Continua experimento com laser gigante que criará uma ‘estrela na Terra’

Por , em 1.04.2009

Cientistas estadunidenses terminaram o projeto que visa reproduzir, aqui, na Terra, as condições do “coração” do Sol.

O projeto, chamado National Ignition Facility (NIF), foi desenvolvido para mostrar que é possível usar a fusão nuclear para produzir uma quantidade de energia limpa abundante. O laboratório iniciará o processo “mirando” 192 armas laser potentes em um recipiente pequeno de combustível de hidrogênio.

Para que seja considerado um sucesso, o experimento precisa provar que é possível retirar mais energia do “resultado” do que a necessária para produzi-lo.

O professor Mike Dunne, pesquisador britânico que planeja desenvolver um projeto similar no Reino Unido, diz que, se o evento americano funcionar, será um marco enorme na questão da produção de energia. “Marcaria a transição da fusão a laser de simples teoria física para modo de produção de energia limpa” explica.

O NIF está localizado na Califórnia e contém o laser mais poderoso do mundo. Demorou 12 anos apenas para construir essa parte do projeto.

“Nós estamos bem encaminhados e creio que conseguiremos cumprir nosso objetivo: produzir energia através de fusão nuclear, controlada e dentro de um laboratório” declara Ed Moses, diretor no NIF.

Os experimentos começarão em junho desse ano, mas os resultados mais significativos são esperados apenas para 2012. “Nós ainda temos muitas coisas a fazer e mais coisas ainda a aprender” explica Moses.

A fusão nuclear é considerada o “Santo Graal” da produção de energia, já que seria uma fonte inesgotável e, teoricamente, é limpa, não prejudicaria o meio-ambiente. O desafio de produzir um reator de fusão nuclear, no entanto, tem atraído e decepcionado inúmeros cientistas com o passar dos anos. Agora, no entanto, eles acreditam estar se aproximando de seus objetivos.

“Estamos, agora, perto de comprovar e de concluir 50 anos de estudo e esforço” afirma Mike Dunne.

Há várias instalações ao redor do mundo que tentam fazer o mesmo, produzir energia nuclear limpa. No processo, duas formas mais pesadas de hidrogênio, chamadas de deutério e trítio, são fundidas para formar hélio. O deutério é facilmente encontrado na água do mar e o trítio é produzido através do lítio, que se encontra em abundância no solo.

Quando o deutério e o trítio são combinados, perde-se uma pequena quantidade de massa e uma quantidade de energia colossal é liberada. [BBC]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)

8 comentários

  • Binho Viana:

    Enquanto isso no Brasil, pão e circo para a plebe…

  • Ramon De Souza Vieira:

    Já vi algo parecido no Homem-aranha 2… resultado: cientista morto,cidade quase destruída kkkkkk

  • RAMONE:

    Cara, esse é um grande passo para a produção de uma energia limpa e de fonte inesgotável :O vocês não entendem como isso é importante pra humanidade? pode ser que aumente em MUITOS anos a existência da raça humana na terra, e imagina as maquinas e aparelhos que vão surgir com isso, vai ser INCRÍVEL, então não me venham falar de DEUS aqui,todo mundo sabe que ciência e religião nunca vão fazer as pazes. então fiquem com seu deus que tanto amam,completamente parados no tempo, enquanto nós evoluímos e buscamos por um FUTURO melhor.

  • Leticia:

    De Boooa Mesmo..’
    Nãao intendi NADA..’

  • clovis sergio:

    E incrível como tantas pessoas são ignorantes em torcer por um projeto tão arrogante diante de Deus e com gastos de bilhões de dolores, valores que tirariam muitos paises da miséria, epidemias e analfabetismo…
    o problema é que esses “cientistas” querem ir onde não devem, só faço duas perguntas:
    1 – alguém duvida que so eles se beneficiarão caso tenha algum sucesso(o que eu duvido) esse projeto.
    2 – e as consequençias com as possiveis falhas?
    Se cuidassem melhor do que DEUS já nos deu seria o fuficiente.

  • Carlos Eduardo:

    dane-se se fizerem seremos escravos deles, se ja não somos, somos obrigados a conviver com os seus filmes com muita informação do mal que entra em nosso inconsiente e nos afeta no dia a dia, se isso acontecer marcara sim um marco, mas um marco americanense… fds usa

  • JOSE AUGUSTO NEVES DA SILVA:

    Parabens pel seu trabalho. ainda não tinha assessado esta pagina foi atraves do imail de um amigo que pude conhecela.
    vi a materia dos superespelhos e espero que quando estiverem em orbita tenhão a finalidade que os cientista desejam, e que os investidores tambem sigam este penssamento. parabens.

  • Athos:

    Vamos todos torcer para da certo!!!!!!!!!

    🙂

Deixe seu comentário!