Esses filhotes de aranha comem a própria mãe – e a tia solteirona também

Por , em 20.09.2017

Toda mãe sabe que não é fácil criar os filhos. Mas as mães da espécie de aranha Stegodyphus dumicola vivem uma realidade muito dura. Elas têm uma vida muito curta porque se o alimento da região estiver escasso, elas oferecem o próprio corpo para os filhotes comerem.

Se você pensou “as fêmeas que não têm filhotes se safaram”, pense novamente. As fêmeas que nunca tiveram filhotes também se oferecem como sacrifício para os sobrinhos.

Um novo estudo sobre a espécie revelou que as fêmeas sem filhotes ajudam as mães em ninhos comunais. Este tipo de cuidado, porém, foi classificado pelos pesquisadores como “extremo e suicida cuidado materno”. Isso é chamado de matrifagia.

“As aranhas literalmente começam a se alimentar da fêmea enquanto ela ainda está viva, sem agressão aparente”, descreve o biólogo Trine Bilde, da Universidade Aarhus (Dinamarca). É como se a fêmea convidasse os jovenzinhos da família para se alimentarem de seu corpo.

O estudo envolveu a observação de 200 experimentos durante 10 semanas. O que mais surpreendeu os pesquisadores foi o sacrifício das fêmeas que não eram mães dos filhotes.

A hipótese é que este seja um mecanismo evolutivo, uma vez que o objetivo é passar os genes adiante, mesmo que não sejam daquela aranha específica, mas sim de uma parente dela. “Quanto mais cópias dos genes são propagadas para a próxima geração, melhor, então oferecer seu corpo como comida é uma solução evolutiva que faz sentido”.

Outra hipótese do biólogo Jonathan Pruitt da Universidade da Califórnia (EUA), que não participou do estudo dinamarquês, é que as aranhas sejam simplesmente muito burras para perceber que aqueles não são seus filhotes. “Suspeito que as fêmeas não são capazes de discriminar entre os próprios ovos e o das outras. A colônia é composta de indivíduos próximos geneticamente, então mesmo se as fêmeas produzirem seus próprios ovos, ainda há benefícios em ajudar as parentes”. [Science Alert]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votos, média: 5,00 de 5)

1 comentário

Deixe seu comentário!