Molécula orgânica complexa é encontrada no espaço pela primeira vez

Por , em 2.10.2014

Uma molécula orgânica incomum foi descoberta em uma área do espaço conhecida como Sagittarius B2, a mesma região que tem gosto de cereja, cheiro de rum e tem bilhões de litros de álcool, de vários tipos.

Localizada a 27.000 anos-luz da Terra, próximo ao centro da Via Láctea, esta gigantesca nebulosa molecular, rica em moléculas de álcool – metanol, vinil-álcool e etanol – revelou mais um de seus segredos. Mais uma molécula complexa foi encontrada nesta enorme sopa.

O nome da molécula encontrada é cianeto isopropílico, uma molécula orgânica semelhante a outra que já havia sido encontrada no espaço, o n-propil-cianeto, só que o cianeto isopropílico tem um diferencial: a sua estrutura é semelhante à estrutura dos aminoácidos. Aminoácidos, para quem esqueceu, são base de uma molécula muito famosa, popularmente conhecida por DNA.

Utilizando o enorme telescópio ALMA (“Atacama Large Millimeter Array”), os astrônomos examinaram com atenção a assinatura espectral das moléculas presentes em Sagittarius B2. A assinatura espectral é única para cada tipo de molécula e são como as digitais de uma pessoa – cada molécula tem sua própria.

Esta técnica tem permitido examinar a composição de estrelas, a atmosfera de outros planetas, e agora ajudou a descobrir uma molécula muito semelhante a aminoácidos em uma nebulosa distante. Para quem não entendeu ainda toda a importância disso, quero lembrar que uma das dificuldades para explicar a origem da vida é mostrar que os aminoácidos podem se formar em condições naturais.

Até agora, este tem sido um desafio. As condições na atmosfera terrestre primitiva tornavam difícil imaginar um processo que tivesse sucesso nessa empreitada.

Mas se estas moléculas se formassem no espaço e chovessem na Terra, então o problema da sua origem estaria resolvido.

É importante notar que esta molécula, o cianeto isopropílico, ainda não é um aminoácido básico para a vida, mas encontrá-lo no espaço, com sua estrutura mais complexa do que as outras moléculas orgânicas até agora encontradas, dá mais força à hipótese de que moléculas orgânicas complexas se formam por lá.

Aminoácidos já foram encontrados em asteroides, e moléculas orgânicas complexas são encontradas no espaço. A brincadeira de ligar os pontos para descobrir de onde vieram os aminoácidos necessários para a vida surgir de forma natural está cada vez mais interessante. O trabalho, realizado por astrônomos do Instituto Max Planck, foi publicado no periódico Science. [ScienceDaily, Space.com, IFL Science]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

2 comentários

  • Paulo Sergio Denny:

    Além do que cyanide = cianeto e não cianido!

  • Diogo Jackson:

    Encontraram o paraíso, gosto de cereja, cheiro de rum e bilhões de litros de álcool, pena que é tão distante. Só reportando um pequeno erro: Aminoácidos, para quem esqueceu, são base de uma molécula muito famosa, popularmente conhecida por PROTEÍNAS e não DNA. Abraços.

Deixe seu comentário!