Arraia colossal é o maior peixe de água doce

Por , em 22.03.2015

Cientistas que trabalham no rio Mae Klong, na Tailândia, fizeram uma grande descoberta no início do mês: uma enorme arraia que eles acreditam ser uma forte concorrente ao posto de maior peixe de água doce já documentado por pesquisadores.

A arraia (Himantura polylepis ou H. chaophraya) tem 2,4 metros de largura e 4,3 metros de comprimento e pesa entre 318 e 363 kg. Nantarika Chansue, veterinária e professora da Universidade de Chulalongkorn, em Bangcoc, ajudou a capturar e medir o animal, que ela chama de “Grandona”.

Ela foi capturada e liberada a uma profundidade de 20 metros no Distrito Amphawa, que fica a cerca de uma hora de Bangcoc.

A equipe foi incapaz de obter um peso exato, porque “é muito difícil pesá-los sem feri-los, porque são animais grandes e desastrados”, explica Zeb Hogan, professor de biologia da Universidade de Nevada, Reno, nos Estados Unidos. “Certamente [este] era um peixe enorme, mesmo em comparação com outras arraias gigantes de água doce, e definitivamente está entre os maiores do mundo”.

Figurinha repetida

Hogan tem uma conexão com esta arraia em especial: o mesmo animal foi capturado e marcado em 2009, no âmbito de um programa que ele executa ao lado de Nantarika.

A pesquisadora realizou um ultrassom no bicho enquanto ele era mantido em uma gaiola no rio, revelando que a arraia estava grávida de dois filhotes. Os registros mostram que ela também estava grávida quando foi pega seis anos atrás. “Isso indica que ela foi encontrada em uma área que é provavelmente um viveiro”, diz Hogan.

Em 2009, a arraia media 2 metros de diâmetro e 4,58 metros de comprimento. “Sua cauda pode ter sido encurtada por algum acidente”, diz Nantarika. Ela também tinha marcas de mordidas que podem ter vindo de um arraia macho.

Ao saber quanto tempo havia se passado desde a última análise, os cientistas agora conseguem entender melhor o quão rápido estes animais podem crescer. Como a maioria dos peixes, eles continuam crescendo enquanto vivem e conseguem encontrar comida suficiente. Arraias gigantes vivem à base de peixes, camarões, mexilhões, mariscos e tudo aquilo que acharem no fundo da água. Os cientistas não sabem por quanto tempo elas podem viver, mas Nantarika estima que a Grandona tenha entre 35 e 40 anos de idade, com base no seu tamanho.

Captura recorde?

Hogan mantém o controle dos registros de tamanho dos peixes de água doce por meio de seu Megafish Project, que estuda o maior peixe de água doce do mundo, e diz que o recorde anterior de peso foi estimado em 314 kg com um peixe gato gigante. A maior raia de água doce já medida tem cerca de 180 kg. Relatos não confirmados sugerem que estes bichos podem atingir de 500 a 600 quilos.

O Guinness Book of World Records lista este peixe gato gigante, que também vive na Tailândia, como o “maior peixe de água doce do mundo”, pesando até 300 kg. A edição de 2015 do livro coloca a “maior arraia de água salgada” em uma categoria separada dos peixes ósseos, apesar de elas serem tecnicamente um tipo de peixe. Anthony Yodice, um porta-voz do Guinness World Records na América do Norte, disse que a organização não quer comentar se esta captura constitui um novo recorde até que um pedido formal tenha sido apresentado e analisado.

A “Grandona” foi a sétima arraia recapturada ao longo dos dez anos do Megafish Project.

arraia maior peixe agua doce2

Cadastro completo

Os animais são difíceis de encontrar, por isso, os cientistas trabalham com parceiros como a empresa Fishsiam, que oferece passeios guiados de pesca de captura e libertação para os turistas, que capturou a arraia enorme no início de março.

Os guias da Fishsiam medem os animais que são capturados e anexam tags e microchips, que Nantarika e Hogan usam para controlar as taxas e movimentos de crescimento. A empresa utiliza redes e gaiolas especiais para manter os animais na água e reduzir o stress enquanto eles estão sendo estudados. A captura foi filmada para um programa de TV dos Estados Unidos.

A raia de água doce gigante tem o ferrão mais longo do que qualquer espécie de raia, chegando a alcançar 40 centímetros, e carrega um poderoso veneno. O animal usa este ferrão para a defesa e ele pode ser letal, mas as lesões a pessoas são muito raras.

Espécie ameaçada

Arraias de água doce gigantes estão listadas como ameaçadas de extinção pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) e esse registro se deve, em parte, ao trabalho de Hogan e Nantarika. “Estas arraias estão diminuindo rapidamente, pois não há uma lei nacional para protegê-las”, explica Nantarika.

Outros grandes peixes da região, incluindo o peixe gato gigante, correm ainda mais risco, porque são mais fáceis para os pescadores pegarem – raias de água doce são tão grandes e fortes que quebram equipamentos de pesca que não são projetados especialmente para pegá-las. E uma vez que não são um alimento popular, não há muita pressão da pesca comercial.

No entanto, as raias são ameaçadas pela poluição, derrames de petróleo e barragens, que fragmentam seu habitat.

O fato do enorme exemplar encontrado este mês estar grávida de novo é uma boa notícia para a espécie e prova que os animais podem sobreviver ao processo de captura e libertação. [National Geographic]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 1,50 de 5)

Deixe seu comentário!