Agricultor chinês voa em avião caseiro. Não se molhou

Por , em 26.06.2008

Considerando que nos borramos aqui na edição só ao assistir este vídeo, é incrível que este agricultor chinês tenha mantido a calma ao voar nessa armadilha mortal pelo céu.

A câmera aponta apenas para sua virilha, mas devia apontar para o seu peito, que deve ser enorme (e seu cérebro, possivelmente minúsculo).

Parece que o homem construiu essa coisa à partir de peças (sujas para caramba) de aeronaves quebradas, o que conforma um equipamento que nós aqui não gostaríamos de estar pilotando a cem metros de altura. E você? [Fonte]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 3,63 de 5)

29 comentários

  • Fx Marondo:

    Homem sonhador.
    Ainda bem que conseguiu realizar o seu sonho.

  • Thonay Senna:

    Ele está voando de cavalo!? hehehe

  • Junior87:

    Antes de falar que o cara tem cérebro minúsculo, tente produzir uma obra como a dele. Se produzir um avião caseiro capaz de pousar em um curto espaço daquele sem se despedaçar é sinônimo de ter cérebro minúsculo, o autor do blog possuiria um nanocérebro.

  • Glaubson Antonio Torreiro:

    Com todo respeito, foco na “virilha”…, isso tá mais pra um indivíduo precisando de psicanálise freudiana. O objetivo da matéria é a aeronave, seu criador/operador (diga-se: “gênio”). A história aeronáutica é recheada de “loucos” e audácias de muitos criativos. E mesmo a tecnologia atual é derivada desses corajosos predecessores. A matéria não cita se o piloto em questão já havia feito algum outro tipo de vôo, mas dá pra perceber que o controle e conhecimento sobre o que tá fazendo parece óbvio. O que noto, no entanto, é o grau de vibração que o manche executa, dando a impressão que vai ser arrancado de sua base, e isso dá relativa inquietação. Mas mesmo a aviação dita “normal” voa cheia de gambiarras, maquiagens, jeitinhos e quebra-galhos, além de despreparos técnicos, científicos e doutrinários. O descumprimento e desrespeito de normas de segurança é muito mais comum do que se imagina. Daí o sensacionalismo que a mídia costuma exacerbar na ocorrência de algum acidente aeronáutico, pois se acredita em pessoas capacitadas e responsáveis para o exercício profissional – ou de lazer – seja no solo(apoio), ou no ar(operacionalidade). Lamentavelmente pondo em risco (ou dizimando) a vida de pessoas outras, instalações e equipamentos, nada a ver com a imprudência, irresponsabilidade e omissão gananciosa dos envolvidos com a aeronave em si. Costuma-se até mesmo a ouvir envolvidos usar a frase “Vamos ver no que vai dar”. Quem convive mais de perto sabe perfeitamente que não estou distorcendo fatos. Mas o girocóptero é uma aeronave fantástica e digna de investimentos, apreciação e multiplas utilidades. Segura, desde que operada com os previstos no seu envelope de vôo, e que proporciona prazer inquestionável. Dizer que o piloto do vídeo tem o “cérebro pequeno” – desculpem-me – é não ter sequer noção de neurologia, genialidade e grandiosidade. Assim não fosse, o nosso Alberto Santos Dumont não teria arremessado a humanidade no seu inesquecível vôo com o 14BIS. Digno o inventor do tal giro de apoio, incentivo e reconhecimento por todos que tem convivem com a aviação, qualquer que seja a modalidade.

  • Roger:

    Esse cara é 10, é o meu reflexo, eu sempre me viro para fazer as minhas coisas sozinho, conserto meu carro, minhas motos, não dependo de ninguém, o comentário ai do amigo com certeza foi infeliz, é esse tipo de gente ai que moldou o nosso mundo de hoje, como ex: o Santos Dumont, será que o homem voaria sem a existência dele???, ou do irmãos Wright?? o home tem que ser inteligente e ousado, “sair do casual”, “fazer a diferença”, em vez de criticar o próximo, vamos lutar para ser melhor a cada dia de nossa vidas!!!!

  • celso:

    sou piloto de girocoptero ou autogiro, esse aperelho voa muito bem e mesmo que o motor apague ele pousa com muita segurança em curto espaço, alguns comentarios foram infelizes, pois foram feitos por pessoas ignorantes ao assunto, afirmo que essa maquina é mais segura que qualquer asa fixa e ate mesmo que o helicoptero que precisa de ação mecanica para o funcionamento da rotação das pas, enquanto girocoptero precisa apenas da ação do vento que ele mesmo proporciona, ou seja o rotor é um paraquedas permanentemente aberto.

    • joao edson cardoso:

      Gostei muito do vídeo e tambem do posicionamento do celso,pois este chines conseguiu realizar o sonho que muitos gostariam mas não tem a coragem,com certeza enfrentou muitas dificuldades até alçar este vôo, reinterando, o girocóptero é o meio mais seguro de se voar, pois mesmo com pane no motor o aparelho pousará em segurança.

