Resultado de eleição altera testosterona nos homens

Por , em 27.10.2009

obama super homem
Obama Super-Homem: É um pássaro, um avião?

Segundo uma pesquisa feita pela Universidade de Duke e pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, jovens que votaram no candidato republicano John McCain ou para o libertário Robert Barr nas eleições presidenciais de 2008 tiveram uma queda imediata de testosterona quando o resultado da eleição foi anunciado.

Já aqueles que votaram no candidato vencedor, Barack Obama, tiveram os níveis de testosterona estáveis após a revelação. Mulheres que foram analisadas pelo estudo não tiveram mudanças significativas nos níveis hormonais.

Homens geralmente sofrem uma pequena queda nos níveis de testosterona à noite, mas na ocasião da eleição, os eleitores de Obama não tiveram uma queda tão grande quanto a que deveriam, enquanto os que votaram nos outros candidatos perderam mais testosterona que o esperado.

“este é um resultado forte”, afirma Kevin LaBar, neurocientista da Universidade de Duke. “Os eleitores são afetados psicologicamente ao ver seu candidato vencer ou perder uma eleição”, diz. Em um questionário respondido após a eleição, os homens que votaram em McCain e em Barr se mostraram mais infelizes, submissos, aborrecidos e controlados que aqueles que votaram em Obama.

O estudo mostra resultados semelhantes a outras pesquisas que já haviam mostrado que, quando homens se envolvem diretamente em competições interpessoais, têm alterações nos níveis de testosterona.

The study also looked at levels of cortisol in the spit samples, a stress hormone behind the “fight or flight” response, and will discuss those findings in a forthcoming paper.

O pesquisador Steven Stanton, da Duke, afirma que é muito curioso que mesmo uma “competição de dominância em larga escala”, como ele define a eleição, pode mudar os níveis de testosterona nos homens. “Os eleitores participam das eleições tanto diretamente, depositando o voto, quanto mais afastados, porque não vencem ou perdem a eleição pessoalmente”, diz Stanton.

O pesquisador afirma que a alteração sobre os níveis de testosterona tem efeito benéfico sobre as futuras ações dos machos. O perdedor se acalma, de modo que não continua a lutar por uma causa perdida e talvez acabar machucado. Enquanto isso, o vencedor pode se motivar a procurar por futuros ganhos em questão de status social. “A pesquisa sobre isso também se aplica a outros primatas”, afirma Stanton.

http://www.sciencedaily.com/releases/2009/10/091020181257.htm

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Deep:

    Interessante!
    Será q os apoiadores tb são afetados?
    Muitos homens não americanos, e portanto, não eleitores apoiaram Obama e se animaram com sua eleição. Será q eles tb se “beneficiaram”?

Deixe seu comentário!