Fótons são observados em uma velocidade maior do que a da luz

Publicado em 28.01.2010

Nos limites entre as camadas, o fóton cria ondas interferindo uns com os outros, afetando seu tempo de transmissão (Crédito: JQI)

Pesquisadores conseguiram acelerar fótons (as partículas da luz) a uma velocidade ainda maior do que a da luz, simplesmente colocando uma camada de matéria a sua frente.

Esse experimento conseguiu demonstrar o que físicos quânticos já diziam – a velocidade com que a luz atravessa materiais simples, como o vidro, não depende da espessura dos mesmos, mas da ordem em que eles estão colocados.

» É possível viajar 10 mil vezes mais rápido do que a luz?

Para você entender melhor: a luz sempre viaja na sua velocidade máxima no vácuo ou no espaço vazio e essa velocidade diminui quando ela precisa atravessar um material, como água ou vidro. E isso também funciona quando a luz precisa “viajar” em uma pilha ou em materiais dielétricos, que são usados para criar estruturas reflexivas que formam a cobertura de espelhos e fibras ópticas.

O experimento consistia em pilhas feitas com 30 camadas dielétricas (cada uma com 80 nanômetros de espessura). As camadas eram alternadas entre uma com alto índice de reflexão e outra com baixo índice. Quando um fóton atinge essas camadas ele tem uma grande chance de ser refletido e outra pequena chance de atravessar o sistema.

Quando encontravam um sistema de 30 camadas, a velocidade dos fótons era 12,84 quadrilhões de segundo. Já quando uma única camada era adicionada a esse sistema, a velocidade aumentou para 16,36 quadrilhões de segundo.

» Como seria uma verdadeira nave de dobra espacial

No entanto, essa medição funciona para um único fóton do sistema. Quando todos os fótons são incluídos no experimento e é feita uma média de suas velocidades o foi apurado que a velocidade deles não é maior do que a da luz. [Science Daily]

Autor: Cezar Ribas

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

29 Comentários

  1. empiricamente formulei uma teoria interessante que poderia “teoricamente” sanar algumas duvidas sobre utilizacao e observacao dos fotons;

    ” Um foton nao pode ser observado pq ele nao caberia em um lugar tao pekeno quanto os atuais sistemas d obervacao.
    ele deveria comecar a tentar ser observado num espaco d 150 mil km², ja q sua “onda” média está em torno d 300mil km/s.
    ex: um foton eh como um mosaico, vc precisa estar na distancia correta pra “ver” a imagem. “

    Thumb up 0
  2. Devagar com o andor pessoal…
    A Física Quântica ainda não está bem compreendida e carece de mais pesquisas.
    Não tomem ela como a tábua de salvação do mundo.
    Há muito o que se pesquisar e muito a se desmitificar.
    A Física Quântica, infelizmente, virou muleta de visionários e místicos…

    Thumb up 4
  3. Rodrigo…..tente sozinho..hahahaha! Sem suor,nada feito!!!

    UMA partícula de luz, pois se fossem mais partículas…..ondas,e o experimento cai por terra!

    Thumb up 0
  4. estou com duvidas
    gostaria de saber qual é a formula q uso para resolver esse problema
    Um trem com velocidade de 72km/h demora 1 min para atrvessar um tunel de 800metros completamente.Calcule o comprimento do trem.
    me ajudem por favor é pro dia 16/ 3/2010 amanhã valeu

    Thumb up 0
  5. Einstein quando desenvolveu suas “teorias”sobre a luz foi sempre muito humilde avisando que suas idéias poderiam ser modificadas com apenas um detalhe a mais que obviamente os cientistas estão estudando agora.Esse detalhe a mais será logo bem compreendido com passar do tempo e as teorias de Einstein serão corrigidas ou ampliadas,caso contrário não seriam teorias.

    Thumb up 0
  6. Concordo plenamente com o RAI MARLEY.
    exemplificando a chuva como um todo=velocidade da luz,
    e uma gota da chuva=fótons.
    ótimo exemplo RAI!

    Thumb up 0
  7. digamos q não seja o oceano Deep e sim uma chuva
    em que uma gota pode vir a cair mais rápido que as demais e chegar ao solo primeiro (considerando as gotas como se fossem identicas em tudo e tenham saido do ponto de partida ao mesmo tempo) o que diferencia na velocidade entre elas no caso foram os obstáculos que elas encontraram na trajetória.
    Os fotons tlvs tenham as velocidades identicas mas para cada um houve um obstaculo que diferenciou suas velocidades, e por isso tem de ser tirada uma média, então a velocidade da luz não é real, o que é real é a velocidade de um fóton no meio em que está (trajetória).

