Guerra por sexo da pré-história

Os homens pré-históricos executaram rivais das tribos vizinhas para roubar suas mulheres, descobriu uma pesquisa.

Um estudo de esqueletos com 7 mil anos de idade, coordenado por cientistas da Universidade de Durham, descobriu que um dos grupos no sepulcro consistia apenas de homens e crianças.

Isso indica que as mulheres foram poupadas e sua captura pode ter sido o motivo do ataque.

As descobertas, de um sepulcro descoberto em Talheim, Alemanha, foram publicadas na revista científica Antiquity.

Os 34 esqueletos foram descobertos na década de 1980, mas novos estudos de diferentes tipos (isótopos) de átomos nos seus dentes mostram que eles vieram de três grupos: nativos, pastores e a da “família” de um homem, mulher e duas crianças.

Todos os esqueletos tinham perfurações no lado esquerdo de seus crânios mostrando que eles foram atingidos na cabeça com um machado, indicando que eles foram executados enquanto estavam amarrados.

‘Guerra tribal’

Os cientistas concluíram que a ausência de mulheres locais significa que elas foram capturadas.

O Dr. Alex Bentley, do Departameto de Antropologia da Universidade de Durham, disse: “Parece que esta comunidade específica foi o alvo, assim como pode ocorrer em um ciclo de vingança entre grupos rivais.”

“Apesar de recursos e população terem sido indubitavelmente fatores importantes na Europa central naquela época, as mulheres parecem ter sido a razão imediata para o ataque.

“Nossa análise aponta para as mulheres locais sendo vistas como algo especial e, portanto, foram mantidas vivas.”

“Parece guerra tribal em pequena escala.”

“É crucial para um grupo, que possui população bastante pequena, ter acesso a parceiras.” [Fonte]

Por: Alessandra NogueiraEm: 3.06.2008 | Em Comportamento, Outras  | Tags: ,  
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 3,25 de 5)
Curta no Facebook:

4 respostas para “Guerra por sexo da pré-história”

  1. É um artigo interessante sobre um passado distante da Humanidade. Ajuda a entender, do ponto-de-vista histórico, nossa relação dentro das comunidades e, também, o poder da violência para mudar esse mesmo relacionamento, como ainda é possível ver na atualidade

  2. É um artigo interessante sobre um passado distante da Humanidade. Ajuda a entender, do ponto-de-vista histórico, nossa relação dentro das comunidades e, também, o poder da violência para mudar esse mesmo relacionamento, como ainda é possível ver na atualidade, quando uma nação ataca a outra (Estados Unidos x Iraque), para derrubar seu governo e pôr a mão sobre seus cidadãos e riquezas, a pretexto de democratizar e erradicar o terrorismo.

Deixe uma resposta