Como deixar o seu gato mais feliz e saudável

Por , em 3.09.2016

Hoje em dia, é comum que as pessoas tenham gatos e não os deixem sair de casa. No entanto, como esses animais são predadores naturais apenas semidomesticados, isso pode levar a alguns problemas comportamentais e de saúde.

De acordo com uma nova pesquisa da Universidade da Califórnia em Berkeley (EUA), enigmas que os felinos precisam “resolver” para conseguir seu alimento são eficazes em acabar com muitos destes problemas.

Ralando para comer

Os gatos domésticos não estão muito distantes dos seus antepassados evolutivos, os gatos selvagens africanos, o que torna a vida entre quatro paredes um sério desafio.

A enclausura dos felinos tem sido associada a uma variedade de problemas de saúde, incluindo questões crônicas do trato urinário, obesidade, diabetes e comportamentos problemáticos, como agressão e busca de atenção.

No novo estudo, publicado no Journal of Feline Medicine and Surgery, os pesquisadores mostraram os benefícios de quebra-cabeças desenhados para forçar os gatos a “ralar” para conseguir sua comida.

Esses enigmas se aproveitam do instinto de caça felino, agindo como “substitutos” para esses desejos enraizados. Ao suar para poder comer, os gatos ficam fisicamente mais ativos, experimentam redução dos níveis de estresse e se tornam menos exigentes em relação à atenção que pedem de seus proprietários.

Casos de sucesso

Os pesquisadores descreveram mais de 30 casos nos quais os enigmas ajudaram com a saúde ou comportamento de um gato. Em um exemplo, um gato obeso perdeu 20% do seu peso corporal dentro de um ano de implementação do quebra-cabeça.

Outro gato de três anos de idade diminuiu sua agressividade e frustração no prazo de seis meses, e um gato de dois anos de idade que costumava ter medo das pessoas melhorou muito seu comportamento após a introdução de ambos quebra-cabeças móveis e estacionários.

Faça o seu

Vários quebra-cabeças alimentares para gatos já estão disponíveis no mercado. Alguns exigem que os animais empurrem ou rolem um dispositivo móvel com seu nariz, enquanto outros são estacionários e pedem que os gatos naveguem por suas seções.

Segundo os cientistas, estes enigmas podem ser facilmente feitos em casa, por exemplo, criando buracos em caixas de papelão ou garrafas de água.

Os autores do estudo ressaltam que os gatos têm suas próprias preferências individuais quando se trata de quebra-cabeças alimentares, por isso é importante fazer testes até determinar o caminho certo. O objetivo final é fornecer vários tipos de enigmas para mantê-los envolvidos.

No começo, os gatos podem ter dificuldade em obter a comida, de modo que os pesquisadores sugerem colocar bastante alimento. Conforme eles se tornam mais proficientes, a quantidade pode ser diminuída.

Em casas com mais de um gato, é melhor que cada um tenha seu próprio brinquedo. Se houver cães por perto, pode ser uma boa ideia mantê-los longe dos enigmas. [Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votos, média: 4,80 de 5)

Deixe seu comentário!