Ursos polares passando fome estão fazendo coisas desesperadas

Por , em 10.02.2018

O vídeo acima foi gravado por Travis Wilkinson em julho de 2015 em Svalbard, um arquipélago norueguês ao norte do Ártico.

Travis e sua família estavam no meio de uma viagem à vela. Nos dias anteriores, quando estavam mais ao norte, viram diversos ursos polares saudáveis. Conforme alcançaram o sul, no entanto, o gelo começou a desaparecer, em uma rota que anteriormente já se mostrou intransitável por conta da água congelada.

Na filmagem, uma ursa polar se aproxima de morsas adormecidas com seu filhote, inspecionando cada uma antes de tentar tocar uma delas. O movimento captura a atenção da morsa, que assusta os ursos.

É provável que a mamãe estivesse verificando se a morsa estava fraca o suficiente para se tornar uma refeição potencial, em um ato desesperado para que ela – e seu pequeno – não passassem fome.

Mudança climática e fome polar

Ursos polares se alimentam de focas, mas precisam do gelo para caçar. Esses animais podem tornar-se particularmente vulneráveis à fome durante os meses de verão, enquanto aguardam o retorno do gelo.

Um estudo publicado semana passada na revista científica Science já alertou que a mudança climática está causando fome aos ursos polares em uma escala global.

Jon Aars, cientista do Norwegian Polar Institute, na Noruega, analisou a filmagem feita por Travis e notou que a fêmea adulta possui um colar de rastreamento, colocado por ele e seus colegas.

Sua equipe de pesquisa está estudando como as populações de ursos polares estão se saindo no Mar de Barents. Em um estudo publicado em outubro passado na revista Polar Research, os cientistas afirmaram que os ursos polares “experimentaram uma rápida perda de habitat” em Barents, pelo menos parcialmente atribuível às mudanças climáticas.

Um quadro sombrio

É quase impossível dizer o que fez com que esses ursos se tornassem tão magros sem uma análise física. Mas Aars disse que eles estão, sem dúvida, desesperados por comida.

Em um e-mail para a National Geographic, Aars avaliou visualmente os animais e observou que parece que a fêmea adulta não está saudável o suficiente para produzir leite, e seu filhote muito provavelmente morreu pouco tempo depois do vídeo se ela não encontrou nenhum alimento.

Ursos polares machos adultos às vezes caçam morsas, mas fêmeas menores, especialmente quando estão desnutridas, não possuem a força necessária para derrubar esse predador muito maior.

Ao se aproximar cautelosamente das morsas, a ursa estava provavelmente verificando se ela poderia ser facilmente morta ou, idealmente, se já estava morta. A resposta foi não. [NatGeo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (17 votos, média: 4,47 de 5)

Deixe seu comentário!