Chocolate emagrece? Descubra como ele pode ajudar!

Por , em 15.10.2013

Parece que as pessoas que vivem fazendo dieta entenderam tudo errado: chocolate emagrece, na verdade. E parar de comer chocolate pode fazer com que você engorde em vez de perder peso, de acordo com uma pesquisa. O estudo descobriu que 86% das pessoas que tentavam emagrecer, mas continuavam comendo alguma guloseima, como o chocolate, perderam peso com sucesso. Dentre as 2.100 pessoas que participaram da pesquisa, as que perderam mais peso (91% dos casos) contou que permaneceu comendo a mesma quantidade de chocolate que normalmente comia antes de se submeter à dieta de perda de peso.

Então chocolate emagrece?

A cientista de nutrição Janet Aylott liderou a pesquisa, que foi publicada na segunda-feira, 14 de outubro. “O extensivo trabalho provou que as dietas centradas em torno da eliminação de alimentos são muito mais propensas a falhar. O segredo é ter uma abordagem mais relaxada e comer um pouco do que você gosta”, aconselha. Estudos anteriores já haviam mostrado que pessoas que fazem dieta e eliminam completamente guloseimas como chocolate, vinho e biscoitos têm, muitas vezes, mais probabilidade de engordar porque, mesmo que inconscientemente, acabam “compensando” ao comer em excesso outros alimentos. Um estudo chegou a mostrar que 65% das pessoas que deixam de comer doces e outras comidas menos saudáveis na realidade acabam ganhando peso em vez de perdê-lo.

E, se você é um chocólatra e já havia gostado da novidade sobre a dieta, há mais uma boa notícia: uma pesquisa separada também indicou que comer chocolate pode ajudar as pessoas a viver mais tempo. A equipe da Universidade de Harvard, Estados Unidos, estudou 8 mil homens durante 65 anos e descobriu que aqueles que comiam quantidades modestas de chocolate até três vezes por mês viveram quase um ano a mais do que aqueles que não tinham o costume de consumir o alimento. Os pesquisadores concluíram que a sobrevida se deu devido ao fato de o cacau conter antioxidantes chamados de polifenóis – os mesmos encontrados no vinho tinto –, que impedem a oxidação do mau colesterol. Os antioxidantes também são conhecidos por proteger o organismo contra o câncer.

A britânica Leisa Mallalieu, de 27 anos, comenta que ela havia se recusado a cortar seus alimentos favoritos ao começar uma dieta. “Eu amo chocolate. Eu ainda costumo comer pelo menos um pedacinho na maioria dos dias”. “Eu não como na mesma quantidade com a qual eu estava acostumada antes da dieta, mas acredito que valorizo muito mais a quantidade que eu posso comer agora do que antes de eu perder peso. É muito fácil incluir alguns quadradinhos de chocolate em barra no meu cardápio diário”, completa. [Daily Mail]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • Mauricio Garcia:

    Bom artigo. O problema no final das contas sempre é o exagero e a compulsão. Um controle de porções adequado, como recomendado neste artigo: comeceaemagrecer.com.br/emagreca-controlar-porcoes/ , também é muito importante.

    Particularmente eu faço um cheat day todo sábado, onde posso comer de tudo. Isso é o suficiente para controlar quaisquer eventuais compulsões.

  • Rodrigo Luís Botecchia Galera:

    Adorei saber disso. Meu apelido é “formigão” justamente por adorar doces e principalmente, chocolate!

    • HFC:

      Só vá com calma. Coma chocolate mas coma pouco, não se prive do prazer, prive-se da quantidade excessiva.

Deixe seu comentário!