Duas agências espaciais farão uma tentativa de pouso histórico em Marte

Por , em 11.10.2016

Uma missão em conjunto entre a Agência Espacial Europeia e a Agência Espacial Federal Russa (Roscosmos) deve chegar à Marte em meados de outubro e sua primeira tarefa será entrar para a história. Se tudo acontecer conforme o planejado, a NASA perderá o posto de única agência espacial a realizar pouso no planeta.

Chamada de ExoMars, a missão tem como objetivo encontrar sinais de atividade biológica e geológica em Marte. A sonda deve chegar ao planeta no dia 16 de outubro, e seus dois componentes principais – o Trace Gas Orbiter (TGO) e o Schiaparelli – vão se separar. Enquanto o TCO continua orbitando o planeta e coletando dados sobre sua atmosfera, apenas o Schiaparelli segue viagem e pousa na superfície, no dia 19 de outubro.

O plano de Elon Musk é levar 100 pessoas para Marte

Pousar em Marte, porém, não é para qualquer um. Nas décadas de 1960 e 1970, a União Soviética enviou uma enorme quantidade de sondas ao Planeta Vermelho, mas todas foram perdidas no impacto ou simplesmente não conseguiram chegar ao local planejado. Em 2011, os russos lançaram uma sonda que deveria ir à lua de Marte Fobos, mas ela nunca deixou a atmosfera terráquea.

A Agência Espacial Europeia também não tem muita experiência com o planeta. Em 2003 a sonda Beagle 2 chegou à superfície de Marte, mas seus painéis solares falharam no momento da abertura, e o equipamento ficou sem energia e sem contato com a Terra.

Encontramos sinais de vida em Marte?

Em outras palavras, as duas agência têm enorme expectativa no sucesso da missão ExoMars. Para pousar sem se destruir no caminho, o Schiaparelli precisa entrar na atmosfera de Marte em um ângulo perfeito, caso contrário a sonda vai se superaquecer e queimar. Depois o paraquedas precisa abrir e três conjuntos de propulsores vão ajudar a diminuir a velocidade da sonda. O Schiaparelli tem apenas uma chance de pousar corretamente.

Outro objetivo das duas agências é demonstrar a tecnologia de pouso desenvolvido por elas. Qualquer erro que acontecer nesta missão será estudado e resolvido em tempo para a próxima missão, que acontece em 2020. [Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)

1 comentário

  • Gabriel Bonfim:

    “pouso histórico em Marte”
    “não é o primeiro pouso em Marte”
    O pouso histórico foi/é da NASA.

Deixe seu comentário!