    Thumb up 0
  8. Boa tarde a todos.

    Li o texto original – último link do último parágrafo – e o tempo aí em cima é uma referência ao tempo gasto para atravessar os filmes. E a unidade de medida é igual a fentosegundos e não quatrilhões. 1 fs = 1×10^-15 s ou 0,000 000 000 000 001 segundos. Bem menor do que está escrito no texto. rs

    Para calcular a velocidade é necessário calcular v=s/t.
    Assim,

    Espaço percorrido
    s= 30 camadas x 80 nm ( 80×10^-9 m). Então seria, no SI, 30 x 0,000000080 = 0.0000024 m.
    Tempo gasto
    t=12.84 femtosegundos = 0,000 000 000 000 01284 s

    Este resultado deve ser divido pelo tempo gasto. Assim, V=S/t –> V= 0,0000024/0,00000000000001284

    V=186915887.8 m/s ou 672.897.196.2 km/h. O dobro da velocidade da luz que é 300.000 km/s.

    Caramba.

    Thumb up 2
  9. Pelo que compreendi não é que “um pedaço de luz consegue ir mais rápido que a luz, mas a luz toda não consegue”.

    Trata-se de que em um determinado meio foi possível que se ampliasse a velocidade da luz neste meio, e válido ainda apenas para um fóton, já que para mais de um não se notou diferenças, o que elimina aplicações em eletrônica por exemplo.

    Mas é como o Ruben falou, a física quântica tem destas coisas, o que vale para uma parte não vale para o todo.

    Thumb up 0
  10. Bom… se isso for verdade, realmente, tirando os valores em segundos colocados… realmente Ricardo colocou está certo… poderia ser kilometros por segundo? Metros por segundo?

    De qualquer forma, realmente é algo interessante… a física quântica tem muito dessas coisas e até pode ser que 1 foton tenha um comportamento diferente que uma nuvem.

    Thumb up 0
  11. Murilo, bom dia.
    A aceleração de um corpo é a taxa de variação da velocidade. Quer dizer, se uma velocidade muda de tempo em tempo, há aceleração. A velocidade é variação do espaço. Há uma relação entre elas, mas, não são a mesma coisa. ok?
    Agora, quanto ao Einstein. Ele mesmo dizia que uma pequena informação poderia desmentir toda a teoria dele. Talvez seja essa. rs. A de que pode-se viajar acima da velocidade da luz.
    No entanto, isso ainda não é possível. Pode acontecer também, que um outro cientista ao desenvolver uma nova teoria, mostre que há complementos para a teoria da relatividade. Assim, como Eisntein fez com a mecânica clássica de Isaac Newton. Se você pegar as equações da relatividade e fizer com que a velocidade da luz caia para valores muito pequenos, obterá as equações da mecânica clássica. Aquelas equações do ensino médio.
    Abraços.

    Thumb up 0
  12. Se eu não me engano a teoria de Einstein diz que nenhum objeto pode acelerar a uma velocidade acima da luz mas não diz que ele não pode se locomover acima da luz.
    Kevin Space explica isso no filme K-pax :)
    Mas não tenho certeza né.

    Thumb up 0
  13. Interessante essa Materia.

    Li a materia e os comentários.

    Se entendi direito o processo utilizado, o oposto tbm pode acontecer… explico:

    Se a Luz por um todo (feixe, faixa, etc.) os Fótons de mantem numa velocidade constante (anternando uns aos outros) e, um unico fóton é capaz de ir além da velocidade pre-determinada como normal… imagino que seria ou será possivel criar uma barreira reflexiva com material que “segure” a Luz. Cheguei a imaginar um espelho numa parede dessa forma e, ao passar na frente, sua imagem fosse retardada por alguns segundos.
    Antes de enviar este comentario, voltei a ler pra ver se estava escrevendo sobre o que eu estava entendendo, e o mantive.
    Se eu viajei na Maionese…??? só vu saber depois que tiver um outro entendimento sobre a matéria.

    Thumb up 0
  14. Ricardo,
    Não li o artigo, mas aqui na matéria diz que cada camada tem 80 nanômetros de espessura.
    Assim, com o tempo, temos a velocidade. Não?

