A Estrela de Belém foi uma estrela, um cometa ou um milagre?

Por , em 28.12.2011

Muitos fatores complicam a versão sobre a Estrela de Belém, incluindo a incerteza da data exata do nascimento de Cristo e a terminologia usada para descrever eventos astrológicos há cerca de 20 séculos.

Por exemplo, qualquer objeto que atraísse atenção suficiente era chamado de “estrela”. Meteoros eram “estrelas cadentes”; cometas eram “estrelas ‘cabeludas’” e os planetas eram “estrelas caminhantes”.

A Bíblia nos oferece algumas referências históricas, como o Rei Herodes. Estudos modernos sugerem que ele morreu entre os anos quatro e um antes de Cristo, pelo nosso calendário presente. Conta-se que os Magos visitaram o rei pouco antes de ele morrer, e o nascimento de Cristo e o aparecimento da famosa estrela aconteceram logo depois disso.

E é muito difícil que Jesus tenha nascido no fim de dezembro. Uma passagem bíblica, de São Lucas, diz: “Naquela região havia pastores que estavam passando a noite nos campos, tomando conta dos rebanhos de ovelhas”. Isso indica que era primavera, época em que os pastores da Judeia cuidavam dos novos animais.

Em tempos antigos, 25 de dezembro era a data do famoso festival romano de Saturnália. Presentes eram trocados; casas, ruas e prédios decorados; pessoas iam para casa e todos ficavam em clima de festa.

Já foi dito que os primeiros cristãos escolheram a época desse festival para evitar atenção e escapar das perseguições. Quando o imperador romano Constantino adotou oficialmente o Cristianismo, no século quatro, a data do Natal permaneceu no dia 25.

E é quase certeza que o nascimento de Cristo não aconteceu há 2011 anos. Nossa atual cronologia, com anos a.C e d.C, foi adotada pelo abade romano Dionysius Exiguus em 523 d.C. Infelizmente, ele fez dois erros grandes nos cálculos.

O primeiro foi colocar o ano “um” depois de Cristo imediatamente depois do ano “um” antes de Cristo, esquecendo completamente do zero. Na época, o “zero” não era considerado um número. Então, o ano três, por exemplo, matematicamente falando é o dois.

O segundo foi aceitar a declaração de Clemente de Alexandria de que Jesus nasceu no ano 28 do reinado do imperador romano César Augusto. Mas Dionysius não levou em conta que durante os quatro primeiros anos desse reinado, o imperador era conhecido pelo seu nome original, Otaviano, até que o senado o proclamasse “Augusto”.

Então apenas aqui já temos um erro de quatro anos, mas agora nossa cronologia está muito avançada para ser modificada.

Para os anos do aparecimento da Estrela, muitos astrônomos e estudiosos da Bíblia acreditam que deve ter ocorrido entre os anos sete e dois a.C. Então esse é o período que devemos explorar para determinar se algo estranho aconteceu no céu.

O que foi a Estrela?

Pelo menos quatro teorias já foram divulgadas, de um ponto de vista astronômico.

A primeira diz que a Estrela foi um incomum meteoro de fogo avistado no horizonte. Mas como sabemos, um objeto como esse passa pelo céu em uma questão de segundo – muito pouco para guiar os Magos até a cidade de Belém. Então podemos deixar essa para trás.

Não tão simples assim é a possibilidade de que a Estrela era um cometa brilhante. Objetos como esse ficam visíveis a olho nu por semanas, a partir do anoitecer.

O famoso cometa Halley, que passou pela última vez no começo de 1986, ficou brilhando no céu entre agosto e setembro do ano 11 a.C. Mas muitas autoridades não concordam com essa teoria, devido às falhas de tempo. E parece estranho que outro cometa com tamanha duração tenha passado despercebido.

Além disso, comentas eram vistos como presságios ruins, indicando fome e enchentes, assim como a morte – não o nascimento – dos reis e monarcas. Os romanos, para marcar a morte do General Agrippa, por exemplo, usaram a aparição do cometa Halley como marco. Com esse ponto de visão, a aparição de um cometa não seria um aviso do nascimento de um novo rei.

Talvez a reposta mais simples seja uma nova, ou supernova. As primeiras são estrelas que aumentam muito seu brilho por um período curto de tempo, e acontecem mais frequentemente. Já as supernovas, mais raras, são as famosas explosões estelares.

Esse tipo pode ser avistado mesmo durante o dia. Em nossa galáxia, no último milênio, quatro supernovas brilhantes ocorreram: em 1006, 1054, 1572 e 1604.

Apesar de essa ser a explicação mais satisfatória para a Estrela de Belém, há um grande problema: de que não há nenhum registo de uma nova brilhante durante o período apontado para a viagem dos Reis Magos. Apenas um registro aparece para uma nova, no ano 5 a.C. Mas os chineses, que a notaram, não afirmam ter sido um grande evento, com muito brilho.

Peregrinações planetárias?

A última possibilidade é de outros planetas visíveis a olho nu. É pouco provável que os Magos tenham confundido um ou mais planetas familiares com uma estrela. Entretanto, algumas conjunções às vezes acontecem.

Talvez um agrupamento de dois ou três planetas tenha criado uma figura geométrica atraente, entre os anos sete e dois a.C. Vale dizer que tal evento seria bem raro.

Um evento parecido que temos conhecimento é o agrupamento de Marte, Júpiter e Saturno, na constelação de Peixes, no ano seis a.C.

Outra explicação possível para a Estrela de Belém é a conjunção tripla de Júpiter e Saturno, entre maio e dezembro no ano sete a.C.

Não há dúvida da visibilidade desses eventos, geralmente opostos ao sol durante a noite. Com certeza os Magos teriam notado que os planetas são se separaram muito durante as três conjunções. De fato, por oito meses consecutivos – o tempo estimado para uma viagem de 800 quilômetros entre a Babilônia e a Judeia – Júpiter e Saturno ficaram com três graus de separação, entre o fim de abril do ano sete a.C. e começo de janeiro do ano seis.

