Lei do capacete cortou pela metade morte de crianças em bicicletas

Por , em 2.09.2008

As chances de você morrer são claras, principalmente se a vida não vale à pena na sua opinião, mas o número de fatalidades entre crianças com menos de 16 anos de idade caiu para mais da metade depois de uma lei canadense que obriga o uso de capacete ser sancionada.

A lei Ontário, que foi efetivada em outubro de 1995, obriga os ciclistas com menos de 16 anos usar capacete.

Pesquisadores descobriram que sete anos depois da lei entrar em efeito, o número de mortes relacionadas a bicicletas entre crianças caiu 52%. Entre 1991 e 1995 a média era de 13 mortes por ano; entre 1996 e 2002 o número caiu para seis.

Responda: Você usa capacete ao andar de bicicleta?

Em contraste, os pesquisadores reportaram na revista científica Pediatrics de setembro de 2008, que não houve redução nas mortes de pessoas com mais de 16, incluindo adultos, que não são obrigados a usar capacete por lei.

“Estas descobertas apóiam a promoção do uso do capacete, reforçam a lei atual e a extensão da mesma para ciclistas adultos”, escreveram os pesquisadores.

É fato conhecido que capacetes reduzem a taxa de óbitos em acidentes de ciclismo, mas o fato de leis que obriguem o seu uso tenham este efeito não era tão claro.

As descobertas atuais sugerem que a lei Ontário teve uma “contribuição significativa” às baixas taxas de morte entre crianças vistas nos anos anteriores até sua introdução.

A mensagem é clara e simples: Se você não quer que seu obituário saia antes da hora, e tem bom senso, estabeleça uma lei em casa e faça que todos usem capacete quando andarem de bicicleta. [Reuters]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!