Sistema operacional do Google promete iniciar computador em menos de sete segundos

Publicado em 22.11.2009

chrome os

O Google divulgou detalhes sobre o lançamento do Chrome OS, sistema operacional da empresa que deve ser lançado até o fim de 2010. Com grande foco na velocidade dos processos do sistema, o Chrome OS promete iniciar as máquinas em menos de sete segundos: “Queremos que o Chrome OS seja absurdamente rápido, que seja ligado como uma televisão”, afirma Sundar Pichai, vice-presidente de produtos da empresa.

Os primeiros computadores com o sistema operacional serão lançados em 2010, e ele não ficará disponível para instalações a partir de downloads. De acordo com a empresa, o Chrome OS só irá rodar em computadores com o hardware de empresas com que o Google tiver parcerias.

» As 15 descobertas mais legais do Google Earth

Inicialmente, os computadores lançados com o sistema serão os netbooks – pequenos laptops -, porém com telas e teclados menores que notebooks comuns, além de não carregarem hard drives (HDs) convencionais. A empresa afirma que as máquinas contarão com uma memória na internet para carregamento de todos os dados.

O sistema também terá todas as suas aplicações via internet, o que significa que os usuários não terão que instalar aplicativos, realizar atualizações nem fazer backups de seus documentos. O Google também afirma que os usuários do novo sistema não terão que se preocupar com programas anti-vírus. O Chrome OS foi disponibilizado em código aberto, como o Linux, para que possa ser desenvolvido com a ajuda online de pessoas que não trabalham na empresa.

A empresa ainda não tem previsão de custo para os primeiros netbooks produzidos com o novo sistema operacional, mas afirma que o preço não deve passar o dos netbooks produzidos atualmente, que custam de 300 a 400 dólares (aproximadamente 520 a quase 700 reais).

» Quer um emprego no Google? Responda a estas perguntas

Prós e contras

Nós testamos o Chrome OS, fazendo download deste arquivo que corresponde a um HD do VMWare (máquina virtual). A área de trabalho do Chrome OS parece ser basicamente o navegador do Google, também chamado de Chrome. Não tem nada haver com o Windows que conhecemos. A manobra da empresa é feita justamente para que o sistema seja baseado mais na experiência de navegação da internet do que na própria máquina. Além disso, a ideia faz com que a experiência online seja maior, fazendo com que o serviço de buscas na internet lucre cada vez mais — em 2008, o negócio rendeu cerca de 22 bilhões de dólares — cerca de 38 bilhões de reais.

Entretanto, o novo sistema operacional pode ter seus problemas: “Se o consumidor olhar para o sistema com uma perspectiva tradicional, ele ficará decepcionado” (como nós ficamos), afirma o analista Ray Valdes. De acordo com ele, isso ocorre porque o sistema terá poucas opções de compatibilidade com softwares tradicionais, além de ter poucas partes que funcionam offline (não encontramos nenhuma).

Contra esta crítica, o Google afirma que o Chrome OS terá funcionamento offline em alguns aspectos, mas que o produto foi pensado primordialmente para funcionar com conexão de internet. Além disso, a empresa afirma que uma das vantagens do armazenamento online é que, se a pessoa perder sua máquina, ela poderá trocar de computador e recuperar seus documentos.

» Google lança ‘Banco Imobiliário’ da vida real

Veredito

Houve um certo de sentimento de desolação ao user o Chrome OS aqui na edição, pois ele é basicamente um navegador de internet. É um sistema operacional lacônico com pouquíssimas alternativas de funcionamento caso você não tenha uma conexão da internet. Pode ser uma opção viável para os netbooks, que também são máquinas pequenas e geralmente sem HD. Mas a questão da portabilidade implica que nem sempre haverá uma conexão de internet disponível. [CNN, Telegraph, Reuters]

Autor: Cezar Ribas

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

16 Comentários

  1. “o cidadão que ja tem internet, deveria se preocupar em não escrever sidadão” Boa! ;D
    Nao eh um problema da Google disponibilizar net de graça para os pobres!

