Quanto menos desenvolvido é o país mais se acredita em Deus

Publicado em 30.04.2012

Um recente levantamento mostrou qual a parcela de crentes em Deus e ateístas temos pelo mundo. Apesar dos dados terem sido coletados em épocas diferentes (entre 1991 e 2008) nós utilizamos nossas parcas habilidades em Excel para agrupar tudo e gerar outros números.

Utilizando a lista de países por Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) nós agrupamos os cinco que são mais desenvolvidos, os cinco menos desenvolvidos e traçamos médias simples dos níveis de crença em Deus ou de ateísmo.

A média daqueles que estão certos da existência de Deus nos países mais desenvolvidos (28%) é quase a metade que dos menos desenvolvidos (53%). Curiosamente a tendência de ateísmo é inversamente proporcional à que vimos acima com os mais desenvolvidos (15%) mostrando cerca do dobro de ateístas do que os menos desenvolvidos (7%).

Fica claro que quanto maior é o desenvolvimento humano em um país, menor é a tendência de se creditar na existência de Deus

Os EUA são a zebra da lista, pois mesmo sendo o quarto país com maior IDH do mundo tem uma proporção altíssima de crentes — seis a cada dez — para ateístas que são apenas 3%.

Vale ressaltar que toda a lista mostra países com uma média alta de desenvolvimento humano. Os menos desenvolvidos da lista são Filipinas, Rússia e Chile. O Chile é o 44º da lista do IDH (considerado muito alto), e a Rússia no 66º (considerado alto). As Filipinas estão em 112º e são consideradas de médio desenvolvimento humano.

Você se arrisca a compartilhar suas hipóteses do porque isto acontece? [Foto de Family MWR]

Autor: Marcelo Ribeiro

Amante do mergulho e da fotografia (com exceção das da própria cara), repudia exercício físico, mas faz mesmo assim; talvez para ganhar alguns anos a mais com a família, talvez por masoquismo. Escreve no HypeScience desde 2008.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

168 Comentários

  1. É por isso que devemos seguir os passos de Jesus, porque segundo a palavra de Deus, os fariseus eram profundamente conhecedores da palavra de Deus, mas não reconheceram o seu Salvador e foram os principais responsáveis para a condenação de Cristo ou seja, eram religiosos, seguiam à risca leis e doutrinas mas não tinham seus corações voltados a Deus. Jesus veio para os doentes e não para os sãos… ame a Deus acima de todas as coisas e a teu próximo como a ti mesmo! Tenho dito.

    Thumb up 1
  2. Na verdade não tem nada a ver com a religião e sim com a lógica utilizada para explicar tal fato.
    No entanto, deve-se considerar os investimentos do país na religião em países em que existem várias igrejas em todo o território nacional. As religiões existem em grande parte do mundo e é claro que para isso precisam de investimentos, então quanto mais crentes e mais igrejas significa que há mais gastos e investimentos na religião.

    Thumb up 0
  3. Sinceramente acho não acreditar em Deus uma coisa muito tosca, uma vez que a ciência passa longe de ter explicações lógicas consistentes sobre porque existe algo e não apenas o nada.

    Thumb up 1
    • Falta apenas ler um pouco, Leo. Fique mais tempo por aqui pelo HypeScience. Já sabemos muito, mas muito mesmo. Não sabemos tudo, é claro e é possível que nunca saibamos. Mas o que sabemos já é o suficiente para nos tirar do obscurantismo do curandeirismo, por exemplo.

      Você não é obrigado a deixar de acreditar em Deus, mas dizer que a ciência “passa longe de ter explicações lógicas consistentes sobre porque existe algo” está muito longe de ser a verdade.