Mas talvez nenhum agrupamento planetário se iguale ao dos dois planetas mais brilhantes, Vênus e Júpiter. E se levarmos em conta o único comentário sobre a Estrela, em São Mateus, a aparência era de duas estrelas.

Talvez o sinal dos Magos veio da constelação de Leão.

Para os antigos israelitas, essa constelação era considerada significativa e sagrada. Uma conjunção muito próxima entre Vênus e Júpiter teria sido visível no céu do Oriente Médio em 12 de agosto do ano três a.C.

E esse evento teria sido avistado tanto no leste, pelos persas, quanto no oeste, explicando a frase ambígua de São Mateus.

Vênus acabou sumindo com o sol, mas Júpiter e Leão continuaram no céu noturno durante dez meses. Nesse tempo, outras conjunções planetárias ocorreram, todas de grande importância para a época.

Durante algum tempo, na primavera do ano dois a.C., os Magos tiveram sua audiência com o Rei Herodes, que os questionou sobre o que haviam visto. É claro que nem ele nem seus conselheiros viram algo, já que ela apareceu entre quatro e cinco da manhã, hora em que estavam dormindo. Assim, o Rei enviou os Magos em sua busca por Cristo.

Então, durante o mês de julho do ano dois a.C., Vênus retornou para a mesma região do céu, com ainda mais brilho. Os Magos com certeza perceberam isso, e no dia 17, Júpiter e Vênus pareceram ainda mais juntos do que em agosto passado.

A astronomia pode nos dizer se essas conjunções ocorreram. Mas se alguém as observou, e se os Magos realmente fizeram sua jornada, já é outra questão.

Uma ocorrência sobrenatural?

E finalmente, a Estrela de Belém foi um milagre?

Hubert J. Bernhard, que por muitos anos foi professor no Planetário Morrison, em São Francisco, EUA, fez uma série de quatro álbuns em 1967 para educar e popularizar a astronomia. Eles receberam o nome de “Série de Aulas do Planetário”, e um dos tópicos falava sobre a famosa Estrela. No final desse trecho, Bernhard dizia o seguinte:

“Se você aceita a história contada na Bíblia como verdade literal, então a Estrela do Natal talvez não tenha sido uma aparição natural. Seu movimento pelo céu e habilidade de se manter e marcar um local indica que não foi um fenômeno natural, mas um sinal sobrenatural. Algo que a ciência nunca vai conseguir explicar”.

De fato, esse é um mistério que a ciência moderna nunca conseguiu desvendar. A astronomia já nos levou o mais longe possível. A decisão final é sua. No que você acredita? [MSN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

113 comentários

  • Hercules Lima:

    O texto bíblico orignal relata:
    “E, tendo eles ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela, que tinham visto no oriente, ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino. ”
    Mateus 2:9
    Ora, se alguma luz no céu apareceu, guiou pessoas e pairou sobre um local específico, é óbvio que não se trata de nenhum fenômeno natural… A não ser que vagalumes não piscantes gigantes existam! Ou que uma nave extraterrestre esteve ali. Mas que tal algo mais convincente: um anjo esteve ali! Por que não? Anjos não existem apenas porque a ciência não pode provar a existência deles?

    • Everson Junges:

      Anjos também não passam a existir apenas porque religiosos os “criaram” e querem que isto aconteça.

  • ARIOVALDO BATISTA:

    Pela quantidade de comentário se vê que o assunto é palpitante. NÃO HÁ EXPLICAÇÃO AINDA NA CIÊNCIA PARA OS ENIGMAS QUE NÃO SE EXPLICAM, pelo menos matematicamente.
    Uma grande falha ainda é CONSIDERAR CONHECIMENTOS ISOLADOS NA CIÊNCIA, RELIGIÃO E ARTES, o que filosoficamente, TUDO É CONHECIMENTO.
    Vou dar alguns exemplos apenas.

    A DOUTRINA ESPÍRITA PUBLICADA NA MESMA ÉPOCA DE DARWINA, MENDEL, MENDELEEV ETC., dizia já naquela época QUE APENAS NOS É PERCEPTÍVEL UMA PEQUENA PARTE DA MATÉRIA DO UNIVERSO, a ciência está concluindo hoje que essa pequena parte é menos de 5%!
    Que no Universo não há vácuo, e que a matéria original é um elemento infinitesimal único, a partir do qual se produz TODA A MATÉRIA QUE CONHECEMOS. A ciência já conclui o mesmo sobre o vávuo, evidentemente o vácuo só existe para os 5% que nos é perceptível.
    Os espíritos que de fato dão vida ao “ser-vivo”, quando não “encarnados”, se utilizam exatamente dessa matéria imperceptível (chama de matéria sutil), e por isso é possível fenõmenos misteriosos que nos tornam enigmáticos.
    Um dia perguntado a uma entidade num terreiro de umbanda sobre os “OVNIS”, essa entidade disse que SÃO VEÍCULOS “ESPIRITUAIS”, FEITOS EXATAMENTE DA MATÉRIA QUE SÓ SE TORNAM PERCEPTÍVEIS A NÓS, EM ALGUMAS CIRCUNSTÂNCIAS. E deu como exemplo, EXATAMENTE A ESTRELA DE BELEM, era um “Ovni” que os reis magos acompanharam. Por isso “andava” como um avião, podia até desaparecer e surgir de novo, etc. etc.

    E por aí poderia ir enumerando conhedcimentos que nos é revelado, E EM GERAL NÃO “ACREDITAMOS” PORQUE TEMOS O HÁBITO DOGMÁICO DE SÓ ACREDITAR NAQUILO QUE VEMOS E PODEMOS APALPAR, ESCUTAR, ETC. ETC. No entanto, ninguém vê, nem apalpa, nem escuta, etc. a gravidade, E ELA NÃO EXISTE?
    Podemos acreditar que exista PELOS SEUS EFEITOS, mas se alguém não acredita, COMO FEZ ARISTÓTELES, concluiu que as coisas caiam para a Terra porque ela era o Centro. E durou 2 mil anos para sua “teoria” cair!

