Diego, a tartaruga hiper sexual de cem anos, se aposenta após salvar sua espécie

Por , em 13.01.2020

Diego, uma tartaruga-gigante hiper sexual, finalmente irá se aposentar depois de ajudar a salvar sua espécie no arquipélago de Galápagos, no Oceano Pacífico. 

Com 100 anos, 80 quilos e 90 centímetros, essa “máquina de sexo” é o pai de pelo menos 800 filhotes, sendo responsável por 40% da população de tartarugas das ilhas. 

Reprodutor de primeira linha 

Diego vivia no Zoológico de San Diego (daí seu nome) quando foi chamado à luta em 1977 – justamente por seu estilo tão sexualmente ativo. 

Quando chegou em Galápagos pela primeira vez, haviam apenas dois machos e doze fêmeas de sua espécie vivos no grupo de ilhas.  

De acordo com o especialista em preservação de tartarugas do Parque Nacional de Galápago Washington Tapia, o reprodutor contribuiu enormemente para repovoar a região. 

Agora, ganhou o direito de viver o resto de seus dias em plena felicidade na ilha de Española, em Galápagos. Antes disso, no entanto, irá passar por um período de quarentena em sua atual casa, a Estação de Pesquisa Charles Darwin, na ilha de Santa Cruz, para garantir que não espalhe flora invasora a seu novo lar de aposentadoria. 

Algo me diz que, enquanto Diego estiver vivo, a população de tartarugas-gigantes de Galápagos estará a salvo. [Cnet]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (19 votos, média: 4,68 de 5)

Deixe seu comentário!