Google vai oferecer serviço parecido com o do GroupOn

Publicado em 6.06.2011

Se não conseguir dominá-lo, seja melhor que ele. No ano passado, a empresa Google tentou comprar o site GroupOn, mas não conseguiu. A ideia agora é vencê-lo.

Eric Schmidt, presidente-executivo do Google, anunciou que a empresa vai começar a testar o Google Offers, um serviço aos moldes do GroupOn que oferece descontos para pequenas empresas, em Portland, Oregon, EUA. Eles querem expandir o serviço para San Francisco e Nova York durante o verão no Hemisfério Norte.

Como a empresa já havia dado a entender, o Google Offers será vinculado ao Google Wallet, uma aplicação móvel que permite que as pessoas usem seus telefones para pagar suas compras. Stephanie Tilenius, vice-presidente de comércio no Google, garantiu que a empresa não cobrará taxas extras dos clientes ou dos varejistas para o uso da aplicação Wallet. A empresa, em vez disso, cobrará a sua parte das ofertas ou dos cupons que as pessoas compram.

Tilenius ainda admitiu que o Google Offers competirá com vários outros “serviços de negócios” (como, evidentemente, o Group On), mas ressaltou que o dele é o único serviço que combina ofertas com pagamentos móveis, tornando-o mais fácil de usar.

Erik Schmidt ainda assumiu a responsabilidade pelo fracasso do Google em reconhecer a importância das redes sociais. Ele disse que, liderados pelo seu co-fundador Larry Page, que se tornou executivo-chefe em abril, o Google se reorganizou para se focar mais diretamente em novas áreas em crescimento.[TheNewYorkTimes]

Autor: Bruno Calzavara

Bruno Calzavara é recém-formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e está de volta à equipe do Hype após dois anos. Adora todos os esportes, exceto futebol. Gosta de chocolate e de sorvete, mas não de sorvete de chocolate.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

  1. A iniciativa é interessante. Poucos consumidores sabem que alguns sites de compra coletiva cobram dos comerciantes até 50% da receita da promoção.
    Se os sites fossem menos ávidos poderíamos ter promoções ainda melhores.

    Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
golfinho e boto
Golfinhos agridem e matam botos sem razão alguma

Os golfinhos realiza...

Fechar