    • ademar conrado:

      bom dia, no video nao deu pra ver detalhes, mas ele utilizou de muita criatividade, igual um brasileiro no inicio do sec XIX. E o que falta atualmnete neste pais do que acha que inventou o futeborrrrrrrrrrr.

  • Rodrigo:

    Este equipamento está parecendo um girocóptero, um equipamento para vôos experimentais, é só olhar o movimento das hélices atrás.

  • Camundongo:

    CÉREBRO MINÚSCULO É DA PESSOA QUE ESCREVEU. QUANTA PEQUENEZ….

  • francisco:

    tambem achei o comentário do cerbero completamente estupido, é um homem mt intelugente com capacidades incríveis !!!

  • nelson:

    De fato e um chines meio loco mas adquirio algo que eli sonhava com aquilo;que conseg.muito corajoso desna de quando coloca,so a propia vida em risco,,,.

  • Luis:

    Não é por nada não galera, mas olha o fundo não parece se encaixar bem com o que está em 1º plano ( piloto + maquina )… o video é fake!

  • Manoel:

    Com a mão esquerda ele controla o passo da helice principal,e com a esquerda ele controla aceleração,subida descida e direção.esses girocopteros são fabricados em casa ou em pequenas fabricas.

  • Manoel:

    Amigo pelo que observei,isso ai é um girocoptero,uma especie de ultraleve com helicoptero,ele usa um rotor principal como asa,qdo o equipamento começa a pegar velocidade essa grande helice que fica sobre a cabeça dele pega velocidade suficiente para criar uma sustentação,podem perceber que ele tem um motor atraz dele com uma helice menor que é a que da o impulso para esse trambolho voar,realmente é um troço esquisito mas voa!
    Abraços

  • marcio estefano:

    o cara deu um banho gostaria de poder falar com ele para parabenizar e
    saber como que construo un destes para min
    um abraço

  • Takeshi:

    Será que algum corretor de seguro de vida se interessa por este mano? Qual seria o perfil dele huahua

    CORAGEMMM

    Imaginem Santos Dummont então heim

  • Athos:

    Viche que cara loco!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Daqui uns tempos ele esta fazendo uma Discovery da vida e indo para a ISS!

    Desejo sorte pra ele,ele vai precisar!

  • Rodrigo castro:

    Esse é macho!

  • fabiano fortunato:

    Como dizia um amigo meu…

    É Peito!!!! hshshsh

  • wilson roberto:

    não é um girocoptero pois não da para ver a helice na parte de traz, como decola em pista é algum tipo de avião. lembrando que o Domoisele era um pequeno avião misto de avião e ultra leve.

  • Dentista:

    Tambem achei que o comentario dele ter cerebro minusculo foi de pessimo gosto, o cara é muito inteligente e corajosso. Duvido que o pessoal da edição consiga fazer um aviaozinho de papel. Parabens chines.

  • Júpiter sobre Éfeso | HypeScience:

    […] modernos na Turquia. À esquerda está o templo dedicado ao imperador romano Adriano. O belíssimo céu noturno também incluía o arco do verão da Via Láctea. As luzes no horizonte são de Selçuk, […]

  • Milton Mourao:

    Montagem quase perfeita. Esqueceram de trepidar a câmara filmadora. Ficou estranho aquela geringonça quase se desmanchando sozinha de tanto vibrar e a tomada de cena firme como num laboratório.
    Mas valeu a intenção. Ficou legal todavia.

  • Fernando Zéca:

    Realmente foi muito perigoso, mas, o Chinês merece os parabéns pela coragem e ousadia.
    Não adianta se dizer que foi uma loucura, pois, grande parte das coisas na China funcionam na base do improviso mesmo.
    O pessoal lá não tem tempo nem grana para ficar lendo normas ou regulamentos.
    Com relação ao avião, não deu para perceber muito, mas, me pareceu que as asas e os controles ficam adiante do piloto, o que, de certo modo não deixa de ser um projeto moderno.
    Agora eu me indago: O que aquela corda estava segurando?

  • Daniel:

    Hummm…. e pra que o cinto de segurança? compensava mais colar a bunda na “cadeira” ja que pelo visto, o cinto é somente pra segurar ele no… hmm… “teco teco”.. =|

  • claudemir bento:

    Não acredito que o chines tenha cerebrro pequeno como diz a reportagem, o que ele tem na realidade inteligencia, confiança e coragem, pois do nada fez um avião, e confia naquilo que fez. Parabens a ele tá??????

  • admin:

    Olá, Ederson. Parece ser um tipo de ultra-leve. Quer ver um helicóptero minúsculo? Olhe em
    Menor helicóptero do mundo, assista

  • Ederson:

    Muito doido esse chinês! Mas foram doidos como ele que inventaram quase tudo que usamos hoje em dia.

    Parabéns pelo site, assino a newsletter há tempos, mas acho que ainda nunca tinha comentado.

    Agora uma pergunta: Essa engenhoca seria um helicóptero ou um avião?

Deixe seu comentário!