Estudante de moda faz ursinhos usando a roupa de entes queridos falecidos como uma boa lembrança para pessoas de luto

Por , em 25.02.2020

Mary Macinnes é uma estudante de moda escocesa que inventou uma maneira fofa de criar lembranças para pessoas de seus entes queridos falecidos: ela faz ursinhos de pelúcia usando suas roupas antigas.  

O negócio começou seis anos atrás, de forma desproposital. Mary fez o primeiro ursinho para uma amiga quando tinha apenas 16 anos. O produto fez tanto sucesso que diversas pessoas começaram a pedir ursinhos também.

Na época, Mary queria se dedicar à faculdade, então recusava diversos pedidos. Hoje, com 21 anos, ela ainda cursa tecnologia da moda na Universidade Herriot Watt, na Escócia, mas seus ursinhos são tão populares que ela tem listas de espera gigantes, apesar de se dedicar em tempo integral ao negócio.

Memory Bear

Mary chama seus ursinhos de “Memory Bear” (algo como “Urso da Memória”), e afirma já ter feito mais de cem deles.

A escocesa leva de 5 a 6 horas para planejar e criar cada um, ao custo de cerca de £50, ou R$ 275.

Ela também personaliza os produtos: já incluiu cinzas do ente falecido dentro do ursinho, bem como alguma joia. Também faz bolsos onde as pessoas podem colocar lembranças como cartas e outros objetos que lembrem o ente querido.

Emoção

Trabalhar com um produto tão emocional não é sempre fácil, mas Mary afirma ser também extremamente gratificante.

“Gosto muito de conhecer meus clientes quando eles vêm pegar os ursos – 80% caem em lágrimas. Eu acho que é porque as roupas são como lembretes tristes do passado, é quase como se uma nova vida fosse dada a elas. Elas se tornam algo muito mais aceitável para abraçar e conversar, e o feedback é que [os ursos] definitivamente podem ajudar no processo de luto”, contou ao portal Metro.

Para ver mais do trabalho de Mary com os ursinhos, acesse sua página na rede social Facebook. [GoodNewsNetwork]

Deixe seu comentário!