    Sobre a questão do “elemento infinitesimal” origem da matéria, CORRESPONDERIA EXATAMENTE A MATÉIRA NA CONDIÇÃO DE COMPLETA “ESPONTANEIDADE”, SE DEGRADARIA ATÉ ESSE ELEMENTO INFINITESIMAL A PARTIR DO QUE, NÃO TERIA MAIS COMO SE DEGRADAR, QUE SERIA A ENTROPIA NA SUA CONDIÇÃO INFINITA.

    Afinal, a religião estava “revelando coisa certa”? Um grande problema é que as revelãções das religiões normalmente ocorrem quando os conhecimentos dos homens estão em nível muito baixo. Quando a doutrina espírita falou da “matéria sutil”, é claro que a ciência ainda estava engatinhando. Quando a Bíblia falava de Adão, HAVERIA OUTRA FORMA DE MOSTRAR COMO DE FATO O SER-VIVO SURGE? Como alguém explicaria a teoria de Einstein a um índio que nem conhece escrita?
    As religiões estão falando de coisas que a ciência vai levar tempo para entender. E as religiões, na realidade é “uma realigião”, há que se juntar todas para se tirar conclusões melhores. Confunde-se religião com igrejas, e aí está o grande problema. Igrejas enfatizaM o ritualismo, NÃO O CONHECIMENTO RELIGIOSO. É só isso.
    a CRENÇA É A ÚNICA FERRAMENTA INTELIGENTE QUE O SER VIVO DISPÕE PARA COMPLETAR SUA IGNORÂNCIA SOBRE AQUILO QUE NÃO CONHECE. Crença é evidência de inteligência, é só comparar as espécies vivas.

    arioba

    • Marco Aurélio Cidadão:

      Que monte de confusão que vc fez, a começar essa tua linha espirita começa defendendo dois princípios científicos que não existem mais o tal do éter cósmico (ou universal) e o fluido gravitacional, é uma balela parecida com essa, pena que o éter foi-se e o fluido gravitacional nunca veio. Meu caro como as religiões são inventadas pelos homens eles sempre usam o conhecimento da época, que era verdade na época, ai vem a ciência e prova que esta tudo errado e refaz tudo e o deus e sua religião passam o resto da sua existência tentando dar um explicação filosófica (sempre muito chata e falsa), não existem espíritos, demônios, deuses, duendes, fadas ou coelhinho da páscoa, tudo invencionice das lacunas do conhecimento, feita por seres humanos para seres humanos.

    • Eric Marçal Mendonça:

      ARIOVALDO BATISTA gostei MUITO do seu comentario, o seu pensamento é muito parecido com o meu, passei a pensar em discos voadores como naves espirituais quando minha vó passou a me falar de um livro que ela leu, O ENVIADO, de um cara que faz MUITAS pesquisas sobre o santo sudário, o pano que cobriu e ficou marcado com a imagem de cristo, e então ele começa a falar do que seria a estrela de belém e expor a pesquisa e reflexão dele, e chega a essa conclusão que seria um ovni.
      E já pesquisei muita coisa do tipo, afinal é fato inegável que pessoas vêem ovnis frequentemente ao redor do mundo, fato ainda ignorado pela maioria mas que estão começando a querer trazer mais ao conhecimento do publico. Fizeram o filme “Área Q”, baseados em fatos que ocorrem naquela região, e o atual “e a vida continua” que estou querendo ver, baseado no último livro do espírito André Luiz psicografado pelo Chico Xavier, que parece que vem a explicar o que eles fazem nesses “veículos espirituais”.

  • Aline Laitarte:

    Me desculpem pessoas mas os únicos comentarios proveitosos são os do Jonatas.

    A educação faz parte em um comentário sabe…

    Quanto ao assunto do texto, eu acredito sim na Bíblia e aceito que o que guiou os magos foi sim um milagre da parte de Deus! Ora, porque acreditam em ovinis e não acreditam na Bíblia?? Se não tem como provar nada da Bíblia, também ninguém nunca conseguiu provar com toda certeza absoluta a existência de óvinis, et’s e essa baboseira toda.
    Os mistérios de Deus nunca serão desvendados mesmo, afinal Ele cria o que quer a hora que quer e se Ele quiser contrariar todas as possibilidades da Astronomia, da Tecnologia, da Ciência, Ele contraria, e nada é o homem para dar voto nisso!
    Deus respeita o homem e deu a ele livre arbítrio para crer no que quiser, então o homem, mesmo que não creia em Deus deve respeitá-Lo e respeitar aqueles que crêem.
    Ateus são respeitados e cristãos tem o mesmo direito.

    O Jonatas tem razão, o povo só acredita naquilo que chama a atenção, que parece mágica! Gente, cresçam, mágica é brincadeira pra criança.. a realidade é outra! Jesus não precisa fantasiar, não precisa enfeitar, os milagres que Ele fez foi por amor a humanidade e Ele continua fazendo os mesmos milagres na vida daqueles que O recebe.

    Quanto ao que se comemora no dia 25/12, o que importa??
    Jesus Cristo está vivo e isso é importante! Natal é bom para o comércio que vende beeem mais e ponto final.

    Agora, caros, essa parte de Atos dos Apostolos que foi citada acima… não está contrariando nada (conforme disseram) que nós cremos, apenas a pessoa que a digitou aqui, não tem interpretação nenhuma sobre as Escrituras Sagradas.
    Então vamos lá querida: quem entende só de letra, fique na letra, porque a letra mata e o Espírto vivifica (é bíblico – já leu?).
    A parte que vc citou é espiritual, Paulo está se referindo a sua vida dentro da Graça de Cristo, ou seja, sua vida espiritual.
    E o que hoje “em parte sabemos… mas quando vier o que é perfeito…..”
    Bem, refere-se na vinda de Cristo, ou seja, hoje conhecemos apenas um pouco de Sua história e não entendemos todos os mistérios do Pai, mas quando vier Jesus (que é a Perfeição), mas quando O vermos face a face, então o que é dúvida ficará para trás porque O conheceremos completamente, a realidade de tudo será revelada.