    Um SO desse com certeza daria muito poder a Google, simplismente pelo fato de ter o dominio de qualquer documento criado via ele, Parece meio conspiração mundial mas uma Rede Cloud é segura sim, isso pq havera leis sobre divulgação de dados cadastrados nela, qualquer informação pessoal de um membro da Cloud se for vazada e vce souber poderá recorrer e ganhar uma indenização imensa fazendo a Google perder seu prestigio, mas eh lógico que ela não quer isso pra sua imagem e reputação. Então eu salvaria um documento secreto como a Razão da existência do Universo em um .txt sem senha pra ela tranquilamente.
    A criação de um virus pra atacar um pc com um SO desse seria muito mais complexo do que um virus em XP ou 7, se os Sos da Microsoft fosse tão seguros quanto o povo pensa, a Wikileaks não estaria sendo conspirada dessa forma.

    Thumb up 1
  2. Em primeiro lugar o google deveria se preucupar em uma idéia de como levar intenet aos lares dos sidadãos pois em muitos lares ainda não chega a tal da internet!!!!

    Thumb up 1
  3. Tenho receio das idéias do Google… deixar tudo nos seus servidores… isso cheira a dominação mundial… falam da Microsoft, mas ninguém vê que a MS só queria vender o seu OS o Google quer colocar o mundo todo nos seus servidores…

    Thumb up 2
  4. Como esta baseado em WEB, sem conexão, sem funcionamento.
    Portanto, fica uma dependencia que deixa a desejar se estivermos em ambiente offline. Será otimo parao Google, mas no geral, criam-se outros problemas que no momento não existem. Um deles é a segurança de arquivos que serão armazenados sabe la aonde. Se em nossas empresas os dados ja não tem segurança, imaginem em uma “nuvem” de internet.

    Thumb up 1
  5. Quem usa o Windows não vai migrar para este sistema e nem o pessoal do Linux (como eu) vão perder tempo com isso….

    Thumb up 2
  6. IHHHHHHHHHHHHHHHHHH

    Sei lá , não estou muito seguro sobre essa nova tendência de “sistemas nas nuvens” , nunca deixaria os meus dados pessoais nas mãos de uma empresa privada mesmo ela sendo o Google que é um simbolo de bons produtos.

    Enfim, sou mais o meu Ubuntu mesmo.

    Thumb up 1
  7. Que coisa! Eu pensava que o Chrome OS seria um sistema completo como o weindows ou mac… além do mais o Google fará frescura de lançar o sistema somente para hardware veiculado pela empresa. Simples: qualquer hacker vai conseguir instalar o Chrome OS em qualquer máquina, além do mais, o sistema será open Source e isso facilitará ainda mais. Tem rasão pra ele carregar em 7 segundo, semdo tão… limitado assim… será que vai dar pra instalar softwares adicionais?

    Thumb up 1
  8. Engraçado nao comentarem sobre Cloud Computing, que é o que o chrome os se basea, voces nao conhecem esse lance de cloud computing ou voces acham que as pessoas nao deveriam saber disso?

    e o que o chrome visa oferecer ele oferece bem!

    Thumb up 0
  9. Acredito que será um grande avanço para as aplicações desktop online e offline. Com isso a tecnologia ganha uma nova cara mas as limitações já são conhecidas como diz nosso amigo AC/DC. No brasil infelizmente a nossa internet é da idade da pedra e com preço de caviar se é que posso descrever assim. Nem todos se beneficiarão destas ferramentas uma vez que a nossa banda “larga” nos impede de caminharmos lado a lado.

    Quando cito internet da idade da pedra a preço de caviar estou generalizando e não direciono a crítca para uma visão comercial pois não se trata apenas de dinheiro e sim de diponibilidade de serviços de qualidade.

    Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
grande colisir de hadrons-grande
Maior máquina do mundo entra em operação

O mais poderoso acel...

Fechar