  4. Primeiro de onde vem essa crença da existencia de Deus? Vem da religião? Dizer que foi a religião que inventou Deus é a mais pura burrice , isso seria rasgar o diploma de doutor , visto que os selvagens nunca tiveram religião e já acreditavam num ser supremo , a questão de menos deselvovido acreditarem mais em deus é uma analogia muito pobre e preconceituosa , pois muitos sabios acreditavam num ser superior e diploma naum tira nem impoe crença alguma , acredito que essa pesquisa é preconceituosa e direcionada para chamar de burros e ignorantes aqueles que tem menos conhecimentos , vou deixar aqui alguns nomes talvez vcs conheçam eles acreditavam em deus , e depois vcs pensem, Nicolau Copérnico, Johannes Kepler,Galileu Galilei, René Descartes, Isaac Newton , Robert Boyle, Michael Faraday, Gregor Mendel, Kelvin (William Thompson), Max Planck, Albert Einstein….

    Thumb up 11
    • talvez pq, tirando Einstein e outras figuras ai, se algum deles dissesse em publico que era ateu, ou que fizesse algo muito ”contrario” ao que era imposto pela Religião Catolica (dominante no periodo) , seriam mortos

      Thumb up 20
    • Como assim os selvagens nunca tiveram religião??

      A analogia entre a falta de desenvolvimento e crença em deus não é de maneira nenhuma preconceituosa. E pobre foi o seu raciocínio em citar pessoas que viveram em épocas tão diferentes da nossa como argumento. Isaac Newton por exemplo, apesar de sua genialidade, tinha menos acesso ao conhecimento do que um aluno do ensino fundamental de hoje em dia. Não se esqueça que mentes brilhantes não são a prova de erros, o próprio Newton era um assíduo alquimista. E esse não é o único problema com sua lista, Einstein declarou seu ateísmo e insatisfação com pessoas desinformadas (como você?) que colocarm palavras em sua boca (você pode encontrar a carta em segundos no Google), sem falar que vários destes cientistas viveram em épocas em que declarar ateísmo = fogueira, vários podem ter sido ateus e jamais saberemos.

      Por fim, não sei em que universo dizer que a religião inventou deus, de modo que deus é uma invençao humana para contornar sua própria ignorância é burrice, certamente não neste. Lembre-se que o grande e poderoso Newton, a quem os religiosos tanto se apegam só invocou um ser superior no limite de seu conhecimento (em tópicos que por sinal foram esclarecidos sem a mínima necessidade de deus por cientistas posteriores), denotando claramente que a ignorância favorece a busca de respostas estapafúrdias e divindades.

      Thumb up 19
    • Olá Odair!

      Pelo livros que eu li a religião foi “criada” com a intenção de escravizar o povo pela fé.
      Obviamente que ler, estudar, discutir e moldar minhas opiniões durante os anos nunca conseguiu fazer que eu deixasse de acreditar numa força maior.
      Abraços.

      Thumb up 2
    • Bem preconceito seria falar algo sem embasamento, então uma pesquisa tende a não ser preconceituosa, Outra coisa não conheço a crença de todos que mencionou, porém o conceito de Deus para Einstein é um Deus bem diferente nada místico.

      Thumb up 0
  5. Em lugares que as pessoas convivem com o terror de não ter nem o q comer(fora a violência e muitas outras coisas) querer tirar a crença em um Deus dessas pessoas é de fato assassinar a esperança delas. Colocar a culpa no baixo desenvolvimento na crença, é colocar a culpa do povo burro em outra pessoa. Quem elege políticos são pessoas, não Deus. Somos atrasados por causa de nossa ignorância.

    Thumb up 28
  6. Cesar Crash
    Não é necessário matar, se o nascimento for controlado. Deixe nascer gente a vontade e mortes acontecerão a todo momento. Isto é uma coisa natural. A natureza faz isto constantemente. Na austrália, levaram coelhos para uma região sem predadores. A população cresceu tanto, que acabaram com a vegetação do local e a população de coelhos foi reduzida pela fome. Isto se chama controle natural. Fizeram uma experiencia com ratos. Colocaram meia duzia de ratos, em um ambiente de um metro quadrado. A população se multiplicou várias vezes e se verificou que a violência aumentou, surgiu a antropofagia, peversão sexual, mutilações, etc. Isto está mais do que provado. Só os religiosos que não estudam estes casos e querem salvar todo mundo é que não querem entender. Olha o passado da raça humana e terá muitos exemplos. Matar foi mais que normal. Bastavam as guerras e ninguém criticava os métodos. Se aumentar a população haverá mais mortes. O importante é evitar que nasçam, como acontece nos países de primeiro mundo. Isto é agir com inteligência.