    Então, para entender a Bíblia, não precisamos entender astrologia e para entender astrologia não precisamos ignorar a Bíblia, uma coisa independe da outra porque astrologia é apenas a curiosidade humana em conhecer a beleza do Universo que Deus criou, é estudo… e a Biblia no traz o conhecimento das coisas espirituais e da Criação Divina sem precisar de estudos e pesquisas, ela é completa.

    Quem quiser crer, creia quem não quiser, um dia verá com os proprios olhos… a verdade sempre aparece!!!

    • Ezio Jose:

      Prefiro a história da princesa e os sete anões. Fábula por fábula neste caso. Letra por letra noutro caso. Letras são símbolos para representar algo… assim por diante…..

    • Marco Aurélio Cidadão:

      Eu acredito na bíblia, não acredito no que é dito nela, tudo mentira, tolice, invencionice, ignorância (desconhecimento), crueldade, vingança, malevolência, dubiedade, ameaça, chantagem, ódio e muitos crimes ou seja tudo de ruim e quase nada de bom. Deus não existe, nunca existiu e nem existirá, quando eu e vc morrermos acabou!! não tem céu, oásis, paraíso droga nenhuma, não tem nada, mas se vc precisa acreditar(muleta psicológica) então acredite, por que esse deus bondoso/vingativo nada fara comigo porque ele não existe!!!Não existe nada sobrenatural….NADA, só dentro de cabeças muito necessitadas/imaginativas…

  • Jonatas:

    A administração desse site sabe muito bem quem vandalizou, porisso excluiu os comentários de “sabetudo”, que sobrevive agora no nick “sopracontrariar”, talves também no de “Joao”. Os comentários que ofendem são retirados, portanto não percam seu tempo.

    • Marco Aurélio Cidadão:

      Acho extremamente certo, ofensas são falta de argumentos, isso é tipico dos sem recursos, te mandam para o inferno (rsrsrsr) ou então xingam. Eu esculacho com finesa intelectual sem ser bondoso com tolos, se manifestou corre o risco de ser contra argumentado seriamente.

  • Ezio Jose:

    ôpa! Não precisa nem levar para o porão do DOI-CODI. Lembrei do FHC que não precisou ira para o porão, ficou só na sala de audiência com o oficial e o escrivão; entregou todo mundo e saiu numa boa. Depois, já na democarcia requisitou uma aposentadoria e ganhou. Não é muita coisa, algo assim em torno de mais de R$3.000,00 por mês por que foi detido e permanceu por menos de um dia prestando depoimento e entregando “os campanheiros”.

  • Lulu:

    Transcrever um texto sem citar a fonte é plágio!
    http://desciclopedia.ws/wiki/Ate%C3%ADsmo

  • Lulu:

    Hahahaha
    Se for pra escolher um, me encaixo nesse aí!

    • Lulu:

      Ops, saiu fora de ordem… queria ter postado log abaixo da primeira ‘definição’.

  • Mestre Shifu:

    Se positivando antes de sair da moderação.

  • Jonatas:

    Que exemplo de educação (isso foi sarcasmo). Em qualque resposta eu estaria me rebaixando ao teu nível, porisso, tenha uma boa noite. se puder.

  • Jonatas:

    você positiva seus comentários seis vezes antes de sairem da moderação.

  • Jonatas:

    quando sai da modera, um comentário aparece para outros usuários sem nenhum voto, porque ninguém viu, já os do “SabeTudo” já sai da com seis votos! Mudando de DNS…

    xequemate.

    • Marco Aurélio Cidadão:

      Qual o problema de positivar um comentário, não to nem ai, não to jogando para plateia, estou colocando pontos de vista pessoais, vc tá muito preocupado com “joinhas” dana-se posicione-se bem, fale com argumentos, nada vence o trabalho, nenhum trabalho vence o bom trabalho e nenhum trabalho é desperdício, esqueça os ‘joinhas”.

  • Jonatas:

    Um intolerante insuportável falando sobre intolerantes insuportáveis. Que momento.

  • Mestre Shifu:

    Um sabetudo que não sabe nem português. “capetal”

    • Mestre Shifu:

      Usando meu nome?

    • Jonatas:

      Uma homenagem, mestre.

    • MariannaGoret:

      Jonatas, o capetal dele é no outro sentido.

    • Jonatas:

      CAPETA?

    • MariannaGoret:

      HUahuahaahuuah é…

    • Jonatas:

      ilário. boa desculpa para esse acidente ortográfico.

    • MariannaGoret:

      Você chamou o cara de inseto ou errou ortograficamente também? rsrs

    • Jonatas:

      não percebi nada. Mas eu até posso errar, afinal eu não me afirmo como “sabetudo”.

    • MariannaGoret:

      Não é pq não sabia se estava sendo irônico ou não rsrss. Hilário de engraçado é com H e Ilário com I é um inseto noturno esquisito…

    • Jonatas:

      legal, que sirva para inseto também então.

    • Jonatas:

      que desculpinha esfarrapada. Se fosse com ironia teria usado “ênfase” na palavra. Sugiro um apelido melhor pra ti: “CopiaTudoeCola”

    • MariannaGoret:

      Jonatas, com relação à FRASE, não estou defendendo mas ele não precisava usar enfase(aspas) para dizer que estava sendo sarcástico. o fato de não ter usado aspas ou qualquer outro tipo de enfase deixou o comentário mais engraçado, que é o que ele quis passar.

    • Mestre Shifu:

      Não o ajude que ele não precisa. O sabetudo positiva seus próprios comentários, várias vezes.

  • MariannaGoret:

    Capetal foi boa! huahua

    • Lúcifer:

      referência a “capeta”, ou gafe de português?

    • MariannaGoret:

      Ele não cometeu nenhuma gafe. A capital a que o Sabetudo se refere deveria se chamar capetal mesmo. Só tem capetões…

  • Jonatas:

    Os metidos a sabetudo são a pior entre todas as categorias, tanto de religiosos quanto de ateus.

  • Lúcifer:

    Um intolerante insuportável falando dos intolerantes insuportáveis. Que momento.

  • Mestre Shifu:

    Sabenada, você é ilário. Age com intolerância para falar de intolerantes.

