De onde veio a água da Terra?

Publicado em 24.05.2012

A origem exata da água – que abrange cerca de 70% da superfície da Terra – ainda é um mistério para os cientistas. Muitos pesquisadores acreditam que a água não se constituiu ao mesmo tempo em que a Terra se formava. O líquido teria aparecido depois, após violentas colisões de objetos exteriores à Terra.

Os pesquisadores acreditam que qualquer aglomerado de água que existisse no planeta há 4,5 bihões de anos teria se evaporado, em decorrência do sol que era jovem e ainda mais escaldante. Planetas como Marte, Mercúrio e Vênus são exemplos disso – demasiadamente quentes para acumular água. Já outros corpos celestes, como as luas de Júpiter e os cometas, estiveram longes o suficiente do sol para reter gelo.

O mais possível é que, há aproximadamente 4 bilhões de anos, em um período chamado de “intenso bombardeio tardio”, objetos celestes preenchidos com água na forma de cristais de gelo tenham atingido a Terra, gerando os gigantes reservatórios de água do planeta.

Mas você deve estar se perguntando: o que seriam esses objetos? Por muito tempo os astronômos acreditavam que seriam cometas. No entanto, medições de água evaporada de vários cometas revelaram que a água presente neles tem um isótopo diferente do que existe na Terra, sugerindo que eles poderiam não ter sido nossa fonte primordial de água.

Agora, os astronônomos começam a se perguntar se a resposta para o surgimento de água na Terra estaria no cinturão de asteroides – local onde existem centenas de milhares de asteroides, nos quais já foi encontrado evidências de gelo.

Sondas enviadas para explorar esses asteroides nos próximos anos, como a nave espacial Dawn, da NASA, poderão revelar mais sobre a presença de gelo no local e nos ajudar a entender como surgiu a água na Terra. [Life's Little Mysteries, Foto]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

28 Comentários

  1. humm…(intenso bombardeio tardio)a taaa-nao sería melhor pesquisar o oxig~enio e o hidrog~enio?e os raios que é muito importante na fusao p fabricarmos água?por que essa agua teria de vir pronta de outro sistema?

    Thumb up 4
  2. não acredito que só os cometas bastariam para trazer toda a quantidade de água da Terra provavelmente existe outros fatores!!!!

    Thumb up 5
  3. Teorias é o que não faltam. Eu creio que água deve ter vindo de fora mesmo, conforme a maioria diz, mas é muito complicado ter certeza se veio da Lua, de um cometa, um meteoro, enfim…. Eu acho muito legal a teoria sobre os cometas. ;D

    Thumb up 2
  4. Não pode ter vindo da Lua? Sou dos que acreditam que ela não se formou com a terra. A Lua tem tamanho desproporcional à Terra, sua orbita é instável e está constantemente se afastando. Talvez quando foi capturada pelo nosso planeta se aproximou muito e teve sua água e atmosfera roubadas.

    Thumb up 2
    • Isso é um círculo vicioso. E de onde veio a água da Lua? Não responde a nada.

      Thumb up 1
    • Mas aí é outra questão. A questão aqui é de onde veio a água da Terra. Não poder responder de onde veio a da Lua não invalida a hipótese de a da Terra possa ter vindo de lá. E de onde veio a dos cometas? Ficar nisso é realmente um circulo vicioso.

      Thumb up 2
    • Caro Lucas.

      É por isso que sempre que um cientista contesta uma teoria, com pouca ou nenhuma prova palpável, que é muitas vezes tomado como fato inquestionável, ele é “expurgado” do meio científico, tem a carreira destruída, tem trabalhos boicotados, perde apoio, investimento e ate ameaça de morte. Isso ocorre sim no mundo da ciência. Não que a ciência e os métodos sejam falhos, pois são mesmo, mas a forma que uma questão tão delicada é tratada de forma banal, e quem quer que a questione, é taxado sistematicamente de louco ou paranoico da conspiração.

      Thumb up 2
    • Eu já disse de onde veio a água dos cometas.

