Chove lixo espacial em uma aldeia na China

Por , em 5.10.2010

Habitantes de dois pequenos vilarejos separados, em Jiangxi (China), acordaram na última madrugada ouvindo um estranho barulho de algo metálico se chocando contra o chão. Era um pedaço de uma sonda lunar chinesa, Chang’e 2, que havia caído entre as casas. A sonda, lançada no dia 1º de outubro, largou algumas na atmosfera de suas partes dispensáveis na rota até a Lua, e duas delas quase provocaram uma tragédia.

As autoridades chinesas limitaram-se a um pedido de desculpas formal, apresentado ontem às comunidades: “desculpem por termos quase bombardeado sua vila com pedaços de um foguete usado”. Por sorte, nenhum dos dois pedaços atingiu uma casa ou propriedade, e ninguém sofreu nada além de um susto.

A tal sonda, a Chang’e 2, deve chegar à Lua amanhã. O projeto custou aos cofres chineses cerca de 138 milhões de dólares (o que equivale atualmente a 232 milhões de reais), e é uma medida dos chineses na chamada “Corrida Espacial Asiática”, cujo principal adversário é a Índia. A Chang’e 2 vai passar os próximos seis meses monitorando nosso satélite natural. [PopSci]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

18 comentários

  • joyce:

    carambaaaaaaaaaaaaa que mentiraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • janaína:

    é mentiraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • brenda:

    LIEL PIRES RIBEIRO vc é louco naum pode pensar quantas vidas podem estar em risco se algum desses cair em cima de casas claro q tbm foi um erro gravisimo q so pediram “desculpas” o mundo ta perdido mesmo!!! ;$

  • jacinto fernandes:

    e dizem que só agua que cai do cêu ,que medinho

  • ELISEU MARCIO KOCH:

    DEUS CUIDA DE MIM….

  • ELISEU MARCIO KOCH:

    REALMENTE ESTA CHEGANDO FIM DOS TEMPOS .
    ANTES NOS PREOCUPAVAMOS COM LIXO NAS CALÇADAS,COM TERRENO BALDIO MAU CUIDADO .HOJE EM DIA TEREMOS QUE COMEÇAR OLHAR PARA CÉU COM MAIS ATENÇÃO PARA NÃO NOS SURPREENDERMOS COM PEDAÇOS DE FOGUETES ESPACIAIS ESTE É PROGRESSO !!!!

  • Cesar:

    Aristides Neto, e qual a velocidade que você acha que as peças do Chang’e II chegaram na atmosfera? Além do mais, a diferença da atração gravitacional não é tão grande do ponto em que as peças foram soltas até o nível do solo. E tem mais, as peças são extremamente leves e tem uma área muito grande, o que significa que o arrasto atmosférico era muito grande, e a redução de velocidade, bem significativa.

    Asteróides e meteoritos, por outro lado, são bem densos e tem pouca superfície em relação à sua massa. O arrasto atmosférico é pequeno, e a diminuição de velocidade por causa dele é bem pouca. Não dá para comparar os dois, é como dizer que uma folha de papel tem que cair com a mesma velocidade, quer esteja aberta, quer esteja amassada em uma bola.

  • joao Paulo:

    _Espero que desgraças maiores não tiram vidas humanas em nome da ciencia, porque de acordo com relatos muitos lixos espaciais orbitam a terra, por quanto tempo permaneceram lá?

  • Aristides Neto:

    Ninja, a aceleração que está envolvida na queda é a aceleração gravitacional e ela é crescente à medida que se aproxima do solo. Talvez você quisesse dizer, velocidade, certo? Ainda assim, seria bastante alta. Nenhuma possibilidade de atingir o solo com pouca velocidade. Essa estrutura viria rodando, o que reduziria a sua resistência com o ar. Ela não tem um perfil que possibilite a queda sugerida por você.
    E o mais importante disso tudo. Essa estrutura não chegaria até a superfície do planeta. Estaria derretida antes disso.
    Observem a tinta da peça. Umas bolhas indicando calor. Ninja, faça uma pesquisa sobre os asteróides e restos espaciais que entram na atmosfera terrestre. Faça alguns cálculos e veja a temperatura que atinge uma peça na reentrada. Compare com a temperatura de fusão dos metais. Considere os mais resistentes.
    Essa peça se parece mais com uma carenagem de avião que se soltou e foi queimada pelos gases quentes da turbina.
    Isso, se não for alguma cobertura qualquer ou coisa parecida.
    Lixo espacial? Em nenhuma circunstância.

  • ninja:

    Ela pode ter atingido o solo sem muita aceleração devido a sua grande superfície, como se fosse uma grande folha ou um paraquedas.

  • Aristides Neto:

    Isso é uma tremenda mentira. Acham que uma peças desse tamanho chegaria inteira ao solo? E que depois de se chocar ela estaria só com um pequeno amassado na ponta?
    Para com isso. Publiquem somente coisas sérias.

  • Erico:

    Ainda bem q ate agora nao caiu em cima de nehuma casa ou cabeça de alguem,tomara que continue assim,afinal dos males o menor,Salve Deus.

  • Troll Bombardier:

    Bem que dizem que tudo que é da China é mal feito.

  • Genivaldo:

    Olá amigos! É muito interessante que o homem suja e polui a superficie do planeta e mais o próprio espaço criando um perigo iminente vindo do espaço para os que moram na superficie.

  • Lucas Rudiero:

    Esses chineses…

  • Rose Marx:

    Parece que governo é tudo igual mundo afora, imagine, pedir apenas ‘desculpas’, PIADA né?

  • Allan:

    Nossa, se até isso já está caindo do céu, imagina o que mais pode cair!
    Temos que ficar em alerta porque pode matar muita gente.

  • Liel Pires Ribeiro:

    Queria que chovesse aqui em casa também 🙂

Deixe seu comentário!