Cientista brasileira descobre verdade por trás da “Cidade dos gêmeos”

Por , em 29.03.2011

O pequeno município de Cândido Godói (pouco mais de 6 mil habitantes), no noroeste do Rio Grande do Sul, tem a notoriedade de possuir uma taxa de gêmeos por nascimento muito superior à média. A incidência de univitelinos na cidade é cerca de 1,8%. Em dos bairros, a vila de São Pedro, foi registrado o incrível índice de um par de gêmeos para cada dez nascimentos!

Diante dessa situação, que é verificada na cidade há mais de oitenta anos, algumas teorias foram levantadas. Mas uma cientista gaúcha, Úrsula Matte, parece ter chegado a uma certeza: o motivo é mesmo genético.

Apesar de não parecer uma conclusão surpreendente, esta teoria não era considerada pelos estudiosos antes da geneticista.  A suposição mais recorrente estava ligada à passagem do famoso médico nazista Josef Mengele pela cidade. Durante a Segunda Guerra Mundial, Mengele trabalhou como médico no campo de concentração de Auschwitz.

Existem histórias horríveis sobre os experimentos de Mengele: conta-se que injetava corante em olhos de crianças para mudar a cor, emendava veias de gêmeos para tentar criar siameses e deixava prisioneiros sob frio ou pressão extremos para testar sua resistência.

Com o fim da Guerra, Mengele escapou do julgamento e fugiu para a Argentina. Passou um tempo lá, morou no Paraguai e depois começou a rodar por cidades brasileiras. Um dos lugares em que se escondeu foi Cândido Godói. Devido à maioria de descendentes de alemães, era um bom disfarce para o ex-médico alemão. Acreditava-se que ele pudesse ter realizado novos testes científicos com habitantes da pequena cidade gaúcha, mas na realidade não há nenhuma evidência de que Mengele tenha feito experimentos depois do final da Guerra.

Além desta suposição, havia uma outra menos corrente, mas igualmente sem comprovação. Pensava-se que o alto número de gêmeos estivesse relacionado a um componente mineral na água que abastece Cândido Godói, mas essa ideia também foi rechaçada.

A geneticista Úrsula Matte resolveu tirar essa questão a limpo. Para o seu estudo, foi até a vila de São Pedro, que apresenta a fantástica taxa de 10% de gêmeos entre os recém-nascidos. Com população de aproximadamente 350 pessoas, são cerca de 80 famílias vivendo no bairro. A geneticista coletou amostras de 30 dessas famílias, analisando os genes de cada uma.

A observação aconteceu em seis diferentes genes das mães da vila de São Pedro. Um dos genes teve incidência na maioria das mães de gêmeos e em nenhuma das que tiveram filhos não-gêmeos. Este gene, que segue sendo analisado, parece ser a chave do enigma. Aparentemente, o gene carrega uma predisposição à maternidade de gêmeos. [NYTimes]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 4,33 de 5)

21 comentários

  • Raquel Athayde:

    Que é predisposição da genética, todos já sabiam. Mas, valeu a leitura! Parabéns pelo trabalho. A fotografia é composta por pessoas muito bonitas e a história é muito interessante.

  • Antonio Junior:

    Falta baianos nessa cidade..

  • Djessi Matte:

    bah… ja estive lá… a cientista é minha parente..
    A Festa de tradição de minha família e lá perto, a cidade tem um único hotel, um único posto e um único restaurante… A galera não tem muito o que fazer a não ser ficar tentando fazer gêmeos…

    • Paulo:

      Não inventa história criatura… a cidade tem sim.. um único hotel… contudo tem dois postos de gasolina, dois a tres restaurantes, uma escola estadual, dois ginásios de esportes, um CTG (CTG Sentinela da Coxilha)… enfim… é uma cidade pequena com certeza. Porém, dona(o) Matte… não inventa o que non exciste!! ahuahauhaua minha família mora lá… todos trabalham bastante e não ficam fazendo combinações pra ter filhos gêmeos… kkkk simplesmente acontece.

  • gloria:

    Descobriu o óbvio,bela explicação!Isso todo mundo sabe q é predisposição genética. mas e aí como se explica essa predisposição?Tem q haver algo mais q isso!Se fosse assim uma mulher cega de nascença teria filhos cegos , e ñ é assim ,os filhos nascem perfeitos sem cegueira.Uma deficiente cadeirante teria filhos tbm deficientes,a cientista ñ descobriu nada de novo.