      Thumb up 0
  5. “As leis naturais do universo são tão precisas que não temos nenhuma dificuldade em construir uma espaçonave para voar até a lua, e podemos cronometrar o vôo com a precisão de uma fração de segundos. Essas leis devem ter sido estabelecidas por alguém” -Citado por Wernher von Braun

    Amigos pra que tantas conjecturas se a resposta pra essa questão esta bem ai na sua estante ou no seu pc???
    consulte a única fonte segura a “BLIBLIA SAGRADA”
    Gênesis, Isaias 42:5; 40:26; Salmo 19:1

    Deus é a força de toda Energia Dinâmica e é dai que veio toda a água do planeta……Simples não é?????

    Thumb up 5
  6. Como sempre, eles empurram o problema prá frente. Isso não explica de onde veio a água dos supostos corpos que teriam colidido com a Terra. Hidrogênio e oxigênio podem até serem comuns, mas prá fazer água disso precisa de muita energia, coisa que “stateless” do vácuo sozinho não fornece.

    Os cometas não são bolas de gelo, eles são descargas elétricas do Capacitor Solar que reúnem o oxigênio e o hidrogênio presentes no ambiente estelar e gera água em sua coma e em sua cauda, além de infinitos outros elementos químicos. Basta um cometa grandes desses “resvalar” sua cauda na Terra e teremos centenas de bilhões de litros dágua entrando em nossa atmosfera. Isso acontecendo repetidamente durante bilhões de anos já basta para encher nosso planeta de água. Mais informações: jmccsci.com

    Thumb up 12
    • Descargas de capacitor que tem assinatura espectrográfica de água… Mais ainda, que tem uma composição de isótopos que pode ser medida…

      Deve ser um novo tipo de elétron, o elétron úmido…

      Thumb up 1
    • César,
      Todas as análises espectrográficas públicas feitas em cometas até hoje foram feitas à distância. A única sonda que levou esse equipamento prá um comenta estava mal regulada, por isso até nesse caso eles tiveram que usar equipamento em Terra. À distância os resultados são tão imprecisos quanto os melhores equipamentos terrestres podem fornecer.

      Se as agências espaciais não tivessem misteriosamente se desinteressado pelo Hale Bopp quando ele estava presente, e por ele ser um cometa de tamanho lunar, com certeza até os equipamentos terrestres teriam fornecido os dados espectrográficos referentes à descargas elétricas. Mas elas simplesmente ignoraram esse cometa, o único que ficou visível por anos à luz do dia. Aliás, não sei se você sabe, mas o sistema WISE de detecção de corpos usa justamente a detecção de vapor de água externa para detectar planetas…

      Thumb up 1
    • Caindo na Terra então, mais água ainda. Conte-me mais sobre o que sabe a respeito de cometas.

      Thumb up 0
    • Eles nunca colidem. Estou falando de cometas que podem ser maiores do que a Lua ou maiores do que muitos planetas em nosso Sistema Solar. As interações eletromagnéticas nesses casos são tão grandes que dificultam colisões diretas.

      Tive uma conversa boa com o Jonatas na matéria “Estrelas capturam planetas nômades” sobre o funcionamento dos cometas.

      Thumb up 1
  7. Já pensaram na hipótese de a água da Terra ser oriunda de reações químicas ocorridas na atmosfera e/ou crosta (se assim posso chamar) primitivas? A atmosfera primitiva já era rica em hidrocarbonetos e muitas reações envolvendo esses compostos liberam água…

    Thumb up 2
  8. Se toda água na terra veio de asteroides, deveria haver uma camada de rochas de mesma origem recobrindo toda terra. Estas rochas cósmica teria aumentado consideravelmente o tamanho original de nosso planeta ! Nunca soube de relatos sobre isso…

