Vacinas: cada US$1 gasto retorna US$44 para a sociedade

Por , em 11.02.2016

Que vacinas são vantajosas, a gente já sabe desde o século XVIII, quando a imunização contra a varíola foi desenvolvida por Edward Jenner. Mas agora um estudo quantificou exatamente qual é o tamanho dessa vantagem, em termos de dinheiro.

A pesquisa foi feita em países de baixa e média renda, e constatou que ao examinar apenas os gastos diretos com o atendimento ao paciente, a economia foi de impressionantes US$16 para cada US$1 investido inicialmente.

Os resultados são ainda melhores, porém, quando os benefícios sociais indiretos também são analisados, chegando ao retorno de US$44 por dólar investido. Nesse quesito, foram observados itens como maior expectativa de vida, melhor saúde durante a vida, além da redução de gastos do governo com tratamentos. Esse dinheiro economizado pode então ser aplicado em outros programas sociais que também trazem vantagens para a população.

Década das vacinas

Foi estimado que entre os anos de 2011 e 2020, a chamada “década da vacina”, programas de imunização de 94 países de baixa renda vão custar US$34 milhões. O dinheiro economizado ao prevenir as doenças deve ser de US$586 bilhões, enquanto a economia geral pode chegar a US$1,53 trilhões.

O impressionante resultado foi alcançado ao analisar apenas 10 tipos de vacina, que incluem febre amarela, hepatite B, HPV e sarampo. Isso claramente indica que vacinas são um ótimo investimento para a saúde pública. “Governos e doadores devem continuar o investimento na expansão do acesso às vacinas”, declarou o principal autor da pesquisa, Sachiko Ozawa. [IFL Science]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,50 de 5)

1 comentário

  • Cesar Grossmann:

    E ainda assim tem gente afirmando que as vacinas são uma invenção da “Big Farma” para enriquecer…

Deixe seu comentário!