    • Renato Kern:

      É exatamente o que o texto explica, foi isolado o gene que atua nesta predisposição. Animais cegos que habitam cavernas onde a luz não penetra tem descendentes cegos. Neste caso um gene ocasionou esta mutação genética.

  • juliana:

    se um dia eu for mamy quero ter gemeos

  • Mario:

    o que tem a ver o assunto do paulo com o assunto da matéria.

  • Mario:

    não basta falar que o motivo está no gene tem que saber como eles adquiriram essa condição.

  • Holiday:

    Cientista brasileira descobre verdade por trás da “Cidade dos gêmeos”

    ????
    trágico!!! bom …q é genético… é claro! pois é justamente a genética que estabelece esses padrões, se foi Mengele que fez algum experimento ??? não sei, mas é estranho.
    Agora… bizarro é o comentário da Mariane

  • Ana R.:

    Se fosse por causa de algum mineral eu ia correndo para lá quando resolvesse engravidar, sou louca para ter gêmeos loirinhos e lindos que nem os da foto (eu também tenho descendência germanica)

    Pena que eu não tenho nenhum caso na família.

    • Jonata:

      Então vai lá! Levarás o ”vírus dos gêmeos” contigo hehe

  • Paulo:

    Obs.: cabe correção no meu comentário, linha 3, o correto seria: “República Federativa do Brasil”.

    Poderiam disponibilizar um edit nesses comentários. 😛

  • Paulo:

    Cara Mariane,

    Conforme a matéria o município de Cândido Godói localiza-se a noroeste do estaddo do Rio Grande do Sul, aproximadamente a 32 km de distância da cidade de Santa Rosa. Por sua vez, Rio Grande do Sul é um estado da República Federatica do Brasil (simplesmente Brasil, se preferir), portanto não em New York (EUA). E sim, as pessoas neste local são todas “branquinhas” devido à sua decendência germânica, italiana e polonesa. É uma cidade que tem sua economia baseada na agricultura e pequeno comércio.

  • MARIANE’:

    INCRIVEO’ NUNCA TINHA VISTO UMA COISA DESSA ‘SÓ NA NET MESMOO ‘
    ADOREI ESSA FOTO MAIS TEM PAIS QUE TA AI NA FOTO QUE TEM NADA AA VER ‘ MAIS MESMO DESSE JEITO A FOTO É LEGAL ‘ MAIS ESSAS MÃES TEM O QUE QUE TEM AA MAIORIA DAS VEZES GEMEOS ‘ EU NN ENTENDOO ISSO ‘DE JEITOO MANEIRA ‘ MAIS ESSA CIDADE É AONDE ? EM NOVA YORK’ SÓ PODE SER TUDO BRANCO PARECENDOOO ‘ AMERICANOS ‘NN SEI PODE SER É PHOTO SCAPE’ MAIS EU ACHO QUE É VERDADE ‘ MAIS É MUITO ENGRAÇADA ‘ MAIS ESSAS MÃES TA DE PARABENS POR TER FILHOS ENCRIVEIS ‘ EU AINDA NN SOU MÃE ‘MAIS EU TENHO CERTEZA QUE ESSA MÃE PENARAM PARA TER ESSES LINDOS BEBES ‘BOM ‘GALERA EU ACHO QUE VCS TENHA GOSTADOO ‘ DO MEU COMENTARIO ‘

  • Ícaro:

    lembrei de um filme da Nova Zelândia que tinha um alienígena que o povo dele era todo composto de gêmeos

  • Ladislau Neto:

    Ainda sim, muita coincidência o tal cientista ter passado lá, hein!

    • Djessi Matte:

      Ela mora lá meu anjo…

  • Paulo:

    Obs.: A vila São Pedro não é um bairro e sim uma comunidade interiorana do município.

  • António Toscano:

    Família maravilha.

  • Antonio Luiz GARCia:

    Engraçado na minha familia minha mãe teve dois casal de gemeos
    e somos em Oito irmao quatro não gemeos e não houve filhos gemeos posterior , este fato foi muito marcante em nossa familia , a proposito a sequencia foi 1m,1m,1m,(gemeos mxf)1f(gemeosmxf) e os dois ultimos gemeos são filhos de outro pai ,consequentemente meio irmãos dos outros 6

Deixe seu comentário!