  • Mestre Shifu:

    Devia escrever um blog, texto demasiado grande pra um comentário.

  • Jonatas:

    Essa dupla, nem preciso citar nomes, são incapazes de fazer argumentos sensatos e apresentar suas idéias, são como cães raivosos latindo, e não to aqui pra traduzir latidos. Vão dizer que já vou tarde, e estão certos, não há mais nada aqui que me interesse, e nada que eu possa ensina-los e nem aprender com vocês. Tentei respeita-los, mas vocês não.

  • Jonatas:

    Negativar comentários dos outros não irá esconder a verdade, e nem fazer alguém mudar suas idéias. Darwin, era um estudioso que elaborou uma teoria nada fácil, já que Evolução é um processo de milhões e bilhões de anos. É claro que a teoria pode apresentar dúvidas, mas são essas dúvidas que fazem dela uma teoria que ainda está sendo desenvolvida. O processo científico é assim, uma sequência de descobertas, tropeços e acertos é que moldam uma área de estudo. A ciência pura não pode ser dogmática, ela só afirma algo dentro da certeza, e sobre o que não houver certeza, haverá teoria. A evolução é real, acontece em todo o Universo e a vida não é excessão. A evolução é fato, e o evolucionismo é a teoria da área de estudo desse fato.
    Eu não vejo em que ponto a teoria do evolucionismo confronta a idéia religiosa de haver um criador, o criador pode ter simplesmente programado os seres vivos para evoluirem, é tão simples. Logo, essa oposição foi criada pelas pessoas, que sempre procuram conflito em tudo.

    • Lizandra:

      Olá Jonatas. Admiro muito o seu trabalho. Sou facinada pelos seus estudos e fico imensamente feliz de você compartilhar-los. Ainda não entendo e não sei direito como tudo funciona por aqui, mas estou buscando muito o conhecimento. Partipei de um Intituto que busca dispertar a conciência dos seres humanos. E o contato que tive com o Instituto me impulcionou a buscar a compreenção das “leis Universais”.
      Estou no inicio, mas sou bem interessada.
      E desejo que você continue com esse trabalho maravilhoso.
      Grande abraço.

    • Marco Aurélio Cidadão:

      Eu discordo que exista qualquer criador, embora o Prof. Newton Freire-Maia um excepcional biólogo acreditasse ser possível, meu caro a ciência não tem dogmas nem respeito a qualquer principio, tudo é refutável, por isso é que se fazem os debates, só através deles e das publicações é que o conhecimento se corrói-destrói-constrói, se vc não gosta do embate, vire um clérigo e utilize o monologo, agora, ciência é isso: critica, cruel dura e sem perdão, mas se vc tiver razão todos reconhecerão sua argumentação. Um abraço e bom debate.

  • Marcelo:

    Sério mesmo: Radicais são chatíssimos, sejam eles cristãos ou ateus. É impressionante ver o tanto de “donos” que a verdade tem!
    A fé (ou a falta dela) é algo extremamente pessoal e subjetivo. Tentar impor isso como verdade lógica, científica ou espiritual, é extremamente desagradável.
    Sinto muito amigos radicais, mas ninguem vai se converter (ou se desconverter) lendo esses comentários aqui.
    Ô Povo chato!!

    • MariannaGoret:

      Concordo. Seja ateu ou cristão, todos são chatos se ficam martelando aquela mesma porcaria de assunto. Os radicais são detestáveis.

    • Mestre Shifu:

      E radicais agressivos metidos a “sabetudo” são ainda piores.

  • ADRIANO KAISCK:

    A NATUREZA NUNCA MUDARA POR OS CITICOS RELIGIOSOS SEJA CRISTÃO OU NÃO A NATUREZA TEM SEU CURSOS, SENDO ASSIM ESTABELECIDO POR UMA UNICA ORDEM DE NÃO SE INTROMETER NA VIDAS DOS SERES HUMANOS,COMO FOI DITO AI EM CIMA ESTRELA NÃO PODE SER, POIS ESTRELA ELA NÃO FICA PASSEANDO DE UM LADO PARA O OUTRO rsrs O MAIS PROVAVEL SERIA UM COMETA, PRA MIM OS
    ASTROLOGO DEVERIA MAPEAR A ONDE JESUS NASCEU E DA ONDE PASSOU O COMETA HALLEY ASSIM TERIA A CERTESA, EM VEZ DE SAIR FALANDO COISAS SEM FINALIDADE.
    ________________________ass CIGANO KALISCK

    • Marco Aurélio Cidadão:

      Astrólogo vê horoscopo, acho que vc quis dizer astrônomo, astrologia não é ciência é outra das muitas faces do misticismo, mitologia….

  • Mestre Shifu:

    Desinteressante esse assunto. Mas não faz sentido procurar dados reais em um mito. Não significará nada nem pra quem acredita e nem pra quem não acredita.

    • Jonatas:

      e tu disse algo mais útil? mania de querer julgar os outros.

    • EU e Irene:

      Ohhhh Halgue, deixa de ser intelectualóide exagerado e vai para um psicanalista urgente – teu problema é falta de meia hora de falo no ânus!Todo mundo que critica erros de escrita em detrimento da livre expressão tem problemas de paixão, resolva a sua e pare de implicar com quem põe a cara para bater – pelo menos eles disseram algo, já você… recalque puro.

    • Jonatas:

      Quanta educação;

  • Gilson:

    Era um balão meteorológico…

  • Gustavo Augusto R. Abreu:

    Não existe farsa maior que o Natal, enquanto a maioria das pessoas acham que comemoram o nascimento de cristo, todo arquelógo e historiador antigo sabe que na verdade o natal é a comemoração do solsticio de inverno, na verdade o dia 25 de dezembro é a comemoração do Deus Persa Sol Invictus, que o imperio romano adotou no séc II d.C

    Todo o cristianismo na verdade foi um sincretismo de varias religiões pagãs.

    • Magda Patalógica:

      Gustavinho, meu bem.

      Concordo com você em gênero, número e grau.

      Mas deixa a gente sonhar um pouco, pô.