    Thumb up 31
    • HEIL HITLERRRRR…

      Thumb up 2
  7. A religião é o grande responsável pelo desaparecimento da humanidade. Se deixar eles fazerem que querem, o mundo se entulha de gente e a violência vai imperar. Já está provado. O excesso de população de qualquer animal gera violência, perversão sexual e diminuição da espécie pela fome. A natureza é sábia. Para isto é que existe os carnívoros que devoram os outros animais e controlam a população automaticamente. Como o ser humano domina a natureza, este equilíbrio foi quebrado e isto é um perigo. As guerras entre as tribos, no passado, faziam este controle de natalidade, mas agora, com a suspensão das guerras, da mortalidade infantil (também da natureza)e do controle de natalidade ignorados pelos governos de alguns países pobres e religiosos, está colocando a violência em evidência e que causam fome, miséria no mundo. Lembrem que a china foi obrigada a partir para a violência para limitar sua população, com pena de morte, infanticídio, aborto obrigatório e um controle severo de nascimento. Conseguiu acabar com a máfia chinesa e apresentou ao mundo uma copa mundial de dar inveja aos países de primeiro mundo. Não só a china, Singapura e outro adotaram esta medida e hoje assustam o mundo com seu progresso. Já o Brasil, países da América do sul, Africa, India, etc. ficam patinando no terceiro mundo. Nos sustentamos miseráveis que nasceram sem controle do governo, quando deveriam incentivar o aborto para drogados e pessoas sem condições de sustentar um filho.

    Thumb up 29
    • Alberto,
      Eu só acredito que uma pessoa realmente acredita que seria melhor se houvesse menos pessoas no mundo, se esta pessoa afirmasse isso e fizesse sua parte. Acredita realmente nisso, mostre o exemplo, vá em frente, se mate. Um a menos, parabéns! Adeus.

      Thumb up 15
    • HEIL HITLER!!!
      REINAUREM-SE OS FORNOS CREMATÓRIOS NAZISTAS, só que dessa vez SÓ RICOS SOBREVIVERÃO…affffffff…!!!

      Thumb up 5
    • Extremamente radical, mas realmente às vezes isso se faz necessário.

      Thumb up 3
    • Sim, considerando o budismo ateísta…

      Thumb up 5
    • Não há que se fazer paralelo, eu nem sonhei com isso…

      Thumb up 0
    • Lucem Ferre,
      Claro que você está chutando. Cadê a pesquisa?

      Thumb up 8
    • Os países com os melhores IDH’s são Cristãos e Protestantes! Isto é fato!

      Thumb up 3
  8. Não me lembro de ver igrejolas protestantes em bairros de ricos; mas nas periferias proliferam tanto quanto butecos ou biqueiras de droga = [

    Thumb up 25
    • Genioso Irreligioso,
      Realmente tens razão. Em bairros de ricos, há mais cassinos e puteiros de luxo. Além disso, é nas biqueiras de drogas das periferias que encontramos os moradores dos bairros de ricos.

      Thumb up 32
    • ARRAZADOR…!!!!

      Thumb up 4
    • Em bairros de pobres, existem puteiros pobres e botecos com jogos caça-níquies e bilhar e igrejas evangélicas na mesma proporção!
      Além disso, é nas biqueiras de drogas das periferias que encontramos os moradores dos bairros de ricos comprando tantas drogas de moradores pobres quanto os próprios pobres.

      Thumb up 15

Envie um comentário

Leia o post anterior:
Memorial do Rio Grande do Sul - Porto Alegre (RS)
Primeira Odisseia de Literatura Fantástica

No último fim de sem...

Fechar