Lembra do enorme sarcófago negro encontrado no Egito? Ele foi aberto!

Por , em 23.07.2018

Você deve se lembrar da descoberta recente de um misterioso sarcófago negro enorme, de 30 toneladas, em uma área residencial de Alexandria, na costa mediterrânea do Egito. É o maior já encontrado na cidade.

Ainda que houvessem especulações de que pertencesse a alguém de status importante no Antigo Egito, o que os arqueólogos acharam dentro do sarcófago não foi exatamente uma revelação de abalar o mundo científico.

Cheiro horrível

O sarcófago foi descoberto por trabalhadores de construção civil em Alexandria, cidade que foi capital do Egito ptolemaico entre 305 e 30 aC, após o exército de Alexandre, o Grade conquistar a região e depor os antigos faraós. Ele foi datado de cerca de 323 dC.

Muito embora o público temesse que uma maldição fosse lançada à Terra com a abertura do gigantesco caixão, Mostafa Waziri, arqueólogo, secretário-geral do Ministério de Antiguidades do Egito e o primeiro a colocar toda a cabeça dentro do sarcófago garante que sobreviveu ao evento, apesar de ter sido totalmente repelido por um cheiro repugnante.

Não era o cheiro de uma praga antiga, mas sim apenas água de esgoto que havia vazado na tumba.

Dentro dela, foram observados três esqueletos que provavelmente pertencem a soldados antigos. Um crânio mostra sinais de fraturas causadas por um objeto pontiagudo. Os ossos serão enviados a um laboratório para os cientistas os analisarem em detalhes e responderem a algumas perguntas sobre quem foram os indivíduos, e de onde vieram.

Confira algumas fotos da abertura do sarcófago: [ScienceAlert]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (46 votos, média: 4,85 de 5)

Deixe seu comentário!