Os zumbis não fazem parte apenas da ficção – eles podem estar mais próximos do que você pensa

Você os viu se arrastando em filmes, comendo cérebros em livros e há boatos de que certos cultos de vodu conseguem transformar pessoas em zumbis. Mas, mais do que lendas e boatos, há uma síndrome que faz com que pessoas realmente se comportem como essas criaturas das histórias de horror.

Conhecida como “alucinação de Cotard” ou “síndrome do morto-vivo”, o distúrbio mental foi primeiramente descrito pelo neurologista francês Jules Cotard em 1882. A doença está conectada com depressão e, em alguns casos, danos cerebrais. Acredita-se que seja um distúrbio similar à alucinação de Capgras. Na Capgras, uma má ligação na área do cérebro que reconhece os rostos faz com que os pacientes acreditem que seus entes queridos sejam impostores.

Nos que sofrem com Cotard os problemas cerebrais os impedem de reconhecer a própria face, fazendo com que os pacientes passem a acreditar que estão mortos. E, em casos mais avançados, os pacientes não acham que estão “só” mortos, mas acreditam que estão apodrecendo e cheirando mal, ou que alguns órgãos e sangue estão faltando.

Em 2008, foi relatado o caso de uma mulher filipina de 53 anos que disse para sua família que estava morta, que sua carne estava apodrecendo e cheirando mal. Ela implorava para ser levada a um necrotério para ficar com outras pessoas mortas, onde devia.

Em outro caso, de 2008, uma dona de casa grávida de 28 anos, na Índia, ficou depressiva, passou a acreditar que seus órgãos interiores estavam putrefatos e que ela não tinha mais coração.

Os pacientes são tratados através de remédios e de ECT (terapia eletroconculsiva) e, eventualmente, pararam de achar que eram verdadeiros zumbis.

Caso você esteja curioso sobre as maldições de vodu de zumbis, comuns no Haiti, a história é bem diferente. As pessoas normalmente faziam isso nos séculos XVIII e XIX – mergulhavam as vítimas em uma mistura de peixes apodrecidos e depois as enterravam vivas, para que acreditassem que fossem zumbis. Atualmente, usa-se drogas para manter as vítimas em um estado de semi-consciência mas, normalmente, o motivo não é religioso – as pessoas são usadas como escravas em campos de trabalho forçado. [The Body Odd]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

15 respostas para “Os zumbis não fazem parte apenas da ficção – eles podem estar mais próximos do que você pensa”

  1. TUDO VIRA CHACOTA NA MENTE DO BRASILEIRO, MAS A VERDADE ESTA MUITO LONGE DO QUE COMENTA AQUI E DO QUE PODE PERCEBER UMA MENTE COMUM – É NECESSÁRIO ESTUDAR AS PROCESSÕES E OS MAGOS NEGROS QUE ESTÃO POR DETRAZ DOS SEGREDOS DA VIDA E DA MORTE

  2. Duvidas sobre zumbi e fim do mundo? assitam uma serie espetacular;The Walking Dead,aposto que quem ja viu alguem perder varias horas na televisao vai achar semelhante a cara dos zumbis

  3. Caso semelhante ocorre com os usuários de crack, se transformam em zumbis quando na ativa, saem principalmente a noite e ficam desorientados, perdidos. Ficam magros e com olhar distante quando estão sob o efeito da droga. Muito triste.

  4. Existem zumbis sim! e brasileiros! e o pior, escravos! eles acordam as 4 horas da madruga, depois disso, eles se lavam, passam essências e se dirigem as beiras de estrada a espera de um comboio motorizado que leva mais outros muitos zumbis escravos…
    Depois de muitas horas, chegam ao destino programado, e por la se vendem durante oito horas diárias, que muitas vezes se alongam para as nove… dez… dezesseis… para no fim, novamente se dirigir ao ponto de encontro para embarcar novamente no moroso comboio… depois de uma media de trinta dias recebem uma pequena porcentagem dos lucros daqueles que os controlam…
    E nos poucos períodos onde se desvinculam desse transe hipnótico eles participam do “pão e circo” proporcionado pelos governantes brasileiros, para que sua insignificância seja compensada com o direito de achar que são alguma coisa só por poder comprar um 1.0 com um som potente o suficiente pra incomodar os outros com aquelas musicas que so servem pra embalar acasalamento de pobre…

  5. Realmente existe muitas formas de “Zumbis” aqui no Brasil….
    É a maioria do povo brasileiro que se torna em seres deste tipo…É assim….
    Apos as seis horas pessoas se diregem ao sofa….pegam o controle e se conectam a rede globo…..ali ficam olhando como mais nada tivesse a vida de importante….NOVELAS….apos as 22,30 termina a sessão Zumbiniana e vão dormir….passaram horas afio num estado letargico e sem reação…
    A coisa é tão grave que neste período de tempo as atividades cerebrais (conforme pesquisa ) fica em torno de quase parada…
    E o pior de tudo….quando uma novela termina…logo começa outra…
    Ate mais…..

  6. realmente o haiti é a terra dos zumbis la o culto do vudu é tão forte na crença da população quer 99% agredita em zumbi dizem quer ainda existem a tal magia quer transforma as pessoas em zumbis para o trabalho

  7. E ainda tem quem subestime os poderes da mente.
    Quem acredita verdadeiramente que está doente acaba ficando doente. Quem acredita que foi enfeitiçado acaba sentindo os efeitos. Bom mesmo é pensar positivo.

  8. [email protected] disse:

    Conheço um cara q qnd bebe (e sempre bebe) age como um zumbi….
    Creio q não estamos muito distantes de uma catástrofe dessas, com tantas doenças desconhecidas… drogas q alteram o estado de consciência das pessoas… armas químicas e biológicas…. pelo menos saberei q Will Smith um dia irá nos salvar… Viva Will Smith, nosso salvador, nossa lenda… kkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta