Novo antioxidante pode manter sua pele jovem por mais tempo

Por , em 14.01.2014

O envelhecimento da pele é causado em grande parte pela radiação ultravioleta, do tipo chamado UVA, que causam o surgimento de radicais livres que degradam as fibras de colágeno, responsáveis pela elasticidade da pele.

Para manter a aparência jovem por mais tempo, é importante se proteger contra os danos diretos do UVA e de radicais livres, principalmente os do tipo oxidativo.

Em um teste, pesquisadores da Universidade de Newcastle liderados pelo professor de dermatologia molecular Mark Birch-Machin examinaram a eficácia de vários anti-oxidantes, alguns deles encontrados em alimentos, outros em cosméticos, e alguns ainda experimentais.

Em um teste, células epidérmicas foram primeiro tratadas com anti-oxidantes que protegem o DNA das mitocôndrias, e depois submetidas a uma dose fisiológica de radiação UVA, equivalente ao que a pele recebe ao ser normalmente exposta em um dia de verão.

Outro teste envolvia o estresse oxidativo causado pela exposição ao oxigênio, na forma de água oxigenada. Depois disso, o DNA das mitocôndrias foi separado e examinado em busca de danos.

Dentre os antioxidantes testados, o Tiron, um antioxidante artificial, apresentou 100% de proteção contra os danos ao DNA mitocondrial, tanto o causado pelo UVA quanto o causado pelo estresse oxidativo.

O resveratrol, antioxidante encontrado no vinho tinto, apresentou 22% de proteção contra a radiação UVA e danos causados por estresse. NAC, um antioxidante artificial, ofereceu 20% de proteção contra estresse oxidativo e 8% de proteção contra o UVA, e a curcumina, 16% de proteção contra estresse oxidativo e 8% contra UVA.

Entretanto, ainda não veremos o Tiron nas prateleiras de lojas junto com outros produtos de proteção à pele, já que trata-se de uma substância relativamente nova, cuja toxicidade ainda não foi testada adequadamente. [MedcialXpress]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 4,67 de 5)

Deixe seu comentário!