Alongar antes de correr não diminui risco de lesões

Por , em 28.06.2011

Segundo um novo estudo, não faz diferença se alongar antes de uma corrida, porque o alongamento não afeta o risco de lesões.

O autor do estudo, Daniel Pereles, diz que o assunto é muito controverso. Alguns insistem em afirmar que é necessário alongar, outros dizem que não, e, até agora, as pesquisas na área apenas extrapolaram resultados de ginastas, lutadores ou jogadores de futebol, mas não havia nada relacionado a corridas.

Daniel queria saber se o alongamento seria benéfico para corredores amadores, que gostam do exercício, mas não são atletas. Assim, ele conduziu um estudo com 2.729 voluntários recrutados online.

Todos tinham pelo menos 13 anos de idade e todos correram normalmente pelo menos 16 quilômetros por semana. Durante três meses, os corredores de um grupo alongaram quadríceps, coxa, tendões, de três a cinco minutos imediatamente antes de uma corrida. Outro grupo não alongou.

Os corredores mantiveram todos os outros aspectos de sua rotina, e relataram se tiveram quaisquer ferimentos, definidos como qualquer condição que os tenha impedido de correr por pelo menos uma semana.

As taxas de lesão foram 16% em ambos os grupos. Os fatores de risco mais significantes para lesões foram histórico de lesão crônica ou lesões recentes nos últimos quatro meses, e índice de massa corporal (IMC – uma medida da gordura corporal baseada na altura e peso).

As lesões mais comuns foram na virilha, no pé, no tornozelo e no joelho. Não houve diferença significativa nas taxas de lesões entre os corredores que se alongavam e os que não em qualquer local de lesão.

Além disso, os corredores que mudaram para ou abandonaram um regime de alongamento antes da corrida aumentaram o risco de se machucar.

Segundo os pesquisadores, os corredores que geralmente alongavam e foram atribuídos ao grupo sem alongamento tiveram um aumento de 40% no risco de lesões, enquanto os que não alongavam e foram randomizados para o grupo de alongamento aumentaram em 30% o risco de lesões.

Daniel Pereles não sabe como interpretar bem esse resultado. “Você se acostuma a sua rotina, e se você a altera, é mais provável que se machuque. E a taxa de lesão foi bastante alta no geral, uma em cada seis pessoas. Correr é um esporte muito difícil”, opina.[MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

9 comentários

  • valdinei:

    Prezados boa tarde!

    Fiquei alguns meses sem esticar as pernas e as mesmas ficaram rigidas, ( NÃO CONSIGO ESTICA-LAS ) A FISIOTERAPIA NÃO ESTA DANDO RESULTADOS. Sera que alguém pode me ajudar fornecendo o nome de algum medicamento ou formas de exercícios para uma evolução mais rápida?
    Desde já agradeço.
    E-MAIL valdineifaustino@bol.com.br

  • Danilo:

    Esse estudo é uma piada? Todos participantes do estudo tinham menos que 13 anos? Com essa idade lesões não são mais raras? Será que o alongamento em pessoas, por exemplo, acima dos 30 anos não faria uma diferença maior? Outra coisa… bela foto!!!!! rsrsrs

    • Lord Ford:

      “Todos tinham PELO MENOS 13 anos” leia o texto com atenção.
      Talvez a foto gerou um impacto grande sobre a sua pessoa causando um distúrbio de foco.

  • laender:

    Eu corro de vez em quando em locais gramados e retos. Não faço alongamento antes e nem depois. Corro até a exaustão e vou caminhar um pouco para desacelerar o coração e nunca tive lesão ou algo parecido. O importante é se sentir confortável com o exercício e o mesmo deve ser prazeroso, sem competição. Para mim funciona muito bem e me deixa feliz!

  • Pedro:

    galerinha , isso aki não eh site pornô . lol

    eu juro q alongar evitava lesões durante uma caminhada/corrida … essa pesquisa contradiz tudo oque eu já ouvi até hoje.

  • Evandro:

    (BELA FOTO!!!)

    Pratico sempre exercícios. E sempre alongo, todavia o alongamento tem que ser bem feito. E tem outros propósitos além de ‘evitar lesões’ que é o de dar elasticidade, flexibilidade, e meio que ‘desenferrujar’ os musculos e articulações.

    Um bom alongamento como parte de um bom aquecimento permite uma melhor circulação sanguinea e mobilidade dos tecidos; o que EVITA inflamações (lesão). Isto é algo extremamente óbvio. Além disso, permite um melhor rendimento e resistência nos exercícios, isso eu sempre observo quando capricho mais ou menos nos alongamentos e aquecimento.

    Todavia o que provoca as lesões? Basicamente é uma tecnica ou postura errada, que provoca pontos de tensões, ou movimentos e tensões inadequadas para determinada região. Para isso, sobretudo os iniciantes, precisam de um bom especialista (personal) para dar tais orientações. E por outro lado, também questões metabólicas como problemas circulares e respiratórios, no qual uma pessoa com baixa capacidade cardio-pulmonar, acaba enviando menos suprimento de oxigenio do que os tecidos precisam, causando inflamação também.

    E outro fator importante é a resistência, um musculo mais fortalecido, desenvolvido e acostumado a ‘exigencias’ e ‘ousadias’, irá inflamar menos, irá aguentar mais; do que para um pouco enfraquecido e pouco fluente no exercício é demasia para o músculo, certamente, ele irá ‘reclamar’ mais, lesionar, inflamar mais.

    Agora dizer que alongar antes de correr não diminui o risco de lesão não tem o menor cabimento; apesar que sua contribuição pode ser minima. É importante enfatizar que os beneficios do alongamento são outros; e também é importante frizar quais são as princiapis causas de lesões. Vista que boa parte para um corredor, a causa está na postura, respiração, passada e calçado.

    • Jéssica:

      Posso estar errada, mas eu entendi como que ele quisesse pegar pessoas que não praticam exercícios e saber se o alongamento, independente de se a pessoa é preparada ou não, é tão eficaz assim igual falam por ai.

  • vinicius:

    Confesso que li a matéria por causa da foto. =/

    • Lucas Miranda:

      somos 2 então!!!

Deixe seu comentário!