      Adoro imaginar aquela estrelona móvel guiando os reis magos até a manjedoura e levando presentes ao menino Jesus. Mascido de Maria “virgem e imaculada”

      Eu falei “imaculada” como se sexo fosse mácula…viche!
      Mas foi assim que aprendi no catecismo e assim é que a estória fica mais bonitinha.

      Depois do Natal, vem o Ano Novo no dia primeiro.
      Mas os astrônos, astrólogos, estudiosos afirmam que o ano novo só vai começar no dia 21 de março, fim do ciclo.

      Mas eu “tenho” que comemorar agora, pq se der na louca de comemorar em 21 de março, o povo vai me chamar de PATOLÓGICA, mesmo.

      Melhor então é pensar que:
      De ilusão é que se vive… e com muita festa e bom astral.

      É muito legal imaginar uma estrela iluminando o nosso caminho.
      Que a sua e a de toda a galera brilhe muito no ano que se inicia.

      Bjs da
      Magda

    • Marco Aurélio Cidadão:

      tu és uma doida beleza…tudo bem concordo poeticamente com vc…bjs e aproveite seus sonhos.

  • Rafael:

    Acho que foi uma supernova que explodil.

  • João Glagio:

    Quando será que êstes habitantes do planeta Terra( um nº considerável) vão entender que Deus, Jesus e outros espíritos superiores, com o mesmo desígnio, são os autenticos mentores,creadores,patronos,logos em si(como quiser) de todo o conhecimento(em todas as vertentes)das leis físicas que regem o Universo.

  • M Santos:

    Em se tratando de Bíblia, não existe pulo: Ou você acredita que tudo ali é estória da carochinha, ou acredita que trata-se de um livro divino, a própria Palavra de Deus.

    Eu creio piamente na veracidade absoluta da Bíblia. Portanto, é pura perda de tempo alguém tentar explicar naturalmente aquilo que é soBrenatural.

    • Magda Patalógica:

      Oi, M Santos:

      Isso tudo o que você escreveu é MANIQUEÍSMO,
      ou seja 8 ou 80.

      Acorda, cara, que nada no mundo é assim.
      A Bíblia não é 100 por cento certa
      nem 100 por cento errada.

      E já que você é chegado na Bíblia, que tal dar uma olhada em Atos dos apóstolos, onde Paulo fala:

      9 porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos;
      10 mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado.
      11 Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
      12 Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido.

      Fui.

    • Ezio Jose:

      Com esta paulada sem pena e sem dó, deveria você mudar seu nick para Magda Patogênica.

    • Para Ezio:

      Os cegos que não querem ver apenas possuem uma crônica estreiteza de horizontes.

      Muitos acreditam que quando morrerem, Jesus os receberá de braços abertos e os conduzirá ao deslumbrante Paraíso.

      Até parece que Jesus é o porteiro do céu e não tem outra coisa prá fazer.

      Devem ter seu lugar reservado é no vale dos cegos. Arghh!

      Estou tão acostumada com as negativações, que prá mim deixou de ser parâmetro.
      Tem nego que negativa até postagem em branco.

      Mas, vamo qui vamo.

      Fui

    • Ezio Jose:

      Magda!
      Já percebeu que quando usas-se a Biblia que os cegos fanáticos aplicam e explicamo-nos contrariando, eles negativam? Isto significam que vomitam no cocho donde comem das pérolas derramadas.
      Esse povinho hipócrita atacam tudo usando a ampla e lendária história bíblica que oferece também contradições para rebatê-los e daí eles entram em contradição negativando argumentos originados da fonte venenosa de onde saciam suas sede forazes de atyacar os outros que não estão de acordeo com suas hipocrisias.

  • Rogélio:

    Tratando dessa estrela e nos remetendo ao natal, a matéria mostra que ñ há como comprovar o nascimento Dele no fim de dezembro. Porém, muitos ñ informados, ainda criticam ferozmente grupos religiosos ou particulares que de maneira fundamentada optam por ñ comemorarem o natal ( a festa luz, de paz, de amor, do menino Jesus….). Como grupo citemos as Testemunhas de Jeová para exemplificar.

    Alguns acham que é obrigatoriedade você acompanhar a maioria, só porque ela segue nesta ou naquela direção. Em pleno século XXI vivenciamos processos em que, quem opta por uma posição diferenciada da maioria ainda é execrado, perseguido. Respeito, pouco ou nenhum. E nisto, ñ digo apenas o caso das Testemunhas, cito qualquer posicionamento ( evidente que racional, fundamentado e pacifíco )sendo ele diferenciado, ainda é desrespeitdo ferozmente por uma grande maioria. Seria bom se puséssemos nossa Carta Magna em prática. Busquemos mais tolerância, a todos.

    • Ezio Jose:

      Uma andorinha só não faz verão; vocês verão.

    • Magda Patalógica – A BURRA:

      Cara.

      Autorizo que me chames de BURRA.

      Li, relí o seu post e não consegui entender onde queres chegar.

      Quem sabe, da próxima vez, escreva sem muita pseudo-erudição-enfadada, a fim de tornar mais inteligíveis as suas idéias.

      Rebuscação contrapõe-se à comunicação.

      Falei e disse:
      Magda “burra”

      Fui

    • Ezio Jose:

      Certamente, Magda “Patológica”, ele deveria estar escrevendo algum réplica num outro post e, de repente, durmiu. Quando acordou reiniciou oPC e mando ver os deos nas teclas continuando o a raciocínio anterior, porém, num outro post. (rs) Daí, então, fica sem nexo mesmo! É como quiséssemos participar de uma conversa quando o assunto já está nos finais.

  • Awen:

    Que ridículo! Para que os cientistas querem provar historicamente algo que pertence ao campo do mito. Por que eles não tentam descobrir onde ficava o castelo da Bela Adormecida ou a fonte da Água da Vida? Ai ai… Melhor nem dar ideia…

    • Magda Patalógica – A BURRA:

      Awen:

      Concordo.

      Mas se quiseres saber sobre o castelo da bela adormecida, eu dou a ficha.

      Todos sabemos que a bruxa (minha colega) enfeitiçou a princesa e todos do castelo a dormirem durante 100 anos.

