Acesso a internet vai quadruplicar até 2015

Por , em 12.06.2011

Acredite se quiser: a internet pode ficar ainda mais popular do que já é. Segundo um novo relatório, o tráfego global da internet deverá quadruplicar até 2015. Haverá cerca de 3 bilhões de usuários de internet em 2015, que é mais do que 40% da população mundial projetada.

Isso se deve principalmente ao crescimento de dispositivos habilitados com web, como smartphones e iPhones.

Em 2015, existirá mais de 15 bilhões de dispositivos conectados à internet, o dobro da população mundial. A previsão é de que cada pessoa na América do Norte possua uma média de 5,8 aparelhos. O Japão e a Europa Ocidental são os próximos, com 5,4 e 4,4 aparelhos para cada pessoa.

O tráfego de internet deve dobrar em determinadas áreas do mundo, incluindo o Oriente Médio e a África. A América Latina também crescerá em termos de rede, com um salto projetado de 48% de trânsito online e um número estimado de 2,1 aparelhos para cada pessoa.

Enquanto isso, a velocidade média de banda larga fixa deve aumentar quatro vezes, passando de 7 megabits (Mbps) por segundo em 2010 para 28 Mbps em 2015. A velocidade média de banda larga já duplicou no ano passado de 3,5 Mbps a 7 Mbps.

Quanto a vídeos, um milhão de minutos de vídeo (o equivalente a 674 dias) atingirão a internet a cada segundo.

As telas planas também devem saltar na produção mundial, crescendo 1.063% a partir de 2010. Outras áreas de crescimento incluem dispositivos tablets (750%), molduras de fotos digitais (600%) e e-readers (550%).[LiveScience]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

4 comentários

  • Falcone Big:

    A próxima guerra mundial será por causa de números IP’s e conexões. rss

  • Nato Soares:

    Realmente o Brasil acessa muito!

    Mais nos falta qualidade no acesso (Que também é muito caro!)

  • Rodrigo Paim:

    AHH, já está cheio demais, sobrecarregado demais, ainda mais aqui no Brasil onde a internet é um preço absurdo e lenta.

  • eduardo:

    Pois é… e aproveitando essa onda o governo podia diminuir os tributos dos computadores domésticos….
    Agora se fala muito de internet popular…. mas de q adianta isso se o cidadão q não chega a ganhar nenhum salário mínimo não tem como comprar um computador?
    Popularizem tb os hardwares……

Deixe seu comentário!