    Mas, de fato, ali, aumentando uma camada, aumenta o tempo, ele diz que a velocidade aumentou. Estranho.

    Thumb up 0
  15. Tipo x e y pode ser meio complicado então minha, ajuda nos comentarios é exemplificando com um cardume de peixes, onde um peixe poder ser o primeiro no inicio da viagem e o utimo ao fim (ou virce e versa), mas todo cardume vai chegar junto ao destino……

    ^^

    se num aparecer um tubarão……..

    aeuhauehuahauehuaeuaehu

    Thumb up 0
  16. Murilo,

    A ponderação do Deep é pertinente. É uma colocação interessante. A luz é vista e tratada, matematicamente, como pacotes de energia. Assim, é bastante plausível se falarmos em pedaços da luz andando mais rápido que o todo.
    Amigo, pensar, questionar, é sempre possível, o pensamento deve sempre ser livre. Podemos chegar a lugares nunca imaginados. Einsteim, usuou sua liberdade de pensar para desenvolver o que era improvável e uma afronta às leis naturais, vigentes naquela ocasião. Um outro exemplo é o mundo criado no filme AVATAR. Não é fantástica essa nossa imaginação?
    Abraços.

    PS: Não sinta raiva, desopila.

    Deep,

    Interessante. Fiquei pensando nisso. rs.

    Imagine um ciclone que se move de um ponto A para um ponto B, com uma velocidade x. As partículas que estão presas ao cone e ficam circulando em torno do seu centro (olho), terão velocidade y.

    Dependendo da posição da partícula no ciclone, ela terá os limites máximo e mínimo sendo: x+y ou x-y. No final, todas elas chegarão até um local ao mesmo tempo, em média. Numa avaliação individual, por partícula, ela irá variar conforme a posição da partícula, no cone.

    Acredito, que um pensamento análogo possa ser aplicado ao caso.

    Abraços.

    Thumb up 1
  17. Acho que seria necessário ajustar as dimensões utilizadas:

    “Quando encontravam um sistema de 30 camadas, a velocidade dos fótons era 12,84 quadrilhões de segundo.”

    É citada uma velocidade em segundos. É como se falasse que a velocidade de um carro é de 30 segundos. Não faz muito sentido.

    No artigo original, ele cita que o tempo necessário para atravessar a placa é de 12,84 femtosegundos, e na tradução diz 12,84 quadrilhões de segundos. São coisas diferentes também.
    Um femtosegundo é pouco tempo, já um quadrilhão de segundo é muito tempo.

    Thumb up 1
  18. linkinobi, se não me angano o numero certo seria 299 792 458 m / s, 300.000 km/h aproximadamente

    Thumb up 1
  19. MUITO INTERESSANTE, curioso.. mas muito interessante… se realmente for verdade, se a luz puder mesmo se mover acima dos 199792458 m/s… IMAGINEM A REVOLUÇÃO NA FÍSICA!!!

    estou ansioso para novos resultados e conclusões…

    Thumb up 0
  20. Ambos os leitores (Deep e Leandro) levantaram questões bastante interessantes, porém, acho, de difícil resposta !
    Parabéns a ambos.
    Abraços

    Thumb up 1
  21. Tenho muita raiva quando vejo comentários aqui no site criticando ou negando as novas descobertas feitas no mundo.
    Deep, você deve ser um físico, químico, biólogo ou sei lá o que muito inteligente né? Você deve ser o cara !!!
    Aposto que não entende nada desses assuntos então não leia apenas uma vez o que foi escrito aqui no site e saia por ai dizendo que não é possível.
    Muitas das descobertas já foram julgadas impossíveis e agora são a base para toda a área cientifica.
    Tenho raiva de gente como você que acha que sabe tudo.

    Thumb up 0
  22. Realmente currioso, mas como se mede alguma coisa que esta mais rapida que a luz?
    Todos instrumentos de medição são baseados na luz ou não?

    Thumb up 1
  23. Quer dizer q um “pedaço de luz” consegue ir mais rápido do q a luz, mas a luz “toda” não consegue?

    Q incrível, é como se uma gota, individualmente, pudesse ir mais rápido q o oceano, mas o oceano, o somatório, o conjunto de gotas, tivesse sempre as mesmas propriedades…

    Estudemos mais!!!

    Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
crianca ouvindo coisas
Crianças escutam vozes do além

E isso parece não pe...

Fechar