      Quando o príncipe apareceu, não teve coragem de beijar a boca da donzela, pois ela estava há 100 anos sem escovar os dentes e sem tomar banho. Uma catinga danada.

      O cara deu no pé, casou-se com a Cinderela e mandou derrubar o castelo da Bela fedida.

      Não sobrou nadica de nada.(rss)

      Fui

    • Ezio Jose:

      A ciência tem que provar algumas coisas, sim. Enquanto a ciência não faz isto, os espertalhões ficam abrindo igrejas em cada esquina, se dizendo dono da verdade e tomando dinheiro do povo idiota e ignorante. Iventam histórinhas mentirosas se fundamentos só para iludir os manés da vida.

  • Rone:

    Postei um comentario com argumento, fonte do argumento ( Biblia) Não ofendi ninguem mas não foi postado porque? Estou retirando o atalho de meu navegador do pc e celular…
    Será que quando se diz a verdade sobre estes assuntos não é postado??

    • Ezio Jose:

      Acredito que se o texto estiver dentro do assunto publicado, não tirariam, não.
      Acontece que quando publica um assunto no HypeSvcience que abre um pequeno campo para idéias religiosas, a coisa fica parecendo cultos evangélicos onde cada um pronuncia sílabas desconexas, coisas sem conteúdos, blablablás que até dá vergonha de saber que ainda existem humanos sem cérebros que sabe onde fica seus quadrados. Existem espaços para tudo e para todos, então, que procuremos nossa láia onde o vento pode soprar nossas velas.

  • Austregon:

    Em primeiro lugar há que se provar a existência de jesus,algo longe de ser feito…

  • José Vidal:

    Foi mesmo um OVNI, porque o relato bíblico (Mt 2:9) diz que a “estrela” parou indicando o local onde Jesus nasceu. Pelo que nos consta, estrela não para e muito menos outros corpos celestes.
    A Bíblia é repleta de ocorrências de veículos espaciais.
    Vide Ez 1.

    • Ezio Jose:

      Ou uma carruagem de fogo.

    • Magda Patalógica:

      Ou o Papai Noel montado no trenó, tendo à frente a rena Rudolf, que tem um farolete no nariz.

      Fui

  • Bruno:

    Com certeza uma nave espacial, não tem como um cometa guiar pessoas.

  • magoado:

    Sabemos que estrelas literais não andam na frente de pessoas ,e principalmente guiando-as….A bíblia diz, EIS QUE VIERAM
    UNS MAGOS DO ORIENTE A JERUSALÉM {Mateus 2:1}parte B
    …por que eles vieram??? por que viram a estrela,e não por que a estrela os guiou..!
    Então a luz [estrela] que guiou os reis magos até jesus depois que eles visitaram herodes ,não é a mesma que eles viram.
    Já que as intenções de herodes era de matar a jesus,alquém mais poderoso e astuto estava guiando e indicando o caminho para os magos….

  • dilton dima:

    A tal estrela era uma nave espacial. Eh, eh, eh

  • Ufotvonline:

    olá pessoal,

    A Estrela de Belém, pela descrição da movimentação dela podemos concluir com nosso conhecimento da tecnologia atual que foi que foi algo inteligente e talvez tripulado, como naquela época a população local não tinha este nosso conhecimento tecnologico, provavelmente este objeto veio de fora em outras palavras um UFO ou uma sonda extraterrestre.

    Agora teorias como alinhamentos de planetas, cometas, etc, são tb interressantes, mas não vejo ligação aparente pela epoca e como foi descrito.

    È apenas uma sugestão para pensar a respeito deste episódio como vários outros relatados na Biblia e em outros manuscritos antigos.

    atenciosamente,

    Ufotvonline – notícias de outro mundo.

    • Senhor Spock:

      Ufotvonline? Isso faz parte do grupo do Urandir, Bilu e companhia, certo? Lamento por ti…qualquer coisa ou opinião advinda desse grupo a que você pertence SEMPRE será suspeita, charlatã ou mentirosa! Saudações vulcanas!

  • Jose51:

    A fé é uma questão de fórum intimo,Acredito na versão de um UFO…Mas como disse é uma questão de fé, alguem esteve lá na epóca????

  • Cesar:

    A hipótese mais provável é que é só uma estorinha inventada para enfeitar a biografia de Jesus.

    • Jonatas:

      É que a historia precisa de impacto Cesar, já notou porque os livros de Paulo Coelho são tão vendidos? As pessoas gostam de “Magia”, de “coisas misticas”. Jesus pode ter existido como homem, que apresentou grandes idéias que tornariam o mundo melhor, mas alguem lembraria 2000 anos depois só disso? porisso precisou “andar sobre as aguas”, “ressussitar mortos”, “transformar água em vinho”, se bem que essa última bem que eu gostaria…

    • Jonatas:

      É que a historia precisa de impacto, senão ninguém acredita 2.000 anos depois.

  • Gilberto M.:

    Talvez (só talvez) não seja uma estrela, nem um cometa e nem um milagre. Talvez seja apenas um estilo literário, uma forma de escrever, muito comum há uns dois mil anos atrás naquela região do oriente médio. O primeiro autor dessa história talvez nem quisesse que as pessoas acreditassem literalmente em tal estrela incomum. Apenas talvez.

  • Paulo:

    Para mim foi uma nave alienígena. Já vi esse tipo de nave com a forma de uma bola de luz semelhante ao Sol. Tanto quanto sei, outras pessoas também viram algo semelhante, o fenómeno de Fátima é um bom exemplo, as pessoas confundiram a luz que viram a “bailar” com o Sol.
    Vejam, os Reis Magos seguiram a estrela até ao local onde nasceu Jesus, se fosse algum astro, eles não teriam como encontrar esse local.
    Quem puder entenda…

  • Denzel:

    Pelo que eu me lembre, foi o alinhamento entre Júpiter e Marte. E fez esse brilho forte

    • Espectro:

      Galera, temos uma testemunha ocular! OMG!!!

  • EltonPaes:

    Pode me chamar de cético ou o que for, mas pra mim, parece que foi um cometa, mas se me provar do contrário, porque hoje eu não vejo milagre algum, nunca vi, só ouço falar.