    Thumb up 1
  9. Cinturão de Asteróides não faz sentido. Uma reportagem anterior mostrou que toda a água da Terra reunida da um objeto de 1.400 km de diâmetro, o maior objeto do Cinturão de asteróides, Ceres, tem 975 km de diâmetro e 1/3 da massa de todo o cinturão de asteróides. Todos os rochosos asteróides do Cinturão deveriam ser formados da água pura para chegar perto da massa de água que existe na Terra.
    A resposta à essa questão não é uma prioridade, mas a hipótese dos asteróides me parece mais sem sentido que a dos cometas, ou equivalente.
    Pra mim, a resposta está estampada nas luas dos planetas gigantes gasosos e em seus anéis, simples assim. A história do Sistema Solar é escrita pelos planetas mais proeminentes que ditam o ritmo orbital das coisas, jogaram luas pra lá e pra cá que nem estrelas jogam planetas. Os satélites de gelo tem muito mais massa de água que todo e qualquer asteróide, eles são a chave. Uns viraram luas, outros caíram na Terra, outros viraram Planetas Anões, outros foram arrebentados em bilhões de pedaços formando os anéis de Saturno. Todo objeto hoje estável pode um dia ter sido um cometa.
    Lá estão Encelados e Europa com uma grande placa: Amostra Grátis, é só vir pegar.

    Thumb up 8
    • Na época em que a água veio para a Terra o cinturão possivelmente era um lugar muito diferente. Estamos falando de bilhões de anos atrás

      Thumb up 5
    • Não, estou falando de formação planetária. O primeiro planeta a ter se formado foi Júpiter, por razões óbvias, um grande atrator de massas. A estabilidade do Cinturão de Asteróides, sua prisão nessa órbita ao meio da de Marte e Júpiter, me parece ter sido logo cedo na história do Sistema Solar.
      O Cinturão teria que ter perdido mais de 10 vezes a sua massa pra explicar o vasto volume de água que existe na Terra, já que a presença de gelo neles é bem menor que a rocha. Diferente do caso das luas.
      Mas ainda na pesquisa dos asteróides, eu consideraria interessante missões aos troianos da Terra, asteróides que cruzam ou nos seguem em nossa órbita, incluindo os quase-satélites. Com sorte, algum pode pode ser um remanescente fragmento dos objetos que colidiram com a Terra no passado.

      Thumb up 5
    • Mas ainda na pesquisa dos asteróides, eu consideraria mais interessante missões aos troianos da Terra, asteróides que cruzam ou nos seguem em nossa órbita, incluindo os quase-satélites. Com sorte, algum pode pode ser um remanescente fragmento dos objetos que colidiram com a Terra no passado.

      Thumb up 0
  10. Por enquanto tudo não passa de hipóteses. O que é quase certeza é que nossa galáxia deve ter uma quantidade inimaginável de água. O universo então…

    Thumb up 2
    • O que te leva a afirmar isso?? O que voce disse também é só uma ipotese. xDD

      Thumb up 0
    • Eu não afirmei. Eu disse “quase certeza”. Eu estaria afirmando se eu tivesse dito “certeza”.

      Thumb up 6
    • Hidrogênio e oxigênio são moléculas extremamente comuns pelo universo. Faz sentido.

      Thumb up 5
    • O hidrogênio é de longe o elemento mais abundante do cosmos. As estrelas mais comuns do cosmos produzem hélio, carbono, oxigênio e nitrogênio quando envelhecem. Isso os tornaria seguintes na escala de abundância. Amônia, Hidrocarbonetos e Água devem estar, depois do H2, entre as moléculas mais abundantes do Universo.

      Thumb up 1
    • O hidrogênio é de longe o elemento mais abundante do cosmos. As estrelas mais comuns do cosmos produzem hélio, carbono, oxigênio e nitrogênio quando envelhecem. Isso os tornaria seguintes na escala de abundância. Amônia, Hidrocarbonetos e Água devem estar, depois do H2, entre as moléculas mais abundantes do Universo.

      Thumb up 5

Envie um comentário

Leia o post anterior:
saturnstorm2_cassini_977
Foto: uma tempestade gigante em Saturno

Essa é uma das maior...

Fechar