Fotos alarmantes mostram calota polar diminuindo 15% por década

Publicado em 21.06.2012

No Polo Norte existe uma camada de gelo flutuante, um monstruoso iceberg, por assim dizer, chamado de capa polar. Parte desta capa derrete no verão e congela no inverno, chamada de gelo sazonal, e é mais fina. A camada mais grossa, chamada de gelo multi-ano, costuma sobreviver ao verão, quando o gelo sazonal derrete novamente. A camada de gelo multi-ano normalmente é recomposta por gelo que sobrevive ao verão, e o gelo que sobrevive a um verão, mais o gelo que sobreviveu a mais anos, é chamado de gelo perene.

Resumindo, o gelo multi-anual é todo perene, mas nem todo gelo perene é multi-anual, já que pode ter apenas um ano.

Além disso, ainda existe uma outra medida que os cientistas fazem, que é a “área” de gelo multi-ano, que é uma área que compreende apenas o trecho central de gelo, sem nenhum trecho de mar dentro dele.

Examinando as imagens da capa polar, Joey Comiso, cientista da NASA, descobriu que o gelo multi-ano está derretendo a uma taxa de 15% a cada década. A comparação da camada polar de gelo de 1980 com a de 2012 mostra uma redução enorme de tamanho. Uma animação com as medições do tamanho desta calota de gelo mostra que ela tem aumentado e diminuído sempre, mas que ultimamente o gelo não tem se recuperado completamente no inverno, e parte da camada de gelo perene está derretendo no verão.

O tamanho mínimo da área de gelo multi-ano foi atingida em 2008, e recuperou-se parcialmente nos três anos seguintes, mas agora está novamente diminuindo rapidamente, enquanto o inverno de 2012 registra a segunda menor extensão de gelo multi-ano já vista.

A animação da NASA mostra como a extensão e a área de gelo multi-ano alterou-se nos últimos 30 anos, e serviu para detectar um ciclo de 9 anos de crescimento e decrescimento, que pode explicar o crescimento na camada de gelo depois de 2008. Clique aqui para ver o vídeo.
[DailyMail,NASA]

Autor: Cesar Grossmann

Sou formado em Engenharia Elétrica, mas trabalho no setor público, gosto de xadrez e fotografia.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

5 Comentários

  1. Bem lembrado. Eu me surpreendi com o número de vezes que vi isso por aí.
    Tem uns que até aceitam o fato, mas dizem que não é influência do homem e não podemos fazer nada. Lembrando do mundo de 100 anos atrás (início do séc XX) e o de hoje, fica difícil de acreditar que não temos nada a ver com isso…

    Thumb up 3
    • (era pra postar sob a idéia do Dinho01!)

      Thumb up 1
  2. E depois ainda tem cientista dizendo que o aquecimento global é um exagero dos “aquecimentistas”.

    Thumb up 6
    • Sim, o sol, uma bola de fogo trocentas vezes maior que o nosso planeta estar no seu maior período de atividade em algumas dezenas de milhares de anos não deve ter nada a ver com isso.

      Deve ser o fusca do vizinho…

      Thumb up 2

Envie um comentário

Shares
Share This

Compartilhe

Seus amigos vão adorar!