Encontrar vida extraterrestre é apenas um sonho inalcançável?

Publicado em 9.05.2012

Já postamos diversos estudos sobre planetas similares a Terra, alguns inclusive com indícios de existência da água. Mas nada de encontrar vida extraterrestre de verdade. Seria esse apenas um sonho inalcançável?

Pesquisadores da Universidade de Princeton, EUA, afirmam que essa ideia está mais no campo do otimismo do que das evidências científicas. Eles analisaram o que se sabe sobre a probabilidade de vida fora daqui, a partir de um método Bayesiano, que diferencia dados concretos de simples pressupostos.

Um dos pontos que eles encontraram, por exemplo, diz respeito aos exoplanetas, fora do nosso sistema solar. A ideia de vida nesses locais é baseada no pressuposto de que a vida vai surgir lá sob as mesmas condições nas quais surgiu aqui.

E o que é pior: as evidências que temos sugerem que na verdade o planeta Terra é um tipo de aberração planetária, onde a vida acabou surgindo de maneira muito rápida.

“As evidências de fósseis sugerem que a vida começou muito cedo na história da Terra, e isso levou as pessoas a determinar emque a vida pode ser um tanto comum no universo. Mas o conhecimento sobre a vida na Terra simplesmente não revela muito sobre a probabilidade disso em outros planetas”, afirma Edwin Turner, um dos pesquisadores.

Com uma amostragem de apenas um planeta conhecido no universo com vida, fica complicado estimar a abundância dela no universo inteiro. Isso, claro, não deve impedir os cientistas de continuar as buscas.

Caçando planetas

Em 2011 e no começo desse ano, diversos planetas interessantes já foram encontrados. Os de maior evidência foram os descobertos pelo telescópio espacial Kepler, sendo o planeta Kepler-22b e os planetas 20e e 20f. A NASA chegou a comentar que, desse modo, a “Terra alienígena”, ou seja, com condições muito similares à nossa (distância da estrela-mãe, tamanho, presença de água, etc), seria encontrada até 2014.

Entretanto, apesar de se tratar de conhecimento agregado, essas descobertas não indicam se uma Terra existe fora daqui ou não. Dessa forma, ainda sobra muito espaço para a ideia de que um processo tão veloz de formação de vida não tenha sido apenas consequência do acaso.

E você? Acredita que existam “Terras alienígenas”? [RDMag]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

97 Comentários

  1. Eu não duvido,o Universo é tão grande,tão inexplorado (por nós)como podemos dizer se é possível ou não,não será um cara de Prince,Harvard e etc,que poderá dizer se sim ou se não,sinceramente eu acredito que exista,e gostaria muito que existisse,já pensou,nós sermos os únicos nessa imensidão toda?

    Thumb up 0
  2. Com todo respeito a todos comentários e opiniões…A verdade é que não existe vida inteligente no Universo, somos unicos e insubstituíveis, o pq? ninguem sabe…todas as informações de alieniginas que sem tem noticias nada mais é que especulações, mentiras e interesses de mídias em ibope… e até mesmo o ser humano criando situações para confudir a mente de seus interesse….

    Thumb up 3
  3. Já me perguntaram se acredito que exista vida em outros planetas. Eu respondi: Não acredito na inexistência de vida em nenhuma parte do Universo. Todas as Galáxias são vivas. Agora, falando de vida inteligente, será que existe na Terra?

    Thumb up 3
    • Ocorreu uns “erros em banco de dados”. Quando consegui enviar a mensagem, apareceu aqui em cima. Esta pergunta é sobre o Einstein ter dito: “Os Discos Voadores existem. Eles são tripulados por uma raça que deixou a Terra há 20 mil anos e retornam às origens”.

      Thumb up 3
  4. Pedro Ornellas:
    1 – Não entendestes. Não há conhecimento útil que possamos compartilhar porque está evidente na tua primeira postagem que o teu conhecimento em Astrobiologia (ciência que pesquisa o potencial biológico no cosmos) é tão pequeno quanto o meu sobre a Bíblia.
    2 – Eu não conheço e prefiro não conhecer a razão dessa foto. Só achei que fosse mesmo um violeiro, e como esse lado musical é bem comum em igrejas, associei.
    3 – Fico feliz em saber que não és um desses malas julgadores, mas já que estás no meio religioso creio que saiba a quais malas me refiro. E te peço sinceras desculpas às ofensas e atribuições proferida por mim a tua pessoa e a tua crença. Isso não justifica, mas semana passada tive muitos problemas com crentes – por causa do barulho excessivo às 11 da noite em seus cultos – e fiquei bem fora de órbita. Agora na calma fica até engraçado: Quando reclamei um fiel gritou que eu iria pro inferno por não aceitar Jesus, e respondi – se é pra ficar surdo eu prefiro ir mesmo.
    Enfim, não quero me tornar um segundo Oiced Mocam pesquisando conteúdos afim de enfraquecer a visão cristã, esse não é meu propósito aqui, nem me daria lucro ou sucesso algum.
    *** Respondi aqui devido à confusão que se formou no sistema de indentação das respostas.

    Thumb up 6

Envie um comentário

Leia o post anterior:
hitler-mussolini
Problema de gases, cocaína, injeção de libido: o que todas essas coisas têm em comum?

Adolf Hitler

Fechar