Incrível: fotos mostram o que acontece quando leoas se deparam com filhote de babuíno

Por , em 8.04.2014

Caros amigos, lhes garanto: essa história vai ser a mais fofa e emocionante que vocês vão ler hoje.

Durante uma viagem para um safári fotográfico no norte de Botsuana, um casal presenciou uma cena dramática envolvendo um grupo de babuínos fugindo de um bando de leões. O que aconteceu em seguida, no entanto, foi completamente inesperado – e mostrou a ternura que até mesmo o mais feroz dos animais é capaz de exibir.

Em novembro de 2012, os fotógrafos Evan Schiller e Lisa Holzwarth passaram quatro dias na Reserva de Selinda e, em um desses dias, cruzaram com um grupo de 30 a 40 babuínos fazendo muito barulho.

Logo, os animais se esconderam em uma “ilha” de árvores, a uma distância segura do leopardo que vinha atrás. Mas essa não era a história toda – o guia do casal, Isaac, rapidamente os avisou que o grupo estava soando o alarme de predadores, de forma que perigo ainda se aproximava.

Não demorou muito, duas leoas saíram do mato alto e correram até os babuínos nas árvores, apenas para ser seguidas por mais duas leoas.

“Entre os babuínos gritando e as leoas se comunicando com profundos rugidos guturais, era uma cena louca”, disseram Evan e Lisa. “Os babuínos estavam a salvo nas árvores, mas preocupados com os leões arranhando os troncos”.

Com toda a confusão, eles suspeitaram que alguém ia perder a calma e tentar correr – e foi exatamente isso o que aconteceu.

Três babuínos se concentraram em um outro conjunto de árvores algumas centenas de metros de distância. Dois chegaram inteiros, mas um terceiro foi agarrado por uma leoa enquanto tentava escalar a árvore.

“Conforme o terceiro babuíno agonizava no chão, notamos um pequeno bebê – menos de um mês de idade – lentamente se desengatando do corpo de sua mãe moribunda”, conta o casal.

Apesar de sua pouca idade, o instinto falou maior e o bebê imediatamente tentou encontrar segurança em uma árvore. Infelizmente, ele não sabia como fazer isso rapidamente ou silenciosamente.

Lioness and baby baboon

Foi neste ponto que as leoas o notaram.

Lioness and baby baboon

“Elas ficaram intrigadas, mas não foram para matá-lo, o que teria levado menos de um nano segundo, se quisessem”, afirmaram.

O bebê pulava para cima e para baixo, gritando e batendo no nariz da leoa. Ela tentava pegá-lo suavemente, cada vez que ele parecia fazer um pouco de progresso em sua tentativa de fuga.

Lioness and baby baboon

“A leoa então carregou o bebê em sua boca e o colocou no chão na frente dela”, Evan e Lisa explicaram. “O que aconteceu em seguida nos surpreendeu – o bebê, em um outro momento instintivo, segurou o peito da leoa e tentou sugá-lo”.

Lioness and baby baboon Lioness and baby baboon

Durante todo esse tempo, o líder do grupo dos babuínos subia e descia da sua árvore, chamando em voz alta e fazendo o que podia para distrair as leoas. As grandes felinas estavam sendo gentis com o bebê, mas ele já estava começando a mostrar sinais de dano físico e fadiga.

Lioness and baby baboon

De repente, dois leões machos se aproximaram. Os fotógrafos não sabem se eles estavam curiosos por causa do bebê, mas suspeitam que eles queriam apenas “dar uma olhada” nas fêmeas. As leoas deixaram bem claro que não estavam interessadas.

Back off Jack!

Com as leoas ocupadas tentando afastar os avanços amorosos dos leões, um grande babuíno macho que havia tentado sem sucesso resgatar o bebê, foi capaz de descer da árvore, pegar o filhote e voltar em segurança. Infelizmente, ele escolheu uma árvore morta e logo sentiu o calor do sol.

9

O casal ficou tocado pela maneira delicada como o babuíno estava cuidando do bebê. No entanto, o animalzinho estava cansado e eles tiveram a impressão de que tinha sucumbido. Se fosse esse o caso, Isaac, o guia, disse que o pai provavelmente ainda ficaria com o filhote por alguns dias, antes de finalmente aceitar que ele partiu.

Eventualmente, o babuíno pai fez uma escolha. “Segurando o bebê em todos os tipos de posições contorcidas, ele tentou várias vezes descer da árvore, testando o interesse das leoas a cada investida. Finalmente, a combinação de ousadia e coragem e o próprio desejo das leoas de se esconder em uma sombra lhe permitiu encontrar segurança e um pouco de paz em uma árvore vizinha”, contam Evan e Lisa.

To the rescue

Então, o que aconteceu com o bebê?

“Gostamos de pensar que ele sobreviveu com a ajuda de seu grupo. Ele estava vivo e seguro nos braços de seu pai quando saímos dali, e é assim que eu gosto de lembrar dessa história. De qualquer maneira, ele continua a ser uma inspiração e um lembrete de que a vida é frágil”, disseram. [io9]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

2 comentários

Deixe seu comentário!