Quem costuma “dar o fora” com mais frequência: o homem ou a mulher?

Não existem muitos dados sobre quem termina mais relacionamentos, se é o homem ou a mulher, mas o senso comum das pessoas pode estar correto: uma revisão da literatura sobre o divórcio publicada na revista American Law and Economics Review em 2000 descobriu que 60 a 80% dos divórcios nos Estados Unidos são pedidos por mulheres.

Esse sequer é um fenômeno moderno. Os pesquisadores Margaret F. Brinig e Douglas W. Allen analisaram 25 conjuntos de dados diferentes nos EUA, sendo que o mais velho continha informações de 9.937 divórcios que ocorreram em todo o país em 1867, e descobriu que 62% deles foram solicitados pelas esposas.

Isso não acontece apenas com casamentos. Em separações de relacionamentos de longo prazo, as mulheres são mais propensas a colocar o ponto final também.

Por quê?

É difícil tirar conclusões sobre algo tão subjetivo, mas os pesquisadores analisaram variáveis diferentes para entender por que os divórcios tendem a ser pedidos por mulheres, e sugeriram três explicações principais:

  • Esposas exploradas que fazem a maioria dos trabalhos domésticos e dos cuidados com os filhos podem sentir que não têm nada a perder ao partir;
  • Esposas podem já ter se beneficiado de investimentos financeiros feitos por um marido (por exemplo, pagar por sua educação) e já não necessitam de seu suporte;
  • As esposas esperam obter, e subsequentemente manter, a custódia de seus filhos – se não fosse esse o caso, provavelmente não pediriam o divórcio. Esta é de longe a explicação mais significativa estatisticamente.

Discórdia

Há um problema claro ao se analisar quem terminou um relacionamento ou pediu o divórcio primeiro – os casais às vezes discordam sobre quem iniciou o processo.

Em 2005, sociólogos apresentaram suas conclusões usando dados da Pesquisa Nacional de Famílias e Agregados Familiares do Centro de Demografia da Universidade de Wisconsin, nos EUA.

Eles descobriram que, quando os homens disseram que o desejo de suas esposas de terminar o relacionamento era mais forte do que o deles, 6% das ex-esposas discordaram, dizendo que eram os maridos que queriam o divórcio. Por outro lado, quando os homens disseram que eram eles que tinham maior desejo de acabar com o relacionamento, 16% das ex-esposas discordaram, dizendo que elas queriam mais o divórcio.

Pouca clareza

Um inquérito feito pela YouGov, uma empresa internacional líder em pesquisa de mercado baseada na internet, com quase 1.000 adultos nos EUA descobriu que 1 em cada 5 mulheres disseram que tinham sido as únicas a pôr um fim a uma relação romântica de longo prazo, em comparação com 1 em cada 14 homens.

O YouGov não perguntou sobre orientação sexual, então algumas das respostas provavelmente se referem a relações entre pessoas do mesmo sexo.

No geral, porém, um terço de todos os homens e um terço de todas as mulheres pesquisadas disseram ter tanto levado quanto dado um pé na bunda.

A pesquisa também descobriu que as mulheres eram menos propensas do que os homens a conversar com seus ex – apenas 36% das mulheres disseram que ainda estavam em contato com pelo menos um de seus ex-parceiros, em comparação com 52% dos homens.

Por fim, quase metade de todos os inquiridos, independentemente do sexo, disseram “verdadeiramente se arrepender” de pelo menos uma de suas relações passadas. [fivethirtyeight]

Por: Natasha RomanzotiEm: 3.01.2017 | Em Comportamento, Principal  | Tags: ,  
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

3 respostas para “Quem costuma “dar o fora” com mais frequência: o homem ou a mulher?”

Deixe uma resposta