    • Lulu:

      Elton,
      Um cometa não passaria tão devagar, a ponto de poder ser seguido.
      A velocidade média de um cometa é de de cerca de 100.000 km/h.
      Ao menos que eles tenham seguido acompanhando a cauda, que deveria ser extremamente grande e visível… mas não sei, me parece pouco próvavel.
      Acredito na hipótese de ter sido um planeta, Vênus talvez, ou na conjunção.

  • Jonatas:

    Se pessoas quea acreditavam em “cobras e jumentas falantes” afirmaram que grande estrela brilhou no céu e guiou tres reis até um estabulo, eu não consideraria nenhum pouco gastar meu tempo científico procurando veracidade nisso.

    • Cesar:

      A religião inventou um crime absurdo: pensar e manifestar o que você pensa. Você não mata ninguém, não rouba nada, não estupra ninguém, não desvia dinheiro nem de governo, nem de particular, não pega nada do que não é teu, não engana ninguém para proveito próprio, não prejudica absolutamente ninguém de forma alguma. A única coisa que você faz, é pensar (pensar diferente é simplesmente pensar, parafraseando Millôr Fernandes) e dizer o que pensa. Só isto. E só por isto você já está condenado ao inferno na outra vida (e para sempre, sem perdão, redução de pena por bom comportamento, indulto de Natal ou qualquer outra coisa), e, em países teocráticos, pode ser levado a experimentar o inferno já nesta vida mesmo, com prisão, tortura e uma morte cruel (alguém tem alguma dúvida sobre a crueldade da decapitação, do enforcamento, do apedrejamento ou de qualquer outra forma de tomar aquilo que segundo os teocratas só a Deus pertenceria?)

      E falam em “fé raciocinada” ou “fé racional”. Como pode ser, se só de raciocinar já se comete um crime?

    • MariannaGoret:

      Perai que eu vou te corrigir. A “religião” como você disse, não faz isso. Os protestantes fazem. Ninguém é obrigado a nada, acredite no que quiser, mas depois não se arrependa.

    • Cesar:

      Em todas as religiões existe o crime de heresia. E pouca gente parece saber, mas nos primeiros séculos da Era Cristã houve uma perseguição tremenda aos chamados “pagãos” – pessoas com outras religiões. Templos foram destruídos, estátuas foram partidas em pedaços, e sacerdotes e crentes foram mortos. O suplício de Hipácia, uma das últimas bibliotecárias da famosa Biblioteca de Alexandria, é desta época.

      E não só de “pagãos”, qualquer um que tivesse um cristianismo diferente dos antigos “pais da igreja” também era perseguida. Logo depois do casamento de Igreja com Estado (o Imperador Romano torna o cristianismo a religião oficial, banindo todas as outras), os sacerdotes cristãos (católicos?) tinham efetivamente o poder de decretar pena de morte a quem fosse acusado de heresia. Quantas seitas cristãs foram perseguidas e mortas sem misericórdia alguma?

      Então, acho que não é coisa de “protestantes” não, já que esta perseguição precede a segunda cisma cristã em mil anos (a primeira cisma é entre católica romana e cristã ortodoxa).

    • Jonatas:

      muito bem colocado Cesar, ainda bem que con/se/gui ler antes dos 10 “nãogostei”s que tu vai receber do tra/pa/cei/ro de plan/tão “sabetudo”.

    • Lulu:

      Tiraram a opção de n ã o g o s t e i!

    • Jonatas:

      Ficou bem melhor sem a opção “não gostei”.

    • MariannaGoret:

      Você achou que ficou melhor? rsrs Vão ter que achar outra alternativa pra avacalhar agora… 😉

    • Ju:

      Eu me recuso a acreditar que em um site como este tenha pessoas com essa mentalidade, só pode ser alguém fazendo gracinha.

    • Jonatas:

      Tem, e tem gente num estado ainda pior, verá logo, nessa mesma reportagem.

  • AgoraQueSouRica:

    Eu prefiro a versao Biblica…quando a ciencia tenta explicar , a fé desaparece…

    • Ben:

      Que bom que tal ocorre. Se a humanidade se basea-se totalmente na fé estaríamos condenados. (Atentados terroristas sendo suportados, Igreja Católica e nazistas dizimando deficientes e judeus, cientistas e médicos sendo executados por heresia e bruxaria, etc.)

    • Gabriel.¿:

      que bom que você prefere ler a biblia tentando explicar a pedofilia e o genocidio (ironia)

    • SASTRE:

      Realmente é mais facil crer do que raciocinar.

    • Senhor Spock:

      Eu prefiro a versão lúcida! Quando a versão bíblica tenta explicar; o bom-senso e a Fé(com letra maiúscula) desaparece! Humpf!

  • Chuck Norris®:

    Acredito que tenha sido a explosão de uma supernova.
    ___

    Galera do Hypescience, cadê a matéria sobre a descoberta de dois planetas parecidos coma Terra?

    “Astrônomos encontram dois planetas do tamanho da Terra. Os astros orbitam estrela parecida com o Sol. Um deles pode ter uma atmosfera com vapor d’água.”

    Não ficaram sabendo? Estou aguardando.

  • junior:

    pra mim a mais fácil de engolir é a alinhamento dos planetas.

    mas fenômenos naturais ou não. (se de fato aconteceu)

    Num universo titanicamente gigante, um fenômeno natural raro e belo acontece, induzindo algumas pessoas a atravessar caminhos áridos e mortais, guiando os para uma região distante para um motivo muito misterioso e ainda por cima, batendo exatamente com o momento do nascimento da pessoa mais importante do mundo…

    pessoalmente, acho que só algo extremamente poderoso e inteligente poderia ter controlado isso.

    é impossível que seja uma coincidência de tantos fenômenos, eu acho.

    • Fernando:

      Falou tudo camarada!

    • Alpha:

      Finalmente um argumento coerente…

    • Marcos – DF:

      Olá Junior !
      Concordo com seu raciocínio !
      Abraços

Deixe seu comentário!