A estranha bolha que bagunça os anéis de Saturno

Por , em 21.06.2016

Algo está escondido nos anéis de Saturno.

Na segunda-feira, a NASA lançou uma nova imagem do planeta gigante que mostra uma ruptura em seu fino anel F exterior. Esta perturbação é provavelmente a obra de um objeto invisível incorporado no anel.

Os pesquisadores chamam estas características de “jatos”, e eles são uma visão bastante comum, de acordo com Preston Dyches, porta-voz do Jet Propulsion Laboratory da NASA em Pasadena, na Califórnia. A sonda Cassini da NASA visualizou centenas de jatos de anéis desde que começou a orbitar Saturno em 2004.

Os astrônomos acreditam que os jatos se formam devido à atração da lua de Saturno, Prometheus. Esta pequena lua em forma de batata esculpe o anel F ao fazer sua órbita ao redor do planeta. Mas a rota da lua não é perfeitamente circular, e sua força desigual pode criar aglomerados dentro do anel que, em seguida, são atirados para fora como jatos, diz Dyches.

No passado, os jatos fizeram os anéis se transformarem em estruturas trançadas, aglutinadas e onduladas. A última imagem que mostra uma ruptura no anel F foi tirada em 8 de abril, e as imagens mais recentes de 10 de junho revelam que a ferida “cicatrizou” de volta.

Enquanto os jatos podem não ser tão surpreendentes para os cientistas, fotos mais próximas deles estão prestes a se tornar ainda mais preciosas.

O fim da missão Cassini está certa no horizonte: a sonda está programada para encerrar as operações em 15 de setembro de 2017. No final de 2016, a sonda irá derivar alto no polo norte do planeta antes de mergulhar para a atmosfera, navegando entre o planeta e seus anéis mais internos.

Durante esta fase da missão Cassini, que os cientistas chamam de o “grand finale”, a sonda vai pegar amostras da atmosfera superior de Saturno e enviar de volta dados valiosos, antes de mergulhar para o seu destino final. [National Geographic]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (6 votos, média: 3,83 de 5)

Deixe seu comentário!