses grupos são ancestrais das aves atuais.

    Abraços

    Thumb up 14
    • gansos também podem ser bem agressivos!!!!

      Thumb up 14

Envie um comentário

Leia o post anterior:
20120531_Sugar+Soft+Drinks+_Chasteen_1
Refrigerantes engordam por uma razão diferente da esperada

Refrigerantes não só...

Fechar