Como um pássaro pode derrubar um avião a jato de grande porte

Por , em 16.01.2009

A preocupação com choques entre pássaros e aeronaves é muito antiga. Algumas tragédias já ocorreram devido a esse tipo de acidente. Ontem, reportamos o pouso de emergência do avião no Rio Hudson, em Nova York. Isso só aconteceu devido a um choque com uma ave.

Desde 1988, mais de 200 pessoas morreram em acidentes relacionados a aves. Cerca de 5000 ocorrências foram registradas pela Força Aérea Americana em 2007.

Quando esse choque ocorre, o mais comum é que a ave seja sugada pelas pás do motor. Isso pode quebrar algumas estruturas fundamentais do motor e fazê-lo parar de funcionar.

ataque de aveAs principais informações a serem levadas em conta nesses casos são a diferença de velocidade entre o avião e o pássaro e o peso do pássaro. Para os cientistas, a diferença de velocidade é mais importante.

Segundo o Comitê de Acidentes com Aves dos EUA, esse incidentes geram prejuízo de US$600 milhões por ano. Desde 1975, já foram registrados cinco grandes acidentes envolvendo aves. No maior deles, morreram 36 pessoas e uma ave.

Tente não se preocupar com eles quando procurar por passagens para o carnaval.[Live Science]

aviao aterrisa na água

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)

14 comentários

  • renato antonio da silva:

    Concordo com o Juliano Machado e acrescento: telinha ou telona, por
    melhor fixada que seja existe o risco da mesma ser sugada pela turbina,
    causando anos, talvez maiores que um pássaro.

  • James Tiberius:

    Resolvemos isto em nosso passado instalando pequenos defletores iônicos ao redor da aeronave, com energia provida por nossos motores de antimatéria.

  • Ivo:

    Admirável!

    Acho que devem tomar medidas para evitar os próximos acidentes de género.
    Se desde 1975 já ocorreram o mesmo tipo de acidentes, qual é a medida do Comitê de Acidentes com Aves que vai tomar?

  • Tony:

    Agora, nos aeroportos não deveria haver gramados ao redor das pistas, +grama = +insetos (gafanhotos, grilos, etc) portanto +pássaros. Deveria sim ter um solo estéril e se possível “envenenado” com produtos repelentes como cal, alguns espantalhos próximo às “pontas” da pista e uns dois ou três funcionários pra “soltar foguete” de vez em quando também ajudaria a manter os bichos longe. Fora dos aeroportos, no entanto, infelizmente não há muito o que se fazer além de rezar por boa sorte.

  • Tony:

    Telinha na frente da turbina? E de que adianta? Pelo que vi em algumas fotos onde a pancada não foi na turbina, grande parte da fuselagem é literalmente cortada ou/e arrancada. O impacto é tão grande que não faz muita diferença se a “telinha” for de aço ou papel.

  • gani:

    ELEFANTES??….
    ca ca ca ca ca.
    Foi um milagre de Deus, sairem vivos do acidente.

  • Juliano Machado:

    Acho que a idéia da telinha não é muito boa, primeiro pq pela velocidade do avião e força da turbina não acredito que essa tela ia ajudar muito, e tb acaba reduzindo a área de entrada do ar ocasionando perda de potência e aumento do consumo de combustível. Uma turbina não é um ventilador.

  • MARCOS:

    sera que as entradas das turbinas poderiam ser laterais ou na parte de cima da asa?

  • Caio:

    TELINHA!!??!?!?

    Quanta ingenuidade né? Um 747 (aeronave muito comum, que fez sue primeiro voo na década de 70) pode chegar a coisa de 1000k/h… acha que uma “telinha” vai ajudar em que? A 300k/h atropelar um cão acaba com um carro.

    Sem chances para sua telinha…bom, nem para a ave. (e provavelmente nem para o avião)

  • vanderlice teixeira:

    é complicado e de se admirar uma ave conseguir tudo isso..acho que isso tem que da um jeito…num tem jeito pra tudo…

  • Hallison:

    “36 pessoas e 1 ave”
    Coitada da ave…

  • stella:

    em uma parte isso esta errado nao sao os passaros q atrapalham o voo dos avioes .. e sim os avioes estao invadindo o espaço dos passaros fomos nos humanos q invadimos o espaço das aves entao nao sao elas q tem q mudar a rota de voo e sim os avioes bom isso eh o eu axo !!!!

  • Dudu:

    Até hoje eu não entendi o por que dos engenheiros não contruir a turbina com uma telinha na frente,para evitar este tipo de problema.

    Solução bem simples.

  • FranChico – Hora de Relaxar:

    Por isso que é sempre bom lembrar: ainda bem que elefantes não voam…

Deixe seu comentário!